hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Copa do Mundo’

A Copa e a lição para Neymar Jr.

França bate Croácia por 4×2 e conquista o mundo

A festa é azul em Moscou (foto FIFA)

A festa é azul em Moscou (foto FIFA)

A França bateu a Croácia por 4×2 neste domingo em Moscou e sagrou-se campeã da Copa do Mundo na Rússia.

Os croatas começaram melhor, mas os franceses fizeram 1×0 num gol contra de Mandzukic. Perisic empatou a partida, mas Griezman fez 2×1, numa cobrança de pênalti confirmada através do árbitro

No segundo, os franceses souberam se impor diante de um adversário que vinham de três prorrogações seguidas, fizeram 3×1 com Pogba e 4×1 com Mbappé.

O jogo parecia liquidado, mas ganhou emoção quando Mandzukic marcou o segundo gol croata, numa falha bisonha do goleiro Loris.

A Croácia tentou o milagre, mas sobrou frieza –e folego- aos franceses para segurar a vitória e garantir o bicampeonato para Les Bleus.
Madric, da Croácia, foi eleito o craques da Copa e Mbappé o jogador revelação, sério candidato a tomar o trono de Messi e Cristiano Ronaldo nos próximos anos.

Liberté, Égalité, Fraternité

“Allez les bleus!”

mbappeMazé Torquato

maze torquato Os franceses estão se mostrando cada vez mais torcedores. Nunca vi tão animados. A cada jogo acreditaram um pouco mais até chegarem na terça última, contra os belgas e levarem de 1 a 0. Depois do apito final, começamos a ouvir o povo. Nunca entendi tantos gritos de “on a gagné!”

 Ganhamos! Como se não acreditassem e fosse necessário falar alto e forte para que o fato se tornasse uma realidade. Saíram pelas ruas na Champs Elysée, fechada para a circulação, mas também nas ruas dos bairros, por todo canto! Até tarde da noite fizeram festa neste verão europeu que já é uma alegria. E estão acreditando que podem ganhar sua segunda copa do mundo neste domingo, após a festa nacional do 14 de julho. Já imaginou?

Se acontecer, a festa vai continuar pelo mês inteiro de férias! Em todo caso, a prefeitura de Paris está organizando o espaço do Champ-de-Mars, este lugar ao pé da Torre Eiffel, enorme, com uma tela gigante a fim que os torcedores possam assistir a vitória. Com segurança reforçada, pois as ameaças de atentado por aqui é uma realidade.

—————–

 Mazé Torquato é brasileira, jornalista, escritora e radicada na França há 33  anos.

Vai Croácia!

croacia

Veka Mehmere

 

veka croaA Croácia é um país pequeno, mas com inúmeras belezas naturais e um patrimônio artístico e cultural que remonta séculos de histórias.

Estive em cidades como Zagreb, que é a capital do país, Dubrovic, Split, a Riviera Croata e Ilha de Hvar, pela qual me apaixonei e ainda pretendo morar um dia. São lugares maravilhosos, que encantam turistas de todas as partes do mundo.

O croata é um povo guerreiro, sofrido, que enfrentou uma guerra terrível nos Balcãs, mas ainda assim está sempre sorrindo. Eles conseguiram extrair felicidade de todo o sofrimento.

O futebol lá é uma paixão tão ou mais intensa do que no Brasil e eles devem estar vibrando com o sucesso da Seleção.

Sou brasileira, mas estou torcendo pela Croácia desde o início da Copa.

A França têm um ótimo time, mas acredito no título.

Vai, Croácia!

———–

Veka Mehmere é baiana de Salvador e viajou para a Croácia a turismo

 

Croácia vira contra a Inglaterra e disputa final da Copa contra a França

Festa da Croácia na Russia: a caminho da final (Foto FIFA)

Festa da Croácia na Russia: a caminho da final (Foto FIFA)

Num jogo emocionante, decidido na prorrogação, a Croácia bateu a Inglaterra de virada por 2×1, e está na final da Copa do Mundo da Rússia, contra a França.

Tripper abriu o placar para os ingleses e Perisic empatou para os croatas. Na prorrogação, Mandzukic fez o gol que colou a Croácia pela primeira vez numa decisão de Copa.

Bélgica e Inglaterra disputam o 3º. Lugar no sábado dia 14 e no domingo França e Croácia duelam pelo título da Copa do Mundo 2018.

 

Gol da França!

gol da franca

França vence Bélgica e está na final da Copa

 

Umtiti comemora gol decisivo (foto FIFA)

Umtiti comemora gol decisivo (foto FIFA)

Com um gol de cabeça do zagueiro Umtiti no início do segundo tempo, a França venceu a Bélgica por 1×0 e é a primeira finalista da Copa do Mundo na Rússia.

Os belgas, que eliminaram o Brasil nas quartas de final, foram melhores no primeiro tempo e tiveram boas chances de marcar com Hazard e Lukaku, mas após marcar o primeiro gol, os franceses equilibraram o jogo e souberam  controlar o jogo até o final, com excelente atuação do goleiro Loris.

O adversário da França na final sairá do jogo entre Inglaterra e Croácia, que jogam nesta quarta-feira.

 

 

Os meninos campeões da Copa da Vida

França e Bélgica decidem vaga na final da Copa

Mbappe é destaque da França (Reuters/Agencia Brasil)

Mbappé é destaque da França (Reuters/Agencia Brasil)

A primeira partida da semifinal terá, nesta terça-feira (10), dois dos times mais regulares desta Copa do Mundo. De um lado estará a França, que venceu todos os jogos e não foi realmente ameaçada no campeonato até agora. Do outro, a Bélgica, que desfilou pela fase de grupos sem nenhum problema, se classificou no sufoco contra o Japão, quando se esperava um jogo fácil. Contra o Brasil, fez uma partida sólida novamente, quando venceu mostrando qualidade técnica e comprometimento tático.

“Foi muito gratificante ver, no jogo contra o Brasil, os jogadores executando meu plano de uma forma tão boa. Eles mostraram muita inteligência e capacidade de adaptação”, disse o treinador da Bélgica, Roberto Martinez, que deverá mostrar uma atuação diferente no jogo contra a França.

O técnico francês Didier Deschamps terá o time todo à disposição, enquanto Martinez não poderá contar com o zagueiro Meunier, suspenso com dois cartões amarelos. Segundo Deschamps, não é só a Bélgica que tem poder de adaptação ao adversário.

“Estaremos prontos e nos adaptaremos à organização belga, seja qual for, em razão da ausência de Meunier. A Bélgica não está aqui por acaso. Eu preparei meus jogadores para diferentes possibilidades e não é só pensando na Bélgica. Eu trabalho nisso, independentemente do adversário”.

Dos dois lados existem craques que podem decidir uma partida. A Bélgica tem Lukaku, Hazard e De Bruyne, jogadores versáteis e habilidosos. Do lado francês, um dos ataques mais badalados desta Copa, há Griezmann, Giroud e Mbappé. E é de Mbappé, o jovem camisa 10 do time, que se espera uma jogada de craque, uma lance que possa desequilibrar a partida. (Agencia Brasil)

A hora de Neymar

Vai Brasil!

gol do Brasil

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30