hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Posts Tagged ‘Festival Anual da Canção Estudantil (Face)’

Estudantes do Sul da Bahia dão um show de talento em projetos de arte e cultura

face sul da bahia (4)

Os estudantes das escolas pertencentes ao Núcleo Territorial de Educação de Itabuna (NTE 05) deram um show de talento nas apresentações da etapa territorial dos projetos de Arte e Cultura realizadas nesta quarta-feira (28), no Centro de Convenções de Ilhéus. O evento, que reuniu um público de 1200 pessoas, foi marcado pelas performances vocais dos estudantes compositores das 15 canções finalistas do projeto Festival Anual da Canção Estudantil (FACE) e declamações de poemas e poesias do projeto Tempos de Arte Literária, além da premiação de todos os demais projetos que já foram aparentados, a exemplo do Artes Visuais Estudantis (AVE).

face sul da bahia (2)

A estudante Lara Ellen dos Santos, 17, 2º ano, que estuda no Colégio Estadual Anísio Loureiro, em Camacã, cantou a música ‘Elas por elas’, que retrata sobre empoderamento feminino. “Esta é a primeira vez que eu participo do FACE e poder cantar para um público grande como este é uma honra. Gosto muito deste projeto, pois canto desde os 12 anos e foi através dele que eu perdi a minha timidez”, revelou.

face sul da bahia (7)

Joémille Souza, 19, 3º ano, do Colégio Estadual Paulo Américo de Oliveira, localizado em Ilhéus, declamou a sua poesia ‘Coisa de preto’. “Fiz esse poema com base no comentário racista do jornalista William Waack. Trata-se de uma revolta transformada em poesia”, afirmou a estudante.

Núcleo Territorial de Educação realiza 6º Encontro dos Projetos Artísticos Culturais em Itabuna

O Núcleo Territorial de Educação – NTE 05 realiza nesta quarta-feira (18)  o 6º Encontro dos Projetos Artísticos Culturais com apresentações dos trabalhos dos alunos e alunas da Rede Pública Estadual do Território Litoral Sul. Os alunos passaram pela seletiva nas escolas, agora passarão pela etapa regional até a culminância estadual que acontecerá no mês de novembro, em Salvador.

O evento acontece 14 horas, na Terceira Via Hall, em Itabuna.  No encontro serão apresentados os trabalhos dos alunos  finalistas do Festival Anual da Canção Estudantil (FACE), Artes Visuais Estudantis (AVE), Tempos de Arte Literária (TAL), Festival Estudantil de Teatro (Feste), Produção de Vídeos Estudantis (Prove), Educação Patrimonial e Artística (EPA), Canto Coral Estudantil  (Encante) e o Dança Estudantil (Dance). O corpo de jurados será  composto por artistas regionais.

A encontro será aberto pela diretora do NTE 05, professora Josefina Castro e em seguida haverá a apresentação musical com os alunos e professores da Oficina de Música do Centro de Acompanhamento Pedagógico- CAP Grapiúna.

 

Estudantes movimentam Sul da Bahia com apresentações de arte e cultura

face-e-tal-2

Das salas de aula para os palcos. Esta foi a realidade de centenas de estudantes de escolas estaduais espalhadas pelo interior do Estado que, nesta quinta-feira (29), participaram da etapa regional dos projetos de arte e cultura. Em Itabuna, os estudantes apresentaram suas criações nas áreas da dança, música, teatro, artes visuais, audiovisual e literatura, no Centro de Cultura Adonias Filho. O evento também contou com a participação de estudantes das escolas estaduais das cidades de Ilhéus. Camacan, Uruçuca, Buerarema, Ibicaraí, Ubaitaba, Itacaré, Coaraci e Floresta Azul.

face-e-tal-1A estudante Áurea Alves Lima, 17 anos, do 3° ano do Colégio Estadual Fred Gedeon, de Floresta Azul, soltou a voz com a música “Os crimes foram esquecidos”, na seletiva do Festival Anual da Canção Estudantil (FACE). “Minha música é um reggae e fala de uma garota que foi abusada e clama o luto e a dor que sente. Este é o meu último ano na escola e estou empolgada para representar a minha escola e região na fase estadual”, diz animada.

Quem também se apresentou foi Alessandra Monaliza Conceição, 16, do 2° ano do Colégio Estadual General Osório, de Itabuna. “Gosto muito de participar do projeto Tempos de Artes Literária (TAL) porque amo poesia e a de minha autoria se chama ‘Ingratidão’, onde expresso um pouco da minha impressão sobre a realidade em que vivemos como a violência e a falta de ética dos políticos corruptos”, explica a estudante.

face-e-tal-3O professor de História, Erlon Costa, do Colégio Estadual Moysés Bohana, de Ilhéus, acredita que “os projetos de arte e cultura complementam toda a construção do conhecimento, valorizam as potencialidades dos estudantes em diversas linguagens”, destaca.

As apresentações nas escolas estaduais envolvem os seguintes projetos estruturantes: Festival Anual da Canção Estudantil (Face), Tempos de Arte Literária (TAL), Artes Visuais Estudantis (AVE), Educação Patrimonial e Artística (EPA), Produção de Vídeos Estudantis (Prove), Dança Estudantil (Dance), Canto Coral Estudantil (Encante) e Festival Estudantil de Teatro (Feste).

Rui assiste FACE na Arena Fonte Nova

face 1

Na noite desta sexta-feira (4), o governador Rui Costa compareceu à Arena Fonte Nova para prestigiar o Festival Anual da Canção Estudantil (Face), que contou com apresentações musicais de alunos da rede estadual. O evento teve a participação especial da banda Cidade Negra.

O Face marcou o encerramento do 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual de Ensino, promovido pela Secretaria da Educação do Estado. O evento, que começou na última quarta-feira e terminou nesta sexta, reuniu cerca de 30 mil pessoas na Arena que acompanharam os trabalhos e atividades desenvolvidas por alunos da rede estadual.

 

Festival da Canção Estudantil lota a Arena Fonte Nova e encerra o 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual

face 2 face 3 face 4Tendo a Arena Fonte Nova como palco, os estudantes brilharam no Festival Anual da Canção Estudantil (Face). O show, com as 15 canções finalistas do Face, marcou o encerramento do 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual, promovido pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia. O face é um dos 15 projetos estruturantes que reuniram mais de 4 mil estudantes expositores, da capital e do interior nos três dias do evento, apresentando as experiências artísticas, científicas, esportivas e culturais, que foram desenvolvidas nas escolas, por meio do programa Educar para Transformar.

Os estudantes do Face emocionaram o público e expressaram, por  meio de diferentes gêneros e estilos musicais, como o rock, samba, pop, axé, heavy metal, reggae e  rap,  experiências, histórias  vividas, questões étnicas e outros temas da contemporaneidade. O estudante de Salvador, Gabriel Araújo, 18, compôs o rap “Tempo de crescer”. Ao participar do Face com os colegas intérpretes Franklin Fonseca, Wagner Sodré e Jeferson Santos, todos de 18 anos, Gabriel vibrou pela oportunidade de mostrar a música em espaço privilegiado que é o Encontro Estudantil. “É gratificante mostrar o que a gente gosta de fazer e a realidade das coisas através da música. A gente aprendeu muito nesses dias de convivência e de ensaios. Hoje somos todos vencedores e a gente veio aqui fazer a nossa festa”, vibrou.

A estudante Sabrina Oliveira, 17, de Brotas de Macaúbas, apresentou MPB Românito, “Aprendiz”, e fala que jamais vai esquecer do dia em que brilhou como intérprete para a multidão de estudantes que ocupou a Arena Fonte Nova. “Estar aqui é o resultado de muita dedicação e do que a gente aprendeu na escola. Aprendiz significa isso, aprender continuamente e acreditar no seu potencial e no seu sonho. Estou muito feliz”, comenta.

Entres os jurados do Face, o produtor cultural e músico Marcos Clement destaca a qualidade das composições apresentadas pelos estudantes. “Os festivais são grandes oportunidades para revelar os grandes talentos. Desde Raul Seixas até Caetano Veloso e Gilberto Gil, muitos outros grandes músicos brasileiros passaram pelos festivais que são uma forma de estimular o talento que existe em cada um. Os estudantes estão fervendo de ideias e é um privilégio para eles estarem entre as 15 canções classificadas, isto porque estamos falando de estudantes de toda a Bahia. Eu fico muito feliz e desejo sucesso a todos eles que estão tendo este contato com a musica, com a literatura, com as artes, um mundo que sempre é uma grande descoberta”.

 

Governador vai ao Festival Anual da Canção Estudantil nesta sexta-feira

Um grande show no palco armado na Arena Fonte Nova marcará, nesta sexta-feira (4), a partir das 17h, o encerramento do 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual de Ensino, promovido pela Secretaria da Educação do Estado, como parte do Programa Educar para Transformar – um Pacto pela Educação.

Às 19h, o governador Rui Costa chega ao local para acompanhar o Festival Anual da Canção Estudantil (Face), quando alunos da rede estadual apresentam canções autorais. O show, para convidados e estudantes da rede estadual, terá a participação especial da banda Cidade Negra.

Premiação do Festival Anual da Canção Estudantil encerra encontro estudantil com Saulo Fernandes

Final Topa 2

Depois de três dias intensos de exposições, oficinas, cursos, competições esportivas, produções literárias para mais de 20 mil alunos da rede estadual, a realização da sétima edição do Festival Anual da Canção Estudantil (Face), na noite desta quinta-feira (29), concluiu a programação do 3ª Encontro Estudantil Todos Pela Escola, organizado pela Secretaria estadual de Educação (Sec). Os selecionados para a final, que aconteceu em um palco montado no gramado da Arena Fonte Nova, apresentaram suas músicas e o público que participava do evento ainda pôde curtir um show do cantor Saulo Fernandes, enquanto os jurados escolhiam os melhores da noite.

Final Topa 1Foram 15 canções selecionadas para serem apresentadas em Salvador e o grande destaque da noite ficou com o estudante de 19 do município de Teixeira de Freitas, Roberto Clarisseau Marcial Neto. Acompanhado do seu violão, ele tocou e cantou a música “O jovem nordestino”, de autoria própria. Para o jovem, essa experiência vai além de ter sido escolhlido em primeiro lugar. “Eu não ganhei aqui no palco, eu ganhei muito antes, desde quando cheguei aqui em Salvador para os ensaios, conhecer todo mundo que participou, a diversidade cultural da Bahia, chegar aqui e poder aprender tudo isso foi o real prêmio”, explicou o vencedor.

As apresentações da noite foram abertas por volta das 19h desta quinta (30) na Arena Fonte Nova com shows dos vencedores do Face do ano passado, para depois passar os microfones para os competidores do festival, que em 2014 completa sete edições. Enquanto os jurados decidiam os ganhadores da noite, o público formado por estudantes, professores e profissionais da educação assistiram a um show do cantor Saulo Fernandes. Saulo chegou um pouco antes e acompanhou parte das apresentações e elogiou os estudantes. “Eu estou encantado, principalmente com o texto, essa é uma oportunidade de encontrar esse elo entre a arte e educação, e eu acredito nisso, no poder transformador da música”.

Final Topa 33º Encontro Estudantil Todos Pela Escola – A iniciativa da Secretaria estadual de Educação reuniu, entre os dias 28 e 30 de outubro, projetos das mais diferentes expressões artísticas e intelectuais com mais de vinte mil alunos da rede estadual em espaço que foi montado na Arena Fonte Nova, em Salvador. Durante os três dias do evento os estudantes participaram de uma programação que incluiu exposição da 7ª Mostra do Artes Visuais Estudantis (AVE), Terceira Aventuras Patrimoniais do Educação Patrimonial e Artística (EPA), 6º Sarau Estadual do Tempos de Arte Literária (TAL). entre muitas outras ações.

Final Topa 4

 

 

Um sábado de música, poesia e artes plásticas no CEEP Itabuna

ceep 2

O Centro Estadual de Educação Profissional em Biotecnologia e Saúde-CEEP Itabuna, vive um sábado de artes, musica e literatura, com a realização da etapa escolar de projetos da Secretaria Estadual de Educação de incentivo a atividades culturais.

ceep 1Estão sendo realizadas as apresentações do Festival Anual da Canção Estudantil (FACE), Tempo de Arte Literária (TAL) e Artes Visuais Estudantis (AVE), São sete músicas, cinco poesias e cinco quadros de artes plásticas. Os melhores colocados vão disputar a etapa regional, que antecede a etapa estadual, que acontece em Salvador.

“Além de despertar o gosto pela musica, a literatura e as artes plásticas, esses eventos integram a comunidade escolar”, afirma a diretora do CEEP Itabuna, professora Josonita Marinho, que também destaca “a qualidade das musicas, poemas e quadros em exposição”.

ceep 3

Itabuna realiza etapa regional do FACE

Será realizada em Itabuna, nesta segunda-feira (7), mais uma edição do Festival Anual da Canção Estudantil (Face), em sua etapa final regional. O festival, que já revelou diversos talentos musicais na capital e no interior, será realizado esse ano no espaço Formigueiro, no bairro São Judas, às 15 horas. O Face é uma realização da Secretaria Estadual da Educação (SEC), por meio de suas diretorias regionais (Direc). No caso de Itabuna e região, o projeto é coordenado pela Direc-7.

De acordo com a coordenadora da Direc-7, Rita Dantas, são 15 finalistas de diversos municípios da região. Eles disputarão o direito de ter sua música entre as melhores de toda a rede estadual. “Apenas o primeiro colocado se classifica para a final estaual, em Salvador”, declara.

Ela diz que, no mesmo dia, será realizada a etapa final regional de outro projeto, Tempo de Artes Literárias (TAL), que estimula a criação literária entre alunos da rede pública estadual. O TAL contará também com 15 finalistas de diversas escolas regionais.

Em busca da etapa final estadual, que também será disputada em Salvador, os candidatos a escritores serão julgados por um júri formado por escritores e poetas regionais. Já os futuros cantores e compositores terão seus trabalhos avaliados por profissionais da música regional.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
maio 2022
D S T Q Q S S
« abr    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031