hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Fora Temer’

Black Friday: loja dá desconto para quem gritar ‘Fora, Temer’

fora t

 

Da coluna de Ancelmo Gois:

 Depois que a Câmara recusou, pela segunda vez, a abertura de investigação contra Temer, caiu a pressão para que o presidente saia. Mas não para esta loja do Saara, o reduto de comércio popular do Centro do Rio. Quem gritar “Fora, Temer” ganha 6% de desconto — mas o grito, veja só, tem de ser em “tom médio”

ftemer

“O maior desejo do povo brasileiro é colocar Temer pra fora”, afirma Lídice

Plenário do Senado

A líder do PSB no Senado, Lídice da Mata (BA), usou as redes sociais nesta quarta-feira (25), para comentar a votação da segunda contra o presidente Michel Temer, acusado de corrupção pela Procuradoria Geral da República. A parlamentar baiana afirmou que o maior desejo do povo brasileiro é colocar Michel Temer para fora da Presidência da República.

 
Ela afirmou que o “ilegítimo” se livrou (na primeira denúncia), após uma negociação com deputados, liberando recursos que são do povo brasileiro, através de emendas parlamentares e entregas de cargos. “Também negociou com ruralistas portaria que dificulta o combate escravo no Brasil”, disse.

A oposicionista afirmou que o esforço da bancada de minoria é não dar quórum, para dificultar cada vez mais a situação de Temer. Ela conclamou os internautas para que eles pressionem os deputados baianos e disse ainda que o presidente conduz uma agenda de entrega do patrimônio brasileiro, o que vai ocasionar a perda da soberania nacional.

Itabuna: Grito dos Excluídos tem ´Fora Temer` e protesto contra a privatização da Emasa

exc 3

O Grito dos Excluídos em Itabuna em 2017 adotou não apenas temática nacional. Os movimentos sociais e centrais sindicais fizeram protesto pedindo cadeia para o presidente da República, Michel Temer, cobraram “Diretas, já” e também se posicionaram contra o processo de privatização da Emasa.

exc 5

O prefeito Fernando Gomes defende parceria público-privada (PPP) para investir em saneamento básico, o que implicaria em concessão dos serviços de água e esgoto. A ideia foi tentada em 2016 pelo então prefeito Vane do Renascer (PRB), mas acabou barrada pelos trabalhadores da empresa.

exc 2

Dentre outros temas, o Grito dos Excluídos também abordou a defesa da Amazônia e se posicionou contra extermínio de negros e pela demarcação de terras indígenas. Neste ano, uma novidade foi que a manifestação foi acompanhada pelo prefeito Fernando Gomes, que viu também críticas pela demissão de 513 servidores. O prefeito alega queda de mais de 30% da arrecadação. (do Pimenta)

Salvador: 100 mil vozes gritam Fora Temer e pedem Diretas Já!

Thais Tosta

fora t

 

Thais Tosta

 Um dos maiores cartões postais da Bahia ficou pequeno para aglutinar um verdadeiro mar de pessoas no Farol da Barra, neste domingo (11/06), em Salvador. Artistas consagrados no cenário nacional e internacional se uniram as centrais sindicais e mais de 80 mil trabalhadores baianos para exigir a saída do presidente Michel Temer e clamar por eleições diretas no país.

O ato político-cultural convocado por artistas baianos foi organizado pela Frente Brasil Popular, CUT e demais centrais sindicais e foi iniciado a partir das 15h, ocupando toda área do Farol da Barra e Av. Oceânica, entrou pela noite de domingo com a participação de artistas como Daniela Mercury, a banda Baiana System, Márcia Castro, Larissa Luz e o maestro Carlos Prazeres, da Osba Geronimo, Margareth Menezes, Márcia Castro, Mano Góes, Gerônimo, Zelito Miranda, Pedro de Rosa Morais e mais de 30 cantores e atores (consagrados e anônimos), que se revezavam no palco para transmitir a voz do coletivo: Diretas Já e Fora Temer!

Read the rest of this entry »

Do Twitter: Fumaça preta indicada que ainda não temos um presidente eleito pelo voto democrático.

Do Twitter: Fumaça preta indica que ainda não temos um presidente eleito pelo voto democrático.

O dia em que Itabuna parou…

parou 3

A mobilização das centrais sindicais e movimentos populares, que permanecem na avenida do Cinquentenário, praticamente paralisou o comércio da área central de Itabuna, com a maioria das lojas fechadas.

parou 2

Com a adesão dos rodoviários e bancários, além de professores, funcionários dos correios, justiça e servidores públicos municipais e estaduais, a Frente Brasil popular considera que o movimento contra as reformas trabalhista e da previdência mostra o repúdio dos trabalhadores ao Governo Temer.

parou 5

Às 15 horas, acontece uma caminhada na avenida do Cinquentenário, com ato público na Praça Adami.

parou 4

 

E o Brasil amanheceu em greve geral

 

brasil 1(Da Rede Brasil Atual)-Capitais e principais cidades do país amanheceram paralisadas nesta sexta-feira (28), dia da greve geral convocada pelas frentes populares em protesto contra as reformas da Previdência e trabalhista propostas pelo governo Temer. Em São Paulo, linhas do metrô, ônibus e trens não circulam – com exceção da Linha 4 do metrô, que funciona normalmente. Estradas que dão acesso à cidade e avenidas foram trancadas.

Na Marginal Tietê, as pistas central e expressa foram bloqueadas na altura da Rodoviária Tietê. As avenidas Francisco Morato, Do Estado e Tiradentes (centro) também estão bloqueadas. O mesmo ocorre nas avenidas Nações Unidas, Francisco Matarazzo, Faria Lima e João Dias.

As rodovias Anhanguera (na região de Jundiaí, sentido São Paulo), Dutra (em Guarulhos e São José dos Campos), Régis Bittencourt (em Taboão da Serra e Embú das Artes), Anchieta (sentido litoral), Cônego Domênico Rangoni (no litoral sul), também estão bloqueadas.

No Rio, manifestantes trancaram a ponte Rio-Niterói. Belo Horizonte amanheceu sem metrô.

Em Porto Alegre, foram realizados bloqueios na avenida Baltazar Oliveira Garcia, na Zona Norte; na Avenida Mauá, no Centro; na Ponte do Guaíba, na BR-290; e na Bento Gonçalves, na Zona Leste.  Ônibus e trens não operam.

brasil 2Em Santa Catarina, Blumenau e Florianópolis amanheceram sem ônibus. Motoristas e cobradores também pararam nas cidades paulistas de São José dos Campos, Jacareí, Bauru, Sorocaba, região do ABCD e Guarulhos. O mesmo ocorre em Salvador Recife, Fortaleza e Curitiba. Em Natal e Campo Grande a paralisação do transporte público é parcial. João Pessoa está sem ônibus e trens e com avenidas fechadas, bloqueando acesso à região metropolitana.

 

fora T

No País do Carnaval: primeiramente, segundamente e terceiramente, FORA TEMER!

Luiz Fernandes na São Silvestre: “Sindicacau, 30 anos de luta”, “Jesus está voltando” e “Fora Temer”

luiz-f

O sindicalista  sulbaiano Luiz Fernandes participou pela sexta vez da Corrida de São Silvestre 2016, em São Paulo, uma das mais tradicionais provas de rua do mundo.

Aos 59 anos, enfrentando um calor de quase 36 graus ao lado de outros 30 mil participantes, ele conseguiu completar o percurso de 15 quilômetros e   ganhou uma medalha que exibe com orgulho. “Participar da São Silvestre  já é uma vitória, completar a prova é uma emoção indescritível”.

Durante a prova, Luiz Fernandes exibiu um cartaz com as frases “Sindicacau, 30 anos de luta”, “Jesus está voltando”  e “Fora Temer” (ecletismo é isso!).

Em 2017, ele garante que volta à São Silvestre. Enquanto isso, corre para defender os direitos dos trabalhadores. “A luta continua”, diz, num bordão que serve tanto para o dirigente do Sindicacau como para o corredor diletante.

 

 

Em 2017, a rua é o nosso lugar

Cedro Silva

cedro2016: ano em que a classe trabalhadora foi para as ruas dizer “não ao golpe e nenhum direito a menos”. O ano em que a direita golpista rasgou a constituição cidadã e atropelou a democracia. Mas, o que é importante dizer é o seguinte: o ano acabou, mas não encerra as lutas.

Um ano que jamais esqueceremos. Um ano que nós, representantes da classe trabalhadora em todo o país, iremos cobrar a fatura com todas as correções. Não aceitaremos os retrocessos impostos, somos a classe trabalhadora que construiu cada capitulo da história deste país; seja em prol das lutas da causa operária, do movimento negro (contra racismo e segregação racial), no movimento estudantil, o movimento de trabalhadores do campo, movimento feminista, movimentos ambientalistas, da luta contra a homofobia, separatistas… entre outros. Mesmo com tantas lutas no “currículo”, sangue, suor e lágrimas empreendidos para eleger um projeto da classe trabalhadora e alcançar o mínimo de direitos e políticas sociais, o ano de 2016, infelizmente, consolidou-se como o ano do Golpe!

Em 2016, construímos uma identidade para a luta e defesa dos interesses da classe trabalhadora em meio aos golpes que sofremos. Seguimos sem retroceder, ocupamos as ruas e cada espaço na mente e coração das pessoas que não tinham conhecimento do abismo que o país caminharia.  Reagimos! E por termos reagido, agora, temos a convicção de que este governo ilegítimo, golpista e usurpador está com dias contados.  É apenas uma questão de tempo.

O que nos fortalece é a certeza de que o nosso principal instrumento de defesa sempre foi às ruas e sempre fez a diferença. Vozes nas ruas… Fomos centenas, milhares: Nas ruas!  Com o único objetivo: defender a democracia e lutar pela manutenção e ampliação dos nossos direitos.

Estamos convictos de que esta luta vai continuar ao longo de 2017, concentraremos todos os esforços para ajudar o país a voltar para os trilhos do desenvolvimento sem Temer e sua quadrilha de ministros e políticos corruptos. Sem STF, MP e PF, seletivos.

Confesso que ser portador da classe trabalhadora neste momento não é uma tarefa fácil! Tempos difíceis para comemorar e desejar um natal “em paz”. A nossa sorte é que estamos acostumados a sorrir em meio às guerras. Portanto, finalizamos um 2016 projetando um ano de 2017 repleto de lutas e vitórias! Vitórias para o Brasil, derrota para o golpismo.

Que venha 2017, porque já nos apresentamos para lutar!

 

Cedro Silva é presidente da CUT Bahia

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031