WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

universidade lasalle livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

outubro 2022
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: ‘Força Tarefa’

Força Tarefa da SSP, Justiça Federal, Defensoria da União e Funai visitam aldeia indígena no Monte Pascoal

A Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública realizou na manhã desta quinta-feira (22), uma reunião na Aldeia Nova, tribo localizado na região do Monte Pascoal, na cidade de Porto Seguro. Participaram do encontro integrantes das polícias Militar e Civil, da Justiça Federal, da Defensoria Pública da União, da Funai, entre outras instituições.

Antes da reunião, as forças estaduais e federais assistiram a uma cerimônia de recepção. Homens, mulheres e crianças indígenas tocaram e cantaram músicas de acolhimento.

Na sequência, em um “auditório” ao ar livre, os caciques relataram ameaças e ataques de bandos armados, buscando expulsá-los das terras. Eles relataram também placas de falsos corretores comercializando lotes de terras indígenas.

O tenente-coronel Wildon Reis, comandante do Batalhão de Choque, e o delegado Paulo Henrique do Departamento de Polícia do Interior (Depin), representando o secretário Ricardo Mandarino, ressaltaram que a Força Tarefa continuará na região por tempo indeterminado.

:: LEIA MAIS »

Força Tarefa da SSP, índios, produtores rurais e órgãos federais se reúnem em Eunápolis

Impedir novos conflitos foi o principal objetivo da reunião entre a Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública, índios, produtores rurais e órgãos federais realizada, na tarde desta quarta-feira (21). O encontro ocorreu no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), na Subseção de Eunápolis.

As representantes indígenas relataram casos de ameaças, agressões físicas, falta de alimento, entre outros problemas enfrentados nas aldeias. Os ruralistas, por sua vez, listaram as fazendas que foram invadidas e denunciaram a utilização de armas de fogo.

“Existe um grande problema, no que diz respeito à propriedade de terras, que não é da competência policial resolver. Os órgãos responsáveis precisam dar uma resposta. A polícia não tem lado. Queremos evitar novos conflitos”, ressaltou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.

O chefe da pasta estadual acrescentou também que a Força Tarefa continuará na região por tempo indeterminado. “Estamos aqui para dar segurança aos indígenas e aos fazendeiros”, completou Mandarino.

FOTOS: ALBERTO MARAUX

Força Tarefa completa uma semana no Extremo Sul com ausência de conflitos e entrega de presentes para crianças indígenas


A Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública, enviada para o Extremo Sul do estado com objetivo de impedir novas disputas entre fazendeiros e índios, completou nesta segunda-feira (19), uma semana sem registro de novos conflitos. Para retribuir a recepção, equipes do Batalhão de Choque entregaram brinquedos para crianças indígenas.

Unidades especializadas e territorias das polícias Militar e Civil foram enviadas para a região de Prado e Porto Seguro, após confrontos que terminaram com um índio de 14 anos morto. As forças estaduais reforçaram o patrulhamento nas aldeias, coletaram novos depoimentos de testemunhas que presenciaram a morte do adolescente e também se reuniram com órgãos federais.

:: LEIA MAIS »

Após chegada de Força Tarefa da SSP, Extremo Sul completa 72h sem conflitos entre fazendeiros e índios


Desde a chegada da Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública, na zona rural da cidade de Prado, município do Extremo Sul da Bahia, a polícia contabiliza 72h sem registro de conflito entre fazendeiros e índios. Equipes do Batalhão de Choque realizam varreduras e reforçam o patrulhamento nesta sexta-feira (16).

Os militares percorrerão todos os acessos por estradas de barro, com as viaturas que possuem tração nas quatro rodas. Locais apontados como possíveis rotas de fugas ganham atenção especial.

“Nossas guarnições colocarão em prática a doutrina de Patrulhamento Rural. Usaremos as viaturas, mas vamos também percorrer o perímetro a pé. É fundamental conhecer o terreno”, afirmou o comandante do Batalhão de Choque da Polícia Militar, tenente-coronel Wildon Reis.

Forças de Segurança estaduais visitam aldeia indígena no Extremo Sul da Bahia

Equipes da PM e PC ouviram os relatos dos ataques sofridos e

estabeleceram perímetros para patrulhamento.

Equipes da Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública visitaram, na manhã desta quinta-feira (15), a aldeia indígena onde ocorreu a morte de um índio de 14 anos, na região de Prado, município localizado no Extremo Sul da Bahia. Os objetivos desse primeiro contato foram ouvir os relatos dos ataques sofridos e estabelecer perímetros para patrulhamento.

Distante 60 km do Centro de Prado, o acesso para a aldeia é através de pistas viscinais. No local, o tenente-coronel Wildon Reis, comandante do Batalhão de Choque, e o delegado Paulo Henrique do Departamento de Polícia do Interior (Depin), designados pela SSP, selecionaram testemunhas para prestar depoimentos na Delegacia Territorial (DT) de Prado.


“Estamos aqui para impedir novos ataques. O Batalhão de Choque dará todo apoio às unidades territoriais e especializads da PM e também nas investigações. A missão é por tempo indeterminado”, declarou o tenente-coronel, Wildon.

:: LEIA MAIS »

Força Tarefa da SSP chega a Prado ampliando as ações ostensivas e investigativas

Unidades especializadas e territoriais das polícias Militar, Civil, Técnica e

Rodoviária Federal atuam para evitar conflitos entres fazendeiros e índios.

 

A Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública, criada para evitar conflitos entre fazendeiros e índios, no Extremo Sul da Bahia, chegou na tarde desta quarta-feira (14), ao município de Prado. Unidades especializadas e territoriais das polícias Militar, Civil, Técnica e Rodoviária Federal atuam de forma integrada.

Encontros com líderes indígenas e fazendeiros serão realizados a partir de quinta-feira (15). A Força Tarefa da SSP vai mapear também rotas utilizadas por criminosos que promoveram ataques, auxiliando na elucidação dos delitos.

“Nosso principal objetivo é proteger vidas. A polícia atuará no limite das suas competências. Esperamos que as questões envolvendo a propriedade de terras sejam resolvidas o mais rápido possível pelos órgãos competentes”, declarou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.

Prefeitura monta força-tarefa para conter avanço do mar na zona norte de Ilhéus

São Domingos, na zona norte, um dos bairros que serão atendidos emergencialmente pela Prefeitura. Foto da internet.As fortes chuvas que atingiram a cidade de Ilhéus desde a última quarta-feira (14) emitiram alerta para algumas áreas de instabilidade no município. A Defesa Civil explica que o solo encharcado pode ocasionar deslizamentos de terra em algumas áreas. Nos últimos três dias o índice pluviométrico ultrapassou 140 milímetros. De forma emergencial, foi montada uma força-tarefa coordenada pelas secretarias de Infraestrutura e Defesa Civil (Seinfra) e Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo (SDE).

São Miguel, na zona norte, um dos bairros que serão atendidos emergencialmente pela Prefeitura. Foto da internet. 3A proposta é levar soluções que amenizem o impacto provocado pelas marés ao longo dos anos, nos bairros São Domingos e São Miguel, no litoral norte da cidade. Além das consequências causadas pelas chuvas em áreas de maior risco, a Prefeitura de Ilhéus atenta para os bairros fortemente atingidos pela erosão marinha. No período chuvoso, a Defesa Civil de Ilhéus intensifica as atividades de vistoria em áreas de risco de modo a garantir a segurança da população.

“A ação foi iniciada antes das chuvas. Temos o mapeamento das áreas que podem ser mais atingidas. Diante disso, alertamos a cada uma das famílias que residem nessas localidades. Utilizamos medidas preventivas, com a colocação de lonas e durante esse período, já atendemos a mais de trinta e cinco ligações de emergência. O último chamado foi no domingo, quando encerramos o trabalho por volta das 21h”, explicou o coordenador da Defesa Civil, Joandre Neres.

 

:: LEIA MAIS »

Rui anuncia envio de força-tarefa baiana para Minas Gerais

Uma força-tarefa do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) foi enviada para Minas Gerais para atuar no resgate das vítimas da tragédia de Brumadinho. Vinte e oito bombeiros se deslocaram na noite desta quinta-feira (31), do 3º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM), no Iguatemi, para a cidade mineira. Eles levam equipamentos de busca, a exemplo de câmeras térmicas e ferramentas de corte, e quatro veículos de tração, a pedido do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais.

O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, por meio do seu perfil oficial no Twitter (@costa_rui). “Autorizei a Secretaria da Segurança Pública [SSP] a enviar uma força-tarefa do Corpo de Bombeiros para ajudar na operação de resgate das vítimas da tragédia de Brumadinho, atendendo a um pedido do Governo de Minas Gerais. Já tinha manifestado a intenção de apoiar o estado e hoje estamos enviando um grupo especializado em salvamento terrestre de Salvador para a cidade mineira. O momento é de solidariedade, e continuo colocando as forças do Estado à disposição do Governo de Minas Gerais”, escreveu o governador na rede social.

A cooperação entre os estados ocorrerá nos moldes do apoio que o Governo da Bahia deu ao estado do Ceará neste mês de janeiro. Integram o grupo que irá para Minas Gerais especialistas em busca e resgaste em estruturas colapsadas (Brec).

Governo cria força tarefa para reaquecer indústria naval

naviosO governo do Estado criou uma força tarefa, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), para viabilizar o reaquecimento do setor da Indústria Naval na Bahia. O foco é a retomada de operação do estaleiro Enseada, instalado e licenciado em Maragojipe, no Recôncavo baiano. Único de 5ª geração no Brasil, com tecnologia de ponta e qualidade na produtividade, o Enseada já foi um celeiro de oportunidades e chegou a empregar mais de 7,4 mil pessoas, em sua maioria do Recôncavo. A intenção é atrair investidores e parcerias, além do apoio institucional, para que o empreendimento volte a gerar emprego e renda na região.

O maior estaleiro do país, com área de 1,6 milhão de metros quadrados, capacidade de processar 100 mil toneladas de aço por turno/ano e com potencial de gerar 4 mil empregos, promoveu o desenvolvimento territorial do Recôncavo, no auge de sua operação, iniciada em 2012. Para se ter um recorte deste passado, o produto Interno Bruto (PIB) de Maragojipe, em três anos, saltou de R$ 194 milhões para R$ 753 milhões, crescendo 272%. Além disso, no período de 2012 a 2015, mais de 7 mil empresas foram abertas na região, segundo dados da Junta Comercial da Bahia (JUCEB). Os acionistas que deram origem à Enseada, à época, investiram R$ 3 bilhões no empreendimento. Hoje, os 35 funcionários lotados no estaleiro cuidam da manutenção dos equipamentos na planta industrial, situada às margens do Rio Paraguaçu.

 

:: LEIA MAIS »

Operação policial intensifica buscas por estuprador em Belmonte

Força-Tarefa (1)

Policiais civis e militares montaram uma força-tarefa com a finalidade de capturar o estuprador Rairone Moura dos Santos, o Eron, que atacou uma mulher e um bebê de apenas quatro meses, na cidade de Belmonte, no domingo (18). A operação policial está usando lanchas, motocicletas, cavalos, além da ajuda de guias locais, nas buscas ao estuprador.

Força-Tarefa (3) Com a prisão preventiva decretada a pedido do delegado Wendel Ferreira, da Delegacia Territorial (DT), daquele município, o foragido está sendo procurado na zona rural, onde foi visto por moradores da região, um dia após o crime.

Qualquer informação acerca do paradeiro do investigado poderá ser passada para o Centro Integrado de Comunicações (Cicom), por meio do número 190, ou diretamente para a Polícia Civil de Eunápolis, através do WhatsApp(71) 99923-4159.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia