hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Posts Tagged ‘agricultura familiar’

Rui entrega equipamentos para fortalecimento da agricultura familiar em 368 municípios

agri f 13

O Governo do Estado concretizou uma série de ações para o fortalecimento da agricultura familiar baiana na manhã desta segunda-feira (25). Durante evento no Parque de Exposições, em Salvador, o governador Rui Costa realizou a entrega de máquinas, equipamentos e veículos para prefeituras e entidades do ramo. O ato representa um investimento de R$ 47 milhões em iniciativa que impulsiona as atividades da agricultura em 368 municípios baianos.

agri f 2

“Hoje, diversos municípios baianos estão recebendo máquinas que vão ajudar a melhorar a vida das pessoas, auxiliar nas obras urbanas e garantir novas tecnologias para a infraestrutura hídrica na zona rural. Com os equipamentos, as associações e cooperativas poderão aumentar a produção, melhorando a renda das famílias na área rural e fortalecendo o comércio das pequenas e médias cidades da Bahia ”, ressaltou o governador.

agri f 5

Foram entregues 86 tratores; nove caminhões baú; 14 caminhões basculante; sete pás carregadeiras; 15 rolos compactadores; 22 caminhões-pipa; 13 escavadeiras hidráulicas; 756 implementos agrícolas e quatro máquinas para produção de asfalto. Ainda foram entregues 30 veículos que irão reforçar o trabalho da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab).

agr f 1

Os equipamentos entregues nesta segunda fazem parte de iniciativas que envolvem as secretarias estaduais da Agricultura (Seagri) e de Desenvolvimento Rural (SDR). O titular da Seagri, Lucas Bastos, explicou a forma de distribuição dos equipamentos. “Com relação às máquinas grandes, nós estamos fazendo a entrega para os consórcios. Isso faz com que as máquinas sejam melhor aproveitadas. Os tratores, por exemplo, são destinados diretamente ao gestor municipal, tendo as associações como destinatários finais. São equipamentos que melhoram a logística de produção da nossa agricultura”, ressaltou. (Fotos: Manu Dias/GOVBA)
…..

Governo do Estado libera R$ 20 milhões para a agricultura familiar

agri fam cacauCooperativas e associações da agricultura familiar da Bahia, no âmbito do Fundo de Desenvolvimento Econômico e Social (FUNDESE), já podem acessar uma linha de crédito voltada para fomentar sua produção.

A nova linha disponibilizada, denominada Coopergiro, vai proporcionar o apoio ao cooperativismo no estado, por intermédio de financiamento de capital de giro para as cooperativas, com prazo de pagamento e taxas competitivas. Inicialmente, a linha de crédito será de até 20 milhões, com R$300 mil por proposta, e juros de 6,5% ao ano, com prazo de 24 meses.

O decreto foi publicadopelo Governo do Estado, e a ação será executada pela Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR).

De acordo com o secretário interino da SDR, Jeandro Ribeiro, o decreto chega em um momento oportuno, o Coopergiro atualizado pelo governador vai permitir que as cooperativas acessem uma linha de crédito inexistente até o momento: “O governo, em uma ação inovadora, vai permitir essa importante ferramenta para que as cooperativas se consolidem no mercado. Esse investimento que o governo está fazendo vai proporcionar o acesso ao capital de giro”.

Read the rest of this entry »

COOPESSBA contrata técnico para assistência à Agricultura Familiar

A Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia- COOPESSBA Território Litoral Sul  lançou o processo de seleção simplificada para contratação de profissional especializado para desenvolver atividades relacionadas à prestação de serviços de Assistência Técnica junto a agricultores familiares.

Os candidatos devem possuir Nível Superior em Ciências Agrárias ou Nível Técnico em Recursos Naturais (curso reconhecido pelo MEC/CNPQ), compatível com as atribuições da função de Técnico em Assistência Técnica e experiência comprovada na função de técnico de campo em Unidades de Produção Familiar (UPF) ou unidades empresariais.  Inscrições e informações podem ser obtidas  através do emai coopessba@coopessba.com

 

 

Mulheres se destacam como protagonistas da agricultura familiar na Bahia

agric familiarA mulher rural tem papel destacado na produção de alimentos, na gestão das unidades produtivas familiares, na garantia da soberania alimentar e na preservação da biodiversidade. Para incentivar e apoiar o protagonismo feminino no campo, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), tem dedicado atenção especial à mulher rural, ampliando o acesso às políticas públicas.

No Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR), dos 32.282 beneficiários, mais 17 mil são mulheres, o que representa quase 55% do público. Do total de 874 empreendimentos apoiados pelo projeto, 285 possuem mulheres como presidente, o que representa 32,61%.

A Cooperativa Mista dos Pequenos Cafeicultores de Barra do Choça (Cooperbac), localizada no município de Barra do Choça, no sudoeste baiano, que tem como protagonista uma agricultora familiar, Joahra Oliveira, é um dos empreendimentos contemplados pelo Bahia Produtiva.

A cooperativa está recebendo recursos do governo estadual da ordem de R$ 1,5 milhão, destinado à qualificação da produção de café de 155 agricultores familiares, que passarão a contar com estufas e despolpadores. A cooperativa também foi contemplada com a reestruturação da unidade agroindustrial.

Read the rest of this entry »

UFSB e Veracel assinam convênio para fortalecer agricultura familiar

A Veracel e a Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufsb) assinaram um convênio para o desenvolvimento da agricultura familiar na região. Um dos objetivos do projeto é dar apoio técnico para as famílias receberem orientações e se organizarem, gerando renda e obtendo autonomia em gestão. Além da posse da terra nas fazendas onde está sendo negociado um acordo, as famílias receberão assistência técnica para cultivar a terra de forma adequada e, com isso, gerar o próprio sustento.

vera ufsb
O diretor-presidente da Veracel, Andreas Birmoser, afirmou que foi uma solução criativa encontrada para formatar um modelo de equilíbrio e paz social no campo. “Nós deixamos para trás, nestas regiões, um histórico de reintegrações e reocupações e buscamos esta alternativa entre a empresa e os movimentos sociais, para que as famílias possam ter uma perspectiva de longo prazo, de cultivar a terra, viver desta terra onde elas estão hoje, desenvolvimento suas famílias e seus negócios”, disse Andreas.

 

De acordo com Gabriela Narezi, professora do Centro de Formação em Ciências Ambientais da Ufsb e coordenadora do projeto, o convênio firmado terá duração de cinco anos e será realizado em etapas. “A proposta é fazer  no primeiro ano, um diagnóstico junto às famílias e um diagnóstico ambiental e agrícola das áreas em que elas se encontram hoje”. “Já a partir do segundo ano, erstá prevista a implantação de áreas demonstrativas, ações de formação voltadas para a formação agrícola e beneficiamento e estratégias de comercialização desses produtos”, “, explicou a professora.

 

Bahia Produtiva beneficia 32 mil famílias de agricultores familiares

ag 2

As ações voltadas para qualificação da base de produção e acesso a mercados têm transformado a vida de 32 mil famílias de agricultores e agricultoras familiares e de povos e comunidades tradicionais do meio rural baiano, atendidos pelo projeto Bahia Produtiva. A iniciativa integra a estratégia de política pública realizada na Bahia para o fomento ao desenvolvimento rural.

ag 1

O Bahia Produtiva, executado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), apoia 864 projetos de organizações produtivas nos 27 Territórios de Identidade do estado, totalizando investimentos de mais de R$ 290 milhões. O projeto atua também para aumentar a receita líquida e a segurança alimentar dos beneficiários, bem como melhorar o acesso aos serviços de abastecimento de água e saneamento dos domicílios. Read the rest of this entry »

Governo da Bahia distribuiu mudas a agricultores familiares em 101 municípios

mudas 2

O ano de 2018 foi de ampliação do número de agricultores familiares contemplados com a distribuição de mudas pelo Governo do Estado, por meio da parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri) e o Instituto Biofábrica de Cacau. No ano, 6,7 mil famílias de agricultores foram cadastradas no sistema da Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf/SDR) e beneficiadas com a entrega das mudas. De 894.963, em 2017, o número de mudas entregues saltou para 1.293.799 em 2018.

mudas 1A Biofábrica, unidade que está sob a gestão do Instituto Biofábrica de Cacau, é responsável pela produção e distribuição de mudas frutíferas, como cacau, banana, goiaba e abacaxi, além de mandioca e essências florestais, a exemplo do jatobá e pau-brasil, entregues em 101 municípios de 19 Territórios de Identidade.

“Num balanço de quatro anos, conseguimos ver a Biofábrica se reafirmar no seu objeto central: produção e distribuição de mudas de qualidade, colocando-se em um lugar de destaque pelo seu forte apelo e ação concreta de inovação tecnológica. A Biofábrica produz a partir de pesquisa, inovação e assistência técnica, com resultados positivos, atendendo o setor produtivo com recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza [Funcep], para a distribuição de mudas certificadas àqueles que não poderiam ter acesso a elas, por conta do alto custo”, destaca o titular da SDR, Jerônimo Rodrigues.

Read the rest of this entry »

Itacaré distribui 60 mil alevinos para a agricultura familiar

aleA Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Agricultura e Pesca, distribuiu na tarde deste terça-feira, no distrito de Taboquinhas, 60 mil alevinos para as associações de agricultura familiar do município. O objetivo desse trabalho, segundo o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, é garantir mais oportunidades para os agricultores familiares, criar alternativas de diversificação da economia e assegurar mais qualidade de vida, geração de empregos e renda no campo.

Nessa etapa foram distribuídos os alevinos para os agricultores da Associação do Fojo, Associação do Cajueiro, Associação do Conjunto São Pedro, Associação do São Gonçalo, Associação do Assentamento Pancada Grande e Associação do Paraíso. A proposta, segundo adiantou o secretário de Agricultura e Pesca, Humberto Matos, é continuar buscando novas parcerias para conseguir ainda mais alevinos para que sejam distribuídos entre os agricultores do município de Itacaré.

Read the rest of this entry »

Governo amplia parceria para valorização dos produtos sustentáveis da agricultura familiar

Chocolate baiano destaque no Festival do Chocolate de Ilheus_Foto Tatiana Azeviche_Setur (1)Foi assinado, nesta quinta-feira (29), o convênio entre a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), e o movimento do Slow Food, para o fortalecimento dos trabalhos com as cooperativas e agroindústrias baianas, ligando o produtor ao consumidor, para valorização da sociobiodiversidade e da cultura alimentar da Bahia.

Nessa parceria, no primeiro ano, serão identificadas comunidades e novos produtos, realizando intercâmbios entre as cadeias produtivas que envolvem a agricultura familiar, e renomados chefs de cozinha, que utilizam os produtos da arca do gosto em suas receitas. No segundo ano, é prevista a produção de audiovisuais e uma publicação sobre as ações da parceria.

O secretário da SDR, Jerônimo Rodrigues, falou sobre os vários níveis em que se encontram as agroindústrias na Bahia, “As cooperativas que produzem alimentos gerados pela produção de agricultores e agricultoras familiares, estão em diferentes estágios, mas todas possuem a garantia da qualidade dos produtos, gerados a partir de uma perspectiva agroecológica, sem a utilização de venenos. E essa é uma boa agenda para celebramos nesse próximo período, e que vai ajudar muita gente”, avaliou.

Read the rest of this entry »

Produtos da agricultura familiar baiana no Memorial da América Latina em São Paulo

Os saborosos beijus de coco, bananas chips, farinha de mandioca, licuri e derivados, cafés especiais, amêndoas de castanha de caju, palmito, nibs de cacau, são alguns dos produtos de cooperativas da agricultura familiar da Bahia que estarão à disposição do público do maior congresso de gastronomia da América Latina, o Mesa São Paulo, que começa nesta sexta-feira (9) e segue até o domingo (11), no Memorial da América Latina, com o tema Cozinha que Emociona. A programação contará com a participação de chefs de cozinha do Brasil e do mundo, produtores e especialistas em diversas áreas da gastronomia. Durante o evento, serão realizadas palestras, aulas, workshops e degustações.

agri
Participam do evento as cooperativas de Cafés Especiais e Agropecuária de Piatã (Coopiatã), de Produção da Região do Piemonte da Diamantina (Coopes), da Cajucultura Familiar do Nordeste da Bahia (Cooperacaju), de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan), dos Produtores de Palmito do Baixo Sul da Bahia (Coopalm) e um representante do Assentamento Dois Riachões.

Read the rest of this entry »

Cooperativas baianas participam de evento na Itália

PHOTO-2018-09-17-10-29-13Representantes de nove cooperativas baianas estão de malas prontas para uma missão de peso: levar os sabores da Bahia para o Terra Madre, evento realizado em Torino, na Itália, que reúne produtores de alimentos de 160 países. Eles embarcam na  terça-feira (18) e pretendem retornar com muitas ideias para impulsionarem seus negócios.

Essas cooperativas foram convidadas pelo Slow Food, movimento responsável pela organização do Terra Madre, por possuírem práticas sustentáveis de produção, com o critério de “valorizar o alimento bom, limpo e justo”, filosofia do movimento. O alimento considerado bom é aquele saboroso, que representa os sabores locais; é cultivado de maneira limpa, sem prejudicar a saúde humana, o meio ambiente ou os animais e é justo de forma que o produtor receba aquilo que é justo pelo seu trabalho, garantindo-lhe uma renda favorável.

Para alcançarem esse patamar de qualidade, as cooperativas mudaram seus processos produtivos e se capacitaram através de apoio do Slow Food e da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). É o caso da Cooperativa de Produção da Região do Piemonte da Diamantina (Coopes), produtora de licuri e mel de abelha mandaçaia, que levará seus produtos para serem comercializados no Terra Madre. Atualmente, 210 agricultores fazem parte da cooperativa.

Read the rest of this entry »

Escola e agricultura familiar

agri esc 1

Eudes da Glória dos Santos, aluno do curso de Biotecnologia  do Centro de Educação Profissional em Biotecnologia e Saúde- CEEP Itabuna, é uma família de agricultores familiares da Roça do Povo.

agri esc 2

Semanalmente, ele comercializa parte da produção com professores e colegas, contribuindo com o orçamento familiar, a transformando conhecimento em prática.

Todos os produtos da família Santos são orgânicos, sem o uso de agrotóxicos e além de mais saudáveis, não agridem o meio ambiente.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031