hanna thame fisioterapia animal
prefeitura itabuna coronavirus 155 livros do thame

Posts Tagged ‘adélia pinheiro’

UESC e CEPEDI realizam impressão 3D de protetor facial

face shieldO combate à disseminação do novo coronavírus enfrenta algumas dificuldades e  uma delas é a falta de equipamentos de proteção para os profissionais da saúde. Para amenizar o problema, a Universidade Estadual de Santa Cruz e a sociedade civil estão imprimindo protetores faciais (face shield) em 3D que serão distribuídos gratuitamente nos hospitais que vão atender pacientes portadores do Covid-19.

Impressão 3D, de proteções para profissionais da saúde está sendo realizada em parceria com o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico em Informática e Eletroeletrônica de Ilhéus (Cepedi). Ate o momento foram impressos 60 desses equipamentos, em três impressoras, no laboratório do Cepedi, situado à Avenida Professor Milton Santos, no bairro Tapera, em Ilhéus. Segundo o professor Gesil Amarante Segundo, “a principal necessidade é a falta de filamentos (ABS ou PLA),  com os quais são processadas as impressões. Os pesquisadores esperam doações destes insumos.

imp 3dO reitor da UESC, Alessandro Fernandes, agradeceu e parabenizou aos profissionais da saúde que estão empenhados nessa luta e também aos pesquisadores, docentes, técnicos e discentes da Universidade, envolvidos nas ações implementadas no combate ao Covid-19. O reitor destacou o esforço do Governo do Estado nas ações de combate ao coronavírus e também o papel da imprensa, que vem divulgando ações e conscientizando a população em geral sobre a gravidade do momento. Alessandro destaca ainda que  “a universidade está a serviço da sociedade, contribuindo para a superação desse momento difícil. Unidos, vamos vencer essa batalha”

 

O projeto Face Shield for Life foi lançado por uma rede de makers, profissionais com apoio do Governo do Estado. De acordo com a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, Adélia Pinheiro “temos um comitê gestor com representantes de instituições parceiras que estão nos ajudando nessa missão de imprimir protetores faciais. Nossos parceiros têm como meta a produção de 10 mil equipamentos em uma semana. A UESC está fazendo a sua parte,” frisou.

face shield 2

A Anvisa publicou um decreto no dia 23 de março permitindo, excepcionalmente, a fabricação de equipamentos de proteção sem autorização ou notificação ao órgão, desde que cumpridas as exigências de controle sanitário.

Atualmente um grupo de trabalho montado na UESC, envolvendo todas as áreas de conhecimento e todos os segmentos da comunidade acadêmica, procura ajudar na contenção do vírus.

Futuros médicos atendem população gratuitamente através do Disque Coronavírus 155

Prestar orientação e esclarecimentos à população, com rapidez e agilidade, durante à pandemia do novo coronavírus. Esse é o objetivo do Disque Coronavírus , serviço lançado, nesta terça-feira (24), pelo Governo do Estado, em parceria com UFBA e Fiocruz Bahia, que faz parte do Plano de Ação de Enfrentamento ao Covid-19. Estudantes do quinto e sexto ano de medicina, supervisionados por médicos, poderão ser contatados, gratuitamente, pelo número 155, de forma a auxiliar a população, evitando a circulação de pessoas que não precisam de atendimento em unidades de saúde, neste primeiro momento.

Médica por formação, a secretária da Secti, Adélia Pinheiro, que faz parte do grupo de trabalho do Governo da Bahia no enfrentamento ao Covid-19, revela que já são mais de 1200 estudantes voluntariados para esta ação. “Cada grupo de dez estudantes tem a supervisão de um médico residente ou não residente, todos voluntários, que aderiram por inscrição. No momento, temos, aproximadamente, 1200 estudantes e 70 médicos. Durante os trabalhos de planejamento, contamos com a participação de um conselheiro do Cremeb para acompanhar e opinar sobre as questões atinentes ao exercício profissional”, disse.

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, explica o funcionamento do serviço. “A população liga para o número 155, que foi disponibilizado após solicitação ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Quem ligar para o serviço, é atendido por um estudante de medicina devidamente capacitado, que escuta a demanda e faz a orientação, de acordo com o protocolo oficial adotado pela Sesab e Ministério da Saúde. Ao receber essa ligação, o estudante alimenta uma plataforma e esse dado é utilizado para os registros na área de saúde para auxiliar na gestão e na assistência à saúde”.

Read the rest of this entry »

Governo do Estado investe em novo programa para impulsionar atividades de pesquisa e inovação

Foto_Mateus Pereira_GOVBA

O Governo do Estado investe cerca de R$ 40 milhões por ano em bolsas na área de pesquisa e inovação. Neste mês, um novo programa deve integrar todos os investimentos para os próximos quatro anos. O CT&I Integra Bahia será lançado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb).

Foto_Mateus Pereira_GOVBA (3)Inicialmente, a previsão é de que a iniciativa tenha um orçamento de mais de R$ 816 milhões. Deste total, R$ 600 milhões serão aplicados via Fapesb. O programa inclui compromissos e metas do Plano Plurianual da Secti. Entre as ações do CT&I Integra Bahia estão a implantação de internet nas escolas e a instalação da maior rede pública de coworkings do Brasil.

A secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Adélia Pinheiro, destaca que o programa irá favorecer o desenvolvimento científico e tecnológico no estado. “Além de investimento financeiro com recursos do tesouro estadual e de outras formas de captação, iremos promover o desenvolvimento de espaços dinamizadores de ciência e tecnologia. Ao fim de 2020, teremos um Espaço Colaborar, que se constitui em coworking, em cada um dos Territórios de Identidade do Estado”.

Read the rest of this entry »

Secti debate implantação da Agência de Desenvolvimento Regional do Sul da Bahia

secti

A implementação da Agência de Desenvolvimento Regional do Sul da Bahia foi tema de debate em uma reuniãona sede da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). Na ocasião, a secretária Adélia Pinheiro dialogou com representantes do ecossistema local, como o diretor do Instituto Arapyau, Ricardo Gomes, o representante da World Resources Institute Bahia (WRI) e consultor do Instituto Arapyau, Miguel Calmon, o professor Gesil Amarante e Cristiano Vilela, do Parque Tecnológico do Sul.

A iniciativa de implementar a agência teve início há 2 anos, através de uma investida do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), do Instituto Arapyau, e da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), sob a liderança da então reitora Adélia Pinheiro. Junto a representantes de seis municípios – Itacaré, Uruçuca, Ilhéus, Itabuna, Una e Canavieiras – foi criado o projeto Sul da Bahia Global, para impulsionar a região. O grupo selecionou quatro eixos prioritários: educação, economia, meio ambiente e paisagem e infraestrutura.

Read the rest of this entry »

Secti, Cesol e CEEP do Chocolate Nelson Schaun articulam parcerias

ceep chocolateA  secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Adélia Pinheiro, participou de  uma reunião em Ilhéus com a direção do Centro Estadual de Educação Profissional- CEEP do Chocolate Nelson Schaun e o Centro Público de Economia Solidaria (Cesol). O objetivo do encontro foi articular  o desenvolvimento de parcerias envolvendo a fábrica-escola  de chocolates, o escritório criativo da escola, a Secti, a Secretaria da Educação (Sec) e a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

 

 
De acordo com a secretária Adélia Pinheiro, a reunião aconteceu de forma positiva e há o interesse de todas as partes de atuarem juntas em prol da qualificação profissional. “O intuito é promover o curso técnico de chocolates, aproximando o mercado de trabalho e o vínculo direto das cadeias chocolateiras presentes na economia solidária e na agricultura familiar”, afirmou. “Essas ações conjuntas fortalecem o processo de aprendizagem e ampliam os horizontes dos nossos estudantes da fábrica-escola de Chocolate, que são incentivados ao empreendedorismo e a inovação”, disse o diretor do CEEP, professor Julierme Barros.

Alessandro Santana anuncia ´choque de gestão` na Uesc e defende união pelo desenvolvimento regional

O professor Alessandro Santana tomou posse ontem (4), como novo reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz-Uesc, em solenidade que contou com as presenças de quatro secretários estaduais, Jeronimo Rodrigues (Educação), Adélia Pinheiro (Ciência, Tecnologia e Inovação) e ex-reitora, João Carlos Oliveira (Meio Ambiente) e Davidson Magalhães (Trabalho, Renda e Emprego) e dos ex-reitores Aurélio Macedo, Renée Albagli e Joaquim Bastos; a reitora da Universidade Federal do Sul da Bahia, Joana Angélica Guimarães, além da comunidade acadêmica, prefeitos e lideranças regionais.

Ex-reitores com Alessandro Santana: fortalecimento da Uesc

Ex-reitores com Alessandro Santana: fortalecimento da Uesc

Antes da posse, Alessandro Santana conversou com o Blog do Thame e falou de seus projetos para a Uesc, uma das mais importantes instituições de ensino superior do pois.

Assista:

Secti articula rede de ensino e aprova R$ 16 milhões para ciência nas escolas

Adélia Pinheiro, reitora da Uesc

Adélia Pinheiro,

Uma rede de 91 escolas públicas do ensino médio e fundamental dos Estados da Bahia, Sergipe, Rio Grande do Norte e Paraíba vão contar com o apoio do projeto EDUCA Nordeste, que aprimora o conteúdo científico na educação através de diversas ações articuladas para popularizar o ensino das ciências. A responsável por esta articulação foi a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), que, com apoio da Secretaria de Educação (SEC) e de 17 instituições de ensino superior (universidades estaduais, federais e institutos dos quatro estados, conseguiu aprovar o projeto no Edital Ciência na Escola do MEC/MCTIC, com orçamento de R$ 16 milhões.

Na Bahia, 53 escolas serão beneficiadas, impactando aproximadamente 25 mil alunos. O projeto visa aprimorar a qualidade do ensino das Ciências na educação básica, por meio da realização de atividades inovadoras, de modo a potencializar o ensino e o aprendizado neste campo do ensino. Cada escola passará a contar com ações estratégicas de intervenção em rede voltadas para o desenvolvimento de professores para o ensino destas disciplinas e estimular o interesse de estudantes pelas carreiras científicas, fortalecendo a interação entre escolas públicas de ensino fundamental II e médio e unidades de ensino.

Read the rest of this entry »

Parque Tecnológico da Bahia recebe primeiro laboratório de segurança cibernética

sectiA Bahia acaba de ganhar seu primeiro laboratório de segurança cibernética. É que foi inaugurado nesta quarta-feira (16), no Parque Tecnológico, espaço administrado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), o Lactec. Com o início das atividades do escritório, a Bahia sai na frente e consagra como o primeiro estado a receber uma unidade do grupo fora do Paraná, estado onde se encontra a sede do Lactec, que é um dos maiores centros de ciência e tecnologia do Brasil, além de ser referência em soluções inovadoras para o segundo setor.

A escolha tanto da Bahia quanto do Parque Tecnológico para o início da nova empreitada não foi à toa. De acordo com o presidente do Lactec, Luiz Fernando Vianna, a Bahia possui um grande potencial de inovação. “A expectativa é continuarmos expandindo nossa tecnologia pelo Norte e Nordeste, e a Bahia possui um cenário amplo para investirmos em iniciativas como esta. Já a escolha do Parque Tecnológico veio do anseio de estar próximo ao ecossistema de inovação do estado. Não queríamos ficar sediados somente em um escritório de algum empresarial. A presença de instituições acadêmicas e outras empresas do setor, além do próprio laço com a Secti, foi o maior atrativo para trazermos o Lactec para cá com essas possibilidades de networking”, afirmou.

Read the rest of this entry »

Secti e Faeb alinham estratégias no 3º Workshop Cacau Sul Bahia

cacau (8)

O cacau é considerado uma das maiores riquezas da Bahia. Agora, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a Federação de Agricultura e Pecuária do Estado (Faeb) vão unir forças para alavancar ainda mais este setor que tem alto potencial econômico. O elo entre as duas partes se estruturou durante o 3º Workshop Cacau Sul Bahia, que aconteceu no auditório do edifício sede da Faeb/Senar, localizado no Comércio, nesta quinta-feira (5). O tema do encontro foi “diversificação na produção de cacau”.

secti faebAntes mesmo do evento começar, a Secti, representada pela secretária Adélia Pinheiro, foi convidada para uma reunião de cortesia, na qual a equipe de diretoria da Faeb, liderada pelo presidente Humberto Miranda, apresentou os projetos da casa e afirmou o compromisso com a indústria agropecuária baiana. Já em sua fala ao longo da apresentação que antecedeu as atividades do Workshop, o presidente ressaltou a necessidade de aproximar a Secti para desenvolver o agronegócio na Bahia. “Todo baiano é um pouco cacauicultor pela importância que este fruto tem na história do estado e precisamos da ciência, tecnologia e inovação para desenvolver ainda mais esta área e, assim, torná-la novamente uma fonte econômica”, afirmou.
A secretária da Secti, Adélia Pinheiro, acredita que é necessário protagonizar este espaço da produção do cacau com inovação. “A região é muito rica, cheia de instituições de ensino, faculdades, e com o maior número de doutores, proporcional a quantidade de habitantes. Por tudo isso, é necessário estreitarmos os laços entre todo o ecossistema de CT&I e a produção de cacau. É uma satisfação colocar a Secti à disposição deste setor produtivo”, ressaltou.

Read the rest of this entry »

Fapesb celebra 18 anos com defesa da Ciência, Tecnologia e Inovação

3

Falar sobre ciência no cenário atual do Brasil, é falar sobre resistência. Superar os obstáculos e buscar o avanço do estado investindo em conhecimento, esta é a força motriz por trás da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), vinculada à Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), que comemorou seus 18 anos em solenidade nesta terça-feira (3). O evento lotou o Espaço Lazareto com a presença e participação de diversos representantes de instituições acadêmicas, empresas e do poder público com discursos concordantes em defesa da pesquisa em todo o país.

4Em sua fala de abertura, o diretor geral da Fapesb, Márcio Costa, fez questão de ressaltar alguns dados sobre a Fundação, como os mais de 200 editais lançados, os mais de 7700 projetos contratados, e o recente Centelha Bahia – programa para contemplar negócios inovadores – com número líder em ideias submetidas em todo o Nordeste e um dos maiores a nível nacional. Segundo ele, 18 anos é uma idade emblemática, pois representa a jovialidade que traz a energia para trabalhar, junto a uma responsabilidade ainda maior para continuar provendo apoio à comunidade científica. “Isso nos leva a confirmar que é preciso continuar investindo em CT&I para o avanço do estado”, afirmou.

A secretária da Secti, Adélia Pinheiro, foi categórica ao defender a importância do investimento em pesquisa e sua divulgação. “São 18 anos de história e de muito aprendizado. Estamos absorvendo as lições e projetando o nosso futuro. Para isso, já encaminhamos a proposta de atualização da legislação de CT&I, para atender as demandas mais atuais, através deste marco regulatório”, destacou, lembrando da importância de mostrar esses dados para que a sociedade conheça de perto a importância da ciência. “Há 9 semanas lançamos um projeto chamado Bahia Faz Ciência, que tem o objetivo de divulgar semanalmente um projeto científico que é produzido na Bahia e o impacto que ele tem na vida da população”, concluiu.

Read the rest of this entry »

Fapesb lança edital Centelha Bahia

centelha (2)

O Edital Centelha Bahia, que vai financiar negócios inovadores, foi lançado no Espaço Lazareto, em Salvador. O evento reuniu colaboradores da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), das universidades estudais e federais, e do ecossistema de inovação do estado.

centelha (1)O Centelha Bahia irá conceder R$ 1.620.000,00 para capacitar empreendedores que buscam desenvolver produtos, processos ou serviços que possam otimizar a vida da população baiana, através de negócios inovadores. De acordo com a secretária da Secti, Adélia Pinheiro, ofertar financiamento aos projetos é uma forma de beneficiar a sociedade com as ideias que são produzidas no campo científico. “O próprio nome ‘Centelha’, em alusão a como este projeto é percursor em disseminar conhecimento científico, dá o sentido de início, de uma chama que primeiro desperta, depois se espalha, e por fim se estabelece em todos os campos”, afirmou.

O diretor da Fapesb, Márcio Costa, também acredita que é necessário trazer o projeto teórico para a prática e, assim, impactar em melhorias para a sociedade. Segundo ele, a tecnologia impulsiona a produtividade e gera redução de custo. “Um projeto científico pode se transformar em construção de moradias sociais, remédios mais baratos e até novas vacinas para combater doenças. É necessário entender que quando se fala de inovação, ela não deve ser tratada como um custo, e sim, um investimento, porque tudo que é destinado para produção científica retorna como benefício para a sociedade”, destacou.

Read the rest of this entry »

Secti participa de titulação dos novos membros da Academia de Ciências da Bahia

2Dezenove pesquisadores foram titulados em solenidade, nesta quarta-feira (5), no Salão Nobre da Reitoria da Universidade Federal da Bahia (UFBA), como membros da Academia de Ciências da Bahia (ACB). Presente na cerimônia, a secretária estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Adélia Pinheiro, foi uma das responsáveis, juntamente com a secretária de Política para as Mulheres, Julieta Palmeira, e o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Ufba, Olival Freire Júnior, por entregar os certificados aos novos titulares.

Em seu discurso, o presidente da ACB, professor Jailson Bittencourt, lembrou que a Academia deve ser um espaço para discussão livre da ciência e seus reflexos na humanidade e no planeta. Jailson reafirmou a importância da Fapesb no estímulo à ciência e ao ensino. “A Fapesb tem um histórico invejável de contribuições através do investimento de recursos provenientes da Secti e demais secretarias e convênios com outros entes”, disse.

A secretária da Secti, Adélia Pinheiro, parabenizou os novos membros pela titulação e destacou a elevada contribuição dos mesmos para a pesquisa e desenvolvimento de tecnologias na Bahia. “Cabe ao pesquisador produzir conhecimento que sustente o futuro da nossa sociedade. Papel plenamente cumprido pelos novos membros”, frisou.

Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
junho 2020
D S T Q Q S S
« mai    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930