hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Assédio Moral: o ambiente de trabalho como causa de doença do trabalhador

Débora Spagnol

debora 2 Sobre o necessário respeito que deve permear as relações trabalhistas, é oportuno destacar o que segue:

“(…) A empregada, ao celebrar o contrato de trabalho, coloca à disposição desta intrincada estrutura empresarial não apenas a sua força de trabalho, mas também a sua pessoa humana, com todos os seus valores de natureza moral, intelectual, cultural, familiar e religiosa. O trabalho é um prolongamento da vida privada, da residência, da casa, da personalidade de cada pessoa, por isso que o tratamento dispensado à trabalhadora tem de ser o reflexo do mínimo que se espera de uma relação intersubjetiva respeitosa. A trabalhadora não se despoja de nenhuma máscara, nem se veste de nenhuma fantasia, ou mesmo se investe de nenhum papel, quando ingressa na empresa – continua sendo o que é, com suas qualidades e defeitos, acertos e equívocos. No ambiente de trabalho, a pessoa humana não representa nenhum papel – é o que é, por isso que indispensável o respeito mútuo. Ninguém tem o direito de desrespeitar quem quer que seja. A intolerância é a porta da violência, do desrespeito e da mediocridade. Palavras desrespeitosas, insultuosas; xingamentos; ofensas; injúrias, apelidos, não cabem no Dicionário da Pessoa Humana, cujo tratamento digno é, simultaneamente, um direito e um dever (…)” (1)

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho, 42% dos brasileiros já sofreram assédio moral no trabalho, que se caracteriza como o conjunto de várias ações executadas pelo empregador ou seu seus prepostos contra o empregado, compreendendo violência psicológica, constrangimento, humilhação e perseguição. (2)

Dessas condutas, restam feridas a integridade física ou psíquica e a dignidade do empregado, deixando-o exposto à perda do emprego e à degradação do ambiente de trabalho.

Alguns aspectos são essenciais para caracterizar o assédio moral:  a regularidade dos ataques (que se prolongam no tempo) e a determinação de desestabilizar emocionalmente a vítima, visando afastá-la do trabalho. Os atos do assediados nem sempre são percebidos num primeiro momento pelo empregado.

Na maior parte dos casos, o assédio moral tem como objetivo criar uma situação insustentável, pressionando o empregado para que ele peça demissão. O empregador, não desejando arcar com as despesas trabalhistas de uma demissão sem justa causa, cria ao empregado um ambiente insuportável, obrigando-o a pedir demissão.

As condutas mais comuns são: insultos; isolamento do funcionário; agressão física ou verbal, quando estão a sós o assediador e a vítima; imposição de horários injustificados; dificultar o trabalho; atribuir erros imaginários ao trabalhador; fazer críticas ou brincadeiras de mau gosto em público ou utilizando redes sociais; retirar-lhe, injustificadamente, os instrumentos de trabalho; exigir, sem necessidade, trabalhos urgentes; impor sobrecarga de trabalho; ignorar a presença do trabalhador, ou não cumprimenta-lo ou, ainda, não lhe dirigir a palavra na frente dos outros, deliberadamente; torturar psicologicamente, desprezar, ignorar ou humilhar o servidor; sonegar informações necessárias ao desempenho das funções ou relativas à sua vida funcional; criticar reiteradamente e subestimar esforços do trabalhador; deixar de repassar serviços ao funcionário, tornando-o ocioso.

+| Leia a matéria completa »

Vai viajar e deixar seu animal sozinho? Veja algumas dicas sobre cuidados com os pets nas festas juninas

Dra. Hannah Thame

hannah thameCom a chegada das festas juninas, a maioria das pessoas se programa para viajar e passar um período fora de casa, no entanto, muitas esquecem os cuidados que devem ter com seus bichinhos de estimação para que estes fiquem em segurança durante a sua ausência. Dentre os problemas que podem acontecer, os mais frequentes são acidentes domésticos,  intoxicação alimentar e, até mesmo, fugas devido ao medo dos fogos de artifício.

A intoxicação alimentar é um dos principais problemas que levam os animais à emergência nos períodos festivos do final do ano. Alimentos muito gordurosos, por exemplo, podem levar a vômitos e diarreia. Já os chocolates podem causar graves intoxicações, já que os cães possuem grande deficiência em metabolizar os seus componentes, o que também pode ser causado pela ingestão de algumas frutas secas e castanhas. Os ossos e pedaços maiores de carnes também devem ser evitados, pois podem levar a obstrução intestinal.

che 2 (2)No caso dos fogos de artifícios, o barulho assusta os animais porque eles possuem a audição mais aguçada que a nossa. Assim, eles podem apresentar alguns distúrbios de comportamento, geralmente ligados ao medo. Nesses casos, os pets podem ficar mais agitados e os riscos de fuga aumentam. Para amenizar a situação, o recomendado é que os donos fiquem bem próximos aos seus animais para tranquilizá-los e, caso necessário, colocar um pouco de algodão em seus ouvidos para amenizar os barulhos das explosões, além de que, podem utilizar calmantes prescritos pelo Médico Veterinário.

Se você vai viajar e não pode levar seu animal junto, tente não deixa-lo sozinho. Para isso, existem os serviços de hospedagem, como os hotéis para cães, que garante que seu animalzinho passe esse período longe de você em segurança. Pesquise e encontre o melhor para seu pet, ele merece!

 

Hannah Thame é Médica Veterinária e Mestre em Ciência Animal – UESC

Repórter Torcedor

Daniel Thame

 

Foi gol do nosso time!!!

O ano era 1985. O São Paulo, treinado por Clinho, decidia o Campeonato Paulista com a Portuguesa, no estádio do Morumbi. Sãopaulino até a medula, fazia reportagem de campo para a Radio Difusora Oeste, emissora modesta, mas briosa, de Osasco.

O São Paulo tinha um timaço, com Falcão, Silas, Muller, Careca, Sidney e Cia, mas a Lusa endurecia o jogo. E eu não sabia se reportava os lances ou se torcia. O São Paulo fez 1×0 no primeiro tempo com Careca e levava um sufoco até a metade do segundo tempo, quando Sidney fez 2×0.

A comemoração dos jogadores aconteceu ao lado do gramado, justamente onde eu estava. Foi quando minhas dúvidas acabaram. Larguei o microfone no chão e fui comemorar com os jogadores. Quando o narrador pediu a descrição do lance, silêncio total.

De cara, cortaram a linha e passei o resto do jogo apenas assistindo, até invadir o gramado para comemorar, desta vez o título.

Como eram tempos românticos, levei apenas uma suspensão de três dias. E, pior dos castigos, não me escalaram mais para os jogos do São Paulo.

 

São João aquece a economia em mais de 300 cidades

joão 1

Os festejos juninos se espalham por mais de 300 municípios baianos com ingredientes da cultura local que mistura sagrado e profano, com animação de sobra para baianos e turistas. “O Governo da Bahia atua estrategicamente na promoção das festas como produto turístico que está nas prateleiras das agências de viagens do país e do exterior”, afirmou o secretário do Turismo da Bahia, José Alves, ao participar nesta quinta-feira (dia 22) da abertura da programação, no Pelourinho e em Paripe, na capital.

joão 2O São João da Bahia é um dos mais relevantes elementos do processo de fortalecimento da atividade turística. Acontece em praticamente todas as zonas turísticas, com o apoio do governo estadual. “Os indicadores revelam a qualidade da festa e o quanto é competitiva”, enfatizou o secretário.

“Os festejos de São João estão profissionalizados, atraem patrocínios público e privado e lotam hotéis, pousadas e restaurantes”, comemorou José Alves. “Os serviços prestados nesse período geram cerca de 140 mil empregos temporários e fortalecem a economia baiana”.

A logística do São João da Bahia demonstra o vigor desta festa. O sistema ferry-boat está preparado para conduzir 120 mil passageiros e mais de 22 mil veículos, neste final de semana. A Rodoviária de Salvador é utilizada por 170 mil pessoas distribuídas em horários convencionais e 1.800 horários extras. A Estrada do Coco (BA-099), em direção ao Litoral Norte, terá tráfego de 60 mil veículos, de acordo com a estimativa da Concessionária Litoral Norte (CLN), enquanto a ViaBahia Concessionária de Rodovias prevê movimento de  550 mil veículos.

joão 3 O turismo interno e os excursionistas vão somar cerca de 1,5 milhão de pessoas que deixam a capital baiana em direção ao Interior do Estado, gerando receita bruta de aproximadamente R$ 700 milhões em mais de 300 cidades. Os números são indicadores de como a festa fomenta a economia, por meio do turismo, comércio, alimentação, transporte e lazer.

Interior – Em algumas cidades, a população dobra durante os festejos juninos, como em Senhor do Bonfim, Amargosa, Santo Antônio de Jesus, Cachoeira, Piritiba, Euclides da Cunha e Cruz das Almas. Destaca-se também a animação das festas em Mucugê, Irecê, Jequié, Ibicuí, Valença e Porto Seguro, dentre outras.

Com uma das festas de São João mais famosas da Bahia, a cidade de Amargosa (240 quilômetros de Salvador), espera receber em 2017 mais que o dobro da população local, em cada um dos quatro dias de festejos, que serão realizados de 22 a 25 de junho.

Segundo o IBGE (censo de 2016), Amargosa tem população de 38.041 pessoas, enquanto a prefeitura espera receber 100 mil pessoas por dia de festa. Entre as atrações, estão Zé Ramalho e Estakazero. A Pousada do Bosque tem os seus 25 apartamentos reservados para o período da festa. Hóspedes oriundos de Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco. O hotel fazenda Colibri também estará lotado.

 

Confira a programação:

+| Leia a matéria completa »

Rui destaca importância do São João da Bahia para economia e tradição no estado

jota 4Mais de cem cidades baianas realizam o São João este ano com apoio e participação direta do Governo do Estado com a contratação de atrações. Para o governador Rui Costa, o apoio do Estado é fundamental para que os municípios aproveitem o período junino para movimentar a economia em meio a um contexto de crise no país.

“Além de uma tradição cultural que precisa ser mantida e potencializada, o São João da Bahia também é uma atividade econômica para as cidades baianas. Acredito que o São João é para o interior, proporcionalmente, o que o Carnaval é para Salvador. Gera renda, atrai visitantes. As pessoas alugam suas casas, pousadas e hotéis ficam lotados e o comércio local é movimentado. Por isso é importante a participação do Estado para que as festas aconteçam”, afirmou Rui Costa na chegada ao bairro de Paripe, acompanhado da primeira-dama do Estado, Aline Peixoto.

Na capital, o Governo do Estado também garantiu a realização da festa junina. Mais de 50 atrações estão confirmadas para animar o público no centro histórico de Salvador e no subúrbio ferroviário. Artistas como Saulo, Luan Santana, Targino Gondim e Flávio José fazem parte da programação que vai até o próximo sábado (24).

Helenilson Chaves no TVI Documento: muito além do empresário, um legítimo cidadão grapiúna

A TVI Itabuna reapresenta neste final de semana, em horários rotativos, o programa TVI Documento, com  o  empresário Helenilson Chaves.

O programa, apresentado por Barbosa Filho,  tem duração de 60 minutos e revela um Helenilson Chaves que vai muito além do empresário bem sucedido à frente do Grupo Chaves.

Helenilson fala dos ensinamentos deixados por seu pai, Manoel Chaves, do espirito empreendedor que está na alma do povo grapiuna, de sua fé na educação como ferramenta para a cidadania e reafirma seu profundo amor pela cidade que acolheu sua família de braços abertos.

E fala, claro, de cacau, o fruto que é a essência da Civilização Grapiuna.

O TVI Documento com Helenilson Chaves é imperdível para quem não viu ou quer rever.

Forró Ticomia em Ibicuí chega aos 30 anos

tico 5Pioneira na história das festas de camisa no São João da Bahia, o Forró Ticomia, que acontecerá no município de Ibicuí, no dia 24, próximo sábado, será uma edição especial 2017, por completar 30 anos. O evento apresentará o seu maior elenco de bandas dessas três décadas, sempre com o compromisso de valorizar o forró e a cultura nordestina, e proporcionar serviços de qualidade, no espaço reservado à festa na Fazenda Eldorado. A partir do meio-dia, a alegria será contagiada pela animação das bandas Mastruz com Leite, Cavaleiros do Forró, Lordão, Gabriel Diniz, Luan Estilizado, Saia Rodada e as duplas sertanejas de grande sucesso Maiara & Maraísa e César Menotti e Fabiano.

O sistema de apresentação obedece ao revezamento das atrações nos dois palcos construídos no centro da “praça” da festa, com estrutura de camarim, espaço de imprensa, segurança, técnica e outros serviços. Assim como acontece com as bebidas e comidas, que são servidas initerruptamente, a produção do Ticomia agiliza para que a passagem de uma banda para a outra aconteça no menor espaço de tempo possível.

tico 3

A banda Mastruz com Leite, que sempre participa do Ticomia, este ano   completa 25 anos de carreira com muita história para contar. Considerada a “mãe de todas as bandas”, por ser a primeira banda de forró criada para o universo do show business, na década de 1990, em Fortaleza, a Mastruz com Leite já lançou dois DVDs e, no final de 2013, o 46º CD intitulado “Na Contramão Como Preferencial”, que lhe rendeu o título de ‘Melhor Álbum do Ano’ pelo Prêmio Forrozão, em votação popular na internet.

+| Leia a matéria completa »

respeita

Parceria com iniciativa do G20 busca internacionalizar projetos brasileiros de PPP

A divulgação internacional dos projetos brasileiros de infraestrutura, o compartilhamento de boas práticas globais na contratação e no desenvolvimento de projetos e a troca de experiências na área são os objetivos de parceria que está sendo firmada entre a Rede Intergovernamental para o Desenvolvimento das PPPs (RedePPP), organização brasileira sob a coordenação da Secretaria da Fazenda da Bahia (Sefaz-Ba), e a Global Infrastructure Hub, uma iniciativa do G20, grupo formado pelos ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia.

Entre as oportunidades de investimento no Brasil na área de PPP que devem ser divulgadas para investidores por meio da plataforma desenvolvida pelo Global Infrastructure Hub (https://pipeline.gihub.org), o assessor de Políticas de Infraestrutura da organização, Cleyton Barros, destacou, em visita à Sefaz-Ba, dois projetos baianos: o VLT do subúrbio, com edital já lançado, e a Ponte Salvador-Itaparica, em fase de projeto. Ele observou que a unidade de PPP da Bahia, sediada na Sefaz-Ba, é referência no cenário brasileiro, tendo feito a modelagem de projetos emblemáticos como o do Hospital do Subúrbio. “Temos grande interesse em firmar esta parceria para trabalharmos em conjunto”, afirmou.

+| Leia a matéria completa »

Rotary Itabuna Sul lança Projeto de Recuperação de Nascentes

nascentes 1O Rotary Clube Itabuna Sul lançou , na Fazenda Lavoisier da Colossal, área do Bairro Nova Ferradas, o Projeto Recuperação de Nascente, contando com o apoio do Instituto Biofábrica de Cacau e da Ceplac. A ação marca a ampliação das ações sociais do clube de serviço que pretende incentivar agropecuaristas e a população como um todo ao plantio de árvores frutíferas e essências florestais da mata atlântica, principalmente na recomposição de nascentes em áreas degradas.

A presidente do Rotary Itabuna Sul, France Torres, disse que o projeto sinaliza o ingresso do clube nas ações voltados ao meio ambiente e ao saneamento básico depois de inúmeras atividades dedicadas à área social. “A partir de agora vamos estimular programas e projetos que sejam eficientes na recuperação de nascentes e de mananciais”, afirmou.

A dirigente, cujo mandado à frente do clube de Rotary se encerra na primeira semana de julho, lembou que o Sul da Bahia sofreu severa seca há um ano e meio com graves consequências para o abastecimento humano e dessedentação animal e paraprodução hortigranjeira e agropecuária. “No médio e longo prazos o replantio de árvores pode minimizar os efeitos da estiagem”, ressalta.

+| Leia a matéria completa »

Marinha alerta para ressaca no litoral baiano

A Marinha do Brasil (MB), por meio do Comando do 2º Distrito Naval (Com2ºDN), informa que está em vigor, das 9h de hoje (23) às 9h de amanhã (24), um aviso de ressaca emitido pelo Centro de Hidrografia da Marinha, com previsão de ondas de até 2,5 metros na área litorânea entre Ilhéus (BA), no litoral sul, e Barra do Itarari, no município de Conde, no litoral norte baiano.

A Capitania dos Portos da Bahia e a Delegacia da Capitania dos Portos em Ilhéus recomendam atenção aos navegantes. Estão sendo divulgados alertas por fonia, em VHF, e foi encaminhado e-mail às marinas, iates clubes e empresas de transporte marítimo, reiterando a necessidade de precaução.

A MB permanece atenta à situação do tempo e, em caso de necessidade, as Organizações Militares responsáveis pela segurança da navegação na área marítima sob a responsabilidade do Com2ºDN poderão ser acionadas, em qualquer horário, por meio dos telefones abaixo elencados. Pedidos de auxílio também podem ser encaminhados para o Serviço de Busca e Salvamento Marítimo (SALVAMAR) Leste, operado pelo Com2ºDN em Salvador.

Transporte coletivo circulará em escala reduzida no sábado

onibus 2

A Diretoria de Transporte da Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito de Itabuna (Sesttran) informa aos usuários do transporte coletivo de Itabuna que em virtude do feriado de São João e o consequente fechamento do comércio e das escolas o número de ônibus que estarão atendendo no sábado (24), no sistema de transporte coletivo, será reduzido seguindo a operacionalização tabela de domingo.

 

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
junho 2017
D S T Q Q S S
« mai    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930