hanna thame fisioterapia animal
bahiagas livros do thame

Posts Tagged ‘Dr. Rafael Andrade’

O azul da prevenção do diabetes iniciado em Itabuna se espalha pelo Brasil

Cidade do Diabetes (2)
Uma cidade azul de solidariedade e voluntariado. O sábado em Itabuna foi marcado pela realização do Mutirão do Diabetes, promovido pela ONG Unidos pelo Diabetes, reconhecido mundialmente pela Federação Internacional do Diabetes e consolidado como o maior evento de prevenção da doença em todo o Brasil.

Numa manhã ensolarada e de céu azul, como se a natureza fizesse questão de aderir à cor da campanha. Mais de 10 mil pessoas foram atendidas nos 20 stands de serviços multidisciplinares e multiprofissionais médicos e educativos, além de 300 crianças no DiabetesKids. 1500 pessoas com diabetes realizaram mapeamento de retina e exame do pé diabético e 300 pessoas com maior risco realizaram avaliação laboratorial, renal e cardiológica. Todos os casos graves de Retinopatia Diabética serão tratados gratuitamente com Laser na retina.

mutirão 2019
O Mutirão, cujo modelo foi adotado por cerca de 30 cidades brasileiras, contou com a presença de dirigentes de entidades nacionais de medicina e associações de diabetes, que destacaram a importância e as dimensões do evento, considerado o maior do país na prevenção e tratamento da doença.

mutirão 2019 4

Dr. Rubens Belfort Junior, da Academia Nacional de Medicina destacou que “o mutirão transformou Itabuna em referência nacional na prevenção do diabetes. A cidade deve ser orgulhar desse projeto iniciado pelo Dr. Rafael há 15 anos e que a cada ano fica melhor e mais abrangente”.

“Estou impressionada com as dimensões do Mutirão e tenho certeza de que essa iniciativa vai se espalhar cada vez mais”, disse a Dra Hermelinda Pedrosa, da Sociedade Brasileira de Diabetes. Ela estará na próxima semana na Córeia do Sul, para a posse da nova diretoria da Federação Internacional do Diabetes e garantiu que vai reforçar a aplicação do modelo itabunense em outros países.

Dr. Rafael Andrade

Dr. Rafael Andrade

O Dr. Cristiano Caixeta, do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, afirmou que o mutirão “é um modelo para o Brasil, atitudes como a do Dr. Rafael servem como exemplo de como se consegue mobilizar uma cidade em prol de uma causa. É fundamental que seja replicado, porque através dessas ações muitas vidas serão salvas”

Para o Dr. Maurício Maia, presidente da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo, “estamos vendo em Itabuna um exemplo para o mundo. O foco da prevenção é fundamental para combater a doença ou fazer o tratamento precoce, evitando cegueira, amputações e outras complicações. Conscientizar a população é um trabalho permanente”. “A Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo, em parceria com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, pretende estender esse magnifico projeto para todas as cidades brasileiras”, disse.

mutirão 2019 3
O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes destacou que “cuidar da saúde é valorizar a vida. O mutirão é uma ação que beneficia não apenas Itabuna, mas pessoas de toda a região. E mostra para o Brasil que a comunidade pode e deve ser unir em torno de uma causa”. A Dr. Marluce Leão, da Associação dos Diabéticos de Itabuna, parceira do mutirão desde a primeira edição, ressaltou que “esse é um dia especial para os pacientes e para todas as pessoas que recebem orientações e podem ter um estilo de vida saudável.”

O presidente da ONG Unidos pelo Diabetes, Dr. Rafael Andrade afirmou que “um evento de 15 anos é um modelo, porque a partir deste, temos mutirões em cerca de 30 cidades brasileiras, oito deles acontecendo simultaneamente ao de Itabuna”. “A luz azul da prevenção se espalhou a partir de Itabuna e hoje a cidade pode se orgulhar de ser uma referência nacional. Sozinhos não podemos fazer nada, mas juntos podemos fazer um mundo melhor. Essa é uma das grandes lições dos 15 anos do Mutirão do Diabetes”.
mutirão 2019 8
A Record TV Cabrália apresentou o Balanço Geral Especial do Mutirão, direto da Cidade do Diabetes, com Tom Ribeiro, ao vivo para o Sul, Sudoeste e Extremo Sul da Bahia, com depoimentos e show com a Banda Lordão.

O Mutirão do Diabetes de Itabuna contou com a participação de cerca de 1000 voluntários, entre profissionais de saúde, estudantes, pessoal de apoio e clubes de serviço, como Lions e Rotary. O evento teve como apoiadores a Unimed, Novartis, Prefeitura de Itabuna, Record TV Cabrália, Bayer, Caixa e Governo Federal, Allergan, Terceira Via, Bahiagás, Lap Laboratório, Óticas Carol, Pai Mendonça e Novo Nordisk.

Mutirão do Diabetes de Itabuna terá mapeamento de retina e ações de prevenção da doença

mutirão itabuna (1)

O Mutirão do Diabetes de Itabuna chega à sua 15ª edição no próximo dia 23 de novembro, consolidado como o maior evento de prevenção e tratamento do país. O evento faz parte do calendário da Federação Internacional do Diabetes e teve seu modelo levado para cerca de 30 cidades brasileiras.

O Mutirão é promovido ONG Unidos pelo Diabetes e Hospital Beira Rio, em parceria com a Associação dos Diabéticos de Itabuna (ASDITA). Na área interna do Hospital Beira Rio, cerca de 2.000 pacientes com Diabetes realizarão mapeamento de retina para detecção de retinopatia diabética e exame do pé diabético. Os pacientes com retinopatia diabética grave, tem mais chance de ter complicações de maior risco de vida e incapacidade, estes serão submetidos a exame do rim com a equipe de nefrologia, e exames para avaliação de doenças do coração. Os casos com risco de cegueira serão submetidos a tratamento gratuito com laser de retina, que terá continuidade após o Mutirão.

mutirão itabuna (2)
Na Praça Rio Cachoeira, denominada Cidade do Diabetes, serão prestados inúmeros serviços de orientação e prevenção, como exames de glicemia capilar para detecção do diabetes, avaliação nutricional, cuidados com o pé diabético, utilização correta da insulina, monitoramento do diabetes em casa, direitos do diabético e atividades físicas com avaliação dos pacientes, entre outras atividades.

mutirão itabuna (5)

O espaço Diabetes Kids terá atividades recreativas e exames de detecção do diabetes em crianças e avaliação e acolhimento para orientação de crianças com diabetes ou de risco. Esta área é liderada pela equipe da Secretaria Municipal de saúde, grande parceira do Mutirão do Diabetes. Estudantes da UESC, UNIME, Santo Agostinho e FTC também atuarão em ações educativas e de atendimento.

mutirão itabuna (4)

“Trata-se de uma grande mobilização de toda a sociedade organizada de Itabuna e da região, envolvendo órgãos públicos, empresas, instituições de ensino e clubes de serviço, numa ação de solidariedade que beneficia milhares de pessoas que completa 15 anos marco importante na história da cidade”, afirma o Dr. Rafael Andrade, idealizador e coordenador do mutirão e presidente da ONG Unidos pelo Diabetes.

SESI Ilhéus confirma apoio ao Mutirão do Diabetes de Itabuna

sesi senai mutirão (5)

A ONG Unidos pelo Diabetes definiu mais um importante apoio ao Mutirão do Diabetes de Itabuna, que acontece no próximo dia 23 de novembro. O SESI Ilhéus participará pelo segundo ano do mutirão, considerado o principal evento de prevenção e tratamento da doença em todo o país.

sesi senai mutirão (3)A renovação da parceria aconteceu durante encontro com as presença do Dr. Rafael Andrade,  presidente da ONG Unidos pelo Diabetes e superintendente médico do Hospital de Olhos Beira Rio, a superintendente administrativa do HOBR, Rose Cordeiro, e o gerente da Unidade Sul do SESI, Alexandre Régis da Cunha  e Ana Dantas, da equipe de comunicação da SESI.

Durante o mutirão, o SESI disponibilizará uma Unidade Móvel com atendimento à população, equipe de pessoal nas ações educativas na praça Rio Cachoeira/Cidade do Diabetes, e envolvimento de estudantes com atividades voltadas para a área de saúde.

Para o Dr. Rafael Andrade, o “SESI tem um papel importante no mutirão, que é justamente contribuir com as ações de orientação e prevenção, com o envolvimento de professores e estudantes. E essa participação de instituições de toda a região que contribui para ampliar o alcance de um projeto que beneficia milhares de pessoas”.

 

O gerente da Unidade Sul do SESI, Alexandre Régis Cunha destaca que “nossos serviços nas áreas de saúde e educação tem principal objetivo  atender a região. É muito gratificante contribuir para a prevenção de uma doença que afeta uma parcela considerável da população, permitindo o acesso a informações  que melhoram a qualidade de vida”.

Mutirão do Diabetes de Itabuna é modelo para 30 cidades do Brasil

mutirão sp 2

O modelo do Mutirão do Diabetes de Itabuna, considerado o maior evento de prevenção da doença em todo o país, que integra o calendário da Federação Internacional do Diabetes, foi apresentado durante um curso de Mutirões do Diabetes, coordenado pela Dr. Rafael Andrade, coordenador do mutirão e presidente da ONG Unidos pelo Diabetes, realizado no 24º Congresso Brasileiro Multidisciplinar de Diabetes, em São Paulo nos dias 25 a 28 de Julho.

mutirão SP 1 O evento, promovido pela FENAD (Federação Nacional das Associações e Entidades de Diabetes) /  Associação Nacional de Atenção ao Diabetes, reuniu oftalmologistas e equipes de saúde de vários estados brasileiros, que realizam ou querem realizar mutirões inspirados no modelo Itabunense, que tem como foco principal a prevenção, através de exames do olho, pé e rim diabético e ações educativas.

O Dr. Rafael Andrade, foi um dos coordenadores do evento e fez uma apresentação sobre a estrutura do evento em Itabuna, que realiza cerca de 15 mil procedimentos ano, entre ações de prevenção na Praça Rio Cachoeira e atendimento médico no Hospital de Olhos Beira Rio, reunindo cerca de mil voluntários e envolvendo diversos segmentos da sociedade organizada. O Dr. Rafael Andrade destaca que “o modelo Itabunense já foi implantado em cerca de 17 cidades brasileiras e que com o apoio da FENAD “está sendo possível multiplicar o projeto a cada ano” já se encaminhando pra 30 cidades. Entre as cidades que já realizam mutirões estão São Luís, Petrolina, Fortaleza, Belém, Porto Velho, Itabuna, Vitória da Conquista, Belo Horizonte, Janaúba, Uberlândia, Goiânia, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Blumenau, Joinville, São Gonçalo, São Paulo, Presidente Prudente, Sorocaba, Ribeirão Preto, Araçatuba e Aracaju.

Criada em 2018, a ONG Unidos pelo Diabetes está disponibilizando o know-how do projeto Itabunense em vários estados brasileiros, contribuindo para prevenir uma doença com elevado índice de letalidade e amputação de órgãos.

 

 

Mutirão do Diabetes de Itabuna será apresentado em São Paulo

mut 2018 (1)

Será realizado neste sábado, dia 27,  o Curso Avançado para a Campanha Nacional do Dia Mundial do Diabetes. O evento, que acontece  na Universidade Paulista-UNIP, em São Paulo,  terá como coordenadores o  Dr. Paulo Henrique de Ávila Morales e o  Dr. Rafael Andrade, coordenador do Mutirão do Diabetes de Itabuna, considerado o maior evento de prevenção e tratamento da doença no Brasil.

Dr. Rafael Andrade A programação terá palestras sobre e a  importância de filiação à FENAD, com a Lilian Fanny de Castilho; Importância dos Mutirões para o Portador de Diabete, com o Dr. Paulo Henrique de Ávila Morales; Histórico do Mutirão do Diabetes de Itabuna, com Dr. Rafael Ernane de Almeida Andrade; e as experiência dos  Mutirões em Ribeiro Preto, Joinville e Blumenau, Presidente Prudente, Belém, Petrolina, Juiz de Fora, Goiânia e Curitiba.

O objetivo do curso promovido pela Federação Nacional das Associações e Entidades de Diabetes,  Associação Nacional de Atenção ao Diabetes e Federação Internacional do Diabetes, é a troca de experiências para uma atuação eficaz nas campanhas de prevenção de Diabetes. De acordo com o Dr. Rafael Andrade, presidente da ONG Unidos pelo Diabetes, o modelo itabunense já foi implantado em cerca de 30 cidades brasileiras.

“Estamos dando suporte para a germinação desta semente em várias partes do país, contribuindo para prevenir uma doença que pode oferecer graves danos à saúde se não for detectada a tratada a tempo”, diz.

Mutirão do Diabetes: Câmara de Itabuna aprova Moção de Congratulações ao Dr. Rafael Andrade

moção rafael

A Câmara Municipal de Itabuna aprovou por unaminidade a Moção de Congratulações ao Dr. Rafael Andrade, idealizador e coordenador do Mutirão do Diabetes e presidente da ONG Unidos pelo Diabetes. A moção foi proposta pela vereadora Charliane Souza da Silva, em função dos relevantes serviços prestados pelo oftalmologista na área de saúde.

 

Em sua justificativa, a vereadora destaca que “o Mutirão do Diabetes, que completa 15 anos em 2019,  é hoje o maior evento de prevenção e tratamento da doença no Brasil e no mundo, beneficiando milhares de pessoas, através de uma grande campanha de mobilização social”. “Ao conciliar orientação, prevenção e tratamento, o mutirão proporciona qualidade de vida aos portadores de diabetes, num trabalho que hoje é replicado em dezenas de cidades brasileiras”, diz Charliane.

 

O Dr. Rafael Andrade afirmou que o reconhecimento do Legislativo itabunense, “é mais um estímulo para que essas ações sejam ampliadas a cada ano” e disse que “a homenagem deve ser compartilhada com todas as entidades e voluntários que fazem do mutirão um exemplo de comprometimento e solidariedade”.

Hospital de Olhos Beira Rio participa de Simpósio Internacional de Oftalmologia

hobrA equipe do Hospital de Olhos Beira Rio participou do 42° Simpósio Internacional de Oftalmologia Regenerativa, realizado em São Paulo, evento de nível internacional, que abre o calendário anual dos principais congressos do setor no Brasil.

Além do Dr. Rafael, equipe do Hospital de Olhos esteve representada pelo o Dr. Vável Andrade, Dr. Ronaldo Netto, Dra. Larissa Andrade, Dr. André Castelo Branco e Dra. Camila Netto, que participaram de várias atividades cientificas e de discussões clinicas.

O Dr. Rafael Andrade, diretor do Centro Avançado em Retina e Vítreo do HOBR e coordenador do Mutirão do Diabetes de Itabuna, já recebeu durante simpósio anterior a Medalha de Ouro Moacyr Álvaro, a maior comenda da Oftalmologia Brasileira.

“Essa não é uma homenagem pessoal, mas o reconhecimento de um trabalho que envolve profissionais de saúde e voluntários, no tratamento e principalmente na prevenção do diabetes”, afirmou o Dr. Rafael Andrade.

Unidos pelo Diabetes promove Aulão Azul de Verão

aulão azul 1

 

A ONG Unidos pelo Diabetes promove no próximo dia 1º. de fevereiro, o Aulão Azul de Verão, que faz parte do calendário anual de ações de prevenção da doença. O evento acontece a partir das 18 horas, na Praça Rio Cachoeira, com  atividade física para crianças e recreação com o Palhaço Linguiça.

As 19 horas, o Aulão Azul terá coordenação do  professor de Educação Física Marcus Mucugê, e a participação dos professores Tay Hage,  Marcelinho, Jamille Marques, Elisabete, Laiza, Débora e Camilo, que atuam nas principais academias de Itabuna. As atividades  tem o objetivo de incentivar diabéticos e demais pessoas da comunidade  a praticarem exercícios com regularidade, melhorando a qualidade de vida.

Nesta 1a edição, o Aulão Azul de Verão terá como carro chefe a Zumba, atividade alegre e de muito swing e gasto calórico,  que vai movimentar a praça Rio Cachoeira.

A partir deste ano, a ONG Unidos pelo Diabetes realiza uma série de atividades, que culminarão com o 15º. Mutirão do Diabetes, evento que é referência para várias cidades do Brasil. “A prevenção do diabetes deve ser permanente, daí a necessidade de incentivar práticas saudáveis e promover a  capacitação e o envolvimento dos profissionais de saúde”, afirma o presidente da ONG e coordenador do Centro Avançado em Retina e Vítreo do Hospital de Olhos Beira Rio, Dr. Rafael Andrade.

 

Projeto do Mutirão do Diabetes de Itabuna é apresentado no Conselho Regional de Medicina

cremeb mut 2

O projeto do Mutirão do Diabetes de Itabuna e ações da Campanha Novembro Azul foram apresentadas na sessão plenária do Conselho Regional de Medicina/Bahia (CREMEB), que reuniu conselheiros, profissionais de saúde e dirigentes da Associação Baiana de Medicina e do Sindicato dos Médicos da Bahia.

A apresentação foi feita pelo Dr. Rafael Andrade, presidente da ONG Unidos pelo Diabetes e coordenador do mutirão, cujo modelo focado na prevenção, está sendo levado pata cerca de 20 cidades brasileiras.

cremeb mut 1

“Esse é um momento único e emocionante, por saber que através da mobilização de vários segmentos da comunidade, conseguimos transformar Itabuna num referencial no combate ao diabetes, doença silenciosa que precisa ser detectada e tratada a tempo para evitar graves danos à saúde”, disse o Dr. Rafael Andrade.

Mutirão do Diabetes de Itabuna reúne 20 mil pessoas e é exemplo para o Brasil

mutirão do diabetes aérea

Uma cidade azul de solidariedade. O 14º Mutirão do Diabetes de Itabuna, que aconteceu no final de semana, dia 10, reuniu cerca de mil voluntários entre profissionais de saúde, estudantes e pessoal de apoio, chegando ao número recorde de quase 20 mil participantes, com a realização de múltiplas ações de prevenção e exames médicos e laboratoriais, com acompanhamento dos casos mais graves para tratamento.

Promovido pela ONG Unidos pelo Diabetes, Hospital de Olhos Beira Rio e Associação dos Diabéticos de Itabuna, contou com a presença de representantes de cidades brasileiras, que vieram conhecer e replicar o modelo itabunense. “Esse mutirão tem uma característica multidisciplinar, que atuam nas várias formas de prevenção e tratamento, como olho, rim e pé.  É um projeto fantástico, que pretendemos implantar inicialmente em São Gonçalo, na Baixa Fluminense, e levar para outras regiões do Estado”, disse o médico Eduardo Novais, do Rio de Janeiro.

MUTIRÕES EM 20 CIDADES

mutirão diabetes 2018O presidente do  Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), Dr. José Augusto Alves Ottaiano, um dos grandes parceiros do mutirão, ressaltou que “o que se realiza em Itabuna é um exemplo para o país e cerca de 20 cidades já estão promovendo mutirões a partir desse projeto de saúde pública desenvolvido pelo Dr. Rafael Andrade”.  Neste mesmo sábado os mutirões estão ocorrendo simultaneamente em São Paulo, Petrolina, Ribeirão Preto, Feira de Santana, Campo Grande e São Paulo.

Para o  presidente da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo (SBRV), Dr. Magno Ferreira “esse é um trabalho que orgulha a classe médica e todos os profissionais e voluntários envolvidos, porque beneficia milhares de pessoas, que deve ser expandido para todo o Brasil”. No dia 15, o Dr. Magno  coordena o primeiro mutirão do Diabetes em Uberlândia (MG), seguindo o modelo Itabunense.

mutirão do diabetes 5Solange Travassos, da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), apoiadora do Mutirão de Itabuna, destacou   que “essa é uma doença que afeta milhões de pessoas e o mutirão, com seu foco na prevenção orientação, possam levar uma vida saudável”. “Hoje é um dia especial para  Itabuna, porque estamos valorizando a saúde, a vida dos nossos cidadãos, um trabalho que devemos manter durante todo ano”, ressaltou o prefeito Fernando Gomes.

O presidente da ONG Unidos pelo Diabetes e coordenador do mutirão, Dr. Rafael Andrade, afirmou que “é gratificante ver toda a cidade mobilizada por uma causa. O Mutirão do Diabetes demonstra que, através do envolvimento da sociedade organizada, é possível melhorar as condições de vida das pessoas, não apenas na saúde, mas também em outras áreas”.

mut 2018 (2)

Durante o mutirão, foram realizados exames de pé, fundo de olho, e rim diabéticos, cardiologia e testes de glicemia, além de orientações sobre prevenção, direitos, nutrição saudável, atividades físicas, etc.,  em estandes montados na Cidade do Diabetes.  O Mutirão foi encerrado com um show com artistas regionais, intercalado e mensagens sobre prevenção, no programa Balanço Geral na Praça, transmitido pela Record TV Cabrália, com Tom Ribeiro, com alcance potencial de cerca de 2 milhões de telespectadores.

“Família e Diabetes” é tema de campanha mundial de prevenção

capacitação Dr. RafaelA Federação Internacional do Diabetes adotou “A Família e Diabetes” como tema da campanha  Novembro Azul em 2018 e 2019. O período de dois anos foi adotado  para facilitar o planejamento, o desenvolvimento, a promoção e a participação da campanha, que tem como objetivos aumentar a conscientização sobre o impacto que o diabetes tem sobre a família e a rede de apoio das pessoas afetadas e promover o papel da família na gestão, cuidado, prevenção e educação do diabetes .

Em todos o mundo, mais  de 425 milhões de pessoas estão atualmente vivendo com diabetes. A maioria desses casos é de diabetes tipo 2, que é amplamente evitável por meio de atividade física regular, uma dieta saudável e equilibrada e a promoção de ambientes saudáveis. “As famílias têm um papel fundamental a desempenhar na abordagem dos fatores de risco modificáveis para o diabetes tipo 2 e devem receber educação, recursos e ambientes para viver um estilo de vida saudável”, explica o Dr. Rafael Andre, presidente da ONG Unidos pelo Diabetes e coordenador do Mutirão do Diabetes de Itabuna, que acontece no próximo dia 10 de novembro.

 

Um em cada duas  pessoas que vivem com diabetes tipo 2 não é diagnosticada. O diagnóstico e tratamento precoces são fundamentais para prevenir as complicações do diabetes e obter resultados saudáveis. “Todas as famílias são potencialmente afetadas pelo diabetes e, portanto, a conscientização dos sinais, sintomas e fatores de risco para o diabetes é vital para ajudar a detectá-lo precocemente”, alerta o oftalmologista.

De acordo com o Dr. Rafael, “melhorar o acesso a medicamentos e cuidados de diabetes a preços acessíveis é, portanto, urgente para evitar o aumento dos custos para o indivíduo e a família, que afetam os resultados de saúde”. Menos de um em cada quatro membros da família têm acesso a programas de educação sobre diabetes.

O apoio da família nos cuidados com a diabetes demonstrou ter um efeito importante na melhoria dos resultados de saúde para as pessoas com diabetes. “É importante que a educação e o apoio contínuo ao automanejo do diabetes sejam acessíveis a todas as pessoas com diabetes e suas famílias para reduzir o impacto emocional da doença que pode resultar em uma qualidade de vida negativa”, finaliza o médico.

Unidos pelo Diabetes promove capacitação de profissionais de saúde em Itabuna

capacitação 5

O ONG Unidos pelo Diabetes promoveu uma capacitação para profissionais que atuam na rede básica de saúde em Itabuna, com o objetivo de reforçar a importância da prevenção do tratamento da doença e ampliar a mobilização para o Mutirão do Diabetes, que será realizado  no próximo dia 10 de novembro.

capacitação Dr. Rafael

A capacitação, coordenada pelo Dr. Rafael Andrade, presidente da ONG e coordenador do mutirão, reuniu coordenadores das unidades básicas de saúde e agentes comunitários de saúde, abordou temas como “impactos da hiperglicemia nas complicações crônicas do diabetes”, “retinoplastia diabética”, “pé diabético”, “doenças cardiovasculares no diabetes” e “nefropatia diabética”. O evento, que aconteceu no auditório do Centro Médico Beira Rio, foi encerrado com um painel sempre a importância do profissional da saúde na prevenção do diabetes.

capacitação 2

Alessandra Lopes, diretora de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde em Itabuna destaca que “a capacitação é importante porque melhora o atendimento dos profissionais das unidades de saúde, agilizando o atendimento aos pacientes”. “Além disso, a parceria com o Mutirão do Diabetes amplia as ações de prevenção, que são realizadas durante todo o ano”.

 

De acordo com o Dr. Rafael Andrade, “o envolvimentos profissionais de saúde, que fazem o contato diário com os portadores de diabetes, permite a realização de ações integradas na prevenção e tratamento da doença”. “A integração com a Secretaria de Saúde de Itabuna é fundamental nesse processo de fazer com que o Mutirão seja referencial de um trabalho permanente na rede pública de saúde”.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031