hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Escola Cultural de Itabuna’

Escola Cultural de Itabuna debate `feminicídio`

O projeto Escolas Culturais de Itabuna, coordenado por Tacila Sousa, em parceria com o Conselho Tutelar de Itabuna e Rotaract Itabuna Sul, dando seguimento ao ‘’Projeto 18 de maio é Todo Dia’’, promovem amanhã (18) a roda de conversa “Se liga… Feminicídio não é papo de mulherzinha” com a finalidade de esclarecer os diversos tipos de violência contra a mulher, sejam estes físico, emocional, moral e/ou psicológico; considerando que as taxas de feminicídio vem aumentando significativamente, sobretudo em Itabuna.

escult

O evento acontecerá no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhãesa partir das 9 hoiras  sendo destinado a população em geral, contando com as presenças de Aline Setenta, advogada, docente do curso de Direito da UESC e coordenadora do Ser Mulher – Centro de Referência dos direitos da mulher e Milena Araujo, Professora de Balé com suas alunas no Projeto Conexão Vidas que acontece na Creche Irmã Margarida no bairro Maria Pinheiro; que apresentaram a coreografia “Encontros”, a fim de que a arte seja vista e entendida como um caminho para a construção de novas trajetórias para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Estudantes do do Ensino Superior podem ser monitores do evento e receberam declaração virtual com carga horária. Interessados devem entrar em contato, através do e-mail: itabuna@escolasculturais.org.br

Escola Cultural de Itabuna debate políticas públicas e economia solidária

escola culturalA situação da cultura em Itabuna e a busca da compreensão das Políticas Públicas para esse setor e associada com noções de economia criativa e solidária são os temas da Roda de Conversa que o Projeto Escolas Culturais realizará no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães,  nesta quinta-feira (14), a partir das 9 horas.

Os palestrantes Lula Dantas, da Associação do Culto Afro Itabunense, Cláudio , do Centro de Cultura Adonias Filho e Joabe Paiva,  Assessor Parlamentar do vereador Júnior Brandão (PT) serão os responsáveis pelo bate-papo que contará com um público formado pelas Instrutoras de Aprendizagem e Aprendizes do CIIE – Itabuna, estudantes e a comunidade.

Tacila Sousa, Coordenadora da Escola Cultural de Itabuna, ressalta que” a formação de novos artistas e plateias passa por debates onde todos tenham espaço de fala ativa, frente a reflexões provocadas na observação de temas transversais, diante das demandas culturais de ontem, hoje e amanhã”.

Escola Cultural de Itabuna promove Feira de Ciências & Inovação

feira escola cultural 2

O Colégio Modelo, em Itabuna, a primeira Escola Cultural da Bahia, promove até amanhã (26) a “Feira de Ciências & Inovação: Matemática em toda parte”, que faz parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.  A programação inclui oficinas ministradas pelo Centro Juvenil de Arte e Cultura e FTC, torneio de xadrez, palestras, exposições de produtos e apresentação de trabalhos científicos, além do I Simpósio de Jovens Cientistas do Núcleo Territorial de Educação/Sul da Bahia-Programa  Ciência na Escola.

feira escola cultural 1

O evento foi aberto com uma palestra sobre “Hackeando computadores e mentes”, com Bruno Calheira. A diretora do Colégio Modelo, Ednailza Miranda afirma que “a feira é uma excelente oportunidade para a troca de experiências entre estudantes de escolas públicas do Sul da Bahia e incentiva o interesse pela ciência, um campo em permanente evolução”.

feira escola cultural 3

A Feira de Ciências & Inovação tem o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa da Bahia (Fapesb), Rede FTC e Secretaria da Educaçao, através do projeto Educar para Transformar.

Caravana Respeita as Mina será lançada em Itabuna

minaA Caravana Respeita as Mina, de enfrentamento à violência contra as mulheres, passará por Itabuna nesta sexta-feira (29). Na ocasião será lançado o projeto Respeita as Mina – Litoral Sul e assinado o Termo de Cooperação Técnica com o Ministério Público da Bahia, além do Pacto de Combate à Violência contra as Mulheres, firmado com prefeituras da região. A caravana começará às 8h, no auditório do Colégio Modelo de Itabuna, no sul da Bahia, com a participação da secretária Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM-BA), Julieta Palmeira, entre outras autoridades. A Caravana é uma ação itinerante promovida pela SPM-BA em parceria com o Instituto Avon e apoio da ONU Mulheres e do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher da Bahia (CDDM).

Formada por técnicas da SPM-BA, a Caravana tem o propósito de engajar e sensibilizar a população local para a importância da luta contra a violência às mulheres, buscando o fortalecimento da rede de atenção e também a conscientização da população em geral, principalmente da juventude para as graves consequências do machismo. Serão realizadas oficinas de capacitação, abordando o enfrentamento à violência a partir de um recorte de gênero. As oficinas são voltadas para a rede de atenção à mulher, rede de segurança, representantes da sociedade civil e estudantes da rede pública.

Read the rest of this entry »

‘O Violão e a Palavra’ leva música e poesia para Escola Cultural de Itabuna

violão e palavra 3

O Colégio Modelo de Itabuna, primeira Escola Cultural do programa Educar para Transformar, do Governo da Bahia, recebeu a aula-show ‘ Violão e a Palavra’, com a participação do secretário estadual de Cultura e professor de Português e Literatura, Jorge Portugal, e o cantor e compositor baiano Roberto Mendes. Estudantes e pessoas da comunidade vivenciaram o encontro entre a música e a palavra, em que o violão se uniu à poesia para mostrar a força da arte e da comunicação.

O projeto Escolas Culturais tem o objetivo de fomentar ações que promovam experiências em cultura dentro das unidades da rede pública de ensino e a integração com a comunidade onde a escola está inserida. Nesse sentido, se adequou perfeitamente a apresentação do ‘Violão e a Palavra’, que foi a quarta edição do projeto criado há um ano pela Fundação Pedro Calmon (FPC), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado (Secult).

violão e palavra 2Portugal destacou a proposta de levar a escola para além da sala de aula, num processo de envolvimento e troca de experiências com os diversos atores do processo cultural. “Estamos transformando ideias em meios de produção e difusão dos valores da cidade e do estado. O sul da Bahia é de uma riqueza cultural imensa nas suas diversas manifestações e isso precisa ser retomado e valorizado”.

Para Roberto Mendes, “a cultura é fundamental para a formação da cidadania e, nesse processo a integração da escola com a comunidade, se dá por meio da valorização da oralidade, da música e da literatura. É a escola cumprindo seu papel transformador. A educação se afastou da cultura e o projeto Escolas Culturais significa a retomada desse caminho”

A Escola Cultural de Itabuna já realizou oficinas de dança, música, literatura e audiovisual, coordenadas por profissionais das secretarias estaduais de Educação e de Cultura, envolvendo cerca de 300 estudantes em cada oficina, que é encerrada com uma apresentação no auditório do colégio, aberta à toda comunidade.

violao e palavra 1“A Escola Cultural deu um novo impulso no processo de formação. Os alunos estão empolgados e contamos com um envolvimento cada vez maior da população”, ressaltou a diretora do Colégio Modelo, Ednailza Miranda. O colégio vem estabelecendo parcerias com o Centro Cultural Adonias Filho, a Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania e o Teatro Popular de Ilhéus, que permitem a ampliação das atividades.

O estudante Emerson Soares comemorou a implantação da Escola Cultural em Itabuna e a oportunidade de ter acesso a projetos como o ‘Violão e a Palavra’. “É um estimulo para o processo de aprendizagem com opções de atividades que permitem um entendimento melhor do significado da cultura para a nossa vida”. Com o projeto, a escola se transforma num centro de formação social, cultural e profissional e se propõe a fortalecer valores de cidadania a fim de proteger crianças e jovens dos efeitos da violência, da desinformação e, principalmente, da falta de perspectivas de vida.

Fanfarras e bandas marciais se apresentam na Escola Cultural de Itabuna

bandas

A Escola Cultural de Itabuna, no Colégio Modelo, terá uma sexta-feira (1°/9) especial. A partir das 16h, fanfarras e bandas marciais irão se apresentar em um pré-ensaio para o Desfile Cívico do 7 de Setembro, marcando o encerramento das oficinas de música realizada na Escola Cultural. O professor Helder Passarinho, maestro da Orquestra do Projeto Neojibá, está à frente do evento, que tem como tema “Aquecimento para o 7 de setembro”. A atividade será aberta ao público.

O projeto Escolas Culturais integra o programa Educar para Transformar, do Governo do Estado, e tem como objetivo promover o protagonismo estudantil, além de reconhecer e requalificar a escola como um espaço de circulação e produção da diversidade cultural do Território de Identidade onde está inserida. As atividades envolvem dança, música, audiovisual e literatura.

Estudantes participam de sarau literário na Escola Cultural de Itabuna

sarau literario 2

Os estudantes da Escola Cultural de Itabuna, no Colégio Modelo, encontraram na proza e no verso uma maneira de chamar a atenção da comunidade para a violência e o combate ao preconceito contra a mulher. Em mais uma atividade que integra a escola e a comunidade, a Escola Cultural realizou, durante a semana, um sarau literário, com a participação de 30 estudantes. Além de declamação de poesias sobre a temática, os alunos fizeram apresentações de música, multimídia e produção textual, por meio de uma oficina de arte literária.

A atividade foi coordenada por Silvana Cruz, professora de Língua Portuguesa da rede estadual de ensino, que destaca o envolvimento e o entusiasmo dos estudantes e professores. “Os estudantes ficaram empolgados e toda a comunidade escolar se comprometeu com o projeto. Os resultados desta e de outras oficinas já realizadas são excelentes, fazendo com que os alunos de tornem participantes e agentes de difusão da arte, que é um instrumento de transformação”, afirma Silvana.

sarau literario 3

O estudante Carlos Antonio Soares destaca que “é importante trabalhar esses temas em sala de aula, para orientar os jovens e motivá-los a combater todo tipo de discriminação e de violência”. Laila, que apresentou uma música sobre a violência contra a mulher, disse que “a arte é um instrumento de transformação, que passa uma mensagem para toda a sociedade de que é possível conviver em paz e respeitar as diferenças”.

sarau literario 49

As atividades da Escola Cultura de Itabuna, a primeira no Estado, foram iniciadas com uma Oficina de Dança e na próxima semana acontece a Oficina de Música. O projeto Escolas Culturais integra o programa Educar para Transformar, do Governo da Bahia,  e tem como objetivo promover o protagonismo estudantil, além de reconhecer e requalificar a escola como um espaço de circulação e produção da diversidade cultural do Território de Identidade onde está inserida.

sarau literario 5

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031