hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Lula: “o Brasil está pagando séculos de dividas com os negros”

lula negros(Brasil 247) – O ex-presidente Lula destacou a importância do investimento em Educação em discurso na noite desta sexta-feira 18 durante formatura da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), da qual foi patrono, em São Francisco do Conde, na Bahia.

“Enquanto eu tiver força eu irei lutar para que não haja nenhum corte nos benefícios que um jovem africano recebe para estudar nesse país. Para a educação não há limites. É o mais importante investimento que um país pode fazer se quiser ser soberano”, disse Lula, que cumprimentou um a um os estudantes que se formavam.

A Unilab foi a 14ª universidade criada durante seu governo, quando o ministro da Educação era Fernando Haddad.

O petista disse ainda no evento que “o Brasil é uma extensão do continente africano que um dia a geologia separou. Mas nossos corações estão unidos”. “O título de doutor honoris causa é o diploma de vocês. Levarei no meu coração o dia de hoje”, destacou.

Lula também rebateu, em sua fala, o preconceito: “é uma doença e temos que vencer”. E afirmou que “o Brasil não está fazendo favor quando oferece bolsa de estudo. O Brasil está pagando cada centavo, séculos de dívidas”

Benefícios da leitura

João Palma

joão palmaA ignorância é uma praga social que subjuga e manipula o ser humano. Mas é uma doença que não dói e por isso mesmo se alastra como epidemia. A leitura é um santo remédio:

. facilita a alfabetização

A leitura é fundamental para a compreensão de todas as disciplinas uma vez que o livro didático é o suporte para o aprendizado na escola

. desenvolve o repertório

Uma criança que convive num ambiente familiar onde os pais lêem e contam histórias, ao chegar aos 3 anos de idade, terá ouvido 30 milhões de palavras a mais que outra criança sem esses estímulos.

. estabelece o senso crítico

A leitura ajuda a entender o mundo e a nós mesmos, assim como é um antidoto contra a manipulação e a ignorância.

. estimula a criatividade

ler todo diaLer é liberar a imaginação para uma viagem fantástica que nos torna personagem e testemunha da história contida em um bom livro.

.facilita a escrita;

Sem ler ninguém escreve, ensina José Saramago. Ler, portanto, é fundamental para que se possa escrever.

. melhora a autoestima

A leitura torna as pessoas mais confiantes, muito mais preparadas.

. previne o Alzheimer

A leitura exercita áreas especiais do cérebro, como a memória, a capacidade mais atingida nos portadores da doença em sua fase inicial.

. reduz o estresse

A leitura diária, bastando apenas 5 ou 6 minutos, reduze de forma considerável os níveis de estresse

. humaniza as pessoas

Pessoas que leem são mais conectadas com as causas sociais, envolvem-se mais com trabalhos voluntários e sendo maioria como doadoras regulares de sangue, medula e também dinheiro para ações humanitárias.

. aumenta a renda

Estudo da Fundação Getúlio Vargas mostra que o homem adulto que aprende a ler aumenta em 10% sua renda, enquanto a mulher eleva em quase 20% seu salário.

. dólares na conta

A Fundação Nacional de Leitura Infantil (National Children’s Reading Foundation) mostra que, para cada ano que a criança, entre zero e cinco anos de idade, passou ouvindo histórias e folheando livros haverá um aumento de 50 mil dólares anuais em sua renda futura.

. É remédio

Ignorância e violência são duas das doenças sociais que se combatem com uma dose de leitura todos os dias.

 

João Palma é agitador cultural e coordenador do projeto diadelertododia

Artes & Artistas

 

Juraci Masiero Pozzobon

 

As cores e luzes de Almira Reuter

Almira2

Almira Reuter nasceu em 1946 em Nanuque no interior de Minas Gerais. Auto didata, expressionista, começou as suas criações artística em 1986. Almira Reuter trabalha suas criações focando se na trajetória de sua vida de sua terra natal e a sua vida no campo.

Almir 1Foi para MT que tudo começou com uma vida simples, mudou-se para Cárceres e depois para Cuiabá, onde se destacou como uma grande artista. No início fez trabalhos regionais matogrossenses, memórias de Cuyabá, Chapada dos Guimarães, Pantanal sua história com o fermento e o tempo, com o mesmo título lançou um livro de sua próprio autoria, onde tem abusado e registrados o seu tempo em telas.

Hoje Almira Reuter reside em Salvador, cidade capital que escolheu para dar continuidade de sua vida artística, onde inova, trazendo as cores vibrantes e luz. Almira experimentou diversas técnicas e materiais, como em estopa, seda, chitão papel entre outras, também trabalhou na escultura.

almira3

Almira já participou de inúmeras exposições coletivas e individuais, tanto no Brasil como no exterior, a artista destacou-se com vários prêmios em salões, um dele da Funarte com o título “Obras primas” que contemplou uma exposição na Funarte em Brasília, Almira Reuter está sempre reinventando sem perder sua identidade, sendo fiel aos seus sentimentos.

 

Juraci Masiero Pozzobon é artística plástica e ativista cultural

Reforma Trabalhista

Debora Spagnol

debora 2Nossa CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) nasceu no ventre da ditadura brasileira e em meio a uma guerra mundial e fixa os três pilares fundamentais da relação trabalhista: tempo, salário e dispensa. Alguns estudiosos relacionam sua origem à “Carta de Lavoro” da Itália fascista da década de 20 (talvez para justificar a necessidade de sua reforma), à encíclica “Rerum Novarum” do Papa Leão XIII e ao Primeiro Congresso Brasileiro de Direitos Sociais realizado em São Paulo, em 1941. A CLT consolidou, numa única lei, toda a legislação social do trabalho criada entre 1930 e 1943.

Contendo normas consideradas avançadas para a época, nossa CLT visava basicamente criar um sistema de regulação do trabalho da força operária que surgia com a industrialização. Assim, a reunião das leis visava basicamente à “busca da paz social, evitar a existência de uma sociedade conflitiva e a valorização do trabalho”. (1) Se por um lado a legislação inovou em termos teóricos, ao prever uma maior intervenção estatal nas relações sociais e econômicas, por outro lado a prática restou prejudicada em razão da falta de vontade politica para sua implementação.

Em dezembro de 2016, sob a justificativa de diminuir o desemprego e combater a crise econômica no país, o Presidente Michel Temer apresentou um projeto de lei chamado de “Reforma Trabalhista”: aprovado e sancionado, converteu-se na Lei nr. 13.467/2017, entrará em vigor em 13 de novembro de 2017 e traz profundas modificações à CLT.

+| Leia a matéria completa »

Profissão Repórter

Entre as várias reportagens que diz ao longo desses quase 30 anos de estrada, 30 deles no Sul da Bahia, nenhuma foi mais estressante do que a cobertura dos 500 anos do Brasil em Porto Seguro. O que seria uma comemoração, organizada a caráter para incensar Fernando Henrique Cardoso e ACM, se transformou num festival de pancadaria, perpetrada pela polícia baiana contra índios, sem-terras e estudantes.

 
Na véspera do fatídico 22 de abril, tive que optar entre ficar em Porto Seguro, onde a festa estava preparada, ou seguir para Coroa Vermelha, onde o clima estava pesado porque os movimentos sociais não se contentavam em fazer figuração no teatrinho armado pelo governo.

 
Não tive dúvidas: fui a Coroa Vermelha e ao lado da equipe da TV Cabrália, testemunhei uma demonstração de truculência e insanidade que repercutiu em todo mundo. Não perdi nenhuma festa, até porque festa não houve, para desalento do então Rei da Bahia, que ali viu desmoronar o seu sonho de se tornar o Rei do Brasil.

 
A reportagem foi publicada no jornal A Região. A foto é de Lula Marques.
——————————————————

Polícia barra povo e FHC
faz festa vip dos 500 anos

Dois episódios ocorridos na tarde-noite de sexta-feira, dia 21, ajudam a entender o festival de selvageria em que se transformou a festa dos 500 anos do Brasil, exaustivamente preparada para coroar o Governo da Bahia e, principalmente, catapultar o senador Antonio Carlos Magalhães para a sucessão de Fernando Henrique Cardoso.
Por volta das 16 horas, policiais militares fortemente armados bloquearam a rodovia que liga Eunápolis a Porto Seguro. Eles alegavam cumprir ordens da Defesa Civil, já que a cidade não comportava mais ninguém. Tudo perfeito, à exceção de um mero detalhe: Porto Seguro não possui Defesa Civil. O objetivo era evitar que os sem-terra, acampados em Eunápolis, entrassem em Porto. O bloqueio foi estendido a turistas e até aos moradores das duas cidades. Um turista que veio de João Pessoa, na Paraíba, exibiu as reservas de hotel e afirmou que seu direito de ir e vir, garantido pela Constituição, estava sendo desrespeitado.

A resposta do policial merece entrar para os anais da história do Brasil:

-Aqui na Bahia quem manda é o Antonio Carlos Magalhães.

Ou seja, pega a Constituição e…

+| Leia a matéria completa »

Bahia libertária

Lula, o Dr. do Povo

lula cruz 4 

(Bahia 247)-Apesar da liminar de um juiz que impedia a Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) de conceder ao ex-presidente Lula o título de Doutor Honoris Causa, atendendo a um pedido de um  vereador do DEM de Salvador,  Lula chegou ao município de Cruz das Almas por volta das 11h desta sexta-feira 18, onde está o campus da universidade. Ele foi recebido com festa pela população.

Em discurso, Lula dedicou a homenagem aos negros e negras que conseguiram chegar à universidade; “Esse título não é meu, é de cada negro e negra que se formaram em uma universidade. Um pouco do sucesso da política e do acerto econômico é você ter consciência política de que lado você está”, disse Lula.

lula cruz

O ex-presidente voltou a criticar o governo de Michel Temer. “Eles precisam aprender que não é possível governar sem ouvir e sem olhar na cara do povo. Eu digo pra vocês: guardem o meu título, que eu virei aqui pela quinta vez para receber meu título”, disse o ex-presidente, que não chegou a receber a honraria, apesar da decisão da Justiça.

cruz 2

“Se os políticos que têm diploma não sabem governar, talvez seja necessário um torneiro mecânico voltar a governar”, acrescentou o ex-presidente.

A decisão do juiz Evandro Reimão dos Reis, da 10ª Vara Federal Cível de Salvador, causou espanto ontem no meio acadêmico. A própria UFRB pediu ontem que a Advocacia Geral da União (AGU) tomasse “todas as medidas cabíveis” para reverter a liminar.

Colégio Modelo de Itabuna promove Conversa Cultural

conversa cultural 3O ator e dramaturgo Romualdo Lisboa participou da Conversa Cultural, realizada pelo Colégio Modelo Luis Eduardo Magalhães, em Itabuna. A atividade, que reuniu alunos, professores e membros da comunidade, faz parte do projeto Escolas Culturais, do Governo do Estado.

Romualdo Lisboa, que dirige o Teatro Popular de Ilhéus, um projeto que vem universalizando o acesso ao teatro, com apresentações no Sul da Bahia e em outras regiões do estado, dialogou sobre Mecanismos para Gestão das Projetos Culturais e a importância da arte na valorização da cidadania.

A diretora do Colégio Modelo, Ednailza Miranda, destacou que a presença de representantes de diversas manifestações culturais cria amplia os horizontes dos estudantes para além da atividade acadêmica, permitindo uma visão mais abrangente do papel que representam na sociedade.

conversa cultural 2 Neste sábado, o Colégio Modelo promove a Gincana Cultural, com apresentações de dança pelos alunos e grupos da comunidade. A gincana encerra a Oficina de Dança, primeira atividade do projeto Escolas Culturais, que faz parte do Programa Educar para Transformar.

Escolas Culturais – O projeto Escolas Culturais integra o programa Educar para Transformar e tem como objetivo promover o protagonismo estudantil, além de reconhecer e requalificar a escola como um espaço de circulação e produção da diversidade cultural do Território de Identidade onde está inserida. O Colégio Modelo de Itabuna foi a primeira unidade da rede estadual a ter o projeto implantado.  O projeto  é executado em arceria entre a Secretaria da Educação do Estado com as Secretarias de Cultura (Secult) e da Justiça, Cidadania, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS).

As atividades envolvem as áreas de  dança, música, audiovisual e literatura e, além de Itabuna, que é a  cidade pioneira, outras  85 unidades escolares da rede estadual, em 85 municípios,  serão atendidas, com  ações de requalificação e aquisição de novos equipamentos  para projeção de audiovisual,  apresentações artísticas e internet banda larga para o desenvolvimento de programas de rádio  e ações de estímulo ao  empreendedorismo.

 

Empresas confirmam apoio ao Mutirão do Diabético 2017

Foto Zeiss e Óticas CarolAlém de instituições públicas, como a Prefeitura de Itabuna e veículos de comunicação como a TV Cabrália, as empresas também estão apoiando o Mutirão do Diabético, um dos maiores eventos de prevenção e tratamento de diabetes no mundo.

Essa semana duas empresas, dando exemplo de responsabilidade social, confirmaram a parceria, num encontro com o Dr. Rafael Andrade, idealizador e coordenador do Mutirão, que é promovido pelo Hospital de Olhos Beira Rio e Associação dos Diabéticos de Itabuna.

A Zeiss, laboratório multinacional de lentes, e as  Óticas Carol serão parceiras no Mutirão do Diabético 2017, que acontece no dia 25 de novembro. O Gerente Nacional de Desenvolvimento da Zeiss, Carlos Coan, o diretor das Óticas Carol, Flávio Araujo, e o supervisor Bahia/Sergipe/Alagoas da ZEISS, Vinicius Araujo, fizeram questão de destacar a importância do mutirão, uma ação que mobiliza milhares de pessoas e incentiva a prevenção da doença, melhorando a qualidade de vida.

O Dr. Rafael Andrade destaca que cada vez mais as instituições públicas e o setor empresarial estão se unindo nesse grande evento de voluntariado e solidariedade, que transformaram Itabuna na Capital Brasileira da Prevenção do Diabetes.

Além do Mutirão no dia 25 de novembro, a  campanha envolve ações de mobilização como a Pedalada Azul e a cidade de Itabuna iluminada de azul, a cor mundial da prevenção do diabetes.

 

Lula ao vivo na UFRB

Entrevista de Lula à Rádio Metrópoe

Itacaré: Projeto “Brasil Braços Abertos” oferece capacitação em turismo

itacare 1

Os profissionais de Itacaré que atuam na linha de frente do turismo e que quiserem se qualificar cada vez mais terão uma nova oportunidade para complementar sua formação. O Ministério do Turismo publicou no Diário Oficial da União (DOU) a portaria que institui o “Brasil Braços Abertos”. Trata-se de uma plataforma tecnológica de aprendizado à distância e em ambiente digital, com oferta de 80 horas de aulas online.

As inscrições para 2017 já estão abertas e poderão ser feitas até 30 de setembro. O aluno realizará o curso por meio de celular, tablet ou notebook e contará com videoaulas e jogos educativos. Os interessados podem acessar a plataforma pelo endereço brasilbracosabertos.turismo.gov.br. As aulas podem ser iniciadas logo após a inscrição e devem ser concluídas até o dia 30 de dezembro.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, considera importante a iniciativa, pois oferece a oportunidade de se buscar mais informações, ampliar os estudos e aprimorar os conhecimentos para assegurar mais sucesso na profissão e nos negócios. A plataforma é uma das ações que fazem parte do projeto Brasil + Turismo, que pretende melhorar a capacitação de profissionais que trabalham com atendimento ao setor. O canal Braços Abertos surgiu com uma versão piloto durantes os Jogos Olímpicos do Rio 2016 e contou com a inscrição de 8,2 mil ambulantes, barraqueiros, quiosqueiros, trabalhadores do setor de hospedagem e outros profissionais de turismo.

+| Leia a matéria completa »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031