hanna thame fisioterapia animal
emasa coronavirus 155 livros do thame

Posts Tagged ‘fazendas’

Presa quadrilha que atacava fazendas no interior da Bahia

 

fazendaUma operação deflagrada pela Delegacia Territorial (DT) de Jacobina desarticulou uma quadrilha envolvida em assaltos a propriedades rurais, tráfico e homicídios, naquela região. Cinco pessoas foram presas e um adolescente apreendido, além de cinco armas, três delas de grosso calibre, mais de 6 quilos de maconha, meio quilo de cocaína e 200 gramas de crack.

No momento da prisão, Antonio Luiz Teixeira Leite Júnior, o “Juninho”, de 22 anos, um dos líderes do bando, Anderson Santos Silva, de 18, Clebson Santos de Jesus, 20, Adailton de Souza, 22, Francisco Carneiro dos Santos Filho, 23, e um garoto de 17 anos estavam com as drogas, armas e vários eletrodomésticos provenientes dos assaltos às fazendas da região.

A polícia apurou que Clebson já cumpriu pena na Penitenciaria Lemos de Brito, em Salvador, e Francisco é fugitivo da DT de Capim Grosso, onde estava preso por homicídio. Com exceção do garoto, encaminhado ao Ministério Público, todos foram autuados pelo delegado Humberto Marino por tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de armas e formação de quadrilha.

 

Polícia baiana apreende 16 toneladas de maconha em três fazendas

melaram o verão dos "pamonheiros"

Dezesseis toneladas e 15 quilos de maconha, prontas para consumo e 500 gramas de haxixe apreendidas pela Polícia Civil da Bahia em três fazendas nos municípios de Cafarnaum e Canarana, entre os dias 21 e 24 deste mês foram apresentadas à imprensa, nesta segunda-feira (26), na sede da Coordenação de Operações Especiais (COE), em São Cristovão do Aeroporto. Trata-se da maior apreensão da droga já feita no Nordeste brasileiro, segundo informou o diretor do Departamento de Narcóticos (DENARC), delegado Jorge Figueiredo, que coordenou as operações. O delegado geral, Hélio Jorge Paixão, também acompanhou a operação policial na zona rural dos dois municípios

Destinados ao abastecimento de pontos de tráfico em Salvador e localidades do Litoral Norte baiano durante o Verão, os 16 mil e 15 quilos de maconha renderiam aos traficantes, conforme estimativa da polícia, cerca de R$ 8 milhões. A droga estava acondicionada em cerca de 3 mil sacos, quase a metade deles enterrados nas propriedades rurais e cobertos com lonas.

Estima-se que cerca de 20 pessoas trabalhavam no plantio e colheita da maconha em cada roça.

Segundo apurou o diretor do DENARC, delegado Jorge Figueiredo, a maioria dos trabalhadores rurais é proveniente de outros estados e permaneciam entre quatro e cinco meses na região cultivando a maconha e fazendo a colheita.

Três poços artesianos foram desativados e equipamentos utilizados para irrigação, como mangueiras e tubulação, destruídos. Calcula-se que os traficantes investiram cerca de R$ 2 milhões em aquisição de terras, irrigação, plantio, colheita e distribuição da droga.   Eles utilizavam uma estufa improvisada para a secagem da maconha, que depois de enterrada em buracos era coberta com lonas revestidas com folhas e galhos de árvores.

 

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930