hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘cuba’

Bicampeã olímpica pela seleção de vôlei de Cuba participa do II Fórum Internacional de Esporte

Yumilka Ruiz (CUB)

Yumilka Ruiz

Yumilka Ruiz Luaces, ex-atleta da seleção de vôlei de Cuba, medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 96, e Sydney, em 2000; bronze nos jogos de Atenas, em 2004, é uma das presenças confirmadas para o II Fórum Internacional de Esporte, que será realizado nos dias 8 e 9 de junho, no Centro Pan-Americano de Judô (Praia de Ipitanga/Lauro de Freitas).
Com inscrições gratuitas, a expectativa da organização é reunir representantes de federações amadoras de esporte, gestores públicos, estudantes e demais entidades que desenvolvem o esporte e o lazer na Bahia.
Yumilka Ruiz participa da palestra “A experiência cubana: da iniciação ao alto rendimento”, que será ministrada por Laura Ivete Pujol Torres, cônsul geral da República de Cuba na Região Nordeste (Havana/Cuba/Internacional), no dia 09, programada para as 17h. Considerada com uma das melhores atletas de Cuba, Yumilka Ruiz contará como o esporte tem contribuído na vida de milhares de cubanos; a experiência de ter disputado quatro edições de olimpíadas seguidas; o segredo do sucesso olímpico cubano e do fomento ao esporte.

Read the rest of this entry »

Havana, a cidade paixão

la-habanaDaniel Thame

havana 2      San Cristobal de La Habana. Ou simplesmente La Habana. Capital de Cuba, a maior ilha do Caribe. Dito assim, poderia ser apenas a localização geográfica de uma cidade.

Mas La Habana, Havana, não é apenas uma cidade. Cidades existem em todas as partes do mundo. Metrópoles, grandes, médias e pequenas cidades ou mesmo vilazinhas perdidas no mapa.

Havana é diferente. E nem se peça explicação. Porque explicação não há. Ou há tantas explicações que nem é o caso de se explicar.

Havana é para ser vivida com toda a intensidade que é possível viver numa cidade que tem alma, que pulsa e que se reinventa sem perder a essência. havana 8

Cidade com alma e com coração. E o coração de Havana se chama Habana Vieja. A velha Havana, onde se tromba em cada esquina com a História e com personagens históricos.

Habana Vieja, dos monumentos que havana 17percorrem cinco séculos de um país e de um povo dominados pelos conquistadores e que há meio século decidiu ser dono de seu próprio destino.

Read the rest of this entry »

Raul Castro critica prisão de Lula: “motivação política”

raul castro

Em seu discurso de despedida da presidência de Cuba, nesta quinta-feira (19), Raúl Castro criticou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, seu amigo pessoal.

“[Depois do] golpe parlamentar contra a presidente Dilma Rousseff, se consumou a prisão arbitrária do companheiro Lula, cuja liberdade reclamamos”, disse o comandante. “Hoje [Lula está] submetido à prisão política para impedir que ele participe das próximas eleições presidenciais, já que segundo diferentes pesquisas, se houvesse eleições hoje, ninguém poderia ganhar de Lula”, acrescentou.

Raúl fez um longo discurso Assembleia Nacional em Havana, depois de passar o cargo de presidente para seu indicado, Miguel Díaz-Canel.

 

Cuba Jazz, o musical político que não maltrata a ilha

Para Mauro di Deus, que, com Max Alvim, dirigiu o “Cuba Jazz”, documentário que entra agora no circuito comercial, o filme não quis fazer uma apologia da revolução, mas retratar, através da música, a vida na ilha. E nada melhor que o jazz, gênero que os cubanos ironicamente cultivam e aperfeiçoam, a ponto de até se rivalizar com os americanos, para retratar uma realidade que muitos teimam em maltratar em nome de certo viés ideológico. E tudo feito com muita leveza, musicalidade e paixão.

Nesta entrevista, Di Deus conta como conseguiu fazer um filme de baixo orçamento, numa operação familiar, envolvendo os filhos dos diretores, para economizar gastos e como a música entretém e aproximam os cubanos, um bom antídoto para superar o bloqueio de quase 60 anos. Cuja Jazz já foi exibido em praça pública, durante o 12o. Festival de Cinema Latino-americano, está sendo exibido até hoje (14), no Cine Brasília, devendo seguir depois para outras praças.

As entrevistas do Café na Política são exibida às segundas, às 07 horas, às quartas, 21 horas, e às quintas-feiras, às 13 horas, na TV Comunitária de Brasília, canal 12 da NET (só DF).

Raúl Castro: “a tarefa estratégica e urgente é a defesa conjunta da Venezuela”

raul e maduro(do Granma)-  Como homenagem à memória do Comandante da Revolução Bolivariana Hugo Chávez Frías, cinco anos após o seu desaparecimento físico, realizou-se a 15ª Cúpula da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América – Tratado de Comércio dos Povos (ALBA-TCP), no Palácio Miraflores, em Caracas, na Venezuela..

Precisamente, essa foi a razão emocional da primeira atividade pública da reunião, que reuniu em um terraço da sede do governo venezuelano os líderes e chefes de delegações, para testemunhar juntos a cerimônia que diariamente é feita às 16h25 da tarde — hora da morte de Chávez — para honrar o líder latino-americano do Quartel da Montanha, com o disparo de uma salva de canhão.

Em seguida, seguiu a foto oficial da reunião e uma saudação para o povo venezuelano, que durante algumas horas se concentrou na Avenida Urdaneta, nos arredores da instituição governamental. «Eu trago uma saudação amorosa, comprometida e revolucionária da ALBA para a Venezuela», disse o presidente Nicolás Maduro Moros com aplausos, acompanhados pelos presidentes Raúl Castro Ruz, Daniel Ortega Saavedra e Evo Morales Ayma, bem como pelo primeiro-ministro da Dominica Roosevelt Skerrit e outros chefes de delegações e convidados ao encontro.

Read the rest of this entry »

Festival del Habano mostra o melhor dos `puros` de Cuba

habanoComeça hoje em Havana, a XX edição do Festival del Habano, que apresenta as novidades dos charutos cubanos, considerados os melhores do mundo, dadas as incomparáveis condições de solo, clima e experiência dos produtores na confecção dos `puros`.

O festival reúne cerca de mil pessoas de 50 países, entre aficionados e empresários do setor e se constitui no maior encontro do mundo na área de tabaco premium feito a mão. Durante o evento, os participantes poderão desfrutar de visitas a plantações e fábricas de charutos e de um seminário internacional sobre charutos.

Serão degustados charutos os Reserva Cosecha 2014 de Cohíba e Partagás Línea Maduro, dois puros com edição limitada.

Pela primeira vez, acontece o Habanos World Challenge, que se une ao Concurso Internacional Habanosommelier. O Festival del Habano vai até o dia 2 de março, no Palácio de Convenções de Havana. O encerramento terá a entrega dos Premios Habanos 2017 para os melhores charutos e show com o grupo musical Orishas.

Es hoy

sarau marti

marti

Os Cinco Heróis cubanos recebem carteira do Partido Comunista

los 5Num lugar tão simbólico como o Memorial da Denuncia, que atesta toda a história de ameaças e agressões terroristas a Cuba, Os  Cinco Heróis,  (conhecidos como `Los 5`) que ficaram presos injustamente nos Estados Unidos, acusado de espionagem, receberam das mãos de Mercedes López Acea, vice-presidenta do  Conselho de  Estado  e primeira secretaria do Partido em Havana, a carteira que os oficializa  como militantes do Partido Comunista de Cuba (PCC).

«No anos de prisão, acompanhamos sempre a dignidade com que  aprenderam com nosso povo e sua história, confiando que a razão e a justiça prevaleceria. O regresso a Cuba era muito difícil, mas Fidel prometeu que o faria e Fidel sempre cumpria sua palavra”, disse Mercedes.

“Por isso é uma honra entregar esse documento- expressou Yaquelín González López, membro do diretório provincial do PCC na capital- porque Gerardo Hernández, Ramón Labañino, Antonio Guerrero, Fernando González e René González sempre levaram essa condição de honra, já que as circunstancias os obrigaram a manter silencio sobre as importantes atividades que exerciam nos EUA, para evitar ataques terroristas a Cuba”.

“Se trata de um documento do qual nunca nos desprendemos, porque durante todos esses anos, levamos o partido e Cuba em nosso coração”, disse Gerardo, em nome de seus companheiros.

Um ano sem Fidel, sem a Chapecoense e outras histórias

Por Valter Xéu

vxeoNeste dia 29 de novembro faz um ano que eu estava em Cuba para as homenagens póstumas ao Comandante Fidel Castro, na praça da revolução, local no qual Fidel discursou centenas de vezes para o povo cubano.

Único jornalista brasileiro convidado pelo governo de Cuba através de Bruno Rodríguez Parrilla, Ministro das Relações Exteriores, lembro que ao sair do quarto no Hotel Park Central, a camareira me deu os pêsames. Agradeci ao mesmo tempo em que imaginava que foi por estar presente aos funerais do Comandante, assim como todos que lá  estavam hospedados. Fui em frente e peguei o elevador para me dirigir ao restaurante onde os garçons e as garçonetes repetiram o que me disse a camareira.

De imediato retruquei que quem deveria dar os pêsames era eu pela morte do Comandante, quando uma garçonete me informou que os pêsames eram porque tinha caído uma aeronave com um time brasileiro de futebol. Confesso que gelei na hora.

chape 1Em seguida uma série de perguntas passou pela minha cabeça. Será que foi o meu Vasco? O meu Santos? O Bahia? O Fluminense de Feira? Logo descartei o time feirense, pois esse beirando a quarta divisão nacional, não anda de avião e sim de ônibus e de van.

Refeito do susto inicial, perguntei que time estava no avião e me disseram ser a Chapecoense. Corri para a internet e lá estava a relação dos nomes dos jogadores, companheiros jornalistas, dirigentes e tripulação.

No final da tarde e já inicio da noite, todos os convidados embarcaram em um ônibus rumo à Praça da Revolução, onde ficamos na tribuna de honra, ao lado de aproximadamente uns 170 chefes de Estados; e diversas personalidades como o ator e ativista norte americano Dany Glover (de quem fiquei amigo, pois sentamos lado a lado), o jornalista franco-espanhol Ignácio Ramonet, diretor e editor do Le Monde Diplomatique e para meu orgulho, colaborador do Pátria Latina desde a sua fundação em 2002.

Read the rest of this entry »

Rui: “cooperação entre Bahia e Cuba vai ampliar ensino nas universidades”

Cuba RuiA Bahia vai ampliar as relações comerciais com Cuba e estabelecer novas parcerias nas áreas acadêmica e de saúde pública. Os primeiros passos para a aproximação entre o Governo do Estado e o país da América Central foram dados durante viagem oficial do governador Rui Costa, concluída nesta quarta-feira (1º).

“Em nossa viagem a Cuba, estamos aproveitando a ótima experiência do país em saúde para conhecer melhor os métodos de ensino nesta área. O foco é a cooperação entre a Bahia e o país cubano para ampliar o ensino de saúde em parceria com as universidades estaduais. O que nós desejamos é ampliar o ensino em nível de residência médicas. O objetivo é aumentar o número de residências médicas e com isso possamos oferecer mais vagas aos médicos baianos que desejam adquirir uma especialidade”, explicou o governador, que se reuniu com o reitor da Faculdade de Medicina de Havana, Luiz Alberto Picos Garcia, na terça-feira (31).

Ainda segundo Rui, “com os novos hospitais no interior do estado e as policlínicas, precisaremos cada vez mais de especialistas. Portanto, médicos baianos poderão optar por adquirir uma especialidade em uma das quatro universidades estaduais. Com a regionalização da saúde e novos especialistas baianos, estamos garantindo avanços expressivos na saúde dos baianos”. Ele acrescentou que o Governo do Estado vai dar bolsas de estudo para médicos baianos fazerem residência em qualquer uma das quatro universidades estaduais.

Acompanhando dos reitores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), José Bites de Carvalho, da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adélia Maria Pinheiro, e da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Evandro Silva, o governador destacou que a Bahia tem o curso de Medicina em todas as quatro universidades estaduais. “Agora vamos implantar vagas de residências médicas nessas quatro universidades, ampliando as oportunidades para médicos baianos formados em Medicina e que desejem se tornar médico especialista”.

Negócios

Foto Divulgação_Governo de Cuba (7)A missão em Cuba começou na última segunda (30), quando Rui participou da abertura da 35º Feira Internacional de Havana (Fihav). Ao lado do embaixador do Brasil em Cuba, Antonio Alves Junior, e do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, ele visitou a área destinada à exposição de produtos brasileiros e garantiu que vai se empenhar para aumentar a presença baiana na Fihav em 2018. “Estamos identificando possibilidades de negócios para ampliar a participação de empresas baianas no comércio com Cuba”, destacou. O Brasil é o 3º país com maior volume de exportações para Cuba. A Fihav, que acontece desde 1983, tem participação de 70 países.

Ainda na segunda (30), Rui se reuniu com o presidente de Cuba, Raul Castro, no prédio do Conselho do Estado, em Havana. “Aos 86 anos, [ele] tem um espírito jovem e uma inteligência memorável. Independente de posição política, eu acredito que o país tem muito a ensinar ao mundo sobre o direito à educação”, comentou o governador. Também acompanharam Rui na missão em Cuba o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, e o presidente da Bahiafarma, Ronaldo Dias.

Governo do Estado negocia produção de medicamentos com empresa cubana

rcuba 1

“Ninguém chega ao cume da montanha olhando o tamanho dela. É o passo a passo que te leva lá. E hoje demos um passo importante para melhorar a qualidade de vida dos pacientes diabéticos na Bahia e no Brasil”, afirmou o governador Rui Costa após reunião com representantes da Biocubafarma, na manhã desta quarta-feira (1º), em Havana.

No último dia da agenda de Rui em Cuba, foram discutidas parcerias entre a farmacêutica cubana e a Bahiafarma para produção de medicamentos na Bahia. Uma das possibilidades é a produção de um remédio que trata lesões em pessoas com diabetes. O presidente da Bahiafarma, Ronaldo Dias, e o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, acompanharam o governador no encontro.

rcuba 2“Cuba tem sido parceira do Brasil em transferência de tecnologia há alguns anos. A presença do governador e do secretário Fábio Vilas-Boas [em Cuba] faz com que isso se acelere, permitindo que a gente consiga ofertar novas possibilidades terapêuticas aos pacientes do SUS e consolidando a Bahiafarma como um grande produtor de imunobiológicos no Brasil e o primeiro do Nordeste brasileiro”, destacou Ronaldo Dias.

Vice-presidente da Biocubafarma, Mayda Mauri Pérez “agradeceu ao governador por esta oportunidade de alinhamento em um setor tão importante como a saúde humana. Com certeza, os produtos da indústria biofarmacêutica cubana vão atender às expectativas de saúde da população brasileira, em particular da Bahia, em uma enfermidade tão dramática como as lesões do diabetes”. (Fotos: Diego Mascarenhas/GOVBA)

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
junho 2018
D S T Q Q S S
« mai    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930