hanna thame fisioterapia animal
prefeitura ilheus livros do thame

Posts Tagged ‘assassinato’

Associação de Pequenos Produtores lamenta assassinato de líder de assentamento e diz que ministro cedeu a pressões de ONGs internacionais

Juraci com o ministro Cardozo: foi pedir proteção e recebeu omissão

Juraci com o ministro Cardozo: foi pedir proteção e recebeu omissão

A Associação dos Pequenos Agricultores de Ilhéus, Una e Buerarema-Aspaiub, emitiu nota culpando a omissão do Ministério da Justiça pelo assassinato do  presidente do Assentamento Ipiranga,  Juraci José dos Santos. A entidade apontada o suposto cacique Cleildo, comandando pelo cacique Babau, como autor do crime.

A Aspaiub revela que era um assentado do INCRA que se cadastrou como índio e foi promovido a cacique pela FUNAI. “A partir dai, ele passou a aterrorizar, juntamente com pequeno grupo de assentados, os demais companheiros de assentamento”.

A associação vinha alertando as autoridades para as ameaças que Juraci e outros agricultores  recebiam  de supostos Índios Tupinambás. “No, entanto, para nossa surpresa, o que ocorreu, mesmo diante do clima tenso, foi a determinação do Ministro da Justiça de retirar da região a principal base de segurança”, diz a nota.

Juraci, a exemplo de outros pequenos agricultores, já vinha pedindo proteção de vida aos órgãos policiais há muito tempo, diante das reiteradas ameaças que sofria.

Um dos seus últimos atos foi participar de comitiva que foi a Brasília pedir providencias ao Ministro da Justiça, que prometeu a todos os presentes que ira defender o Estado de Direito.

Na nota, a Aspajub diz que o Ministro da Justiça, em vez de “proteger dos pequenos agricultores familiares, que há tempos tem sido vitimas das barbáries praticadas pela quadrilha que se instalou na zona rural de Ilhéus, Una, Buerarema e São José, cede às pressões do Conselho Indigenista Missionário e de ONGs internacionais”.

Conflito de terras no Sul da Bahia: manifestantes fecham BR 101 e tentam destruir ponte

 

protesto BuA morte do líder do Assentamento Ipiranga, Juraci José dos Santos  gerou um clima de revolta em Buerarema, epicentro do conflito de terras no Sul da Bahia. Juraci teve o seu carro e casa  incendiados. Segundo moradores da região, a esposa de Juraci fugiu da mata e está desaparecida até o momento.

Neste momento, manifestantes bloqueiam a rodovia BR 101 no trecho entre Itabuna e Buerarema e ameaçam destruir uma ponta, cortando uma das principais artérias de ligação entre o Nordeste e o Sul/Sudeste do país.

Cardozo se omite e a violência explode

Cardozo se omite e a violência explode

A Policia Rodoviária já está no local.

Agora a pouco, em entrevista à Radio Difusora de Itabuna, um morador do assentamento disse que o crime foi cometido por um índio conhecido como Cleildo, que estaria agindo a mando do Cacique Babau.

A situação se agravou depois que o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo retirou a Força Nacional de Segurança da área do conflito (veja posts abaixo).

Atualizado às 15 hs.-A esposa de Juraci , Elisângela Oliveira, apareceu no início da tarde, sem ferimentos, e confirmou que ele vinha recebendo ameaças.

Conflito de terras no Sul da Bahia: após saída da Força Nacional de Segurança, lider de assentamento é assassinado

Juraci (seta) durante encontro em Brasilia (foto Pimenta)

Juraci (seta) durante encontro em Brasilia (foto Pimenta)

O presidente do Assentamento Ipiranga, no Maroim, em Una, no Sul da Bahia, Juraci Santana, foi assassinado na madrugada desta terça-feira (11). De acordo com as primeiras informações, Juraci  teria sofrido emboscada ainda em casa. Ele era líder do assentamento. A fazenda havia sido desapropriada e indenizada pelo governo federal há mais de dez anos.

A morte ocorreu na região onde, na sexta-feira (7), a Força Nacional de Segurança desmontou base de pacificação. Juraci havia relatado à Polícia Federal e ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ameaças feitas contra ele por supostos caciques indígenas. O Assentamento Ipiranga tem 40 famílias e os caciques assediavam os agricultores para que estes se tornassem autodeclarados tupinambás. Apesar do assédio, conforme testemunhas, apenas cinco das famílias aceitaram a proposta dos caciques. (do Pimenta)

 

Operação Cruz de Malta prende traficantes e assassinos em Porto Seguro

ps 1Mais de 10 pessoas, acusadas de tráfico de drogas e assassinatos em Porto Seguro e nos distritos de Arraial d’Ajuda, Trancoso, Vera Cruz e Pindorama, foram presas pela polícia. Todas estavam com mandado de prisão decretado pela justiça. Foi o desfecho da operação Cruz de Malta, que envolveu polícia civil, polícia militar e outros agentes da força de segurança da Bahia.

Foram apreendidos quase R$ 20 mil em dinheiro, seis armas de fogo, drogas, balanças de precisão, cinco carros e três motos. O delegado Moisés Damasceno, diretor do Depin (Departamento de Polícia do Interior), destacou três prisões importantes que, de acordo com ele, são um duro golpe no crime organizado.

Temos Leandro Mendes da Silva, 30 anos, o Pitbull, muito conhecido no meio policial pela prática de crimes em Itabela, Porto Seguro e região, onde traficava e tinha mandado de prisão em aberto. Prendemos ainda Jamile Silva de Jesus, 20 anos, tida como a gerente financeira do traficante André Márcio de Jesus, líder de uma facção criminosa em Porto Seguro e Ronielson Monteiro de Alcântara, 24 anos, vulgo Roni, acusado de tráfico e mais de cinco homicídios em Porto Seguro’, declarou Moisés Damasceno.

ps 2“A gerente financeira do Buiu, por exemplo, tem uma pequena lan house no Baianão e a mãe dela diz que é doméstica e que encontrou o dinheiro apreendido na areia. Na verdade, são componentes da quadrilha, responsável pela logística, distribuição de drogas e levantamento financeiro”, revelou o delegado Élvio Brandão.

Já o tenente coronel Valter Serpa, comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar em Porto Seguro, disse que a operação Cruz de Malta
“ apenas o início de várias outras ações que visem a manutenção a manutenção da tranqüilidade na cidade de Porto Seguro’, disse Serpa.

A força-tarefa contou com participação de 70 policiais civis, 19 policiais da CIPE-Mata Atlântica, 29 policiais militares do 8º Batalhão, Superintendência de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública da Bahia e Departamento de Narcótico da Bahia. (do Radar 64)

Dividas podem ter provocado mortes de irmão de sindicalista e namorada

casal pode ter sido morto por vingança

casal pode ter sido morto por vingança

]Depois de muitas informações desencontradas,  vieram à tona os detalhes do assassinato de Gilvan Galvão de 46 anos, irmão do sindicalista Bebeto Galvão.

Segundo informações, Gilvan e a sua namorada Cínthia Carvalho, foram alvejados com vários tiros, na estrada de chão que liga Maraú à Itacaré, após serem abordados por três elementos.

Após balearem o casal, os criminosos ainda passaram o carro em cima da cabeça da vítima, prejudicando a sua identidicação.

O crime aconteceu na última quarta-feira, porém os familiares só tomaram conhecimento no domingo (15).

Suspeita-se que Gilvan tinha muitas dívidas e que teria sido essa a motivação do assassinato. Porém, a polícia não confirmou a informação e segue investigando o caso.

Cínthia deixou um casal de filhos. (do Ilhéus 24 Horas)

Assaltante de motoristas é preso com 350 “miguelitos”, em Juazeiro

Além da ladrão, assassino

Além da ladrão, assassino

Um lote com 350 grampos, conhecidos como “miguelitos”, utilizado por bandidos para furar pneus e parar veículos com a finalidade de assaltar os motoristas, foi apreendido em poder de Nélio Custódio dos Santos, de 42 anos, por investigadores da 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Juazeiro).  Na residência dele, localizada na Passagem do Sargento, povodado de Salitre, zona rural de Juazeiro, os policiais encontraram ainda um revólver calibre 38, municiado, três alavancas e um pé de cabra.

Nélio e o irmão, Leandro Custódio dos Santos, que está foragido, são apontados como integrantes de uma quadrilha que ataca motoristas de automóveis e caminhões, nas rodovias BR-235, em Salitre, e na BR-407, entre Senhor do Bonfim e Juazeiro. Os policiais chegaram até o criminoso ao investigar um latrocínio ocorrido, na quarta-feira (20), na BR-407, no trecho de Juremal.

Os dois irmãos, juntamente com um comparsa ainda não identificado, assaltaram um caminhoneiro que, com a mulher e o filho, ia comprar frutas na Central de Abastecimento, em Juazeiro. Depois de pararem um caminhão com o uso de “miguelitos”, os três assaltantes obrigaram a família a sair do veículo. Antes de fugir com os R$ 2,5 mil subtraídos do caminhoneiro, os bandidos efetuaram vários disparos, matando a mulher e deixando pai e filho feridos sem gravidade.

Na 17ª Coorpin, Nélio disse, em depoimento, que foi Leandro o autor dos disparos que matou a mulher do caminhoneiro. Ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma, permanecendo custodiado no Presídio de Juazeiro, à disposição da Justiça. Com a prisão do assaltante, a polícia espera elucidar outros assaltos com características semelhantes praticados em Juazeiro e municípios vizinhos.

Cruz é usada para matar jovem dentro de cemitério

Jailton Santos de Jesus, 19 anos, foi encontrado morto no Cemitério da Consolação, bairro Pequi, em Eunapolis. Funcionários da prefeitura acharam o corpo quando abriram o cemitério.

A perícia técnica ainda não informou que tipo de arma foi utilizada pelos assassinos, mas o corpo do rapaz apresentava várias perfurações. Os ferimentos eram visíveis na cabeça e das costas de Jailton.

Ao lado do corpo havia uma cruz de ferro suja de sangue. A cruz pode ter sido utilizada no assassinato.  A laje de uma cova também foi jogada em cima do corpo do rapaz.

Familiares de Jailton estiveram no local e disseram que ele era usuário de drogas e que não dormiu em casa na noite anterior. O crime pode ser sido praticado por mais de uma pessoa.  (do Radar 64)

Associação do Ministério Público da Bahia cobra apuração rigorosa de assassinato de promotor em Pernambuco

Thiago Faria: assassinato brutal

A Associação do Ministério Público do Estado da Bahia (Ampeb), entidade que representa e congrega procuradores e promotores de Justiça da Bahia, emitiu uma nota pública manifestando  solidariedade aos familiares do colega Thiago Faria de Godoy Magalhães, promotor de Justiça de Pernambuco, brutalmente assassinado na manhã de segunda-feira,  em Itaíba, no interior pernambucano. Na nota, assinada pelo Presidente da Ampeb, Alexandre Soares Cruz, a entidade  compartilha com os todos os membros do Ministério Público Pernambucano o sentimento de mais profunda indignação.

De acordo com a Ampeb “o odioso ato, muito além de ceifar a vida da pessoa, do filho, do cidadão e do colega Thiago Faria de Godoy Magalhães, representa gravíssima afronta ao Ministério Público brasileiro, à Justiça e a toda a sociedade”.

“A Ampeb une-se ao imenso coro que, em todo o Brasil, clama neste instante por Justiça, confiando na celeridade da Polícia e da Justiça Pernambucanas e, portanto, na breve identificação e prisão dos autores do crime”, diz a nota.

Para Alexandre Soares Cruz, “o  lastimável acontecimento reforça a necessidade de providências efetivas e continuadas para garantir a segurança pessoal dos membros do Ministério Público em todo o Brasil, rotineiramente submetidos a riscos que decorrem, sobretudo, do legítimo exercício de suas atribuições em defesa da sociedade brasileira, notadamente, o combate à criminalidade e à improbidade administrativa”.

Acusado de matar radialista Ronaldo Santana será julgado em Eunápolis

Toinho da Caixa será julgado pelo assassinato de Ronaldo Santana

O servidor público federal Antonio Santos de Oliveira, o Toninho da Caixa, um dos acusados da morte do radialista Ronaldo Santana, vai a julgamento popular na próxima segunda-feira (21), no fórum de Eunápolis.

Ronaldo Santana, que tinha 38 anos e apresentava um programa jornalístico na Rádio Jornal, foi morto com quatro tiros há 16 anos, no centro da cidade, quando se dirigia à emissora. O filho Márcio Alan – que era adolescente, presenciou o homicídio. Acusado de ser o executor do assassinato, o ex-segurança Paulo Sérgio Mendes Lima foi o primeiro a ser julgado. Em 2002 Paulo Sérgio foi condenado a 19 anos de cadeia.

Os demais acusados pelo Ministério Público e que também já foram pronunciados a júri popular em 2006, são o ex-prefeito de Eunápolis, Paulo Dapé, Waldemir Batista de Oliveira (Dudu) e Maria José Ferreira (Maria de Sindoiá), então servidores da prefeitura.

Segundo o promotor João Alves Neto, a motivação do homicídio foram as constantes denúncias que o radialista fazia a administração municipal.O julgamento no Fórum Desembargador Mário Albiani está previsto para começar às 08h da manhã de segunda e terminar no dia seguinte.

 

Homem mata garoto por causa de um boné

Thiago matou por causa de um boné

 

 

A policia de  Entre Rios  prendeu Thiago de Souza Silva, o “Thiago Crackeiro”, de 20 anos, acusado de matar a tiros Edmilson dos Santos Sodré Júnior, 15, por que se recusou a emprestar um boné. O crime ocorreu no dia 24 de setembro, dentro de uma quadra esportiva, no bairro Bela Vista, naquela cidade.

Thiago foi preso quatro horas depois de atirar em Edmilson, por investigadores da DT/Entre Rios, que contaram com a ajuda de testemunhas para capturar o assassino, encontrado nas proximidades da quadra. Com passagens pela polícia por agressão, uso de drogas e lesões corporais, “Crackeiro” foi autuado em flagrante por homicídio, pelo delegado Antonio Luciano Lima, titular da unidade policial, que o encaminhou para o Presídio de Esplanada.

Bahia: assassino é preso durante protestos contra assassinato

 

na cadeia é mais seguro

Lucas da Conceição Silva, o “Ligeirinho”, de 24 anos, autor de um crime passional ocorrido há 11 meses, no bairro Jardim Santo Inácio, foi preso, no bairro da Mata Escura, em Salvador,  quando participava de uma manifestação pela morte de um adolescente de 15 anos, baleado durante um confronto entre traficantes rivais, na semana passada. Abordado por policiais militares em meio ao grupo de manifestantes, ele foi encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na Pituba.

Com prisão decretada pela 1ª Vara do Tribunal do Júri, “Ligeirinho” assassinou Lucas Mendes Pereira, de 18 anos, em setembro de 2012, por não se conformar com o namoro entre sua ex-companheira e a vítima.  Segundo a titular da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central), delegada Clelba Regina Teles, que conduz o inquérito, “Ligeirinho” ameaçou Lucas de morte, por diversas vezes, exigindo que ele se afastasse da garota. O criminoso já foi encaminhado ao sistema prisional.

Câmera de vídeo registra assassinato de funcionária da UFBA

Selma: passeio com amiga terminou em tragédia

Imagens da câmera de segurança de um prédio mostram o momento em que a funcionária da Ufba Selma Barbosa Alves foi morta a tiros por assaltantes. O fato aconteceu na madrugada desta segunda-feira (12), no bairro do Costa Azul, quando Selma deixava uma amiga em casa.

O vídeo mostra a vítima estacionando o carro no prédio da amiga, que desceu do veículo e tentava abrir o portão. Neste momento, os dois assaltantes chegaram em um veículo preto e realizaram a abordagem.

Além de levaram o carro, eles também atiraram contra Selma, que morreu no local. As imagens devem ajudar a polícia a identificar os criminosos, que mesmo após uma troca de tiros com uma guarnição da 39ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), conseguiram fugir.

Por conta do latrocínio, a Facom suspendeu as aulas na manhã desta segunda. Selma era funcionária da instituição há mais de 20 anos, e trabalhava no laboratório de vídeo da faculdade. Os professores tentam contato com a família de Selma, que mora na cidade de Natal (RN). Segundo informações da instituição, apenas uma irmã dela mora em Salvador.

Em nota, a Facom comentou a morte da funcionária. “É com grande pesar que a Faculdade de Comunicação informa sobre o falecimento da estimada servidora Selma Barbosa Alves, mais uma vítima da violência que assola a cidade de Salvador. Em nome da Faculdade de Comunicação da UFBA, apresentamos as nossas sinceras condolências aos amigos e familiares.” (Fonte A Tarde)

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
abril 2018
D S T Q Q S S
« mar    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930