hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Posts Tagged ‘brasil’

Egresso da Uesc integrou delegação do Brasil nas Paralimpíadas de Inverno na China

Taylor 2Licenciado em Educação Física pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Taylor Brian Lavinscky Pereira, se destacou como treinador da modalidade paralímpica Esqui Cross-Contry, nas Paralimpíadas de Inverno realizadas em Beijing, na China, entre os dias 4 e 13 de Março. Pereira foi convidado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro para o comando técnico da delegação brasileira da modalidade.

 

Taylor 3Além da graduação na Uesc, Taylor fez Bacharelado em Educação Física na Universidade Claretiano/Batatais, e é Mestre e doutorando em Educação Especial na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Ele também atuou como treinador da equipe paraolímpica da modalidade nas Etapas de Copa do Mundo em Vuokatti (2018), na Finlândia, e em Dresden e Altenberg (2020), na Alemanha.

 

Durante sua formação inicial, Taylor Brian se tornou Oficial Técnico em Triathlon Nível 1 (2012), participou de eventos nacionais e internacionais com o apoio da Uesc, através do projeto de extensão voltado às Olimpíadas e Paralimpíadas, coordenado pelo Professor Alberto Kruschewsky. Além disso, foi bolsista do Programa de Bolsa de Iniciação a Docência (PIBID) e do projeto de extensão Esporte Paralímpico, desenvolvido pela professora Joslei Viana de Souza.

Read the rest of this entry »

Moagem de cacau no Brasil cresceu 19,26% em janeiro. Bahia permanece na liderança

Dia do Cacau (4)A moagem de cacau em janeiro no Brasil cresceu 19,26%, conforme levantamento do SindiDados – Campos Consultores divulgados pela Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau (AIPC). Foram moídas 24.164 toneladas de amêndoas de cacau no período, ante 20.261 toneladas registradas em igual mês de 2021.

No mês de janeiro, o recebimento de cacau registrou aumento de 113,22%, resultado da safra, que culminou em maior volume entregue às indústrias e devido à ampliação da base de dados. Ao todo foram 11.791 toneladas, ante 5.530 toneladas de janeiro de 2021. No acumulado de 2021 a moagem de cacau no Brasil cresceu 4,43%, com 224.168 toneladas, ante 214.657 toneladas em 2020.

Ainda de acordo com a AIPC, com exceção de Rondônia, os principais estados produtores de cacau enviaram volume maior às processadoras em janeiro.

Read the rest of this entry »

Para Lula, o Brasil precisa de alguém experiente para consertá-lo

lulaDurante a entrevista à Rádio Banda B, de Curitiba (PR) na manhã desta terça-feira (15), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o Brasil foi destruído nos últimos anos e criticou as reformas adotadas após o impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff, que só beneficiam aos empresários e a quem quer comprar e desmontar o Estado brasileiro. Lula citou o processo de venda da Eletrobras, em andamento, e o enfraquecimento da Petrobras, com redução de milhares de postos de trabalho.

O ex-presidente destacou que o país precisa de uma pessoa experiente para consertá-lo. “Quando eu deixei a presidência, este país era a sexta economia do mundo, tinha 74% de aumento real do salário mínimo e realizado o maior programa social da história. Agora o Brasil está moribundo, tem uma crise sanitária jamais vista, uma crise social onde temos 19 milhões de pessoas passando fome, mais de 116 milhões em insegurança alimentar, inflação de 10,5%, desemprego alto. É preciso alguém que tenha experiência, que tenha maturidade, para consertar o Brasil e gerar melhoria da qualidade de vida ao povo brasileiro”.

Read the rest of this entry »

Livro “A Portuguesa Maluca” será lançado no Brasil e Portugal

A Astrolábio Edições (Grupo Atlântico), prepara o lançamento do próximo livro do autor Ricardo Ferreira, para o início de 2022. A Portuguesa Maluca – O Grande Banquete, será lançado fisicamente em simultâneo, no Brasil e em Portugal e poderá igualmente ser adquirido, em Angola e Cabo Verde. Este é o quarto livro do escritor e o terceiro com a participação do renomado artista plástico baiano Bel Borba.

port maluca
Para além do nome, Bel Borba, criou os desenhos e Ilustrações que estarão no livro.
Escritor da Lusofonia, como se define, nesta nova obra, o autor nos dá a oportunidade de conhecer a sua Prosa Poética, alguns dos seus Pensamentos, Reflexões e Crônicas, atravês da sua escrita sagaz, reflexiva e lírica.  O livro está em Pré-Venda nos sites das Livrarias.: Editora Atlântico, Livraria Cultura, Astrolábio Edições, Martins Fontes Paulista e Livraria Travessa.

 

Read the rest of this entry »

Edição de Natal recebe 25 mil visitantes e marca retomada do Chocolat Festival no Brasil

Chocolat Festival Bahia 2021_Fotos Jesus Santos_Divulgação (1)

A retomada do Festival Internacional do Chocolate e Cacau – Chocolat Festival após dois anos sem eventos – por conta da pandemia – foi marcada por uma edição especial de Natal em Ilhéus, na Bahia, entre os dias 16 e 19 deste mês de dezembro. O Festival reuniu 120 expositores, entre marcas de chocolate bean to bar, tecnologia e arte, além de promover atrações culturais com apresentações de música, dança, teatro e circo. Cerca de 25 mil pessoas visitaram a exposição durante os quatro dias do evento, que chegou a movimentar R$ 5 milhões em negócios sem considerar acordos para negócios futuros, como distribuidores e redes. “Essa edição especial de Natal superou todas as nossas expectativas, apesar do tempo curto que tivemos para preparar um evento de excelência. Mas tínhamos um compromisso em atender ao pleito das pessoas. Em 2019 tínhamos 80 marcas de chocolate no Sul da Bahia e hoje já são mais de 100. Portanto, mesmo nesse período de hiato, houve iniciativas. O Festival Internacional do Chocolate e Cacau é a grande vitrine e grande exposição do cacau e do chocolate do Sul da Bahia para o Brasil e para o mundo”, destacou Marco Lessa, empresário e organizador do evento.

 

Chocolat Festival_Foto Jesus Santos_DivulgaçãoUma das grandes atrações do evento, o chef paulista Lucas Corazza trouxe para a sua aula-show uma receita diferente de brownie com ganache, caramelo e nibs de cacau e celebrou a retomada. “O retorno dos eventos, é uma coisa muito feliz para mim porque é o espaço que eu tenho de conseguir colocar aquilo que eu divulgo em redes sociais, meu posicionamento em relação ao doce, literalmente na boca das pessoas. Esse é o poder do cacau brasileiro. Esses são os sabores que a gente é capaz de imprimir através dele. E é por isso que é importante não só falar dele, mas experimentar”. Outro destaque da Cozinha Show foi a chef baiana Tereza Paim, que também exaltou o cacau. “Eu acho o Festival de Chocolate um evento de cunho mundial, e que vai cada vez mais, levando o chocolate brasileiro para o mundo, e fazendo essas relações. Mostrando que o Brasil produz cacau, mas também faz chocolate. Ampliando essas possibilidades de criação em volta do cacau. A gente olha cinco anos atrás, ninguém sabia o que era mel de cacau. Hoje o Brasil inteiro está tomando mel de cacau, e já começou a exportar. Então é mais produto derivado do cacau que vai saindo. Isso é emprego, é renda, é desenvolvimento”, ressaltou Tereza.

Chocolat Festival Bahia 2021_Fotos Jesus Santos_Divulgação (2)

O Chocolat Festival é também um espaço de oportunidades, como comentou a expositora e crocheteira de Canavieiras Chirley Matos, criadora da marca Crochir. “Estou muito feliz em participar do evento pela primeira vez, aqui em Ilhéus. Agradeço muito ao apoio do SEBRAE. Me senti muito valorizada por meu trabalho ter sido escolhido para fazer parte do stand de Canavieiras”.

Read the rest of this entry »

Jornalista avalia que imagem do Brasil no Exterior é a pior possível

cp
O jornalista Daniel Thame, avaliou de forma negativa a imagem do Brasil no exterior. Segundo o profissional, que já atuou em diversos veículos de comunicação em São Paulo e na Bahia, com mais de 40 anos de carreira, o país é visto com desdém não só por jornalistas estrangeiros como por lideranças políticas de várias partes do mundo.

Daniel Thame participou do Salon du Chocolat em Paris na França na última semana. O evento já é considerado o maior evento de chocolate de origem do Brasil, reunindo toda a cadeia produtiva do cacau ao chocolate, derivados, aspectos e manifestações culturais e artísticas em torno desse rico produto agrícola.

“Fiquei assustado como as pessoas estão com uma imagem ruim do nosso país. Os colegas perguntavam como que elegemos um presidente como Bolsonaro, as frases, vacina, enfim, tanta coisa negativa, me impressionou demais.”, disse Thame ao Programa Café com Pimenta, exibido excepcionalmente nesta quinta-feira, 5, pelo Canal iPolitica Bahia no YouTube e Facebook.

O Programa Café com Pimenta é fruto de uma parceria entre o Grupo ipolitica, o Blog Pimenta e o Blog do Thame.

Veja o programa na íntegra:

Criado no governo Lula, Bolsa Família tirou o Brasil do Mapa da Fome e beneficia quase 14 milhões de famílias

BFPromulgado em 20 de outubro de 2003 pelo presidente Lula, o Bolsa Família transformou a vida de milhões de brasileiros que antes das gestões petistas eram invisíveis aos olhos do poder público. O programa, que virou referência internacional, copiado inclusive por países desenvolvidos, como a Itália, por exemplo, tirou o Brasil do Mapa da Fome, garantindo dignidade às famílias brasileiras mais pobres, a quem foram asseguradas o direito de fazer três refeições ao dia. Um compromisso de Lula quando assumiu a presidência em fazer do Brasil um país menos desigual e mais justo para todos, principalmente para os que mais precisam. Hoje, o Bolsa Família disponibiliza um valor médio de R$ 189,00 para quase 14 milhões de famílias

Além de diminuir o problema da fome no país, a política pública teve um efeito dominó na melhoria da qualidade de vida do brasileiro. Como a liberação do benefício às famílias está condicionada à frequência das crianças nas escolas e à exigência do cumprimento do calendário vacinal, os índices da educação melhoraram e a mortalidade infantil diminuiu 14% de 2006 a 2015, sendo que entre as crianças negras caiu quase 30%, segundo Miriam Belchior, então ministra do Planejamento no governo Dilma, ex- presidente da Caixa Econômica Federal e coordenadora do grupo responsável pela criação e elaboração da proposta do Bolsa Família.

Read the rest of this entry »

Por um país de leitores de mundo

Efson Lima

efson limaO acesso aos direitos no Brasil sempre foi uma constante nas diferentes discussões e ganha particularidade quando recortamos os temas. Por exemplo, seja na educação, saúde, cultura e de acordo com a classe social tais direitos são experimentados com maior ou menor qualidade.

 

No Brasil pertencer a determinado grupo significa ter mais ou menos acesso mesmo que esse serviço seja público e estejamos sob os mantos dos postulados da república e da igualdade. Se o desenvolvimento histórico estabeleceu roteiros, cenários e papeis bem delimitados para os atores, cabe aos cidadãos de hoje repensarem os caminhos que desejam trilhar nos próximos anos para que tenhamos um país de leitores de mundo e não sejamos coadjuvantes de nosso tempo. Propugnar pelo acesso à leitura de todos interessa a mim, é uma obrigação de todos desta República e um dever permanente do Estado brasileiro. Não só acessar, mas oferecer as condições.
Fazer esse debate na semana do dia Nacional da Leitura, dia 12 de outubro, é oportuno, pois, em uma sociedade onde 6,8% das pessoas são analfabetas absolutas e 21,7% das pessoas são analfabetas funcionais, os processos eleitorais e o estado democrático de direito estão em risco. Estes números violam consideravelmente os postulados da república e não oportunizam que seu povo possa ser plenamente considerado cidadão. O acesso à leitura é um direito humano para o desenvolvimento nacional, pois, um país de leitores, certamente, será um país de leitores de mundo.
Ler o mundo e compreender o mundo são pressupostos para o exercício da cidadania. Ninguém consegue se sentir bem sem saber ler e escrever. Assegurar o acesso à leitura de todos e permitir ler no sentido pleno é um dever do Estado e da sociedade. É fundante quando as pessoas conseguem enxergar o mundo com seus olhos. Melhor ainda quando os cidadãos interpretam a sua realidade. O dia Nacional da Leitura foi previsto na Lei nº 11.899, de 8 de janeiro de 2009, assim como estabelece a celebração da Semana Nacional da Leitura e da Literatura no Brasil.
Os processos eleitorais só serão bem-sucedidos quando tivermos um país de leitores de mundo. Assim a democracia sofrerá menos riscos, governos autoritários não se manterão e o populismo, certamente, será contido pela força da opinião pública qualificada. Apresentar propostas para um país de analfabetos funcionais é colocá-las em um vazio e, portanto, as comparações entre propostas estarão lastreadas nos valores de uma sociedade que teve o seu desenvolvimento pautado na expressão da desigualdade. Precisamos superar esse modelo e ir alimentando as chamas democráticas. Democracia só rima com inclusão social.

 

 

Efson Lima – doutor e mestre em direito/UFBA. Professor universitário, advogado e escritor.
efsonlima@gmail.com

Rui e Wagner tem encontro com Lula para discutir futuro do Brasil

lula com os baianos

O senador e pré-candidato a governador da Bahia pelo PT, Jaques Wagner, e o governador Rui Costa (PT) tiveram encontro com o ex-presidente Lula, neste domingo (3), em Brasília. Tanto Wagner como Rui compartilharam em suas redes sociais a publicação da reunião com o maior nome do campo progressista brasileiro e líder das pesquisas de intenções de voto à presidência da República em 2022.

Wagner também usou o Instagram para falar da reunião. “Encontro especial com Lula e um time unido pelo bem do Nordeste e do Brasil. Esperança é energia renovadas para enfrentar mais uma semana de trabalho”.

O ex-presidente Lula disse que reunia em Brasília com aliados para falar do “presente e o futuro do nosso país”. Do encontro também participaram os governadores Camilo Santana (Ceará), Wellington Dias (Piauí) e Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte), todos do PT, além da presidente nacional da legenda, Gleisi Hoffmann.

280 profissionais de imprensa morreram de Covid-19 no Brasil, diz ONG

Entre 80 países, o Brasil foi o que registrou mais mortes de jornalistas em decorrência de covid-19. O dado é da ONG Press Emblem Campaign (PEC). De acordo com levantamento divulgado pela entidade sediada na suíça, 280 profissionais de imprensa perderam a vida devido à doença no Brasil. A Índia ficou em segundo lugar no levantamento, com 270 mortes. Nos dois países, a grande maioria dos óbitos ocorreu no segundo trimestre de 2021.

Mundialmente 1.788 jornalistas morreram de covid-19 desde o início da pandemia, sendo mais da metade na América Latina. Segundo a ONG, diante das novas variantes o número pode chegar a 2 mil até o final do ano. Somente durante os meses de julho e agosto, 117 jornalistas foram vítimas do coronavírus em todo o mundo – uma média de quase dois por dia.

Profissionais da linha de frente, os jornalistas não deixaram de sair de casa e constituem uma das categorias mais vulneráveis ao coronavírus. “Os jornalistas da linha de frente continuam sendo uma das profissões mais expostas. O número de vítimas registradas caiu desde junho, mas a taxa de vacinação ainda é insuficiente em muitos países”, disse o secretário-geral da PEC, Blaise Lempen.

Read the rest of this entry »

Em mensagem de esperança, Lula lembra que o Brasil tem jeito

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou, na noite desta segunda-feira (6), uma mensagem de esperança para o Sete de Setembro deste ano. Em vídeo, Lula convocou a população a ter fé e a continuar lutando para superar a atual crise, como tem feito diante de tantas outras crises no passado.

“Eu sei que a vida nunca foi tão dura para a imensa maioria do nosso povo. Mas eu aprendi a acreditar sempre na força dos brasileiros e das brasileiras. Tenho fé que vamos reconstruir este país. Com justiça, soberania e oportunidades. Acreditem: o Brasil tem jeito”, disse Lula.

Na mensagem, o ex-presidente também lembrou como o país vivenciou outros Sete de Setembro com boas notícias sobre o crescimento do país e geração de emprego. Ele criticou o atual presidente por, justamente diante da pior crise, fugir da responsabilidade de apresentar soluções aos problemas que afetam a vida de milhões de brasileiros.

Para Lula, justamente neste Sete de Setembro de um ano tão difícil, era de se esperar de um presidente da República um gesto de solidariedade às famílias vítimas da pandemia e o anúncio, mesmo que tardio, de planos de trabalho para garantir a vacina, gerar empregos e para controlar a inflação que corrói da renda. “Que apresentasse medidas para baixar o preço dos alimentos, para garantir um mínimo de dignidade a quem está na fila do osso”, comentou.

Ao analisar a atual situação do país, o ex-presidente Lula lembrou que basta sair à rua pra ver a destruição. Ele destacou que problemas que voltaram ao país (como a fome, a pobreza, o desemprego e a desigualdade) são resultado de erros que podem ser enfrentados e corrigidos.

“Estou aqui para dizer que, apesar de tudo, o Brasil tem jeito. Que é possível sim criar empregos novamente, que o salário deve crescer e ganhar a corrida contra a inflação, que é possível produzir comida saudável a preço justo, pra colocar na mesa das famílias outra vez.”

Falta de investimentos

O ex-presidente avaliou que Brasil andou pra trás porque o governo federal parou de investir no crescimento e nos programas que ajudam o povo. Ele citou o corte de verbas para as escolas, os hospitais, a agricultura familiar, e lembrou que também encolheram o Bolsa” Família. Para Lula, nenhum país do mundo vai pra frente sem investimento público.

“Pararam as obras que geram emprego e fazem a economia girar, e ao mesmo tempo, continuaram cobrando cada vez mais imposto do pobre do que dos ricos. São essas injustiças que nós precisamos enfrentar novamente para colocar o Brasil de pé. “Por isso, venho dizendo que a solução para o país é colocar o pobre no orçamento e o rico no imposto de renda, afirmou.

Atos contra a democracia

Lula ressaltou, no entanto, que ao invés de agir como um presidente da República e enfrentar os problemas, Bolsonaro prefere atacar a democracia e estimular o ódio entre a população. “O que ele faz neste dia é chamar as pessoas para a confrontação. É convocar atos contra os poderes da República, contra a democracia, que ele nunca respeitou. Ao invés de somar, estimula a divisão, o ódio e a violência. Definitivamente, não é isso que o Brasil espera de um presidente”.

Veja a fala do ex-presidente Lula
Read the rest of this entry »

Isaquias Queiroz é recebido com festa ao chegar ao Brasil

Isaquias é recebido com festa em São Paulo

Isaquias é recebido com festa em São Paulo

O medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, o canoísta Isaquias Queiroz, de 27 anos, desembarcou na noite de segunda-feira (9), em São Paulo, e foi recebido com festa por um grupo de torcedores. Nascido em Ubaitaba, no sul da Bahia, o atleta conquistou o lugar mais alto no pódio ao vencer a prova dos C1 1.000m da canoagem em velocidade.

medalha 2

Isaquias Queiroz também foi homenageado pelo Flamengo, time do atleta. Nas redes sociais do clube, foram publicados vídeos de Gabriel Barbosa e Bruno Henrique parabenizando o baiano pela conquista inédita nas Olimpíadas, que foram encerradas no domingo (8), com o total 21 medalhas para o time Brasil. Foram sete ouros, seis pratas e oito bronzes.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
julho 2022
D S T Q Q S S
« jun    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31