WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

universidade lasalle livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

outubro 2022
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: ‘fake news’

NOTA DE ESCLARECIMENTO- POLÍCIA MILITAR

A Polícia Militar da Bahia esclarece que é inverídica a informação de aquartelamento da tropa no pleito eleitoral de 2022.

A corporação ressalta que o efetivo policial militar escalado para trabalhar no domingo (2/10) vai exercer o direito de voto, bem como garantir a segurança da população durante o exercício da cidadania no sufrágio universal.

 

Governador da Bahia não defendeu regulamentação do tráfico de drogas

Fala de Rui Costa foi retirada de contexto para dar a ideia

de que político enxerga o tráfico como geração de emprego

Reportagem Agência Tatu

Edição Nordeste Sem Fake

É falsa a informação de que o governador da Bahia, Rui Costa (PT), tenha defendido a regulamentação do tráfico de drogas com a justificativa de geração de emprego. Uma fala foi descontextualizada e voltou a circular este mês com o objetivo de produzir desinformação. O político, na verdade, explicou em entrevista como o tráfico afeta a segurança pública e  defende a criação de um marco legal para combater o problema.

O que estão dizendo?

Em uma postagem no Twitter com mais de 30 mil visualizações, o recorte de vídeo é acompanhado pela descrição: “Governo da Bahia fala que drogas empregam muitos jovens e temos que rever as leis” (sic). O vídeo está retirado de seu contexto original e a descrição é falsa.

O trecho da desinformação traz o seguinte recorte: “As drogas hoje têm uma capilaridade enorme, gigantesca no Brasil inteiro, emprega muita gente, emprega muitos jovens, muita gente, não necessariamente consumidores de drogas. Então, você tem os entregadores, pessoas que são jovens, contratada, que compram ou recebem uma moto para entregar drogas fazer um verdadeiro delivery, transformam no Brasil inteiro milhares de jovens empregados e infelizmente, os grupos quando  vão se organizando, se reorganizando, eles passam por uma disputa de locais e pontos de venda”.

:: LEIA MAIS »

Fake! Governo da Bahia não está roubando crianças de suas famílias

fakeO governador da Bahia, Rui Costa, não está resgatando ou retirando à força crianças do convívio familiar para “jogar numa casa de acolhimento” e criar “campos de concentração para lavagem cerebral total”. Um texto apócrifo, com essas e outras mentiras, está sendo disseminado nas redes sociais e nos aplicativos de mensagens com o objetivo de confundir as pessoas, criar uma rede de medo e ódio na internet e atacar politicamente o chefe do Poder Executivo baiano.

A Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) já está investigando a origem e a autoria da mensagem, que também diz que há “plano diabólico” com o objetivo de “recolher crianças e adolescentes sem nenhum processo legal” com o apoio do Conselho Tutelar. A história inventada pelos criminosos responsáveis pela fake news é completamente absurda. Não há qualquer projeto, programa ou ação do Estado da Bahia com esta finalidade.

O Governo do Estado da Bahia repudia veementemente as mentiras disseminadas e afirma que valoriza a família e reconhece a importância do ambiente familiar para a formação das crianças e adolescentes baianos. Não compartilhe mentiras. Disseminar fake news é crime.

https://bahiacontraofake.com.br/fake-governo-da-bahia-nao-esta-roubando-criancas-de-suas-familias/

Fake! Governo da Bahia não vai aumentar ICMS dos combustíveis em agosto

fake newsÉ mentira a informação que o Governo do Estado da Bahia vai aumentar o ICMS de combustíveis a partir de 1º de agosto de 2021, como está sendo amplamente divulgado de forma enganosa. O imposto estadual não é reajustado há cerca de 4 anos e não há previsão para que ocorra um novo reajuste. Como a alíquota significa um percentual a ser aplicado sobre o valor de venda do produto, o valor arrecadado do imposto varia quando o preço do combustível é reajustado nas bombas, ou seja. Não é o Governo do Estado quem define o valor de mercado dos combustíveis.

:: LEIA MAIS »

Fake: Criminosos editam e distorcem informações de vídeo gravado em 2018

fake newsUm vídeo gravado pelo governador Rui Costa em 29 de novembro de 2018 foi editado de forma criminosa para confundir servidores públicos e aposentados do Governo do Estado da Bahia. A versão falsa, amplamente divulgada em grupos de WhatsApp e redes sociais, tem 46 segundos e o título “Veja o que Rui vai fazer com os servidores e aposentados”. Com cortes de edição bruscos e informações completamente descontextualizadas, o vídeo falso dá a entender que Rui Costa vai reduzir 40% de todos os salários dos servidores e aposentados. As informações são falsas.

No vídeo original, que foi amplamente divulgado pela imprensa e publicado nas redes sociais de Rui Costa (veja aqui: https://bit.ly/3iGLfCq) o governador fala sobre a adoção de medidas que visavam garantir, na época, o equilíbrio financeiro do Estado e o pagamento dos servidores ativos e aposentados. O vídeo verdadeiro tem 3 minutos e 47 segundos de duração e foi publicado nas redes sociais de Rui Costa e amplamente divulgado pela imprensa. De acordo com a Secretaria da Administração do Estado (Saeb), não há qualquer previsão de corte de salário e de benefícios.

:: LEIA MAIS »

Vídeo sobre falsa vacinação contra Covid-19 em Ilhéus é fake, informa Prefeitura

Vacinção em IlhéusA Prefeitura de Ilhéus repudia veementemente um vídeo que circula nas redes sociais e aplicativos de mensagem sobre a falsa vacinação de uma idosa, associando a conduta equivocada ao trabalho dos profissionais de saúde do município. A Secretaria de Saúde (Sesau) esclarece que o fato aconteceu em Franca, no interior de São Paulo, e lamenta a postura de pessoas que disseminam informações falsas com o único objetivo de prejudicar a atuação das equipes no combate à Covid-19.

 

A Prefeitura luta contra a propagação de fake news e repudia o comportamento de pessoas que tentam a todo custo enfraquecer o rendimento do trabalho realizado para salvar vidas. Neste momento, a conscientização da população é fundamental para que conter os efeitos da pandemia e fortalecer a política de imunização em Ilhéus.

 

A Sesau informa que vacinação segue regularmente, com aplicação de 45 mil doses até está quinta-feira (22). Nesta etapa, estão sendo imunizados idosos, indígenas, trabalhadores da saúde e profissionais das forças de segurança e salvamento. Do total de doses aplicadas, 30.836 referem-se ao primeiro ciclo (D1) e 14.278 doses são relativas ao segundo ciclo (D2) do esquema vacinal dos grupos prioritários.

 

Fake! Policiais baianos não fizeram marcha rumo ao Palácio de Ondina 30 março

fakePoliciais militares da Bahia não realizaram nenhuma marcha de protesto com destino ao Palácio de Ondina, residência oficial do Governador do Estado, Rui Costa.

São totalmente mentirosas as mensagens que estão sendo compartilhadas juntamente com um vídeo, nas diversas redes sociais. Na gravação, uma multidão caminha pela rua. Os autores da fake news tentam, criminosamente, confundir a opinião pública, afirmando que trata-se de protesto após a morte do PM Wesley Soares, no último domingo (28), no Farol da Barra.

Na verdade, as imagens foram gravadas no estado de São Paulo e mostram uma marcha de torcedores do Corinthians. O vídeo foi filmado em 6 de setembro de 2015, quando ocorreu uma partida entre o Corinthians e o Palmeiras pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, na arena Allianz Parque. As imagens mostram os corintianos indo ao estádio que é mando de campo do Palmeiras. No Youtube, é possível encontrar as imagens originais daquele dia, por diversos ângulos. Confira aqui e aqui.

A informação mentirosa tem sido repassada até mesmo por parlamentares, que de forma irresponsável e criminosa estão criando uma atmosfera de medo e insegurança institucional, espalhando fake news, estimulando motins, paralisações e greves. A fake news também foi desmentida pela agência de checagem de notícias Aos Fatos.

Vídeos da torcida do Corinthians

Governadores divulgam carta contra fake news e pedem adoção de providências

O governador da Bahia, Rui Costa, e governadores de todas as regiões do país divulgaram, na noite desta segunda-feira (29), uma carta em que manifestam “indignação em face da crescente onda de agressões e difusão de Fake News que visam a criar instabilidade institucional nos Estados e no País”.

 

Na carta, os gestores lembram que o Brasil vive um período de emergência pública, em razão da aceleração dos casos de covid-19. “Enquanto isso, alguns agentes políticos espalham mentiras sobre dinheiro jamais repassado aos estados, fomentam tentativas de cassação de mandatos, tentam manipular policiais contra a ordem democrática, entre outros atos absurdos”, afirma o texto.

 

Os governadores ainda convocam o presidente da República e os presidentes da Câmara dos Deputados, do Senado e do Supremo Tribunal Federal (STF) “para que adotem todas as providências de modo a coibir tais atos ilegais e imorais”.

 

Por fim, demonstram solidariedade e apoio às forças policiais em relação a “reivindicações justas quanto à vacinação, pleito em análise no âmbito do Ministério da Saúde pela Comissão Intergestores Tripartite – CIT”.

 

Além de Rui Costa, assinam a carta os governadores Flávio Dino (Maranhão), Helder Barbalho (Pará), Paulo Câmara (Pernambuco), João Doria (São Paulo), Ronaldo Caiado (Goiás), Mauro Mendes (Mato Grosso), Eduardo Leite (Rio Grande do Sul), Camilo Santana (Ceará), João Azevêdo (Paraíba), Renato Casagrande (Espírito Santo), Wellington Dias (Piauí), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte), Belivaldo Chagas (Sergipe), Reinaldo Azambuja (Mato Grosso do Sul) e Waldez Góes (Amapá).

 

 

CARTA DOS GOVERNADORES: QUEREMOS VERDADE E PAZ!

 

Os governadores manifestam sua indignação em face da crescente onda de agressões e difusão de Fake News que visam a criar instabilidade institucional nos Estados e no País. Vivemos um período de emergência na saúde, e a vida de todos os brasileiros está em grave risco._

Os governadores, juntamente com os servidores públicos e profissionais do setor privado, estão lutando muito para garantir atendimento de saúde e apoio social à população. Enquanto isso, alguns agentes políticos espalham mentiras sobre dinheiro jamais repassado aos estados, fomentam tentativas de cassação de mandatos, tentam manipular policiais contra a ordem democrática, entre outros atos absurdos._

Registramos especialmente o nosso protesto quando são autoridades federais, inclusive do Congresso Nacional, que violam os princípios da lealdade federativa._

Conclamamos o Presidente da República, os Presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, bem como o Presidente do Supremo Tribunal Federal, para que adotem todas as providências de modo a coibir tais atos ilegais e imorais._

Os Estados e todos os agentes públicos precisam de paz para prosseguir com o seu trabalho, salvando vidas e empregos. Estimular motins policiais, divulgar Fake News, agredir Governadores e adversários políticos, são procedimentos repugnantes, que não podem prosperar em um país livre e democrático._

Finalmente, sublinhamos a nossa gratidão a todos os servidores públicos e profissionais que têm atuado incessantemente para vencermos a pandemia. Merecem especial destaque as forças policiais, que têm a nossa solidariedade e apoio em relação a reivindicações justas quanto à vacinação, pleito em análise no âmbito do Ministério da Saúde pela Comissão Intergestores Tripartite – CIT.

Brasília, 29 de março de 2021.

Assinam esta carta:
RUI COSTA Governador do Estado da Bahia
FLÁVIO DINO Governador do Estado do Maranhão
HELDER BARBALHO Governador do Estado do Pará
PAULO CÂMARA Governador do Estado de Pernambuco
JOÃO DORIA Governador do Estado de São Paulo
RONALDO CAIADO Governador do Estado de Goiás
MAURO MENDES Governador do Estado de Mato Grosso
EDUARDO LEITE Governador do Estado do Rio Grande do Sul
CAMILO SANTANA Governador do Estado do Ceará
JOÃO AZEVÊDO Governador do Estado da Paraíba
RENATO CASAGRANDE Governador do Estado do Espírito Santo
WELLINGTON DIAS Governador do Estado do Piauí
FÁTIMA BEZERRA Governadora do Estado do Rio Grande do Norte
BELIVALDO CHAGAS Governador do Estado de Sergipe
REINALDO AZAMBUJA Governador do Estado de Mato Grosso do Sul
WALDEZ GOÉS Governador do Estado do Amapá

 

 

Jornalistas de Ilhéus e Itabuna discutem os desafios da produção de notícias na era das fake news

Bamin jornJornalistas que atuam nas cidades de Ilhéus e Itabuna, na região Sul da Bahia, se reuniram na última terça-feira, 23, para a primeira edição do Encontro Regional com a Imprensa. Profissionais de 13 veículos de comunicação discutiram os desafios da produção de notícias diante dos riscos das fake news e das informações que circulam com ampla velocidade por meio do WhatsApp.

O evento, em formato remoto, foi capitaneado pela jornalista Silvana Oliveira, gerente de jornalismo da Rádio Sociedade da Bahia, e organizado pela equipe de comunicação da BAMIN.  Com a experiência de quem atua na área desde o final da década de 80, Silvana foi responsável pela consolidação da BandNews FM Salvador, além de ter trabalhado como apresentadora da Rádio Metrópole e gerenciado o jornalismo da TVE, dentre outras experiências.

Silvana apresentou aos jornalistas a palestra intitulada “notícia: agilidade, WhatsApp e fake news”, e destacou a importância do jornalismo regional para o abastecimento de informações que repercutem na capital. Ela pontuou que, no atual cenário, o profissional da comunicação em cidades do interior tem sido cada vez mais imprescindível na produção de notícias com apuração adequada e condizente com fatos verificados pelo repórter.

:: LEIA MAIS »

“Na Bahia perdemos muito tempo desmentindo Fake News”, diz secretário de Comunicação

andre cMauricio Leiro, do site Bahia Notícias- O secretário de Comunicação da Bahia, André Curvello, reclama que o estado perde muito tempo para “desmentir fake news” durante a pandemia do novo coronavírus. “Tem o desgaste físico e emocional. Antes mesmo da pandemia. Com a pandemia isso ficou mais grave”, criticou.

“É um vírus a fake. A mentira é absurdamente perversa. Na pandemia, o poder público tem a responsabilidade de informar. Quando você enfrenta uma tempestade de mentiras isso se torna mais grave. É um exército e uma guerra que não tem fim. É um exército poderoso sem o compromisso com a sociedade. São pessoas sem ética”, disse ao Bahia Notícias.

Curvello acredita que existam dois fatores que influenciam nas notícias falsas. “O Brasil é um dos países do mundo que mais utiliza o celular e o WhatsApp. Tem pesquisas que apontam que 62% da população não se preocupa com a verdade do conteúdo. Fica muito difícil”, explicou.

:: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia