hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘ferrovia oeste leste’

Rui e a luta para destravar o Porto Sul e a Fiol

Governo do Estado discute obras com ministro da Infraestrutura

Foto_Alberto Ruy_MInfra (1)

Em agenda com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, nesta quinta-feira (25), em Brasília, o vice-governador da Bahia, João Leão, o secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, e o secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, pediram rapidez em uma série de obras prioritárias para o estado. Destaque para projetos da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), da BR-415 Ilhéus/Itabuna e do aeroporto de Barreiras, além da situação de estradas federais na Bahia.

Foto_Alberto Ruy_MInfra (2)

De acordo com os secretários, a agenda permitiu que pontos travados avançassem. Uma nova reunião será marcada para a próxima semana a fim de detalhar os portos de Salvador, Aratu, Ilhéus e Porto Sul. A expectativa da Fiol foi positiva para ambos os governos – tanto o ministro quanto o vice-governador esperam a efetivação do já demonstrado interesse internacional na obra, a exemplo de investidores da China e do Cazaquistão.

O diálogo também teve êxito quando se pautou o aeroporto de Barreiras. Marcus Cavalcanti informou que a Seinfra enviará toda documentação do aeroporto e conta com a avaliação célere por parte do ministério para que a licitação possa ser lançada. (Fotos: Alberto Ruy/MInfra)

Governador se reúne com novo embaixador da China no Brasil e discute Ferrovia Oeste Leste

brachin 2

No primeiro encontro com o novo embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, o governador Rui Costa conversou em Brasília, nesta quarta-feira (20), sobre os projetos pioneiros na Bahia que atraíram empresas chinesas. Rui foi classificado pelo embaixador como o gestor dos quais ele conversou que mais entende sobre a China.

brachin 1O Veículo Leve de Transporte (VLT) de Salvador foi um destaque na conversa. O contrato do modal foi assinado pelo Governo do Estado e pelo consórcio Skyrail Bahia, composto pelas empresas Build Your Dreams (BYD Brasil) e Metrogreen, no último dia 13. Yang parabenizou o governador pela efetivação da parceria e afirmou que acompanhará a execução da obra de perto.

Rui também falou sobre o relacionamento com as empresas chinesas de tecnologia, a licitação da Ponte Salvador-Itaparica e a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol).

O vice-governador, João Leão, e o secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, acompanharam o governador na agenda. Um novo encontro entre eles deve ocorrer em março.

Audiência pública em Brasília discute obras da Fiol

fiolUma audiência pública sobre a construção da Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol) foi realizada nesta terça-feira (25), em Brasília. Coordenado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o evento faz parte do processo para concessão do trecho entre Ilhéus e Caetité, que, de acordo com o governo federal, está prevista ainda para 2018.

Na última sexta-feira (21), outra audiência ocorreu em Ilhéus, no sul da Bahia. O próximo passo é analisar as contribuições feitas nas audiências e editar um relatório final com conclusão desses estudos e, então, prosseguir com a licitação.

O secretário da Casa Civil do Estado, Bruno Dauster, considera que as audiências são passos fundamentais para as obras da Fiol. Em 2017, na China, a Bahia Mineração (Bamin) e seu acionista Eurasian Resources Group (ERG), juntamente com o poder executivo baiano, assinaram um Memorando de Entendimento (MOU) com um consórcio chinês para o financiamento do projeto integrado da Fiol, do Porto Sul e da mina de Pedra de Ferro.

Dauster explica que esse consórcio pretende viabilizar o primeiro trecho da Fiol e o Porto Sul, já que uma obra depende da outra para cumprirem suas funções.

Audiência pública em Ilhéus discute obras da Ferrovia Oeste-Leste

Foto Paula Froes GOVBA

Uma audiência pública sobre a construção da Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol) foi realizada na manhã desta sexta-feira (21), no Hotel Praia do Sol, em Ilhéus, no Sul da Bahia. O evento, coordenado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), faz parte do processo para concessão do trecho entre Ilhéus e Caetité que, de acordo com o Governo Federal, está prevista ainda para este ano de 2018. Na terça-feira (25), uma nova audiência pública acontece em Brasília.

 

“O objetivo aqui é colher contribuições para os estudos que foram realizados na concessão da Fiol e submeter à sociedade para que ela possa apreciar esses estudos”, explicou o superintendente substituto de Ferrovias da ANTT, Fernando Formiga. O próximo passo é analisar as contribuições feitas nas audiências e editar um relatório final com conclusão desses estudos e, então, prosseguir com a licitação.

Foto Paula Froes GOVBA2

O secretário da Casa Civil do Estado, Bruno Dauster, considera que as audiências são passos fundamentais para as obras da Fiol. Ele relembra que em 2016, o Estado da Bahia foi à China propor às empresas China Railway Engineering Corporation (Crec) e China Communications Construction Company Ltd (CCCC) que estudassem a possibilidade, entre outros projetos na Bahia, de tocar a Fiol, uma obra Federal, sob responsabilidade da ANTT e do Ministério dos Transportes.

Foto Paula Froes GOVBA3

Em setembro de 2017, durante viagem à China, a Bahia Mineração (Bamin) e seu acionista Eurasian Resources Group (ERG), juntamente com o poder executivo baiano, assinaram um Memorando de Entendimento (MOU) com um consórcio chinês para o financiamento do projeto integrado da Fiol, do Porto Sul, e da mina de Pedra de Ferro.

fiol 1

O MOU faz parte do conjunto de esforços que a Bahia vem fazendo para reaquecer as obras da Fiol, por entender a importância do equipamento para o escoamento de minérios e a produção de grãos do oeste da Bahia, favorecendo o desenvolvimento do estado. Dauster explica que esse consórcio pretende viabilizar o primeiro trecho da Fiol e o Porto Sul, já que uma obra depende da outra para cumprirem suas funções. (Fotos: Paula Fróes/GOVBA)

Audiência pública discutirá obra da Fiol em Ilhéus

Obra da Fiol - divulgaçãoA Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), vinculada ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, realizará audiência pública em Ilhéus, na próxima sexta-feira (21), para discutir a subconcessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), trecho Ilhéus-Caetité. O evento acontece no Hotel Praia do Sol, localizado na Praia do Sul, a partir das 8h30, com a participação de representantes dos poderes Executivo e Legislativo, entidades ambientalistas e de controle social, clubes de serviço, associações comunitárias e demais esferas da sociedade civil.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, comemora o avanço do processo de licitação para a construção deste trecho da Fiol. Este ano, ele já se reuniu em Brasília com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, e o presidente da Valec (empresa pública responsável pela construção da Fiol), Mário Lindolfo, a fim de reivindicar a retomada da obra. “É um momento histórico para o município, uma oportunidade de crescimento econômico e social da cidade e da região”, enfatiza.

Durante a audiência, a população poderá opinar sobre o plano de construção dos 537 quilômetros da ferrovia que liga Ilhéus a Caetité. Além da audiência pública presencial em Ilhéus, haverá uma segunda, em Brasília, no dia 25 de setembro e será possível enviar contribuições pela internet até o dia 15 de outubro de 2018. Informações e orientações sobre os procedimentos relacionados à participação da sociedade civil na audiência pública estão disponíveis no site da ANTT – www.antt.gov.br. Outros esclarecimentos podem ser obtidos por comunicação via e-mail (ap010_2018@antt.gov.br), ou pelo telefone (61) 3410-1887.

Concessão da Fiol será debatida com sociedade civil em audiências públicas

fiolA Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), vinculada ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, publicou um aviso de Audiência Pública, na edição desta quarta-feira (29) do Diário Oficial da União, com o objetivo de colher subsídios para a subconcessão à iniciativa privada da malha ferroviária da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), no trecho compreendido entre Ilhéus e Caetité.

De acordo com a publicação, serão realizadas duas sessões públicas presenciais. A primeira será em Ilhéus, no dia 21 de setembro de 2018, das 8h30 às 12h, em local que será informado posteriormente. A segunda sessão vai ocorrer em Brasília, no dia 25 de setembro, das 14h às 18h. O local também será publicado em outro momento.

Além das sessões presenciais, será possível enviar contribuições para o plano de concessão, no período entre as 18h de 29 de agosto até as 18h do dia 15 de outubro de 2018. Todas as informações e orientações sobre os procedimentos relacionados à participação da sociedade civil na audiência pública estarão disponíveis no site da ANTT – www.antt.gov.br. Outros esclarecimentos podem ser obtidos por comunicação via e-mail, no ap010_2018@antt.gov.br, ou pelo telefone (61) 3410-1887.

Viabilidade técnica

Os estudos de viabilidade técnica e econômica referentes ao processo de concessão da Fiol foram aprovados no início deste mês, pela Secretaria Nacional de Transportes Terrestre e Aquaviário, também vinculada ao Ministério dos Transportes. A aprovação foi publicada na edição do dia 7 de agosto do Diário Oficial da União. Os estudos foram contratados pelo Governo do Estado da Bahia, por meio de uma licitação pública, com o propósito de dar celeridade ao processo de implantação do equipamento, com a retomada das obras.

Presidentes de empresas chinesas avaliam obras da Ferrovia Oeste-Leste, Porto Sul e exploração de mina de ferro

chineses 1Os presidentes e vice-presidente das quatro empresas chinesas que integram o consórcio com a Bahia Mineração para a exploração da mina de minério de ferro de Caetité, construção do Porto Sul e Ferrovia Oeste-Leste (Fiol) participaram de reunião com o governador Rui Costa, no final da manhã desta segunda-feira (13), na Governadoria, em Salvador. Esta é a primeira vez que os presidentes visitam a capital baiana para discutir o andamento dos três projetos que são desenvolvidos em parceria com a Bahia Mineração (Bamin).

Na reunião foram abordados aspectos técnicos e o potencial de cada um dos empreendimentos, além de medidas para acelerar o processo de aprovação do projetos tanto no Brasil quanto na China. O governador Rui Costa destacou a contribuição dos projetos para o desenvolvimento econômico e social para o estado. “Temos avanços em três projetos que são importantes para o estado. Neste momento a mineração servirá como alavancagem inicial para essa grande obra de infraestrutura que envolve a ferrovia e o porto. Nós vamos integrar diversas regiões do estão garantindo a chegada de empresas, empregos e renda para a população”, argumenta.

chineses 2 O presidente da Bahia Mineração, Eduardo Ledsham, destacou que a reunião com os presidentes das empresas chinesas representa o interesse de que os projetos sejam iniciados o mais breve possível. “Estamos recebendo hoje os principais executivos do Consórcio Chinês que junto com a Bamin estão desenvolvendo uma parceria para implantação do projeto Pedra de Ferro. A presença dos executivos em seguida da aprovação do estudo econômico da Fiol pelo ministro dos Transportes, na última semana, fortalece a parceria e é uma demonstração clara do consórcio em acelerar a implantação do projeto”.

No último domingo (12), o grupo de chineses, acompanhado por representantes do Governo do Estado, Bahia Mineração, e da ERG, controladora da Bamin, sobrevoou a mina de minério, localizada em Caetité, no sudoeste do estado, e trechos da Fiol. Os empresários tiveram a oportunidade de conhecer a qualidade do minério de ferro, bem como a extensão da mina.

 

Porto Sul e Fiol

porto sulO Porto Sul tem investimento total previsto de R$ 2,7 bilhões e será construído na localidade de Aritaguá, no litoral norte de Ilhéus. Pelo porto será escoado, principalmente, o minério de ferro extraído pela Bahia Mineração no município de Caetité. A previsão é que cerca de 20 milhões de toneladas ao ano de minério de ferro de alta qualidade sejam escoados pelo prazo de até 30 anos. O minério sairá de Caetité e chegará ao porto, em Ilhéus, através da Ferrovia Oeste-Leste que terá extensão de 1.527 km, sendo 1.100 km no estado da Bahia. A ferrovia terá capacidade para transporte de 60 milhões de toneladas por ano.

Ponte Salvador –Itaparica

 

Após discutir os investimentos nas obras da Fiol e Porto Sul, outra reunião foi realizada com os representantes da empresa chinesa CREC para discutir exclusivamente a construção da ponte Salvador-Itaparica. A previsão é de que o equipamentos tenha 13 quilômetros de extensão e investimento de R$ 7 bilhões. O governador afirmou que a expectativa é de que o edital de licitação para o projeto seja lançado até o final do ano. “ Este investimento deve ser feito por meio de parceria público-privada e por isso quem vai colocar o dinheiro busca ter todas as garantias possíveis de que o negócio é viável com garantia do retorno financeiro. Estamos chegando a um ponto de entendimento com diversas empresas chinesas e europeias que buscam a Bahia para se informar sobre este projeto. Assim que tivermos a confirmação do interesse das empresas, iremos publicar o edital de licitação da obra”.  (Fotos: Alberto Coutinho/GOVBA)

Chineses sobrevoam mina de ferro e ferrovia em Caetité

fiol 3

Representantes do Governo do Estado, da Bahia Mineração (Bamin), da ERG, acionista da Bamin, e empresários chineses fizeram neste domingo (12) um sobrevoo na mina de minério de ferro localizada em Caetité, sudoeste do estado, e em trechos da Ferrovia Oeste-Leste (Fiol).

fiol 1Na ocasião, os chineses conheceram de perto a qualidade do minério e a extensão da mina. As empresas da China, a Bamin e a ERG vão trabalhar em conjunto para desenvolver os projetos da Fiol, mina de ferro e Porto Sul, que já tem todas as licenças para início das obras.

“O objetivo dessa visita é continuar fortalecendo a parceira dos projetos da Fiol, Porto Sul e mina de ferro. O presidente da companhia chinesa Crec e suas subsidiárias veio conferir de perto o projeto que vai contribuir para o desenvolvimento da Bahia”, afirmou o coordenador executivo da Casa Civil, José Carlos, que acompanha os chineses na visita.

Nesta segunda-feira (13), o governador Rui Costa irá se reunir com os presidentes e demais executivos das companhias chinesas. Essas empresas vão apresentar resultados positivos dos projetos da mina, Porto Sul e Fiol. Além dos chineses, participam da reunião o presidente da Bahia Mineração (Bamin) e o chefe regional da ERG, grupo controlador da Bamin.

Aprovados estudos da Fiol

fiol 2No último dia 7 de agosto, mais um importante passo para o desenvolvimento do projeto foi dado com a aprovação, pelo Governo Federal, dos Estudos de Viabilidade Técnica e Econômica referentes ao processo de concessão da Fiol, do trecho de Ilhéus até Caetité. Os estudos foram contratados, através de uma licitação pública, pelo Governo do Estado da Bahia com o propósito de dar celeridade ao processo de implantação do equipamento, com a retomada das obras.

Com o relatório de aprovação emitido pela Secretaria Nacional de Transportes Terrestre e Aquaviário, vinculada ao Ministério dos Transportes, fica estabelecido que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) já está autorizada a abrir o processo de licitação de concessão da Ferrovia.

Rui garante investimentos em infraestrutura e logística

rui log

Logística para alavancar investimentos. A desconcentração regional das atividades econômicas, apoiada numa estrutura consolidada de vias logísticas de transporte de carga e escoamento da produção, foi o compromisso reafirmado pelo pré-candidato ao governo da Bahia pelo PT, Rui Costa, no encontro com os líderes dos setores produtivos do estado, na manhã desta terça (7), no Hotel Mercure, no Rio Vermelho. “Mantivemos os investimentos do Estado e criamos condições para atrair novas empresas para o estado, mesmo diante da grave crise econômica que o País enfrenta. Acredito que o Brasil vai reencontrar o caminho do crescimento e faremos ainda mais pela Bahia e pelos baianos”, garantiu Rui.

IMG-20180807-WA0020
Representantes da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (FAEB), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA) e Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB) puderam interagir com o candidato, debatendo propostas e diretrizes para a economia baiana nos próximos quatro anos. Prioridades como avançar na execução de projetos estruturantes, a exemplo do Porto Sul e da Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol), obras geradoras de avanço significativo no desenvolvimento da Bahia, consolidando a infraestrutura capaz de acelerar o crescimento e a oportunidade de emprego no interior do estado. Rui Costa garantiu o apoio necessário ao encaminhamento das soluções de entraves burocráticos, para acelerar as obras e contribuir na interlocução com os municípios.

Read the rest of this entry »

Aprovado estudo de viabilidade técnica e econômica para concessão da Ferrovia Oeste Leste

Fiol - Elói Côrrea

O Diário Oficial da União (DOU) publicou, na edição dessa terça-feira (07), a aprovação dos Estudos de Viabilidade Técnica e Econômica (EVTE) referentes ao processo de concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), do trecho de Ilhéus até Caetité. Os estudos foram contratados, através de uma licitação pública, pelo Governo do Estado da Bahia com o propósito de dar celeridade ao processo de implantação do equipamento, com a retomada das obras.

Com o relatório de aprovação emitido pela Secretaria Nacional de Transportes Terrestre e Aquaviário, vinculada ao Ministério dos Transportes, fica estabelecido que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) já está autorizada a abrir o processo de licitação de concessão da Ferrovia.

Fiol 2- Elói Côrrea

O EVTE abrangeu todo o traçado da FIOL e atualizou os estudos da Ferrovia de Integração Centro-Oeste (FICO) até a cidade de Água Boa, no Mato Grosso. A FIOL é uma obra do Governo Federal e está inserida no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da União, com licitação prevista ainda para 2018.

O trecho de Ilhéus até Caetité já está mais de 70% concluído. Ao todo, já foram investidos mais de R$ 3.3 bilhões em toda a extensão da Ferrovia, no território da Bahia.  (fotos Elói Correa)

Em Brasília, governo baiano discute obras da Fiol e do Porto Sul

Foto Fiol - Elói Corrêa_GOVBA (3)

As obras da Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol) e do Porto Sul na Bahia foram pauta de reunião entre o governador Rui Costa e o embaixador da China, Li Jinzhang, nesta segunda-feira (9), em Brasília. O objetivo principal é cumprir as etapas de negociação para viabilizar o início dos trabalhos. Para impulsionar o cronograma, o Governo do Estado se dispôs a prestar todo o apoio necessário e pediu ao representante do governo chinês que a embaixada fosse um elo junto ao consórcio liderado pela China Railway Group, interessado na execução das obras.

Porto Sul

O embaixador Li Jinzhang garantiu que marcará um novo encontro com o consórcio para que o acompanhamento seja detalhado e as informações repassadas às instâncias governamentais brasileiras. O secretário estadual da Casa Civil, Bruno Dauster, ofereceu o apoio necessário para o encaminhamento das soluções de entraves burocráticos e de licenciamento para tornar possível a obra, além de contribuir na interlocução com os municípios.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930