hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Posts Tagged ‘chocolate’

Como diminuir a Ansiedade e Depressão comendo bem

choc licuri (1)Cleide Léria Rodrigues

 

 

cleideVocê é ansioso(a) e gosta de chocolate?

Mas você quer diminuir sua ansiedade , ter mais qualidade de vida ?  Tome uma dose certa de chocolate, ele pode ser o seu grande aliado para sua saúde .

Pois o  chocolate é rico em flavonoide, o oxidante que favorece a produção de serotonina conhecido como bem-estar. Quando há alta de serotonina , o cérebro produz uma sensação de relaxamento, e melhora no  humor,  tratando diretamente os sintomas da ansiedade e depressão.

Sabemos que a depressão é uma doença do sistema nervoso caracterizado principalmente por perda de energia e cansaço constante.

O tratamento convencional é com médico psiquiatra e psicólogos, mas incluir o chocolate também contribui para que a pessoa se sinta melhor .e mais animada.

Mas vale ressaltar ,  que uma nutrição adequada trabalha como importante aliado no tratamento da doença, logo , alimentos que participam da produção de serotonina e dopamina devem sendo  usados na dieta de quem tem depressão ou transtorno de ansiedade. Afinal esses hormônios são responsáveis por dar sessão de felicidade no organismo.

Sendo assim tenha o chocolate como seu aliado na prevenção de doenças .Quem não gosta de um docinho ao longo do dia ? O chocolate, por exemplo, é um dos nossos queridinhos e não tinha como ser diferente, o cacau é tipicamente brasileiro.  E , diferentemente do que muitos pensam, não é apenas um vilão para sua dieta. O consumo do chocolate deve ser moderado.

Read the rest of this entry »

Ilhéus sedia I Simpósio Brasileiro de Cacau e Chocolate

cacau e choc
Será realizado nesta segunda-feira, dia 11, a partir das 9 horas, no Auditório da Faculdade de Ilhéus o I Simpósio Brasileiro de Cacau& Chocolate. O evento é promovido pela Rede Cacau de Comunicação-TVCacau e o site Cacau e Chocolate, com a coordenação de Ney Marçal, Caliana Mesquita e Daniel Thame.

Entre os objetivos do simpósio estão debater ações que promovam mudanças positivas para os produtores de cacau e chocolate, definir uma pauta propositiva dos problemas com proposições de soluções reais para o mercado de cacau, mecanismos para que o Cacau Cabruca se torne produtivo e valorizado e programas de sustentabilidade.
A proposta do evento inclui ainda a análise da produção de chocolates Tree e Bean to Bar e sua lucratividade e reconhecimento da região sul da Bahia como centro produtor de cacau de qualidade e chocolate de origem, além de fortalecer o turismo ecológico, cultural e de negócios como propulsor da economia do Sul da Bahia

PROGRAMAÇÃO

Read the rest of this entry »

Simpósio Brasileiro em Ilhéus debate cacau, chocolate e sistema cabruca

sbccAcontece no próximo dia 11 de julho, no auditório da Faculdade de Ihéus o I Simpósio Brasileiro de Cacau e Chocolate.

Promovido pela TVCacau/Rede Cacau e Comunicação e site Cacau&Chocolate, o evento tem o objetivo de amplias as bases de discussão e troca de experiência em torno da cadeia produtiva do cacau e do chocolate no Brasil.

sbcc 1
O simpósio abordará temas como sistema cabruca, cacau e chocolate e entre os palestrantes já confirmados estão  Dan Erico Lobão ( Conservação Produtiva), Henrique Almeida (Chocolates de Origem), Orlantildes Pereira (Soluções para cacauicultura), Jeandro Ribeiro (Políticas Públicas do Governo da Bahia para a Agricultura Familiar), Ivan Costa – (Alta Produtividade) Silvano Pinheiro (Armazéns Gerais), Cristiano Sant´Anna (Identificação Geográfica)  e Gérson Marques (Turismo Rural)

sbcc 2

O evento terá início às 9 horas da manhã e seguirá durante todo dia com mesas redondas, debates e palestras.

Inscrições podem ser feitas através dos sites

www.races.com.br/sbcc

www.tvcacau.com.br

www.cacauechocolate.com.br

https://bityli.com/sbcc

 

Cacau: bom para a saúde, o humor e também é afrodisíaco

cafro 1(por Vania Vieira)- O cacau não é apenas o fruto com que é produzida essa maravilha chamada chocolate, ainda mais se for um chocolate de origem do Sul da Bahia.

O cacau, que encantou até os deuses,  tem efeitos positivos na saúde e no humor, contribuindo para a qualidade de vida.

cafro 2

Na medida certa, e quando se fala em chocolate é o chocolate de origem, o cacau e seu principal derivado, é o que se pode chamar de santo remédio.

 

Veja a reportagem completa em:

 

www.cacauechocolate.com.br

 

 

A Região do Cacau e do Chocolate

Secretário de Agricultura João Carlos Oliveira destaca investimentos para verticalizar a produção  

 

joão e daniel (2)

Consolidar a liderança da produção de cacau no Brasil, investir em novas tecnologias que aumentem a produtividade e a qualidade das amêndoas e incentivar a verticalização com a fabricação de chocolates de origem com alto agregado. Essas são as principais propostas da Secretaria de Agricultura da Bahia-Seagri, para a região cacaueira.

 

Durante o Chocolat Festival em Ilhéus, o secretário de Agricultura, João Carlos Oliveira, concedeu entrevista a Daniel Thame, da TV Cacau e site Cacau&Chocolate.

 

Veja a entrevista  em

www.cacauechocolate.com.br

Marco Lessa e a retomada Chocolat Festival

´Ponte’ Bahia-Portugal abre novos mercados na Europa

ML e DT

O site Cacau & Chocolate inicia hoje, em parceria com a TV Cacau, uma série de entrevistas realizadas durante o Chocolat Festival em Ilhéus.

 

O festival marcou a retomada dos eventos de promoção e divulgação do cacau e do chocolate do Brasil, com destaque para o Sul da Bahia.

 

A entrevista de abertura é com Marco Lessa, idealizador e coordenador do Chocolat Festival, que em 2022, além das edições em Ilhéus, Belém do Pará e São Paulo, deverá ter sua primeira versão internacional em Portugal, país em que Marco Lessa divide seu tempo e seus projetos com o Brasil, abrindo mercados para o chocolate e outros produtos baianos e brasileiros na Europa.

 

Veja a entrevista em

 

www.cacauechocolate.com.br

Pesquisadores desenvolvem tecnologia que adoça chocolate e sorvete com a polpa do cacau

sectiFruto apreciado mundo afora, o cacau tem na sua semente a matéria-prima para produção do chocolate. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o país produz cerca de 260 mil toneladas de cacau por ano, sendo a maior área de cultivo na Bahia. Após uma crise na produção, por causa de uma doença fúngica, chamada “Vassoura-de-bruxa”, pesquisadores iniciaram um estudo para buscar alternativas de melhor aproveitamento do fruto. O projeto, executado na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, conta com o trabalho dos pesquisadores Marcondes Viana (Uesb), Suzana Caetano, da Universidade de São Paulo (USP), Elias Nascimento e Danilo Ramos, ambos da Uesb.

A pesquisa, que teve início em 2011, investigou a caracterização físico-química, bioquímica, microbiológica e de estabilidade do mel de cacau, que é extraído da polpa do fruto. A tecnologia consiste na secagem do mel de cacau, que pode ser realizada pelo método de liofilização spray dryer, tambor ou estufa. “Depois da etapa de desidratação do produto, procedeu-se a adição parcial ou total em formulações de chocolate em substituição à sacarose ou açúcar refinado. Esse tipo de procedimento ainda não é explorado pela indústria de chocolates. Após a constatação de excelentes resultados de processamento e análise, percebemos a possibilidade de patentear tal invenção”, explica Marcondes Viana.

Disponível para licenciamento, a tecnologia foi finalizada em 2013, com o pedido da patente, depositado pela Agência USP de Inovação, concedida pelo INPI em 2021. De acordo com o professor Marcondes, a certificação conferida pela entidade pública é muito significativa à cultura do cacau e aos pesquisadores. “É importante para a cadeia produtiva cacaueira, não somente para a região sul baiana, como também para a indústria brasileira e internacional, além de incentivar a continuidade tecnológica na geração de novos produtos alimentícios derivados do cacau, proporcionando retorno à sociedade do valor investido em pesquisas”.

Read the rest of this entry »

Salon du Chocolat: Governo do Estado destaca qualidade do chocolate baiano em Paris

cacau

A segunda fase da missão internacional liderada pelo vice-governador João Leão, secretário do Planejamento (Seplan), começou nesta quinta-feira (28), no Salon du Chocolat, em Paris, onde a Bahia tem o estande ‘Cacau e Chocolate do Brasil’. A feira é a mais importante do mundo dedicada ao chocolate e ao cacau. Na segunda agenda do dia, a comitiva se reunirá com a Organização Internacional dos Vinhos da França para discutir sobre produção vinícola e turismo na Embaixada do Brasil na França.

“Estamos no Salão do Chocolate em Paris mostrando que a Bahia produz chocolate e cacau de qualidade. Grandes negócios vão surgir daqui. Nosso objetivo, marcando presença em Paris, a meca do chocolate, é valorizar o interior do estado. Precisamos acabar com as diferenças que nós temos na Bahia, equilibrar a arrecadação entre os municípios e nada melhor do que participar desse evento e trazer os produtos baianos para o mundo”, declara Leão.

b8ea3155-e970-4c54-8434-fd007578a55d

“O Salão do Chocolate é uma referência mundial no que tange a tudo que envolve essa cadeia produtiva, influenciando em negócios por todo planeta, com ênfase na Europa. A presença da Bahia certamente irá resultar em um crescimento maior ainda do interesse pelo cacau e pelo chocolate de nosso estado, gerando emprego e renda para nosso povo, além da constatação da qualidade de nossos produtos”, destaca o secretário da Agricultura da Bahia, João Carlos Oliveira.

Para o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães, a Bahia é o principal produtor de chocolate do Brasil e sua produção está se expandindo bastante, especialmente na região Sul. “A nossa presença no Salão do Chocolate de Paris, em uma comitiva liderada pelo vice-governador João Leão, é muito importante para atrair investimentos e dinamizar essa atividade econômica no estado”, pontua.

Já o deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar do Setor Produtivo, Eduardo Salles, diz que o Salão do Chocolate é o “Oscar” do segmento: “Quando estive secretário estadual da Agricultura, consegui, à época, junto com minha equipe, levar o evento para a Bahia por acreditar no potencial dos nossos produtores”.

 

Turismo e planejamento

1048A58C-C3E1-4102-A46A-A4D9A8725AA8

“A Bahia já conquistou seu espaço nesse evento internacional emblemático, com reflexos no turismo. A visita às fábricas de chocolate da Costa do Cacau é um roteiro gastronômico em ascensão, associado à história das antigas fazendas da região. O destino vai ganhar mais um atrativo: o Governo do Estado está reativando a Estrada do Chocolate, na ligação Ilhéus-Uruçuca. O turismo avança na terra de Jorge Amado, onde o chocolate gourmet ganha cada vez mais qualidade, inclusive com premiação aqui na França, entre os três melhores do mundo”, ressalta o secretário do Turismo, Maurício Bacelar.

De acordo com o diretor de Planejamento Territorial da Seplan, Herbert Oliveira, a cultura do cacau está presente em três Territórios de Identidades do Sul baiano: Costa do Descobrimento, Extremo Sul e Litoral Sul. “Estamos prestigiando o estande do Estado e o cacau da Bahia, importante cultura que tem desenvolvido esses três territórios e gerado muito emprego e renda para a população”, afirma.

AMURC participa de encontro com Câmara de Comércio Árabe—Brasileira para alavancar negócios com cacau e chocolate

brimos (2)

Na manhã deste domingo, 13, estiveram reunidos representantes da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, representada por  Ahmed Bin Sulayem, Samer Merhi, Executivos da DMCC (Dulbai Multi Commodities Centre) e. Rafel Solimeo – Diretor da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, representando os municípios do Sul da Bahia o prefeito de Itajuípe e Presidente da AMURC Marcone Amaral e o prefeito de Ilhéus Mário Alexandre, Soane Galvão Secretária de Desenvolvimento Econômico e Inovação do Município de Ilhéus e Dr. Vinicius Briglia Pinto – Assessor Especial da referida Secretaria, Cristiano Villela Diretor Executivo do Centro de Inovação do Cacau (CIC) e Luciano Veiga Secretário Executivo da AMURC e do CDS-LS.

brimos (1)
“A gente fica feliz em receber investidores de várias partes do mundo, desta vez, a primeira visita de investidores dos emirados árabes, interessados em expandir negócios e contribuir com o crescimento da nossa cidade de Ilhéus e região. Isso reflete em mais arrecadação e receita, bem como reflete positivamente na nossa economia e de toda a região Sul, gerando emprego e renda para a nossa população”, destacou o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre.
Esta vinda do pessoal do Dubai Multi Commodities Centre – DMCC, tem como objetivo entender sobre o mercado de cacau em nossa região, já que estão montando um centro de excelência em cacau, e pretendem compreender o modelo diferenciado realizado no Brasil, a exemplo do modelo cabruca e de sua sustentabilidade, bem como o SIC atua na linha de mapeamento de qualidade do cacau para que, futuramente, a Bahia e o Brasil seja um dos fornecedores de cacau de alto padrão para este empreendimento internacional”, afirmou Cristiano, do Centro de Inovação do Cacau – CIC

Read the rest of this entry »

Secretaria da Agricultura de Itabuna será parceria nas ações de fortalecimento do cacau e chocolate

joao c (2)

A convite do secretário estadual da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri), João Carlos Oliveira, o secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Itabuna (Seagrima), Moacir Smith Lima, participou ontem, dia 8, de reunião na Superintendência Regional da Ceplac, na rodovia Ilhéus-Itabuna, para apresentação das ações da Seagri referentes à cultura do cacau no sul da Bahia.

joao c (1)O titular da Seagri está buscando parcerias para dinamizar ainda mais a pauta sobre os chocolates finos do sul da Bahia, cuja aceitação pelo mercado consumidor vem crescendo de forma exponencial, além da assistência técnica aos produtores e distribuição de clones resistentes a vassoura-de-bruxa, dentre outras ações para o fortalecimento da cacauicultura.

Esse foi o primeiro contato do secretário João Carlos Oliveira com dirigentes e técnicos da Ceplac depois de assumir a Seagri. Desde o início do segundo mandato do governador Rui Costa, João era o titular da Secretaria de Meio Ambiente (Sema). Agora, ele deseja aprofundar as discussões, inclusive com a realização de sequência de lives para a iteração dos órgãos parceiros: Ceplac, Seagri e Seagrima.

No encontro de quinta-feira estavam presentes Lucimara Chiari, coordenadora de Pesquisa e Inovação; José Carlos Santana, coordenador regional substituto; José Marques Pereira, Mílton Conceição, Dan Érico Lobão, Karina Gramacho, pesquisadores da Ceplac; Tiago Guedes, assessor Seagri/BA; Rodrigo Haun, diretor de Agricultura, e Cilene Souza, diretora Meio Ambiente da Seagri.

Brasileiro está comendo mais chocolates, enquanto a produção de cacau é insuficiente para o mercado

cacau sul bahia

(Forbes) Os domicílios brasileiros estão consumindo mais chocolate e com maior frequência. Realizada pelo Instituto Kantar, uma pesquisa apresentada pela Abicab (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas mostra que a categoria chocolates cresceu 1,5% no ano passado. Os outros dois mercados acompanhados pela entidade são amendoim e balas e gomas.

A receita do segmento chocolates foi de R$ 11 bilhões, aumento de 2,4% ante 2019. “Esses resultados, em um ano tão atípico como 2020, são muito positivos e reforçam a consolidação da indústria chocolateira”, diz Ubiracy Fonseca, presidente da Abicab. “Os indicadores da pesquisa Kantar revelam que a indústria brasileira de chocolates tem um potencial significativo para crescer no mercado interno e externo.”

cacau ceplacA pesquisa também mostrou que o chocolate faz parte da lista de compras de 82,6% dos lares brasileiros e que elas foram mais constantes no ano passado. A frequência de compra cresceu 9,3% no período, aumentando de 7,5 para 8,2 a quantidade de vezes em que o consumidor esteve nos pontos de vendas no último ano, principalmente nos canais de autosserviço. Essa frequência aumentou 7% em 2020.

No ano passado, a indústria produziu 757 mil toneladas de chocolates que foram vendidas no mercado interno e exportadas, registrando um leve aumento de 0,05%, de acordo com dados da KPMG. Esse volume representa os preparados de cacau, mais os ingredientes como manteiga de cacau, leite, açúcar, lecitina de soja, óleos vegetais e outros. No Brasil, um produto só pode ser considerado chocolate caso sua fórmula contenha 25 % de sólidos totais de cacau.

Read the rest of this entry »

Projeto Chocolate no Brasil aborda Arquitetura, Design, Cacau e Chocolate

Juliana Ustra

 

ustra 2O Projeto Chocolate no Brasil traz inúmeras abordagens sobre o cenário do cacau e do chocolate brasileiros, com objetivo de promoção e entrega de conteúdo sobre este cenário incrível. Este workshop Arquitetura, Design, Cacau e Chocolate é a segunda edição de um encontro de assuntos inicialmente inusitados, mas que tem muito a ver, A sua primeira edição realizada de forma presencial em janeiro de 2020 em Pelotas no RS, foi um sucesso.

Este evento online traz cases nacionais relativos ao design e arquitetura de marcas e empreendimentos na cadeia do cacau ao chocolate brasileiros. Estes compõem um apanhado de inspirações reais, coletadas a partir da realização do Projeto Chocolate no Brasil, viagens e muita observação deste mercado.

 

Neste espaço traremos referências muito interessantes sobre patrimônio arquitetônico referente ao cacau e chocolate, projetos de lojas de chocolates, design de barras, moldes e rótulos de chocolates. Uma base incrível para insights e projetos!

 

Além disto, neste evento mostramos marcas brasileiras, abertas como livros e tendo seus conceitos “lidos” um a um. Cada barra representa algo com um compêndio de histórias familiares, lendas, questões religiosas, muita brasilidade e detalhes que são verdadeiro “ouro” para olhares atentos. Em muitas delas, de alguma forma se percebe a influência de etnias diversas que construíram o Brasil, traduzidas em elementos ou da loja, ou da embalagem ou da própria barra.

Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2022
D S T Q Q S S
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031