livros do thame

Posts Tagged ‘assassinato’

Ilhéus: fazendeira desaparece e polícia suspeita de assassinato

FUNCIONÁRIO FALSIFICOU PROCURAÇÃO PASSANDO BENS PARA SEU NOME

policia suspeita que José pode ter matado fazendeira

A Delegacia de Homicídios de Ilhéus investiga o desaparecimento da fazendeira Maria de Lurdes da Silva, que morava sozinha na zona rural da cidade.

A  mulher está desaparecida há dois meses. Segundo o seu único funcionário, identificado como José Marciano dos Santos Filho, Maria está em viagem a Suíça.

Apesar da afirmação, os investigadores encontraram todos os documentos da mulher na sede da fazenda.

Com João, além de um carro de Maria de Lurdes, um Cross Fox, foi encontrada uma procuração dando acesso a todos os bens da fazendeira. A assinatura no documento possivelmente é falsa.

Uma Toyota Hilux, registrada em nome de Maria de Lurdes, desapareceu. Em nome da fazendeira, está também uma motocicleta, encontrada há 15 dias em posse de um suposto traficante de drogas no bairro Banco da Vitória.

A delegada Andreia Oliveira trabalha com a hipótese de assassinato. João Marciano já está detido na delegacia. (do Ilhéus 24 horas)

Casal e filho mortos em briga de sócios em São Paulo são sepultados na Bahia

além de ladrão, o sócio era também assassino (foto: Blog do Anderson)

Foram sepultados neste sábado (1º) em Vitória da Conquista os corpos de um casal e uma criança de um ano e oito meses mortos a facadas na cidade de Itapecerica da Serra, no interior de São Paulo, na última quarta-feira (29).

De acordo com a polícia, o crime aconteceu em razão de uma briga por dinheiro. Rogério Lima Santos, de 27 anos, Eliene Souza Oliveira, também de 27, e os dois filhos estavam em casa quando Everaldo Santos da Silva chegou ao local para falar com Rogério que, segundo o suspeito, desviou dinheiro da loja da qual eram sócios, o que teria provocado o crime. Outra filha do casal, de 4 anos, também ficou ferida. Ela passou por uma cirurgia e está internada em estado grave.

O casal tinha outro filho de 10 anos que estava na escola no momento do atentado. Informações do Blog do Anderson.

Adolescente mata rival do tráfico com 6 tiros em Itapebi

Um adolescente de 16 anos, autor da morte de um traficante rival, executado como seis tiros, no domingo, na cidade Itapebi, no Sul da Bahia  foi apreendido durante uma operação conjunta da delegacia local e da Polícia Militar. Paulo Henrique Ferreira Campos, o “Torré”, 24 anos, estaria ameaçando o garoto para assumir o controle da venda de drogas no bairro Fênix, tendo sido emboscado e morto na localidade conhecida como Rua da Maternidade.

Na casa do garoto, a polícia apreendeu um revólver calibre 38, com a numeração raspada, utilizado para assassinar Paulo Henrique, além de 84 pedras de crack, celulares, R$ 270 em dinheiro e uma motocicleta Shineray, de 50 cilindradas, sem placa. Ele admitiu ser o dono da droga e disse comercializá-la em sua residência.

Apreendido por ato infracional equivalente aos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma e homicídio, o adolescente foi encaminhado ao Ministério Público, que decidirá por sua internação para o cumprimento de medidas sócio-educativas. Itapebi fica a 581 quilômetros de Salvador.

Advogado mata esposa para ficar com a sogra

Jessica: trocada pela mãe. Triangulo amoroso macabro

A comerciante Jéssica Carline Ananias da Costa, de 22 anos, mãe de uma menina de 4 anos, foi assassinada com 25 golpes de faca desferidos pelo próprio marido, o bacharel de Direito Bruno José da Costa, de 26. A própria mãe da vítima, Célia Forti, de 48 anos, teria ajudado a planejar o assassinato para ficar com o genro.

A revelação foi feita pelo delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial de Apucarana, Ítalo Sega, depois que o assassino confessou que a traía a esposa com a sogra já fazia quatro anos, que ela “sabia de tudo” o que ia acontecer à filha e que o crime vinha sendo planejado há dias.

O crime aconteceu no dia 9 na casa do casal, na Rua Nossa Senhora da Conceição, no bairro Igrejinha, zona sul de Apucarana. Bruno confessou que a ideia era simular um latrocínio.

Célia nega que tenha ajudado a planejar o assassinato da filha, mas confessa que mantinha um relacionamento com o genro. Porém, familiares e amigos de Jéssica afirmam que durante o velório a mãe ficava ao lado do caixão, passa a mão no rosto da filha, mas não levantava o rosto para encarar as pessoas. Bruno José da Costa está preso, mas a amante permanece em liberdade por ter passado o prazo do flagrante.

Adolescente morreu por causa de dívida de R$ 5 com traficante

o valor de uma vida

A morte do ajudante de pedreiro Jefferson da Silva Santos, o “Ovão”, de 17 anos, pode ter como motivação uma dívida de 5 reais com um traficante de drogas.

Jefferson  estava cavando buracos numa construção na periferia de Itabuna, quando o assassino chegou e iniciou uma discussão. “Ovão” foi assassinado com um tiro no peito.

 

Itabuna: mototaxista é executado

A carteira de motorista manchada de sangue

O mototaxista Célio Batista de Souza foi executado a tiros na madrugada desta segunda-feira (8), na rua Eduardo Fonseca, bairro Fonseca, em Itabuna.

A vítima chegou a correr dos atiradores deixando o veiculo que ocupava, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

 

Jovem que matou ex-namorada é preso em igreja na Bahia

Leonardo e Paola: separação e morte

Acabou a fuga do jovem Leonardo Possato Bento , 23 anos, apontado como o autor do homicídio que teve como vítima a ex-namorada dele, Paola Souza Magnago, de 20 anos, morta com seis tiros quando seguia para o trabalho,  por volta das 4h30 da madrugada do último dia 7 de fevereiro. A vítima residia no Parque Residencial Jardim Laguna,  em Linhares (ES) e foi surpreendia por Leonardo perto de casa.

Leonardo estava sendo procurado pela Polícia Civil de Linhares, após fugir em um Corsa vermelho. Ele foi localizado escondido em Teixeira de Freitas, na Bahia, e teria sido preso dentro de uma igreja.

Ao comentar sobre a morte da filha, o encarregado administrativo Vagner Benha Magnago disse que a prisão de Leonardo minimizaria a dor da família, mas declarou que “se lei Maria da Penha funcionasse”, Paola estaria viva, referindo-se ao que chamou de descaso quando foi denunciar o ex-namorado dela à Polícia Civil.

Traficante é preso por assassinato em Conquista

Autor de vários homicídios em Vitória da Conquista, Marcelo Santos Santana, o “Marcelinho”, de 19 anos, foi preso em flagrante um dia depois de ter assassinado Genildo de Jesus Andrade, no bairro Bruno Bacelar, naquele município.  Segundo o delegado Neuberto Costa, titular da Delegacia de Homicídios (DH), o criminoso integra uma quadrilha que atua no bairro Nossa Senhora Aparecida.

Uma equipe do Serviço de Investigação de Local de Crime (SILC), com o apoio do Grupo de Apoio Tático (GAT), prendeu o homicida em sua residência, tendo testemunhas o apontado como autor da morte de Genildo. Autuado em flagrante por este crime, ele também foi indiciado em inquérito policial por homicídio qualificado, formação de quadrilha armada e porte ilegal de arma. “Marcelinho” já está no Presídio Nilton Gonçalves.

Adolescentes matam amigo por dívida de drogas em Conquista

Investigadores da Delegacia de Homicídios (DH/Conquista) apreenderam dois adolescentes de 16 anos, acusados de matar a tiros Leonardo Santos Almeida, o ”Deda”, de 20 anos, na noite do dia anterior, em uma mata existente no bairro Nossa Senhora da Aparecida, na periferia de Vitória da Conquista. Deda era amigo da dupla.

Os moradores ouviram disparos de tiros por volta das 19 horas e resolveram ligar para a polícia, que foi ao local, mas só conseguiu encontrar o corpo de Leonardo na manhã seguinte, uma vez que a área era extensa. Investigações da DH em torno do crime levaram os policiais até a casa dos dois adolescentes, que confessaram o crime.

Acompanhados dos pais, os garotos disseram na delegacia ter disparado dois tiros cada um contra Deda, jogando a arma, em seguida, um revolver calibre 38, na própria mata. Os adolescentes alegaram que cometeram o crime porque Leonardo havia comprado drogas fiado e estava devendo dinheiro.

Com passagem pela polícia por tráfico de drogas, furto e roubo de motocicletas na região, os adolescentes foram apresentados ao Ministério Público e à Vara da Infância e Juventude, para medidas socioeducativas prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Caso Matsunaga: babá revela que Elize comprou serra elétrica antes de matar e esquartejar marido

modelo de serra utilizado por Elize para esquartejar Marcos

Em novo depoimento à polícia nesta quarta-feira, uma das babás da filha do casal Matsunaga afirmou que Elize, 30, comprou uma serra elétrica portátil no dia em que Marcos foi morto e esquartejado.

A serra elétrica foi adquirida em Cascavel, no oeste do Paraná, pouco antes de Elize, a filha e a babá retornarem para São Paulo, no dia 19 de maio.

A babá Mauriceia José Gonçalves dos Santos, 42, contou que as três passaram alguns dias em Chopinzinho (PR) e, antes de se dirigirem ao aeroporto em Cascável para pegar o voo de volta para São Paulo, Elize parou em uma loja para comprar o aparelho.

A babá contou à polícia que retirou a serra elétrica de uma das malas da viagem já no apartamento do casal. Naquele dia, Elize dispensou Mauriceia, que foi embora, e disse que ela mesma guardaria as roupas e o aparelho.

Read the rest of this entry »

Guardador de carro é preso por matar vizinho que devia R$ 150

Acusado de ter assassinado com três tiros Jerônimo Santos Brito, um vizinho que devia a quantia de R$ 150, o guardador de carros Alexandre dos Santos Leal, de 19 anos, foi preso, por uma equipe da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), no Campo da Pólvora, onde trabalhava como guardador de carros. O crime ocorreu no dia 10 de maio de 2011, em Brotas, onde residiam.

O guardador de carros disse ao titular da 1ª DH, delegado Juvêncio Mendes Menezes, que matou Jerônimo porque este se recusava a pagar o valor combinado para um serviço de pedreiro prestado por ele na casa da vítima, que havia sido reformada. Em seu depoimento, confirmou ser usuário de crack e que precisava dos R$ 150 para saldar débitos com traficantes.

Com mandado de prisão preventiva em aberto, cumprido pelos investigadores do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), Alexandre agora está custodiado na carceragem do Complexo Policial da Baixa do Fiscal, à disposição da Justiça.

 

CASO YOKI: PROMOTOR ACREDITA QUE ELIZE MATSUNAGA NÃO AGIU SOZINHA

Elize mostra como tsria matado Marcos. Ela fez tudo sozinha?

O  promotor José Carlos Cosenzo, responsável pela acusação de  Elize Matsunaga,  ex-garota de programa  e  assassina confessa  do marido, do ex-diretor da Yoki, Marcos Matsunaga, afirmou na manhã desta quarta-feira (22) ao R7 que ainda não está descartada a participação de outra pessoa no esquartejamento e ocultação do cadáver da vítima. Segundo ele, várias versões estão sendo investigadas e não há dúvidas de que Elize — mulher do empresário — agiu sozinha ao balear o marido. O laudo da reconstituição do crime ainda não chegou oficialmente às mãos do promotor. Com base nas fotos que vazaram, ele acredita que a versão de Elize durante a simulação do crime está equivocada.

— Se ela atirou a quase 2 m de distância, é uma mentira porque o tiro provocou queimaduras. Isso só acontece se o tiro é a queima roupa, em uma distância muito curta.

Na visão de Cosenzo, a reconstituição tem um valor extremamente interessante, mas diz que a versão da ré é mentirosa e não tem sustentação. A possibilidade de pedir uma nova reconstituição do caso está descartada por enquanto. Para o promotor,  as histórias contadas pela acusada são contraditórias e nada bate. Primeiro, ela contou que Marcos Matsunaga havia sido sequestrado. Depois, disse que foi um crime passional. Na visão de Cosenzo, se fosse passional, ela ligaria para a polícia.

— Eu acho que foi um crime com motivo  torpe . Ela não queria perder o casamento, o status e a riqueza. A situação está delineada e tecnicamente provada.

Poucos dias após o crime, o promotor disse que o assassinato teve ingrediente de natureza patrimonial. Com a morte do marido, ela teria direito a um seguro de R$ 600 mil e teria a filha como uma das herdeiras do patrimônio de Matsunaga. Segundo ele, Elize ficaria com uma situação financeira invejável.

Fotos vazadas –Fotos da que mostram a versão de Elize Matsunaga para o assassinato do marido, ex-diretor da Yoki, Marcos Matsunaga, vazaram. Na reconstituição do crime, a mulher deu detalhes de como matou e esquartejou o executivo.

As imagens, que teriam sido feitas no apartamento  do casal simulam a discussão que Elize teve com o marido durante o jantar. É ela mesma quem aparece junto com um perito que faz o papel de Marcos Matsunaga. Segundo a reconstituição, depois de ser agredida  com um  tapa  no rosto, ela foi até uma cômoda, perto do bar, e pegou uma arma. Nesse trajeto, segundo a mulher, os xingamentos contra ela e a família continuaram.

No corredor, Elize teria encontrado o marido e teria sido desafiada a atirar. De acordo com a versão da mulher, o executivo foi atingido e caiu no corredor. As imagens mostram que a mulher foi até o lugar onde o casal guardava armas e desmontou a que usou para matar o marido. Ele foi até a lavanderia para começar a limpeza da casa e usou os produtos que tinha na despensa. O corpo do marido foi arrastado até o quarto de hospedes e ficou ali até o outro dia pela manhã, quando Elize começou o esquartejamento.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2015
D S T Q Q S S
« jul    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031