hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘assembléia legislativa da bahia’

Nelson Leal participa de audiências no Senado e apoia a inclusão de Estados e Municípios na Reforma da Previdência

leal (2)O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal, se reuniu em Brasília, com a senadora Simone Tebet (MDB), presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM). O principal tema do encontro foi a tramitação da chamada PEC paralela (PEC 6/2019), que, dentre outras coisas, incluirá Estados e Municípios na reforma previdenciária, livrando as Assembleias Legislativas estaduais e Câmaras de Vereadores de, a posteriori, de ter que criar regimes de aposentadoria de servidores estaduais e municipais próprios.

Com a rápida tramitação da PEC paralela no Senado, cujo relator é o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), estima-se a possibilidade de que a primeira votação, no Senado, aconteça no dia 4 de outubro.“É uma discussão importante, porque o déficit de Estados brasileiros, com regimes próprios de aposentadoria, é de R$ 144,6 bilhões, somente neste ano, de acordo com cálculos Fipe. É um quadro dramático e o dinheiro economizado, com a reforma, poderá ser empregado em ações de saúde, educação e infraestrutura”, explica o chefe do Legislativo baiano.

O presidente da ALBA diz que também é impossível compartilhar sistemas distintos de Previdência para servidores públicos federais e outro para servidores públicos estaduais e municipais. “A ideia de que cada Estado ou Município legisle suas próprias regras de aposentadorias é absurda. Teríamos um verdadeiro ‘carnaval’ na legislação previdenciária do Brasil. Por isso, estamos dando apoio à PEC paralela que inclui os Estados e Municípios na Reforma da Previdência”, defende Leal.

Read the rest of this entry »

Nelson Leal ressalta importância da cadeia produtiva do cacau para economia baiana

leal

A importância da lavoura cacaueira da região Sul para a economia baiana e na consolidação da indústria no Estado foi destacada pelo presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Nelson Leal (PP), na manhã desta terça-feira (03). Evento aconteceu na Sala das Comissões Luís Cabral, lotada de prefeitos da região, produtores do fruto, parlamentares, representantes de entidades de classe, como a Ceplac e Câmara Setorial, e de sindicatos de trabalhadores rurais.

cacauO chefe do Legislativo estadual foi um dos palestrantes da Audiência Pública “Cacauicultura Baiana – a Cadeia Produtiva do Cacau”, promovida pela Comissão de Agricultura e Políticas Rurais da Alba, presidida pela deputada Jusmari Oliveira (PSD), em parceria com a Federação de Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia.

“O cacau já foi o principal produto de exportação da Bahia. A força da nossa indústria muito se deve à cultura do cacau. É uma alegria imensa para Casa debater tema tão importante para a economia do Estado. Quero me congratular com a Comissão de Agricultura pelo belo trabalho desenvolvido pelos deputados Jusmari Oliveira (presidente) e Sandro Régis (vice). Tenho certeza que a lavoura cacaueira voltará a ter a pujança que já teve, a partir do esforço dos produtores e o uso das novas tecnologias”, apostou, o presidente da Casa.

Read the rest of this entry »

Mudanças no Minha Casa Minha Vida serão discutidas na ALBA

Em junho deste ano, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, anunciou alterações no Minha Casa Minha Vida, dividindo o programa habitacional em linhas de acesso, com diferentes critérios. Essas mudanças, que serão encaminhadas ao Congresso Nacional por meio de projeto de lei, serão discutidas nesta sexta-feira (30), em Salvador, em um seminário aberto ao público que acontecerá no auditório Jorge Calmon, na Assembleia Legislativa da Bahia. O evento é promovido pela Câmara dos Deputados, através da Comissão de Desenvolvimento Regional, em parceria com a Frente Parlamentar em Defesa das Cidades e das Engenharias da ALBA, presidida pela deputada estadual Maria Del Carmen (PT).

joseildo_ramos_comissao_deputado_sessão_previdencia
Autor do requerimento que determina a realização de seminários nas cinco regiões do país para debater o tema, o deputado federal Joseildo Ramos (PT/BA) diz-se preocupado não apenas com as mudanças, mas até mesmo com a continuidade do programa que fornece casas populares a famílias de baixa renda há uma década. Para ele, a habitação social deixou de ser “pauta prioritária” do Governo com a eleição de Bolsonaro. “Desde o começo do ano, estão atrasando pagamentos às empresas envolvidas com o Minha Casa Minha Vida. Há cerca de 250 mil unidades pendentes e uma dívida acumulada em R$ 500 milhões. O Ministro diz que não tem dinheiro, mas me parece que a presidência prefere gastar com outras questões, e com isso estão deixando de botar um teto sobre a cabeça de quem não tem pra onde ir”, alertou o parlamentar.

Nelson Leal diz que que questão amazônica requer reação rápida do governo brasileiro

leal“A Amazônia, hoje, é a principal pauta do mundo. O governo brasileiro tem que agir muito rápido para conter essa forte reação, principalmente dos países europeus, contra os desmatamentos e as queimadas na floresta amazônica. Caso não estanque essa sangria, o Brasil vai sofrer duras consequências no comércio internacional, com prejuízos diretos ao agronegócio, comprometendo principalmente a exportação de alimentos, como carne, frutas e grãos”, criticou hoje (23.08), em Andaraí, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, Nelson Leal, onde, à noite, participa do Festival de Igatu, na Chapada Dimantina.

Para Leal, o estrago já é irreversível e pode ser pior. “A fatura, por tanta inabilidade do governo brasileiro no xadrez da diplomacia internacional, começa a chegar. E, como produtor de frutas, posso assegurar: será uma conta cara. A Finlândia, por exemplo, já fala abertamente em proibir a importação de carnes brasileiras. O acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia poderá ser também alvejado, dada as tensões já vividas entre a posição brasileira e os governos da Inglaterra, Irlanda, França, Noruega e Alemanha”, disse o chefe do Legislativo da Bahia.

Nelson Leal diz que reavivar o discurso de que a “Amazônia é nossa” não seduz mais ninguém. “Nos anos 1970, diziam que outros países do mundo queriam invadir a floresta e tomá-la do Brasil. Passou meio século e ninguém invadiu nem tomou nada. Reativar esse discurso é querer fazer os outros de trouxas. A Amazônia é, sim, nossa, mas pertence ao mundo inteiro, porque ela intacta significa que o planeta está a salvo. A defesa do meio ambiente, a preservação das florestas do mundo, é coletiva, é obrigação de todos, não de uma pessoa ou de apenas um grupo”, defendeu Leal.

Nelson Leal diz que é “hora de bombeiros e não de incendiários”

SE 02

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal, participou hoje (9.08) do 50 Encontro de Presidentes das Assembleias Legislativas do Nordeste – ParlaNordeste, reunidos na Assembleia Legislativa de Sergipe, em Aracaju, recebidos pelo presidente, deputado Luciano Bispo, pelo governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, e pelo líder do ParlaNordeste, deputado Othelino Neto, da Assembleia do Maranhão. Durante o encontro, Leal criticou o acirramento da crise política no país. “Neste momento, o que mais precisamos é de bombeiros e não de incendiários. O país está pegando fogo, vivendo uma crise política interminável, agravada por uma turbulência institucional, que praticamente paralisou a economia nacional. Como lideranças políticas, temos que usar o bom senso e a razão para não tensionar ainda mais o ambiente”,  advertiu Leal.

SE 03No encontro de Aracaju também estavam presentes os presidentes das Assembleias Legislativas da do Piauí, Themístocles Filho; do Ceará, José Sarto Moreira; da Paraíba, Adriano Galdino; de Alagoas, Marcelo Victor. Na delegação baiana que foi à capital sergipana, além de Nelson Leal, estavam presentes a deputada Fabíola Mansur (PSP), e os deputados Victor Bomfim (PP), Júnior Muniz (PP), Samuel Junior (PDT).

O presidente disse que as reuniões dos parlamentos do Nordeste serão mais intensas a partir de agora. “Com a criação do Consórcio de Governadores do Nordeste, os Legislativos estaduais terão que acompanhar o ritmo desse colegiado presidido pelo governador Rui Costa. A ideia é que realizemos uma reunião a cada 40 dias ou, no máximo, a cada 60 dias. Nesta reunião, por exemplo, estamos discutindo o marco regulatório do saneamento, que é assunto muito preocupante. Catolândia, na Bahia, tem 3.200 habitantes. Qual a grande empresa privada que vai cuidar do saneamento de Catolândia e de outros pequenos municípios?”, questiona o chefe do Legislativo estadual.

Read the rest of this entry »

“Policlínicas Regionais de Saúde são dignas de aplauso”, afirma Nelson Leal

nelson pliO presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Nelson Leal, considera acertada a decisão do governador Rui Costa de investir na construção e consolidação das policlínicas regionais. Após se recusar a participar da inauguração do Aeroporto de Conquista, na semana passada, em solidariedade a Rui e aos nordestinos, nesta quinta Leal foi a Vitória da Conquista participar da inauguração da Policlínica Regional no município do sudoeste baiano.

– O esforço do governador Rui Costa e do seu secretário Fábio Vilas-Boas pela regionalização do sistema público de saúde é uma verdadeira revolução na Bahia. São equipamentos completos, para diagnósticos complexos, com tecnologia de ponta, antes só acessíveis nas clínicas privadas ou em Salvador – apontou.

Ainda segundo ele, as ações em saúde nos últimos anos e a chegada das policlínicas, a de Conquista é a 11ª, reduziram as queixas e os pedidos nesta área feitas no interior do Estado, “principalmente para tratamento em hospitais em Salvador. “Porque, de fato, as comunidades interioranas estão sendo atendidas. É uma política de saúde digna de aplausos”, disse o presidente da Assembleia Legislativa.

A Policlínica de Vitória da Conquista conta com 93 médicos, enfermeiros, psicólogo, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, assessores técnicos, assistente social, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia e assistentes administrativos para dar assistência a pacientes – potencial de 618 mil habitantes – de 28 municípios do sudoeste.

Nelson Leal é solidário a Rui Costa e não vai a inauguração de aeroporto

nelsob e ruiO presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Nelson Leal, disse que será solidário ao governador Rui Costa e ao povo baiano e não participará da inauguração do Aeroporto Glauber Rocha, de Vitória da Conquista. Segundo ele, houve uma desnecessária disputa em torno da paternidade da obra.

– A inauguração desse equipamento tão importante deveria ser um momento de união – suprapartidária – em torno do desenvolvimento regional para o atendimento das carências e vocações e não uma oportunidade para uma lamentável dissenção.

O deputado Nelson Leal também apontou a participação de várias frentes de governos para que a obra saísse. “Todos os baianos sabem que essa obra só saiu do papel pelo empenho conjunto da nossa gente, através de seus representantes governo, deputados federais, senadores e da própria Assembleia Legislativa – bem como da União, como deve ser”.

O presidente do Legislativo entende que o Aeroporto Glauber Rocha será um divisor de águas no desenvolvimento econômico de Vitória da Conquista e de todo o sudoeste. “Sou de Livramento de Nossa Senhora e sei que o novo aeroporto, um dos mais modernos e bem equipados do país, com capacidade para atender até 500 mil passageiros/ano, terá o dobro de capacidade do antigo aeroporto, recebendo grandes aeronaves, além de diminuir a interferência do clima conquistense nos pousos e decolagens”.

Nelson Leal alerta que desindustrialização no Brasil acendeu o sinal vermelho

nelson leal ALBAPara o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Nelson Leal (PP), a notícia de um provável pedido de falência da Construtora OAS, veiculada ontem pela Folha de São Paulo, é mais uma indicação de que acendeu o sinal vermelho para o grave problema do acelerado ritmo da desindustrialização no Brasil.
“O problema da falência do parque industrial brasileiro é grave e contínuo, especialmente na região Nordeste. Um fenômeno que vem sendo sinalizado há quase 15 anos. A notícia sobre a OAS é emblemática e exige uma atenção absoluta das autoridades. Não dá mais para a equipe econômica do governo federal fechar os olhos a isso”, reclama, o parlamentar.

A administradora judicial Alvarez e Marsal, em documento, põe em dúvida a capacidade de soerguimento das atividades da empresa. A empreiteira baiana criada em 1976, que acumula dívidas de R$ 2,8 bilhões, encontra-se em recuperação judicial desde 2015. A OAS já foi a terceira maior construtora do país, atrás da Odebrecht e Andrade Gutierrez.

Read the rest of this entry »

ALBA econimizará R$ 1 milhão com ´turnão´ durante recesso

albaA Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) entra em recesso hoje (1°), após um semestre movimentado em que foram votadas 933 proposições – inclusive a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A suspensão das atividades em plenário não altera o trabalho nos gabinetes parlamentares ou as ações administrativas da ALBA, que passa a funcionar em regime de turnão durante o mês.

O funcionamento da ALBA será das 13h às 19h, exceto às sextas-feiras, quando o expediente será no turno matutino, sendo encerrado às 13h. Explica o presidente Nelson Leal que esta é uma medida de cunho administrativo capaz de economizar cerca de R$1 milhão, com a redução de despesas com energia, água, transporte, manutenção e limpeza, mas sobretudo, com relação à alimentação, pois os dois restaurantes (bandejão e a la carte) ficarão desativados no período.

Read the rest of this entry »

Nelson Leal exalta valor das tropas de voluntários baianos nas lutas ao 2 de Julho

Nelson Leal

Nelson Leal

Em moção de louvor pela passagem dos 196 anos das celebrações ao 2 de Julho de 1823 – batalhas que consolidaram a Independência do Brasil do jugo de Portugal no Recôncavo baiano, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Nelson Leal (PP), exaltou a coragem de tropas formadas por voluntários baianos, de vários pontos do Estado, para a consolidação da vitória do Exército e da Marinha Brasileiros contra a Coroa portuguesa na Bahia.

O chefe do Legislativo estadual destaca, na moção, a importância das chamadas batalhas secretas. Ele cita, por exemplo, a participação dos Vaqueiros de Pedrão, município localizado no Território de Identidade Litoral Norte e Agreste Baiano, a cerca de 130 quilômetros da capital.

“Com o mesmo vulto histórico, cabe pontuar a bravura dos Vaqueiros de Pedrão que, ensejados por um forte espírito cívico, transformaram armas de caça utilizadas na Caatinga em utensílios de guerra para enfrentar, v

Read the rest of this entry »

Governo envia a Alba projeto de reestruturação de carreiras das universidades estaduais

Já tramita na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) o Projeto de Lei Nº 23.332/2019, do Executivo, publicado neste último final de semana, que altera a estrutura remuneratória da carreira de Técnico Universitário e o quantitativo de cargos, por grau e instituição, das carreiras de Técnico e Analista das Universidades Estaduais. A proposição é fruto do acordo firmado, na última semana, entre o Governo e o Fórum dos Sindicatos dos Servidores Técnico Administrativos das Universidades Estaduais, com apoio do Legislativo no processo de negociação.

O acordo assinado entre as partes prevê a reestruturação da tabela de vencimentos dos técnicos administrativos das quatro universidades estaduais. Aceito pelos servidores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), o acordo também estabelece o ajuste do quadro de vagas para permitir a promoção na carreira de 244 servidores destas duas instituições, sendo 184 da Uneb e 60 da Uesc, entre técnicos administrativos e analistas.

Read the rest of this entry »

Nelson Leal diz que preços das passagens aéreas subiram mais de 140% na Bahia

leal vooO presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal, presidiu, hoje (27), sessão especial na ALBA, convocada por ele, para debater os preços abusivos das passagens aéreas. “A situação é absurda. Ouvimos o relato da deputada Olívia Santana de que o prefeito de Juazeiro teve que pagar mais de R$ 4 mil para se deslocar até Salvador. Em um ano, algumas tarifas subiram mais de 140%. A quebra da Avianca Brasil aumentou a concentração em um setor já marcado por poucas opções para os consumidores. E as três companhias aéreas existentes abusam dos preços, fazem o que querem. Em um país com dimensões continentais como o Brasil – sem falar no tamanho do território baiano – isso é absurdo”, criticou o presidente da ALBA.

Nelson Leal apontou o dados do IBGE que mostram que as passagens não param de subir. “Entre março e abril, na prévia do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), os bilhetes tiveram alta média de 5,54%. Em fevereiro, de 7,54%, mas, no dia a dia de quem viaja, o impacto é muito maior. O preço médio de alguns trechos, que era de R$ 600, hoje é de R$ 1.400. Para o Rio, saindo de Salvador, com a quebra da Avianca, só quem opera voos diretos agora é a Gol. Em outras companhias, para se chegar à capital carioca pode se ter que fazer três escalas”, relata o chefe do Legislativo estadual.

Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930