hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Posts Tagged ‘chocolate do Sul da Bahia’

Mauricio Manfré: “o chocolate do Sul da Bahia tem potencial para conquistar mercado internacional”.

Consultor do Sebrae e da FIEB, Maurício Manfré foi um dos palestrantes do Chocolat Festival em Ilhéus e participou de rodadas de negócios com produtores de chocolates de origem do Sul da Bahia.

Nesta entrevista ao editor do Blog do Thame, Daniel Thame, gravada pela TVCacau, Manfré fala sobre ações para atingir o mercado externo e a qualidade do chocolate produzido na região, que pode ser incluído entre os melhores do mundo.

Veja:

PERFIL

Maurício Manfré é especialista em estratégia comercial internacional. Advogado, mestrando em direito dos negócios internacionais, pós-graduado em administração de negócios e MBA em Negócios Internacionais com intensa atuação comercial em vários países e perante as Agências das Nações Unidas. Já atuou nas funções de trader, gerente e diretor de negócios internacionais em empresas nacionais e multinacionais, foi diretor comercial de trading company no Uruguai; gerente de inteligência comercial, marketing e relações internacionais de Projetos Setoriais, promovendo as exportações de diversos setores. É professor de pós-graduação de gestão e direito do comércio internacional e Diretor de Estratégia Internacional da Ultramares Negócios Internacionais.

Marco Lessa aposta no mercado europeu para a expansão do chocolate do Sul da Bahia

lessa 2O empresário Marco Lessa fez um balanço sobre as expectativas do mercado do cacau e do chocolate brasileiro no mundo. Durante entrevista ao comunicador Vila Nova, direto de Portugal, Marco contou sobre a missão do cacau no Brasil, quando visitou as principais cidades produtoras para planejar novas edições do Festival Internacional do Cacau e chocolate.

A expedição foi para Urubici, em Santa Catarina, famoso por abrigar o local mais frio do Brasil; Altamira, no Pará, atualmente o maior produtor de cacau do país, além de Linhares, principal cidade cacaueira do Espírito Santo. “ A intenção é aproximar os centros produtores de cacau do todo país. Discutimos de praga até mercado” , contou ele.

Marco também contou motivado sobre o Salon do Chocolat de Paris, encerrado na última semana, que o surpreendeu pois marcou o retorno de eventos sensoriais.Além disso, para ele que coordenou o stand que promovia o Brasil, o evento foi um espaço privilegiado para aumentar a inserção dos chocolates finos do Brasil no mercado europeu.

Lessa atualmente reside em Portugal e durante o bate -papo falou que Portugal pode ser a porta de entrada para que o chocolate do sul da Bahia avance na Europa. “Portugal tem muito o que crescer na Bahia e a Bahia pode crescer muito com Portugal”, afirmou. Clique e ouça na íntegra a entrevista com Marco Lessa.

Food Conection- Sabor&Arte e o chocolate do Sul da Bahia

Programa Sabor&Arte  destaca o chocolate produzido com cacau de origem.

Terra da Felicidade, entre os melhores do mundo

Terra da Felicidade, entre os melhores do mundo

Nasce o Chocolate do Sul da Bahia…

Henrique Almeida e a paixão pelo chocolate em tempos de incerteza

O Divino Chocolate das Terras do Cacau

Reportagem no Bahia Meio Dia, TV Santa Cruz

O divino chocolate do Sul da Bahia

pascoa

Chocolate do Sul da Bahia no Salão Internacional de Restaurantes, Hotelaria e Alimentação

Por: Viviane Cabral

chocO chocolate do Sul da Bahia será uma das atrações do Salão Internacional de Restaurantes, Hotelaria e Alimentação (Sirha), principal evento internacional para profissionais de foodservice e hotelaria, que acontece de 14 a 16 de março, no São Paulo Expo. De Ilhéus, os proprietários das marcas República do Cacau e Mestiço Chocolates, José Brandt e Rogério Kameir, respectivamente, estarão entre os 250 expositores e marcas brasileiras e internacionais. O evento deve atrair cerca de 15 mil pessoas durante os três dias.
Os representantes sulbaianos levam na bagagem a expertise dos produtos originados da região, carregados de histórias, tradições e cultura local, com destaque para a valorização do ciclo produtivo da principal matéria-prima, o cacau. “O fruto do ouro”, como é conhecido, vive um novo momento na região, pois teve a sua qualidade reconhecida, recentemente, com o título de Indicação Geográfica (IG) na espécie de Indicação de Procedência (IP).

Com esse ingrediente a mais, os empresários ganharam perspectivas de ampliar mercado no evento internacional. “É uma oportunidade que o Sul da Bahia tem de estar em contato com os chefs do Brasil e de várias partes do mundo, além de grandes redes de restaurantes e de hotéis”, destaca Brandt. “Enfim, é um evento que aproxima muito e que permite esse diálogo a partir desse produto especial [chocolate], que pouco a pouco está tendo visibilidade crescente e marcando uma posição muito positiva para o Sul da Bahia”, completa.

Há dois anos, José Brandt investe na fabricação de chocolate a partir da utilização de amêndoas selecionadas, com elevado índice de fermentação – superior a 60%. Entre as novidades, o empresário estará apresentando no evento chocolates de 85 gramas nas versões 56% ao leite e 60%, 70% e 80% sem lactose. Nas embalagens, os produtos ganham identidade e história, a partir da ilustração de fotos que remontam à trajetória da lavoura cacaueira.

Read the rest of this entry »

Chocolate do Sul da Bahia, o verdadeiro ouro do cacau

Chocolate do Sul da Bahia, o verdadeiro ouro do cacau

Governador presenteia chineses com o chocolate do Sul da Bahia

Durante encontro com empresários chineses, onde atrai negócios para a Bahia como a construção do Porto Sul e da Ferrovia Oeste Leste, o governador Rui Costa distribuiu chocolates do Sul da Bahia e falou sobre o cacau produzido na região.

Veja:

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2022
D S T Q Q S S
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031