hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Artes & Artistas

 

Juraci Masiero Pozzobon

 

As cores e luzes de Almira Reuter

Almira2

Almira Reuter nasceu em 1946 em Nanuque no interior de Minas Gerais. Auto didata, expressionista, começou as suas criações artística em 1986. Almira Reuter trabalha suas criações focando se na trajetória de sua vida de sua terra natal e a sua vida no campo.

Almir 1Foi para o Mato Grosso, onde tudo começou com uma vida simples, mudou-se para Cárceres e depois para Cuiabá, onde se destacou como uma grande artista. No início fez trabalhos regionais matogrossenses, memórias de Cuyabá, Chapada dos Guimarães, Pantanal sua história com o fermento e o tempo, com o mesmo título lançou um livro de sua próprio autoria, onde tem abusado e registrados o seu tempo em telas.

Hoje Almira Reuter reside em Salvador, cidade capital que escolheu para dar continuidade de sua vida artística, onde inova, trazendo as cores vibrantes e luz. Almira experimentou diversas técnicas e materiais, como em estopa, seda, chitão papel entre outras, também trabalhou na escultura.

almira3

Almira já participou de inúmeras exposições coletivas e individuais, tanto no Brasil como no exterior, a artista destacou-se com vários prêmios em salões, um dele da Funarte com o título “Obras primas” que contemplou uma exposição na Funarte em Brasília, Almira Reuter está sempre reinventando sem perder sua identidade, sendo fiel aos seus sentimentos.

 

Juraci Masiero Pozzobon é artística plástica e ativista cultural

A invenção do Chocolate da Mata Atlântica

Gerson Marques

 

gerson marquesFazer chocolates é uma atividade muito nova para nos do Sul da Bahia, o antigo modelo exportador de matéria prima, com base monocultural, ficou congelado por mais de um século, travando alternativas e oferecendo um certo conforto, que mais tarde se mostraria insustentável.

Neste sentido, existe um fator positivo com a crise da vassoura, como ensina os orientais, as crises são o fim e início ao mesmo tempo, depende de seu ponto de vista, ou como se comporta perante a adversidade.

A busca por alternativas que viabilizasse saídas para um quadro de insustentabilidade econômica da atividade agrícola do cacau, foi sem dúvidas o fator motivador e indutor para o surgimento da chocolataria no Sul da Bahia.

Mas, como se faz chocolates? Está era a pergunta a ser respondida anos noventa, no mundo até então, prevalecia a escola Suíça, com forte tradição no chocolate ao leite, traduzido para o Brasil, em chocolates com baixo teor de cacau, baixa qualidade e muitos aditivos suspeitos, fidelizando consumidores de doces, com o nome chocolate entrando como fantasia.

A falta de tradição e conhecimento sobre a produção de chocolates, era uma dificuldade que parecia intransponível apontando para um mar de desafios pela frente.

chocolateTambém nos anos noventa, surge na Califórnia-EUA, um movimento de inovação do chocolate, comandado por chefs de culinária que resolveram reinventar o chocolate com base na seleção de amêndoas de alta qualidade e diminuição ou eliminação do leite na fórmula de seus inventos, este movimento ficou logo conhecido como “been tô bar”, foram fundamentais no desenvolvimento de uma linha de máquinas e equipamentos, de pequeno porte que viabilizaria o surgimento da micro e pequena fábrica de chocolate, coisa impensável pouco tempo antes.

Foi bebendo nessa fonte, e buscando ao mesmo tempo uma identidade própria, que no final daquela década o tema chocolate começou a fazer parte das rodas de conversas de alguns produtores que souberam interpretar a crise como oportunidade, em 1898 a Ceplac, sob inspiração de Raimundo Moro, faz a primeira planta industrial de fabricação de chocolates da região, dando início a uma série de pesquisas que resultaria na base de nossa atual chocolataria.

Vencido a inércia, os passos seguintes foram apressados, em pouco tempo começaram a surgir as primeiras empresas, cursos, palestras, seminários e todo um movimento de articulação institucional, que vem formando a base de nossa cultura chocolateira, gerando e disseminado conhecimento, hoje já existem mais de quarenta marcas de chocolate, vinte destas com qualidade e presença em prateleiras.

Já estamos na fase dos novos desafios, por um lado é urgente viabilizar economicamente as empresas, ganhar escalas e estabelecer a logística de distribuição, por outro a busca é pela qualidade e reconhecimento junto aos mercados e formadores de opinião, existe boas ações sendo implementadas nas duas frentes, a presença em feiras nacionais é internacionais, e a contratação de especialistas em acesso a mercado feito pelo Sebrae em parceria com os chocolateiros, já são iniciativas focadas em soluções de mercado, a criação de uma marca coletiva de identidade, vinculando nossos chocolates ao cacau produzido em consórcio com a Mata Atlântica, dentro da Cabruca e respeito ao meio ambiente, serão sem dúvidas elementos valorizados pelo consumidor a ser cativado.

Na busca pela qualidade, a iniciativa da Associação dos Produtores de Chocolates de Origem do Sul da Bahia em criar seu selo de qualidade de mostrar um amadurecimento dos produtores, esta evidente que a diferenciação pela qualidade é o único caminho para sobreviver neste mercado extremamente competitivo.

Uma pedra porém se põe no meio do caminho, a retomada da produção de cacau, principalmente com qualidade e técnicas modernas de produção, a busca pelo cacau fino de alta qualidade e excelente torrior, será o grande desafio dos chocolateiros nos próximos anos.

 

Gerson Marques, produtor de cacau e chocolate na Fazenda Yrerê e Diretor Presidente da Associação dos Chocolateiros  do  Sul da Bahia

 

 

 

A idade que chega para todos…

Hannah Thame

hannah thameVocês certamente já ouviram falar em Alzheimer, problema que acomete grande parte da população idosa no mundo. Mas já ouviram falar sobre a disfunção cognitiva em cães? Pois é, é uma doença semelhante ao Alzheimer, que pode acometer animais idosos. Vamos entender um pouco sobre essa enfermidade e quais as alterações que ela pode causar na vida do seu companheiro, caso ele venha a desenvolvê-la.

A cognição pode ser definida como a capacidade de percepção, consciência, memória e tomada de decisão frente aos estímulos do meio ambiente, sendo que a capacidade cognitiva pode ser modificada ao longo da vida. A síndrome da disfunção cognitiva canina  é causada por uma perda do funcionamento ou da estrutura dos neurônios, o que pode causar mudança de comportamento repentina, como dificuldades de percepção e de exercer funções rotineiras simples.

A causa da síndrome da disfunção cognitiva em cães ainda é de origem desconhecida, porém, acredita-se que mudanças ocorram no cérebro conforme o animal vai envelhecendo. Alguns animais desenvolvem quadros mais graves, se tornando totalmente dependentes dos seus proprietários para exercerem suas atividades, enquanto outros podem apresentar a doença de forma mais branda, com sintomatologias leves.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOs sinais clínicos mais comuns em cães que apresentam a síndrome são: alteração no padrão do sono, desorientação, olhar vago, dificuldade em reconhecer pessoas conhecidas, urinar e defecar em locais inapropriados, falta de apetite e agressividade. É importante que os proprietários estejam atentos às alterações de comportamentos dos seus animais, pois dessa forma, um diagnóstico precoce da doença pode ajudar na sua recuperação.

Infelizmente, não existe cura para a síndrome da disfunção cognitiva, no entanto, o uso de algumas medicações pode auxiliar no alívio dos sinais clínicos que os animais apresentam. É preciso procurar ajuda de um profissional capacitado para fornecer todas as informações necessárias sobre o tratamento. Vale ressaltar que o proprietário deve ter paciência para lidar com um animal que apresenta a síndrome, tendo em vista que ele precisa de cuidados especiais nessa condição.

 

(*) A Dra. Hannah Thame é Médica Veterinária e Mestre em Ciência Animal com ênfase em Sanidade Animal pela Universidade Estadual de Santa Cruz

Casamentos na maturidade e a proteção da lei

Débora Spagnol

debora 2Pesquisas do IBGE informam que, no período de uma década, cresceu em 35% o número de mulheres que se casaram com homens mais jovens, enquanto a quantidade de homens mais velhos que se casaram com mulheres mais jovens aumentou apenas 25,3%. O mesmo ocorreu com as uniões estáveis.

Ainda segundo as estatísticas, nos relacionamentos mulheres mais velhas x homens mais novos, quanto maior for a diferença de idade maior será a diferença de salário, em desfavor dos homens. De forma geral, a pesquisa demonstra que a passagem do tempo somente faz bem às mulheres: há aumento dos benefícios a níveis sociais, financeiros e culturais.

Independentemente do sexo, o casamento entre parceiros com grande diferença de idade já é praxe e analisar essas relações como interesseiras é uma forma injusta e preconceituosa, além de um insulto à inteligência por quem optou por este tipo de relacionamento.

A paixão, mesmo que embote os sentidos, não pode ser motivo de renúncia à capacidade de discernimento dos parceiros, que tem à sua disposição formas legais e seguras de fixar os regimes de casamento e contratos que regerão a vida financeira do casal.

+| Leia a matéria completa »

Em Candiba, Rui autoriza obras nas BAs 612 e 938 e anuncia ações para agricultura familiar

Neste sábado (14), em Candiba, no centro-sul baiano, o governador Rui Costa participa, a partir das 9h, de um conjunto de ações de apoio à agricultura familiar e assina ordem de serviço para pavimentação da BA-612, no trecho entre Candiba e a BR-122, e na BA-938, entre Guanambi e Ceraima, totalizando 25 quilômetros nas duas obras.

Na visita à cidade, Rui entrega 1.370 certificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR), 42 barracas para qualificação da feira livre e dinamização da comercialização dos produtos da agricultura familiar e 50 mil mudas de palma forrageira.

O governador também autoriza a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) a celebrar convênios com a prefeitura local para limpeza e requalificação de aguadas e preparo do solo, dentro do Programa de Mecanização Rural, e para aquisição de veículo e equipamentos de suporte às atividades de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). Rui ainda participa da 1ª Feira de Agricultura Familiar e da entrega de 40 casas do programa Minha Casa, Minha Vida.

UFSB e da UESC debatem parcerias

adelia

A vice-reitora em exercício do cargo de reitora da Universidade Federal do Sul da Bahia-UFSB, professora Joana Angélica Guimarães da Luz, visitou a Universidade Estadual de Santa Cruz -UESC para tratar de projetos de interesse conjunto e em prol da região, sendo recebida pela reitora, professora Adélia Maria Carvalho Melo de Pinheiro.

A reunião abordou possibilidades de apoio interinstitucional, com ideias que devem ser aprimoradas em próximas reuniões de trabalho. A formação em saúde coletiva, o cenário nacional da educação pública e pontos nos quais as duas universidades podem colaborar foram tópicos abordados pelas gestoras. A reitora da UESC lembrou do percurso de colaboração cuidadosamente construído entre as duas instituições, e fez votos de que a UFSB tenha um processo tranquilo de consolidação institucional. A professora Joana manifestou o pleno interesse de fortalecer a cooperação entre as duas universidades.

Autoridades da aviação civil farão visita técnica ao Aeroporto Jorge Amado

Prefeito durante visita a Seinfra - Secom (2)Durante encontro mantido em Salvador, com o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, definiu a realização de uma visita técnica que será feita no Aeroporto Jorge Amado, por representantes do Governo da Bahia, Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Infraero e Ministério da Defesa. A data ainda será confirmada já que depende de agenda das autoridades.

Cinco dias atrás, em Brasília, Mário Alexandre, foi recebido pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann. Mário foi debater sobre a reativação dos procedimentos de aproximação por instrumentos do aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus. Na oportunidade, o prefeito de Ilhéus explicou os transtornos e os prejuízos causados à cidade e aos usuários no período de chuvas.

O prefeito disse a Jungmann que durante algumas vezes as empresas têm custos elevados de hospedagem, aluguel de ônibus, querosene e, até mesmo, com custas judiciais oriundas de ações junto ao Procon. “Essa questão faz com que as companhias aéreas cobrem mais caro para operar em Ilhéus devido ao risco financeiro”, disse. Com a volta das operações por instrumentos, as aeronaves dificilmente deixarão de pousar e decolar no aeroporto.

Segundo Mário, toda a região sul da Bahia perdeu diante das limitações impostas, anos atrás, ao Aeroporto Jorge Amado. Com as medidas propostas, as empresas poderão ofertar mais assentos, reduzir o valor das passagens e aumentar a capacidade de carga embarcada. Além disso, há um ganho substancial na segurança das operações de pousos e decolagens quando feitas através dos instrumentos, utilizando a precisão dos sistemas automáticos das aeronaves.

Após o encontro em Salvador, o prefeito de Ilhéus afirmou que a visita técnica é fruto dos entendimentos que vem mantendo com os governos da Bahia e federal e trata-se de uma esperança da população regional para que o aeroporto volte a operar por instrumentos.

CIMA busca implantação de campus do IFBA em Camacan

Consorcio Cima defende instalação do IFBAMunicípios membros do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (Cima) vão se reunir, na próxima segunda-feira (16), em Salvador com a reitoria do Instituto Federal da Bahia (IFBA), para implantação do Campus Cima em Camacan, no sul da Bahia. O assunto foi debatido nesta quarta (11), em reunião na sede do Consórcio. “Queremos trazer este importante equipamento de ensino, para fortalecer a educação nos municípios consorciados”, pontuou o presidente do CIMA e prefeito de Santa Luzia, Antônio Guilherme dos Santos.

Para garantir a instalação do IFBA, um terreno foi doado pelo advogado Frederico Manoel Borges de Barros. O campus será instalado em Camacan, e, além do município-sede, atenderá Santa Luzia, Una, Canavieiras, Pau Brasil, Jussari, Arataca, Mascote, Itaju do Colônia e São José da Vitória. A previsão é de que em 2018 tenham início as aulas de cursos de educação a distância (EAD).

Regularização Fundiária

Outro projeto atualizado foi o de regularização fundiária. Existem atualmente 600 requerimentos de regularização. Desse total, 90 áreas já foram medidas no município de Mascote. Os processos de regularização fundiária serão encaminhados para a Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), órgão da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Governo do Estado da Bahia.

Participaram da reunião os prefeitos de Santa Luzia e presidente do Consórcio, Antônio Guilherme dos Santos; de Camacan, Oziel Rodrigues Bastos (Oziel da Ambulância); Pau Brasil, Barbara Suzete de Souza Prado; Jussari, Antonio Valete; e Mascote, Arnaldo Lopes da Costa; além dos técnicos Alda Sobral e Maria Aparecida Oliva Souza e o secretário executivo do CIMA , Maciel Azevedo Santos.

Giro das Profissões reunirá mais de 1,2 mil alunos do ensino médio em Itabuna

Nos dias 17 e 18 de outubro, mais de 1,2 mil alunos do ensino médio de escolas públicas e privadas de Itabuna e região participarão de mais uma edição do Giro das Profissões da Unime, projeto institucional que visa tirar dúvidas sobre as principais profissões e ajudar os futuros vestibulandos no processo de escolha da carreira.

Durante o evento, os estudantes farão um tour pelas instalações e laboratórios da faculdade, onde poderão interagir com o ambiente universitário, conhecer os cursos disponíveis, tirar dúvidas sobre o mercado de trabalho, e ainda participar de testes vocacionais e atividades recreativas.

O Giro das Profissões será realizado das 8h às 17h. O evento também é aberto pra toda comunidade. Para participar, basta acessar o site www.girodeprofissoes.com.br.

Estudantes de Ilhéus apresentam espetáculo que questiona práticas educacionais autoritárias

FOTO 1Estudantes do curso técnico de nível médio em Teatro, do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) do Chocolate Nelson Schaun, realizam, nas próximas segunda e terça-feira (16 e 17/10), a apresentação do espetáculo “Epa! Quem foi? Quem viu?”, no município de Ilhéus. A peça acontece às 19h30, no Teatro Municipal, e propõe uma narrativa dramática com o objetivo de questionar práticas educacionais tradicionais e autoritárias oriundas da ditadura militar e o momento político contemporâneo. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Na peça também são abordados momentos de questionamentos de situações sociais e culturais em que os jovens estão inseridos. Logo, o bullying, os transtornos alimentares, a sexualidade e as questões de raça e poder são tratados com um humor que beira a sátira, sem deixar o que é politicamente correto de lado. O espetáculo conta com cenas escritas pelos estudantes do 2º ano do curso técnico em Teatro, juntamente com releituras do texto “Aurora da Minha Vida”, de Naum Alves de Souza.

Encontro de motoclubes, shows de rock e gastronomia no 1° Comandatuba Moto Fest

Cerca de duas mil pessoas devem participar neste final de semana do 1° Comandatuba Moto Fest, em Comandatuba, no município de Una, região sul do estado. A expectativa é de reunir nesta sexta-feira (13) e sábado (14) cerca de 500 motos de diversos motoclubes do Brasil.

A programação inclui shows de rock, praça de alimentação com gastronomia variada, premiações e distribuição de brindes, dentre outras atividades. A expectativa da Prefeitura de Una, que realiza o evento em parceria com o motoclube Fantasmas Estradeiros, é que o encontro movimente cerca de R$ 1,5 milhão na região durante os dois dias.

“Nós apostamos nesse evento como uma grande oportunidade de fomentar o turismo e a economia local, com geração de emprego e renda. Prova disso são as pousadas do distrito já com ocupação de quase 100%, os comerciantes e ambulantes preparados para atender o público local e visitante, somados ainda a toda expectativa da população local em participar dessa grande festa” comemorou o prefeito Tiago de Dejair.

Confira a programação musical do evento:

+| Leia a matéria completa »

Rui anuncia pagamento de prêmio para cerca de 15 mil policiais

rc 2“Com muita alegria, registro meu reconhecimento aos policiais baianos que vestem a farda todos os dias com coragem e dedicação. O trabalho sério dos nossos servidores da Segurança Pública garantiu a redução da violência na Bahia neste primeiro semestre e, por esse motivo, cerca de 15 mil servidores receberão o Prêmio por Desempenho Policial”. Com essa declaração, publicada em sua página oficial no Facebook, na manhã desta quarta-feira (11), o governador Rui Costa fez o anúncio do pagamento da gratificação.

Serão cerca de R$ 13 milhões pagos pelo Governo do Estado, na primeira quinzena de novembro, em folha especial, para integrantes das polícias Militar, Civil e do Departamento de Polícia Técnica (DPT). Receberão o Prêmio por Desempenho Policial (PDP) 14.829 mil servidores que conseguiram reduzir os índices de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), no primeiro semestre de 2017, comparado com o semestre anterior, nas suas respectivas regiões de atuação.

Na PM, serão contemplados 12.246 entre oficiais e praças; na PC, somados delegados, escrivães e investigadores, 2.539 receberão o PDP; e no DPT serão 44 peritos. Os valores variam entre R$ 371,54 e R$ 1.857,73. O primeiro pagamento ocorreu no ano de 2014, quando o prêmio ainda era anual. No ano passado, por determinação do governador Rui Costa, foi ampliado para duas vezes ao ano.

O secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, ressaltou os bons números do primeiro semestre com reduções de CVLIs em Salvador (-2,5%), no interior (-2,7%) e no estado, com decréscimo de 1,8%. “Esse é um resultado de toda a polícia baiana. Parabenizo os que alcançaram a meta e receberão o PDP, mas não posso deixar de enaltecer o esforço daqueles que não conseguiram. O trabalho é conjunto e cada vez mais realizado em parceria pelas polícias”, declarou.

A lista com todas as unidades policiais que receberão o prêmio foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de quinta-feira (12).

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031