hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘Campus Party’

Governo do Estado promove maratona hacker com 72 horas de duração na Campus Party

hac 2Desenvolvimento de soluções tecnológicas para problemas no campo da Economia Criativa são propostas que integram o Desafios Bahia Hackathon, iniciativa do Governo do Estado, que pelo segundo ano consecutivo faz parte da programação da Campus Party Bahia (CPBA). O tempo aproximado que deve ser empenhado no desenvolvimento das soluções é de 72 horas.

O termo hackathon é uma junção das palavras em inglês marathon (maratona) e hacker – indivíduo que se dedica, com intensidade incomum, a conhecer e modificar os aspectos mais internos de dispositivos, programas e redes de computadores. A estratégia tem sido aplicada por diversas esferas governamentais e empresas em todo o mundo com o intuito de achar soluções criativas para os grandes problemas que afligem populações em torno do mundo.

hac 3Gestor da Campus Party, no âmbito da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação(Secti), Sócrates Santana, lembra que “esse é um instrumento que vem sendo utilizado pelo Governo para estimular que os jovens encontrem soluções sustentáveis que possam ser utilizadas por toda a população”.

Focando na Economia Criativa como propulsora do desenvolvimento econômico e social, as soluções serão avaliadas por especialistas, que considerarão critérios como o interesse público e impacto social; viabilidade técnica; e inovação. Os responsáveis por criar os projetos são jovens talentos que atuam nos segmentos de Tecnologia da Informação (TI), Turismo, Arte e Cultura, Gestão de Projetos e Design. As soluções devem estar ligadas a dois subtemas: ‘Turismo na Baía de Todos-os-Santos’ e ‘Rede de Serviços Culturais’.

Read the rest of this entry »

Rui faz anúncio oficial do Campus Party na Bahia

CPBA 3

Nesta terça-feira (8), às 15h, no Salão de Atos da Governadoria, do Centro Administrativo da Bahia, o governador Rui Costa faz o lançamento oficial da nova edição da Campus Party na Bahia, principal evento de internet e tecnologia do País, que acontece de 17 a 20 de maio, na Arena Fonte Nova. O ato contará com a presença do presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia.

A Campus Party reúne geeks, empreendedores, gamers e cientistas que trocam experiências tecnológicas em torno de um festival de inovação, criatividade, ciências e empreendedorismo. Durante o encontro, são divulgadas tecnologias avançadas bem como suas aplicações nos campos da educação, economia, trabalho e cultura digital.  O evento acontece no Brasil desde 2008.

Empresa baiana ganha cenário nacional ao fornecer internet para Campus Party

1 (2)Uma empresa baiana tem conquistado os holofotes para si ao oferecer internet segura e de altíssima velocidade no maior evento de tecnologia e cultura nerd da América Latina. Trata-se da Use Telecom, empresa sediada na Bahia, que foi contratada por cinco anos pelo Instituto Campus Party para fornecer o serviço de internet em todas as edições espalhadas pelo Brasil, inclusive a nacional que acontece em São Paulo até o dia 4 de fevereiro.

A Use Telecom iniciou sua consolidação no mercado durante a Copa do Mundo no Brasil, quando atendeu às demandas das seleções Alemã e Suíça. Para André Costa, CEO da Use Telecom, o evento é uma ótima oportunidade de associação da empresa com inovação e superação. “Estamos aqui para consolidar a nossa marca e a partir daí, em março, faremos o lançamento do nosso produto de banda larga para pequenas e médias empresas”, conta.

aaa

Para o secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Inovação, Vivaldo Mendonça, que acompanha de perto a realização da 11ª edição nacional da Campus Party, é importante perceber o quanto a tecnologia e a capacidade de gestão da Bahia conquistam outros espaços no país. “A Use demostrou alta capacidade na Campus Bahia e ela já atuou e forneceu seu serviço nas Campus de Pato Branco e Belo Horizonte, conquistando o espaço de assumir a Campus nacional”, detalha.

Os 40 Gb de internet, colocados à disposição, na 11ª Campus Party, equivalem ao abastecimento de toda uma cidade de médio porte. O secretário da Secti acredita que o espaço conquistado pela empresa baiana na agenda nacional, em um ambiente de alta análise crítica e com alta demanda tecnológica, “nos honra e credencia a Use Telecom a assumir qualquer desafio, em qualquer situação, no contexto da telecomunicação e da tecnologia de conexão de pessoas, dados e informações”.

Vencedores da Campus Party Bahia participam de edição nacional

Divulgação (1)

Vinte jovens que se destacaram na edição do Desafios Bahia Hackathon, nas categorias mobilidade e intermediação de mão de obra, realizada dentro da Campus Party Bahia, em agosto do ano passado, embarcaram nesta terça-feira (30) para São Paulo, onde participam da edição nacional da maior experiência tecnológica do mundo. Vencedores do hackathon baiano, os jovens estudantes vão tentar repetir a fórmula de sucesso em São Paulo, ganhando um desafio a nível nacional, com apoio do Governo do Estado, através das secretarias da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), e Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

Os dois projetos vencedores, na ocasião, foram o aplicativo BusApp, na categoria mobilidade, dos estudantes Diego Leite, Jonata Weber, Dilan Nery, Igor Pereira e Calebe Oliveira; e a plataforma Emprega, na categoria intermediação de mão de obra, de Ana Amélia Campos dos Anjos, Ícaro Ariel Carneiro Leite, José Diôgo da Silva Carneiro, Juliana de Carvalho Santana e Kevin Oliveira da Silva. Os projetos classificados em segundo e terceiro lugar, de cada categoria, Move e GoBahia (Mobilidade) e Vagas Fácil e Bahia Empregos (Trabalho), respectivamente, também foram premiados, conforme regulamento.

Read the rest of this entry »

Campus Party debate a educação do futuro e oferece aulas gratuitas de robótica

cp 2A 11ª edição da Campus Party – evento de tecnologia, inovação e empreendedorismo do país que começa hoje (30) na capital paulista – tem como um dos temas de destaque a evolução da educação. No espaço Educação do Futuro, alunos e educadores podem participar, gratuitamente, de oficinas de robótica e linguagem de programação, promovidas pelo Centro Paula Souza e MIT Media Lab (do Instituto de Tecnologia de Massachusetts).

cpO setor Educação e Futuro é dedicado a crianças de 4 a 17 anos. “A gente está investindo muito, através da parceria com MIT. A ideia é que possa dar atividades para o jovem que ainda não tem idade para estar na arena. Ele verá robótica e fazedores, que vão formar e aperfeiçoar os educadores”, disse Tonico Novaes, diretor geral da Campus Party.

Francesco Farruggia, presidente do Instituto Campus Party, disse que realizou uma pesquisa com 7 mil estudantes de escolas públicas da periferia de São Paulo convidadas a conhecer a Campus Party. O levantamento revelou que 83% dos entrevistados gostaram do passeio, mas disseram que este não era “um mundo para eles”. “A primeira coisa que precisamos convencê-los é de que eles podem”, disse Farruggia.

Read the rest of this entry »

Centro Juvenil de Itabuna celebra prêmio no Campus Party

cjuvDuas equipes dos Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC) de Salvador e Itabuna faturaram premiações nas categorias “Programação” e “Design”, na etapa Regional Bahia da Olimpíada Brasileira de Robótica, na Campus Party, em Salvador.

O prêmio de melhor programação foi para a equipe “Robograma 09”, de Salvador, e o de design foi para a equipe do interior. “Itabuna tinha apenas dois meses de Oficina de Robótica no Centro Juvenil. Então eles conseguiram avançar bem rápido”, destaca o coordenador dos Centros Juvenis, Iuri Rubim. Ele acredita que a premiação é o “reconhecimento de um trabalho que a Secretaria da Educação tem feito porque acredita que a robótica é uma dimensão importante desta educação contemporânea, que é mais conectada com a vida real e com a programação dos objetos”, disse.

A premiação  se soma ao prêmio Maker, conquistado um dia antes pelos estudantes da oficina de Robótica do CJCC de Vitória da Conquista. Para o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, as premiações dos estudantes revela o protagonismo deles na competição e na Campus Party.

– O envolvimento destes estudantes na oficina de robótica desperta o interesse deles por outras disciplinas associadas a este conteúdo e contribui para a formação do conhecimento, ao mesmo tempo que estimula a vocação para uma área de ponta no mundo da ciência, tecnologia e inovação.Temos trabalhado para fortalecer o eixo pedagógico na rede estadual e os Centros Juvenis de Ciência e Cultura têm a proeza de trabalhar com temas inovadores – destacou.

A olimpíada do conhecimento consiste na competição de robôs criados através de kits de robótica, com o uso, por exemplo de Lego. O desafio é construir e programar um robô que desempenha funções em um ambiente simulado, seguindo algumas regras específicas.O objetivo é despertar e estimular o interesse pela robótica e áreas afins e promover a difusão de conhecimentos básicos sobre robótica de forma lúdica e cooperativa.

Campus Party Bahia bate recorde de público das edições regionais

cap 2

Com cerca de 80 mil visitantes e seis mil campuseiros, a programação da Campus Party Bahia, que termina neste domingo (13), na Arena Fonte Nova, em Salvador, com recorde de público entre as edições regionais. A cerimônia de oficial de premiação do Hackathon Desafios Bahia, na noite de sábado (12), exaltou o que é produzido de melhor em tecnologia e inovação pelos jovens baianos, direcionados para melhoria dos serviços públicos, como mobilidade e trabalho.

cap 4O secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado, (Secti), Vivaldo Mendonça, faz balanço positivo desta primeira edição da CPBA. “A Campus Party superou todas as expectativas. Ela consolida o entendimento que ciência, tecnologia e inovação servem a todos os públicos e a todas as idades. O evento na Bahia conseguiu dialogar de forma democrática, gerando grandes oportunidades para o desenvolvimento de softwares, apresentando o que é produzido no estado, e de demonstração de que a alta tecnologia, literalmente, está alinhada com o que o Governo da Bahia pensa, continuando a apoiar esta atividade”.

cap 3O diretor-geral do evento, Tonico Novaes,  disse estar feliz com o resultado da Campus Party. “Desde o primeiro dia da pré-venda de ingressos percebemos que o evento seria um sucesso. O público de Salvador compareceu em peso e aproveitou com entusiasmo as mais de 250 horas de conteúdos e a internet de 20 Gbps na Arena, além das diversas e concorridas atividades da Área Open”.

Sobre a possibilidade de uma segunda edição do evento em 2018, o secretário Vivaldo enfatizou  que os benefícios vêm antes do evento, durante e após a Campus Party, e citou a ‘tradição’. “Dizem que é mais difícil fazer a primeira edição. Depois, as próximas sempre acontecem. Acredito que um diálogo precisa acontecer com a organização da Campus, mas, com o sucesso desta edição, as condições para a realização da próxima estão criadas”.
Hackathon premia projetos vencedores

Read the rest of this entry »

Campus Party: Estudantes da rede estadual conquistam prêmio na Olimpíada Brasileira de Robótica

robot 1

Esta sexta-feira (11 de agosto) entra para a história dos estudantes Inácio Castro, 14 anos, Leonardo de Oliveira, 15, Hafyk Souza, 17, e Ítalo Pereira, 18, que fazem a oficina de Robótica no Centro Juvenil de Ciência e Cultura de Vitória da Conquista. Eles conquistaram o prêmio Maker na etapa baiana da Olímpíada Brasileira de Robótica, realizada como parte da programação da Campus Party, que acontece até domingo (13), na Arena Fonte Nova, em Salvador.

robot 2O principal mérito foi o desenvolvimento do protótipo com peças fabricadas pelos próprios estudantes, uma vez que o robô apresentado, denominado de ´Bug´, foi produzido a partir de sucatas. Foram utilizados materiais recicláveis como palitos de picolé, motor de aparelho de DVD, garrafas pet e pedaços de MDF. Tudo foi feito ao custo de R$ 60.

Para o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, esta premiação reflete a qualidade pedagógica que vem sendo trabalhada na rede estadual. “Temos trabalhado para fortalecer o eixo pedagógico na rede estadual e os Centros Juvenis de Ciência e Cultura têm a proeza de trabalhar com temas inovadores, como é o caso da Robótica”, afirmou, ao acrescentar que “estes estudantes estão de parabéns pela qualidade do projeto apresentado”.

Read the rest of this entry »

Rui se reúne com jovens da Campus Party e anuncia Escolas Tecnológicas

ruparty 13

A Bahia vai implementar o conceito de Escolas Tecnológicas nos mesmos moldes das Escolas Culturais. A ideia surgiu durante encontro do governador Rui Costa, nesta quinta-feira (10), na Governadoria, com os jovens empreendedores que participam da Campus Party Bahia, em Salvador. Durante a conversa com os jovens, comentou Rui, “veio esse estalo de usar para a tecnologia o mesmo conceito das escolas culturais, que abrem um espaço em cada cidade da Bahia, servindo não apenas para os alunos, mas para toda a sociedade”.

Segundo o governador, as unidades terão laboratórios de robótica, informática e eletroeletrônica, disponíveis para jovens que desenvolvem tecnologia. “Será um espaço de convivência e de troca de ideias, mas também de base técnica e material. Hoje, o emprego e a renda resultam da criação, seja de elementos culturais ou tecnológicos”.

ruparty 2O pontapé inicial da iniciativa já foi dado por Rui. “Eu designei que os secretários da Ciência e Tecnologia, Vivaldo Mendonça, e da Educação, Walter Pinheiro, conversem para iniciar este projeto a partir das escolas que já têm infraestrutura capaz de se transformarem em uma referência de tecnologia em cada cidade”. Vivaldo Mendonça e o presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia, também estiveram presentes no encontro.

Parceria

Na ocasião foi anunciada ainda a criação de um laboratório tecnológico em Canudos, no campus da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), com equipamentos doados pelo Instituto Campus Party. Segundo o estudante Vinícius Melo, 15 anos, que vai coordenar o projeto, o laboratório será implantado a partir de 15 de setembro.

“Daqui para o fim do ano, vamos começar com 40 alunos por turma, em Canudos, em um espaço que a Uneb disponibilizou. Eu sou coordenador de comunicação do programa Onda Digital da Ufba, trabalho com inclusão sociodigital e software livre para crianças, jovens e egressos da universidade e meu papel é ensinar a essas pessoas o básico das disciplinas relacionadas à tecnologia”, explicou Vinícius.

Farruggia destacou que o projeto implantado em Canudos, que começa com 40 computadores, vai ser ampliado para outros municípios baianos. “A gente entende que é preciso haver uma revolução na educação para ser possível a inclusão das classes com menos condições. Decidimos, então, fazer um laboratório de robótica, com desenho em 3D e as primeiras noções de programação, em Canudos”.

Fotos: Amanda Oliveira/GOVBA

Campus Party: estande do Governo tem espaço gratuito dedicado à Educação

partiuuuO estande do Governo do Estado na Campus Party, que acontece até domingo (13), na Arena Fonte Nova, tem um espaço dedicado à Educação, por meio do qual, estão sendo apresentados projetos de iniciação científica desenvolvidos pelos estudantes em sala de aula, no âmbito do Projeto Ciência na Escola e da Educação Profissional e Tecnológica. O espaço gratuito estará aberto ao público, nesta quinta (10) e na sexta-feira (11), das 9h às 21h, e no sábado (12), das 9h às 18h, na área Open Campus, na entrada principal da Arena.

Uma das atrações do estande é o simulador de voo. O equipamento é utilizado nas aulas do curso de piloto virtual do Centro Juvenil de Ciência e Cultura de Salvador, para que os estudantes aprimorem o aprendizado em disciplinas como Matemática, Física, Geografia e Inglês. No equipamento, os participantes da Campus Party podem vivenciar, de forma simulada, a experiência de pilotar uma aeronave.

Além disso, a cada dia, estudantes da rede estadual vão se revezar apresentando os projetos que chamam a atenção pela criatividade e pelo alcance social. Nesta quinta-feira, por exemplo, estão sendo expostos três projetos, dentre os quais, o aplicativo Jequié Eco Tour, que mostra o potencial turístico do município de Jequié e o óleo bi volátil extraído da casca da laranja, que serve para a hidratação da pele. Outra novidade é o etanol produzido a partir do bagaço da manga.

Read the rest of this entry »

“A Bahia entra no mapa internacional da tecnologia”, afirma Rui na abertura da Campus Party Bahia

campus1

Tecnologia, festa, acampamento, e oportunidade de negócio. A primeira edição da Campus Party Bahia foi aberta nesta quarta-feira (9), na Arena Fonte Nova, onde permanece até domingo (13). O evento reúne todo tipo de inovação voltada para a área de tecnologia. Cerca de 60 startups e universidades estão representadas entre os participantes.

campus2O governador Rui Costa afirmou que com o evento, a Bahia entra no mapa internacional da tecnologia. “A Bahia é singular, tem um povo criativo na arte, na música, na dança, no teatro e agora nós deixaremos a marca da nossa criação na tecnologia. Tem baiano brilhando em vários cantos do mundo e estamos trazendo a referencia da Campus Party para o Estado. Espero que isso induza os jovens a entrarem no mundo tecnológico e, mais do que isso, a atraírem negócios no segmento, gerando emprego e renda para os baianos”.

O fomento à inovação, oferecido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) proporcionou a Maciel Barreto, 33 anos, baiano de Porto Seguro, o título de tricampeão mundial de modificação de gabinetes de computadores. Com seu trabalho exposto na Campus Party, Maciel afirmou que o evento é uma oportunidade única. “Eu crio e personalizo gabinetes de computadores. Através de eventos como esse eu conheci ser reconhecido no mundo inteiro, como na Computex, na China, que eu já participo há três anos. Para isso, eu recebi um incentivo da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação, e hoje estou aqui, mostrando meu trabalho”.

campus4O idealizador da Campus Party, Francesco Ferruggio afirmou que o evento promove diversos acontecimentos simultaneamente. “Temos um camping, e tem gente do Piauí, de Brasília, de Santa Catarina, de todas as regiões do Brasil. Teremos um espaço fechado com workshops, palestras. Temos atividades fora do programa oficial”. Segundo ele, a arena funciona 24 horas, e com estandes abertos para todos, de livre acesso. “Haverá corrida de drones com os melhores pilotos do Brasil, guerra de robô, olimpíadas de robótica, simuladores de última geração, hologramas, um monte de coisas para viver a tecnologia”.

São quarenta mil pessoas participando na área aberta do evento, contando com visitantes. Três mil e quinhentas barracas abrigam “campuseiros” de todas as regiões do Brasil. A campuseira Stefane arruda, 28, está acampada na Fonte Nova. “Eu já participei em 2013, em São Paulo. Vida de campuseira é resenha, fazer novos amigos, assistir palestras, principalmente de startups”.

Para o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Vivaldo Mendonça, o evento é uma grande oportunidade para testar soluções, trocar conhecimentos, trabalhar com integração, fazer experimentações. “A Campus é um espaço que permite uma integração plena com o que há de mais avançado no mundo. Todo mundo que participa é beneficiado”. (Fotos: Mateus Pereira/GOVBA)

Campus Party democratiza acesso a conhecimento tecnológico na Arena Fonte Nova

Campus Party BahiaMaior experiência tecnológica do mundo, a Campus Party tem democratizado o acesso ao conhecimento ao longo de seus vinte anos de existência. Na edição baiana, que é realizada na Arena Fonte Nova até o próximo domingo (13), o evento abre espaço para todos os públicos na Open Campus, com oficinas, apresentações de projetos desenvolvidos em escolas da rede estadual de ensino, exposições de produtos tecnológicos, simuladores de asa delta, helicóptero, carro de Fórmula, avião de caça e muito mais. Entre os destaques do espaço promovido pelo Governo do Estado, estão a etapa Bahia do Campeonato Brasileiro de Drones e Olimpíada Brasileira de Robótica. A programação completa do evento foi apresentada durante coletiva de imprensa, realizada nesta quarta-feira (9), em Salvador. O evento será oficialmente aberto às 19h de hoje, com a presença do governador Rui Costa.

De acordo com o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia (Secti-BA), Vivaldo Mendonça, tudo foi pensado para incentivar o desenvolvimento tecnológico em solo baiano, o empreendedorismo entre os jovens e o conhecimento científico na sociedade. “Temos muitos jovens capazes tanto na Bahia, quando no país. A Campus Party é uma oportunidade de direcioná-los para a criação de novos produtos tecnológico. O evento é rico em conteúdo, e o impacto de tudo isso vai deixar um legado muito interessante de busca pelo conhecimento, protagonismo por parte da nossa juventude, e produtos fantásticos”, afirma.

O público que passar pela Open Campus também poderá conferir gratuitamente no Espaço Multiuso uma série de atrações, como palestras sobre games, comportamento, ciência, educação, inteligência artificial, impressoras 3D, desenvolvimentos de aplicativos. A programação ainda conta com bate-papo com influenciadores digitais; oficinas de história em quadrinhos; apresentação do time brasileiro de robôs; além de projeções de vídeos transformados em holograma.

Campus Party BahiaNa manhã desta quarta (9), os campuseiros, vindos de diversas partes do país, chegaram as instalações da Arena Fonte Nova. Ao todo, mais de três mil e quinhentas barracas de camping foram organizadas no interior do estado de futebol. Estudante de análise de Sistemas, o norte-rio-grandense Carlos Diego da Rocha participa do evento pela quarta vez. Segundo o universitário, chega em busca de conhecimento e futuras parcerias. “A Campus Party é fantástica. Desde quando participei pela primeira vez, participo sempre. A rede de relacionamento também é abastecida. Quem sabe encontro parceiros para alguns projetos na área da tecnologia”, ressalta.

Com mochila nas costas e travesseiro a tira colo, o também universitário, Daniel Lucas Alencar, participa pela primeira vez. Mesmo antes da abertura oficial, o jovem se diz encantado. “Está sendo maravilhoso. É a primeira vez que venho em Salvador e que conheço de perto um estádio grande como a Fonte Nova. Tudo aqui é aprendizado. Estou ansioso para participar das atividades. Espero apresentar alguma novidade em uma próxima vez”, enfatiza o morador do município baiano de Juazeiro.

A experiência tecnológica garante a oferta gratuita de 20 gigabytes de internet, o suficiente, por exemplo, para abastecer cidades como Feira de Santana. Essa é a primeira vez também que o evento terá um espaço dedicado ao público infantil. Durante os três dias, a Campus Kids oferece gratuitamente atividades lúdicas para a criançada. O público feminino teve recorde de participantes. Mesmo se tratando de uma área do conhecimento, onde a predominância é de homens, a Campus Party Bahia conta com mais de 20% de mulheres entre os credenciados. (Fotos: Camila Souza/GOVBA)

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
julho 2018
D S T Q Q S S
« jun    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031