hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Frente Brasil Popular’

Itabuna: Frente Brasil Popular faz ato contra prisão de Lula

lulaA Frente Brasil Popular realizará na tarde desta sexta-feira, um ato em solidariedade e contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os manifestantes se concentrarão a partir das 15 horas, em frente ao Colégio Ciso, no Bairro de Fátima.

Em nota, a Frente Brasil Popular afirma que “é  arbitrária a ordem de prisão do ex-presidente Lula, emitida pelo juiz Sérgio Moro, e autorizada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Lula é vítima de sucessivas violências jurídicas. Foi condenado, sem provas, em primeira e segunda instâncias, e ontem a maioria do Supremo Tribunal Federal (STF), em desrespeito à Constituição, negou-lhe o Habeas Corpus. Sua prisão, uma vez concretizada, fará ressurgir a figura do preso político, típica de regimes arbitrários”

“O juiz Sérgio Moro, que comandou uma verdadeira caçada contra Lula e o condenou sem provas, agora nega à defesa do ex-presidente o direito de apresentar embargos. Refere a esse direito que a lei assegura aos cidadãos com escárnio, denominando os embargos de “patologia protelatória, que deveria ser eliminada do mundo jurídico”. Age como se, além de juiz, fosse legislador e autoridade suprema”, diz a nota.

“A prisão de Lula é mais uma etapa do golpe de agosto de 2016. As forças democráticas, populares e progressistas, todos aqueles que prezam o Estado Democrático de Direito, devem organizar uma pronta resposta. O que está em jogo, além da liberdade da maior liderança política do país, é a própria democracia e o Estado Democrático de Direito”, ressalta.
Para a FBP, “é preciso expressar a resistência nas ruas e nas redes em defesa da liberdade de Lula, por eleições livres e democráticas e contra a perseguição aos movimentos sociais e as lideranças progressistas que ousam discordar e lutar para que o Brasil não caia do abismo da repressão e autoritarismo. É imperativo realizar ações e protestos no Congresso Nacional e demais casas legislativas, nas ruas e redes sociais, em solidariedade ao ex-presidente Lula, em defesa da democracia, das eleições e da soberania do voto popular”.

“O Brasil não ficará de joelhos perante a qualquer chantagem, seja ela de general ou de Ministro. Esse consórcio já dirigiu o País e lutamos décadas para reconquistar a democracia. Com sangue, suor, trabalho e muita luta, o povo brasileiro estará entrincheirado em defesa de Nação forte, soberana, desenvolvimento e socialmente justa”, conclui.

 

lula livre

As mulheres de Itabuna resistem

8 de Março é pelos nossos corpos, nossa vida

fbp

“Se um dia as mulheres abaixassem os braços, o céu cairia”, esse é um provérbio africano, de fato, muito sábio. É uma pena não sabermos qual sua exata origem, o que seria de se admirar numa sociedade que faz questão de tratar, ainda no século XXI, a África como um país e as mulheres trabalhadoras como serviçais.

Itabuna é uma cidade muito cruel com as mulheres: sofremos com a violência constante de um transporte público que não atende as mínimas necessidades, com um saneamento básico que não atende 86% da população, com a falta de creches públicas e com os altos índices de violência doméstica que não conseguem ser combatidos apenas por um CRAM – Centro de Referência de Atendimento a Mulher –, uma única DEAM – Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher – (que fica num bairro “nobre”, num local isolado e perigoso e não funciona nos finais de semana e feriados) e um Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres que está desativado.

E sobretudo, a partir de uma política extremamente coronelista e conservadora que ainda acredita que mulheres são úteros ambulantes responsáveis por reproduzir herdeiros e trabalhadores, que servem como “boas amantes” ou boas trabalhadoras domésticas. Quem nunca ouviu ou viu nenhum tipo de abuso que reforce e naturalize essa realidade, pode dizer que estamos mentindo. Mas infelizmente não estamos.

Ao contrário, quem mente são os meios de comunicação que utilizam do feminicídio e da violência sexual para culpabilizar mulheres por sua situação de vulnerabilidade, reforçando o medo que temos de exercer o nosso direito de ir e vir e acaba nos empurrando para o espaço privado das nossas casas, como se não fôssemos dignas de estar e andar nas ruas sem sermos constrangidas e termos nossos corpos tidos como domínios públicos que podem ser assediados, comprados e humilhados.

Read the rest of this entry »

Ato em defesa de Lula em Itabuna

ato 3

A Frente Brasil Popular, MST, sindicatos e partidos políticos como o PT e PCdoB realizam agora pela manhã ato em defesa de Lula na Praça Adami, em Itabuna.

Os manifestantes também acompanham pelas redes sociais o julgamento e Lula pelo TRF4 em Porto Alegre, pedindo que haja Justiça e que o ex-presidente seja absolvido, já que não há provas contra ele.

ato 1

“Não ao golpe” e “Lula Guerreiro do povo brasileiro” são algumas das palavras de ordem ouvidas na praça.  Um grupo de policiais militares acompanha a manifestação, que é pacifica.

 

Gleisi Hoffmann virá à Bahia para lançamento de comitê em defesa de Lula e cortejo do Bonfim

Lula e Gleisi 08.01.18O PT/Bahia e a Frente Brasil Popular lançam nesta quarta-feira (10), em Salvador,  o Comitê Popular em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser Candidato. O ato será às 18h no auditório do Teatro Jorge Amado, Avenida Manoel Dias da Silva, 2177 – Pituba. A atividade contará com a presença da presidenta nacional do  PT , senadora Gleisi Hoffmann que também participará do cortejo do Bonfim no dia seguinte, 11 de janeiro.

Segundo o presidente do PT/Bahia, Everaldo Anunciação, “as atividades contarão com as presenças de outros partidos de esquerda e representantes de movimentos sociais da Bahia e do Brasil.” O comitê participará também de atividades na Bahia e na organização de caravanas que irão à Porto Alegre acompanhar o julgamento do ex-presidente Lula no dia 24 de janeiro.

Na capital gaúcha no dia 23 de janeiro pela manhã haverá Ato das Mulheres e à tarde  Ato Internacional em conjunto com o Fórum Social Mundial seguido de caminhada e vigília. No dia 24 haverá Ato Público em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser Candidato.

Frente Brasil Popular confirma apoio à Greve Geral em Itabuna

Centrais sindicais, movimentos sociais e partidos de esquerda – integrantes da Frente Brasil Popular – se preparam para a greve geral desta sexta-feira (30). Nesta quinta (29), haverá música e poesia em um sarau, na Praça Olinto Leone.

Desde a semana passada, são realizadas mobilizações e assembleias nas bases. A intenção é envolver todos os trabalhadores nas manifestações e alcançar adesão semelhante à de 28 de abril passado.

Os líderes da greve dizem que a paralisação é ato contra as reformas propostas pelo Governo Temer, principalmente as reformas previdenciária e trabalhista. Segundo os sindicalistas, a proposta do governo é “tirar direitos fundamentais da classe trabalhadora”.

fora T

Itabuna tem protestos contra a Reforma da Previdência

ref 4

A  Frente Brasil Popular, com o apoio da CUT e da CTB, promoveu hoje pela manhã em Itabuna um ato contra a Reforma da Previdência, que ameaça os direitos da classe trabalhadora.

ref 3

O ato, realizado na Praça Adami, reuniu dirigentes dos sindicatos dos bancários, comerciários, construção civil, professores, servidores públicos e saúde e saneamento,  além de movimentos sociais e estudantes da rede pública de ensino, que também fizeram uma caminhada na avenida do Cinquentenário, com faixas e cartazes em defesa dos trabalhadores e do ensino universalizado e de qualidade.

ref 2

Pela manhã, cerca de dois mil e duzentos  operários da Trifil, a maior empresa de Itabuna, paralisaram as atividades por uma hora. Os bancos só abrirão ao meio dia, em função da paralisação de uma hora dos bancários. Cartazes e gritos de Fora Temer também marcaram as manifestações, que ocorrem em todo o País.

ref 1

Ainda hoje, a partir das 15 horas, a APLB/Sindicato promove uma passeata na avenida do Cinquentenário, seguida da ato público na Praça Adami.

Carta de Fortaleza

carta fortalezaInspirados pelas lutas camponesas cearenses, nós, coordenadoras e coordenadores nacionais do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra nos reunimos em Fortaleza reivindicando a memória e o exemplo de Fidel Castro, do centenário da Revolução Russa e do cinquentenário do martírio de Che Guevara, para estudar a conjuntura política e agrária de nosso país e projetar os desafios e tarefas para o próximo período.

Há uma crise estrutural do capitalismo, acentuada desde 2008, expressa nas crises econômica, política, social e ambiental, representada pelas propostas autoritárias e fascistas, que ameaçam os direitos humanos, trabalhistas e os bens da natureza em todo mundo. Neste contexto, para que o Capital continue se apropriando dos recursos econômicos da sociedade, é necessária a eliminação dos direitos históricos da classe trabalhadora para que estes recursos estejam disponíveis unicamente para o mercado financeiro. O golpe e os atos institucionais do governo ilegítimo no Brasil, como a reforma da previdência, trabalhista, a PEC55 e a entrega do Pré-Sal são exemplares deste movimento. Diante deste cenário:

Reafirmamos a necessidade de reformas estruturais e de uma Reforma Agrária Popular, que garanta a soberania alimentar, a soberania nacional contra a venda das terras para o capital estrangeiro e a defesa dos bens da natureza (a água, em especial o aquífero Guarani, a terra, os minérios, o petróleo e a biodiversidade). Somos contrários e combateremos a Medida Provisória 759 do retrocesso da Reforma Agrária, que privatiza as terras destinadas à reforma agrária, transformando-as em mercadoria, legaliza os grileiros de terras públicas e exclui os as trabalhadoras e trabalhadores acampados do processo de assentamentos.

Read the rest of this entry »

Itabuna terá protesto contra a PEC 241

temer-traiCentrais sindicais e movimentos sociais farão mobilização nacional, nesta sexta (11), contra a PEC dos Gastos Públicos, a 241/55, e a MP 746, de reestruturação do Ensino Médio. Haverá paralisação de vários serviços, segundo a organização em Itabuna, onde haverá caminhada a partir das 15h, com concentração no Jardim do Ó.

Os atos programados para amanhã também são protesto contra as reformas da Previdência e Trabalhista e, ainda, o pedido de saída do presidente Michel Temer.

Em Itabuna, a Frente Brasil Popular, composta por esses movimentos, decidiu que vai “paralisar os serviços da Emasa, Correios e escolas públicas”. Também haverá protestos durante o dia nas áreas da saúde, comércio, bancos, Nestlé, IFBA, UESC e UFSB. As paralisações foram aprovadas em assembleias dos trabalhadores, segundo a Frente.

A caminhada está programada para ocorrer no centro de Itabuna. A concentração começa às 15h, no Jardim do Ó. A passeata percorrerá a Avenida do Cinquentenário e o encerramento do ato de protesto será encerrado na Praça Adami, de acordo com a organização. A expectativa é de que 2 mil pessoas participem da manifestação. (do Pimenta)

Frente Brasil Popular convoca atos `Fora Temer`

golpeEm nota divulgada nesta quinta-feira 4, a Frente Brasil Popular, que reúne diversos movimentos sociais e centrais sindicais, convoca os brasileiros a participarem de dois grandes atos contra o presidente interino, Michel Temer, e o golpe contra a presidente Dilma Rousseff.

Manifestações “para barrar o golpe, exigir a saída de Michel Temer e defender os direitos” estão marcadas para acontecer nesta sexta-feira 5 no Rio de Janeiro, data da cerimônia de abertura da Olimpíada, e no dia 9 de agosto em todo o Brasil.

O texto detalha os aspectos do golpe, ressalta que Temer vem retirando benefícios dos brasileiros e alerta que a mídia reforçará, nos próximos dias, uma “cobertura ufanista das Olimpíadas”, dando o golpe como consumado.

“O fator decisivo para assegurar essa virada será a nossa mobilização nessa reta final do impeachment. Está em jogo o presente e o futuro do povo brasileiro”, diz ainda a nota.

Itabuna terá manifestação ´Fora Temer`

A Frente Brasil Popular promove amanhã em todo o Brasil atos em contra o Golpe, em Defesa da Democracia e pela garantia das conquistas sociais.

Em Itabuna, a manifestação acontece a partir das 14 horas, com a concentração no Jardim do Ó, caminhada pela avenida do Cinquentenário e ato público na Praça Adami.

Na cidade, o `Fora Temer`, como o ato está sendo chamado, também terá protestos contra a privatização da Emasa.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031