hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Colombia’

Bahia é oficializada como a próxima sede do Virtual Educa

A Bahia foi anunciada pelo secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, como sede do próximo Virtual Educa, durante a cerimônia de encerramento do encontro internacional que reuniu mais de 29 mil pessoas em Bogotá, na Colômbia.

Pinheiro falou sobre a oportunidade de a Bahia sediar a 19 ª edição deste que é um dos maiores eventos mundiais da área. “O desafio de superar as barreiras para a melhoria da Educação está desenhado pela Organização dos Estados Americanos desde 2001, cabendo ao Virtual Educa esta tarefa. Agora, teremos a oportunidade de discutir também com o continente africano, que, pela primeira vez, participa do encontro. Portanto, o debate será global, sobre a possibilidade de chegar a uma nova escola e uma nova educação”, disse.

O secretário também destacou que a Bahia estará aberta para conhecer as mais diversas experiências mundiais. “Também queremos compartilhar as nossas experiências, para que possamos contribuir para consolidar uma nova educação”, disse, ao citar ainda a participação preponderante da Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), representada pelo seu presidente Ruben Delgado, para a realização da próxima edição do encontro.

De acordo com o secretário geral do Virtual Educa, José María Antón, a Bahia foi escolhida para sediar a próxima edição por diversos fatores, a exemplo da diversidade cultural, localização, destaque em projetos educacionais e a vinculação com a África.

Na Colômbia, em um estande institucional, foram apresentadas as características multiculturais e a política educacional da Bahia que, em 2018, recepcionará representantes dos cinco continentes. A cerimônia foi encerrada por uma roda de capoeira, elemento cultural e identitário que une Bahia e África.

Atleta do Ciso Itabuna ganha Medalha de Bronze no Sul-Americano na Colombia

Isis (esquerda na foto); bronze para o Brasil

Isis (esquerda na foto); bronze para o Brasil

A atleta  Isis Rosario, de 14 anos, aluna do Colégio Ciso, da rede estadual de ensino, em Itabuna, ganhou a Medalha de Bronze no Campeonato Sul-Americano, que está sendo disputado na Colombia. Ela completou a disputa dos 5.000 metros em 1h10min31s concorrendo na categoria juvenil feminino de 14 a 16 anos.

A medalha foi conquistada na Natação, categoria mar aberto 5 quilômetros, no Lago Calima. A competição reúne atleta de todos os países da América do Sul e a conquista de Isis foi celebrada por diretores, professores e estudantes do Ciso.

Isis será recebida com festa quando retornar a Itabuna. Essa é a primeira conquista internacional da nadadora itabunense.

Isaquias Queiroz conquista três ouros no Sul-Americano de Canoagem

Isaquias e Erlon, dupla de ouro do Sul da Bahia

Isaquias e Erlon, dupla de ouro do Sul da Bahia

O canoísta sulbaiano Isaquias Queiroz foi o destaque no Campeonato Sul-Americano de Canoagem de Velocidade, disputado em Paipa, Colômbia, conquistando três medalhas de ouro. Na  sexta-feira, abertura da competição, ele  já esteve no lugar mais alto do pódio na disputa do C1 1000m.

No sábado, mais duas medalhas tiveram como destino o peito do atleta de Ubaitaba (BA). Ao lado de Erlon de Souza, de Ubatã, seu parceiro na conquista da prata na Rio-2016, Isaquias foi campeão no C2 500m. E na prova individual,  categoria C1 500m – o canoísta de 23 anos garantiu sua terceira medalha dourada na competição.

No C1 500m, o brasileiro marcou 1m53s56 e superou o colombiano Alejandro Rodriguez (1m53s09) e o chileno Michel Garcia (1m53s09). Já nas duplas (C2), Isaquias e Erlon terminaram a prova em 1m41s06 e deixaram para trás Andrés Saénz e Alejandro Rodriguez (1m45s44) e Sergio Johan David Diaz e Daniel Alfonso Pacheco (1m46s36).

Cuba oferece mil bolsas de estudo de Medicina à Colômbia e às FARC

cuba medA República de Cuba reiterou esta semana a oferta ao governo colombiano e às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) de mil bolsas de estudo de medicina na ilha, com o objetivo de contribuir para o êxito do acordo de paz firmado entre as partes, informou hoje (16) o ex-grupo guerrilheiro. As informações são da agência alemã DPA.

A oferta, que havia sido apresentada verbalmente há vários meses, foi reiterado em uma carta enviada na terça-feira (14) pelo embaixador de Cuba em Bogotá, José Luis Ponce, à Comissão de Acompanhamento, Verificação e Implementação do Acordo de Paz, formada pelo governo colombiano e as Farc.

Uma integrante que fez parte da delegação negociadora do grupo guerrilheiro, Victoria Sandino, confirmou o recebimento da carta e disse que seu grupo agradece a Cuba pela oferta. “Seriam 100 bolsas anuais, não são as 1.000 de uma vez, para que ano a ano se vá cumprindo a meta. A direção das Farc determinará quem serão os beneficiados com as bolsas”, disse.

A carta enviada pelo embaixador cubano indica que as bolsas beneficiarão 500 pessoas selecionadas pelas Farc e outras 500 pelo governo colombiano, que provavelmente beneficiará vítimas do conflito armado. “Ao governo e ao povo de Cuba nosso agradecimento por estas mil bolsas”, escreveram as Farc em sua conta no Twitter.

“A embaixada da República de Cuba entregará ao governo da Colômbia e às Farc um documento com os detalhes do oferecimento, que está em processo de preparação pelas autoridades cubanas”, assinalou o embaixador cubano. (da Agencia Brasil)

Avião da Chapecoense levava 21 profissionais de imprensa

chape-2Autoridades colombianas disseram hoje (29) que, entre os 76 mortos do acidente aéreo com o avião da Chapecoense, há 21 jornalistas e representantes da imprensa e nove tripulantes, além dos jogadores e dirigentes esportivos. As equipes de impresa são das emissoras Fox e Globo, além de canais de rádio. As informações são da agência de notícias Ansa.

Ao menos 22 jogadores da Chapecoense estavam no avião que caiu na noite de ontem no município de La Ceja, perto de Medellín, onde a equipe catarinense disputaria a final da Copa Sul-Americana.

Dos atletas, sobreviveram apenas os goleiros Danilo e Jackson Follmann e o lateral Alan Ruschel. Todo o restante morreu na tragédia.
As vítimas do elenco são os laterais Giménez, Dener e Caramelo; os zagueiros Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto; os meio-campistas Josimar, Gil, Sérgio Manoel, Matheus Biteco, Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Entre os 72 passageiros, além dos 22 jogadores, havia 18 membros da comissão técnica, oito da diretoria, três convidados, incluindo o presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Peixoto Filho, e 21 representantes da imprensa, inclusive o ex-jogador e ex-técnico Mário Sérgio, comentarista dos canais Fox Sports.

Confira a lista de passageiros do voo:

Read the rest of this entry »

Polícia confirma 76 mortos no avião que levava time da Chapecoense

chape-1A polícia colombiana confirmou que 76 pessoas que estavam a bordo do avião que levava o time da Chapecoense morreram no acidente ocorrido nesta madrugada (29). As informações são da agência Ansa.

O avião que levava o time da Chapecoense sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (29), na Colômbia, com 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros e nove tripulantes.

Entre as pessoas que estavam na aeronave, havia jogadores, dirigentes esportivos e jornalistas. O avião era um British Aerospace 146, gerenciado pela companhia boliviana Lamia.

Ele teria desaparecido do radar e feito um pouso forçado, devido a uma falha elétrica, em Cerro Gordo, nas proximidades da cidade de La Unión. Fontes locais dizem que a aeronave estava a apenas cinco minutos de voo do aeroporto mais próximo, mas o piloto decidiu arriscar o pouso antes.

Ele teria, inclusive, esvaziado os tanques de combustível para evitar uma explosão. O avião, que havia decolado de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, tinha como destino final o município colombiano de Medellín, onde a Chapecoense disputaria as finais da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, amanhã à noite. (Agencia Brtasil)

Filho de Pablo Escobar contesta versão sobre morte de narcoterrorista

pablo

(da Agência Sputinik)A morte do maior narcotraficante da história não se deve ao mérito de seus inimigos, mas a uma decisão do próprio Pablo Escobar, que decidiu acabar com a própria vida, garantiu em entrevista exclusiva à RT o filho do lendário criminoso colombiano, Juan Pablo Escobar.

Segundo ele, a versão oficial de que seu pai foi executado pelas autoridades da Colômbia em cooperação com a CIA e o órgão para combate às drogas dos EUA (DEA – na sigla em inglês) é falsa. A morte de Escobar teria sido, na verdade, uma forma de suicídio.

pablito“Foi o grupo de mafiosos Los Pepes [que matou Escobar]. Eles contavam com a ajuda das autoridades americanas e colombianas, (…) mas estas não participaram da operação em que meu pai decidiu finalmente acabar com a própria vida” – disse Juan Pablo.

O filho de Escobar garantiu que seu pai estava ciente de todas as formas de vigilância que existiam contra ele. Assim, durante décadas, ele conseguiu se esconder com sucesso da polícia, do exército, dos mercenários da CIA e de bandidos de cartéis rivais.

De acordo com Juan Pablo, o fato de que seu pai realizou sete chamadas telefônicas no último dia de sua vida, esperando sem tentar escapar que seus assassinos o encontrassem, é a prova definitiva de que a morte de Escobar foi nada mais do que um suicídio planejado.

Ilheus sedia Encontro Internacional da Rede Vida Viva

rede 1

Dirigentes de sindicatos de diversos países e estados brasileiros participaram em Ilhéus, entre os dias 21 a 23 de novembro, do 8° Encontro Internacional da Rede Vida Viva, que teve como tema principal a precarização do trabalho em nível mundial, com destaque para o adoecimento nos locais de trabalho. Durante os três dias do evento foram realizados debates, dinâmicas, trocas de experiências e apresentação de propostas sobre a melhoria das condições de trabalho no mundo, além de confraternizações e atividades ambientais e culturais destacando os potenciais artísticos e turísticos de Ilhéus.

 

Read the rest of this entry »

GABO, O GÊNIO, VIVE PARA NÃO CONTAR

Durante um encontro com participantes do programa cultural Ruta Quetzal BBVA, no Museu da Inquisição, na cidade caribenha de Cartagena, o irmão do prêmio Nobel de Literatura afirmou que, do ponto de vista físico, o escritor está bem, no entanto, já apresenta alguns conflitos de memória que se agravaram pelo câncer linfático que García Márquez enfrentou no ano de 1999.

“Em nossa família, todos sofremos de demência senil e ele já tem os estragos causados pelo câncer, que quase o matou. A quimioterapia salvou sua vida, mas também acabou com muitos neurônios, muitas defesas e células e isso acelerou o processo”, explicou Jaime.

Jaime, que dirige a Fundação Novo Jornalismo Ibero-Americano (FNPI), criada pelo irmão escritor em 1994, em Cartagena, lamentou que Gabriel não esteja em condições de escrever a segunda parte de sua biografia “Viver para Contar”, nem nenhuma outra obra. “Infelizmente acho que não será possível, mas tomara que eu esteja errado”, disse

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031