hanna thame fisioterapia animal
bahiagas livros do thame

Bahia Superior lança novas versões de chocolates no Salon du Chocolat

A Bahia Superior, reconhecida marca de chocolates finos e artesanais do Estado, acaba de lançar duas novas versões de chocolates sem adição de açúcares, uma com 60 e outra com 70% de teor de cacau. A entrada dos novos produtos no mercado acontece no Salon du Chocolat, maior evento mundial dedicado ao chocolate, que reúne, no Centro de Convenções de Salvador, de hoje a domingo, dezenas de produtores de cacau, fabricantes de chocolate e chocolateiros de vários países. Até então a Bahia Superior produzia sete tipos de chocolates, contendo 40 a 70% de teor de cacau, entre os quais com açúcar mascavo e sem adição de glúten e lactose. “Agora vamos oferecer opções voltadas aos consumidores que possuem restrição ao consumo da sacarose. A novidade é que a formulação contém um produto importado da França que substitui o açúcar, sem alterar em nada o sabor. A diferença é imperceptível”, revela o produtor Geraldo Farias.

Na opinião dele, o Salon du Chocolat se configura como uma oportunidade de os produtores de cacau da Bahia e do Brasil reafirmarem a sua capacidade de produção. “Vamos agregar mais valor ao nosso cacau, ao nosso chocolate, que é feito artesanalmente e possui sabores e aromas diferenciados”.  O chocolate artesanal se diferencia dos demais pela qualidade de seus ingredientes. É preparado com pura manteiga de cacau, no lugar de ingredientes como manteiga vegetal ou até mesmo gordura hidrogenada. Outro aspecto extremamente positivo do produto é que faz bem à saúde. “Os benefícios são cientificamente comprovados. Médicos recomendam para o controle da pressão arterial, a redução do colesterol e a boa saúde do coração”, afirma Farias.

 

Policia prende garoto que matava para traficantes

A Delegacia de Homicídios de Vitória da Conquista (DH) elucidou dois homicídios praticados por um adolescente, de 17 anos, identificado pelo apelido de “Gago”, no bairro Patagônia, naquele município. O garoto também é investigado por envolvimento em outras duas mortes, todas relacionadas ao tráfico de drogas na localidade.

Segundo informou nesta sexta-feira (6), o delegado Neuberto Costa, titular da DH – Conquista, o adolescente executou Luís Carlos Pereira Santos, o “Paulista”, 21 anos, em um lava-jato, em abril deste ano, e Nilton Wagner Moura dos Santos Anjos, 22, assassinado dentro de casa, há uma semana. Ambos foram mortos a tiros, a mando de um traficante custodiado no Presídio Nilton Gonçalves, em Conquista.

Com diversas passagens em delegacias por envolvimento com o tráfico de drogas, o adolescente infrator encarregava-se de recolher o dinheiro proveniente da venda de drogas para o líder da quadrilha. Apreendido na tarde de quinta-feira (5), ele foi encaminhado ao Ministério Público, para aplicação de medida socioeducativa.

A polícia já identificou os traficantes que vêm ordenando, de dentro do presídio, execuções de desafetos e usuários de drogas devedores. Os criminosos serão indiciados nos inquéritos policiais instaurados na DH e terão a prisão preventiva representada pelo delegado Neuberto Costa.

 

PORTO SUL: A BAHIA NÃO PODE ESPERAR MAIS

O Ibama tem um compromisso com a Bahia e com os baianos: liberar o mais rápido possível a licença prévia para implantação do Porto Sul. Se houver atraso na liberação, o Ibama estará prejudicando a implantação de um projeto de R$ 3,5 bilhões, que vai mudar a realidade
econômica do Estado e da região Sul. O governo do Estado fez o seu dever de casa. Mudou a localização do porto para a localidade de Aritaguá, um sítio completamente antropizado que se mostra adequado para implantação do projeto; elaborou um Estudo de Impacto Ambiental
detalhado; fez as modificações solicitadas no referido estudo e realizou as audiência públicas previstas. Não há mais porque adiar a concessão da licença.

O Porto Sul vai gerar atividade econômica  na região cacaueira – cuja economia até hoje não se recuperou da crise do cacau –  e vai criar um porto competitivo no imenso litoral que vai de
Salvador ao Espírito Santo.  Além disso, vai ampliar a rede de serviços, multiplicar as atividades econômicas e gerar, no conjunto de todas essas atividades, cerca de 27 mil empregos diretos e indiretos.
O Porto Sul e a Ferrovia Oeste-Leste vão compor um eixo logístico transversal que articula a Bahia com a região do Brasil Central e com o eixo Atlântico-Pacífico.  Sem o porto a Ferrovia Oeste-Leste estará inviabilizada, afinal não existe ferrovia sem porto. A ferrovia e o Porto Sul aparecem como um vetor de desconcentração econômica em relação à RMS e como um indutor de desenvolvimento no interior do Estado.

O Porto Sul é um projeto plenamente defensável sob o aspecto ambiental e fortemente competitivo sob o aspecto econômico. Talvez, por isso, outros estados que hoje controlam inteiramente o escoamento de cargas no Sul da Bahia não o vejam com bons olhos. O Ibama e o
Ministério Público precisam avaliar com cuidado a relação custo/benefício de um projeto dessa magnitude e evitar que posições dogmáticas que muito pouco tem a ver com a defesa do meio ambiente prevaleçam. Atrasar mais ainda concessão da licença prévia para a implantação do Porto Sul será um desserviço para a Bahia e para os baianos.(do Bahia Econômica)

Leiaute cria campanha nacional #VamosNessa para ANP

Com o desafio de divulgar as oportunidades e estimular o interesse dos jovens no setor do petróleo, a Leiaute criou para a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) a campanha #VamosNessa. Inspirada nos filmes de ação e aventura, ela utiliza uma linguagem cinematográfica para convocar esse jovem a participar do movimento “#VamosNessa – O Brasil precisa de você”.

A campanha, que possui veiculação nacional e tem Caco Ciocler como estrela, conta com duas fases. A primeira teve um hotsite (http://www.anp.gov.br/vamosnessa/), filme teaser e cartazes,  veiculados em diversos cinemas do país, despertando nos jovens brasileiros o interesse pelas profissões relacionadas a esta área. Na segunda fase, a campanha revela em comerciais nas TVs aberta e fechada os benefícios das profissões ligadas à indústria do petróleo.

O grande diferencial deste projeto é a intensa presença nas redes sociais. Toda a campanha remete ao site informativo, com depoimentos de profissionais da área e direcionamento para os diversos programas de capacitação profissional disponíveis, fomentados pela ANP. Em uma semana de veiculação foram 177 menções espontâneas; Facebook: 2.488 “curti”;  2.754.849 usuários impactados nas redes sociais; no  Youtube: quase 7 mil visualizações.

A campanha contempla  filme, cartaz de cinema, hotsite, redes sociais (Facebook – VamosNessaANP , Twitter – @VamosNessaANP e Youtube – canal ANPgovbr ), anúncios de revista e out of home.

Para assistir ao filme, clique aqui: http://www.youtube.com/watch?v=1PFoSbI0PkE

 

Ficha Técnica

Direção de Criação: Carlinhos Andrade e Raul Rabelo.

Direção de Arte: Gustavo Batinga (Head of Art) e Vitor Menezes.

Redação: Paulo Fernandes.

Planejamento Web: Patrícia Almeida.

Direção de Atendimento: Liani Sena.

Atendimento: Mariana Seixas e Flávia Costa.

Produção Gráfica: France Monte.

Produção RTVCW: Marcelo Costa e Lara Lima.

Mídia: Cláudio Freitas e Lucas Almeida.

Arte-final: Adenilson D´Almeida e Everaldo Santos.

Banco de Imagem: Marina Palmeira.

Fotografia e Tratamento de Imagem: ArtLuz.

Produtora de Vídeo e Áudio: Lumen.

Produtora de Internet: TAO Interativa.

Aprovação: Durval Barros.

 

Carta da Bahia propõe a criação da Aliança dos Países Produtores de Cacau da América Latina e Caribe


A elaboração da “Carta da Bahia”. Propondo a criação da Aliança dos Países Produtores de Cacau da América Latina e Caribe foi o ponto marcante do I Fórum Internacional do Cacau e Chocolate, encerrado nesta quinta-feira (5), no Palácio Rio Branco, em Salvador. O evento, que fez parte do Salon du Chocolat da Bahia, reuniu durante dois dias, no Palácio Rio Branco, mais de 150 chocolateiros e especialistas do mundo inteiro para discutir a cadeia produtiva do cacau a nível mundial, focalizando o futuro do cacau e do chocolate.

O secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, considera que “a criação desta aliança diminuiria a fragilidade dos produtores de cacau da America Latina e Caribe, porque, como a África atualmente produz mais de 75 % do cacau do mundo e os países desenvolvidos são os maiores consumidores de chocolate, eles dominam as ações e ditam as regras de acordo com suas realidades”. Salles acrescenta que “a voz dos produtores da América Latina e Caribe atualmente não é considerada e, provocando a união destes 21 países produtores da região, esta realidade pode mudar”.

Ainda de acordo com o secretário, a cadeia do chocolate precisa ser mais justa, já que atualmente somente 7% do resultado fica com os produtores, e os demais 93% com beneficiadores e a indústria chocolateira.

 

 

 

VASOS SANITÁRIOS DE OURO. MAS A M… É M… MESMO.

se m… fosse ouro, pobre não tinha c… (haja três pontinhos num blog `família`)

Um bilionário árabe resolveu inovar no seu megaiate e pediu à empresa que o fabricou para colocar vasos sanitários e bidês de ouro na embarcação, avaliada em R$ 37,6 milhões (12 milhões de libras).
Feito de porcelana comum, os acessórios são revestidos com três camadas de ouro de 21 quilates. O sistema custou cerca de R$ 31,3 mil (10 mil libras), de acordo com matéria publicada no diário britânico Daily Mail.

A privada pode ser de ouro, mas a m… é m… mesmo.

ASSASSINO CONTA COMO MATOU JORNALISTA. CONSÓRCIO DE EMPRESÁRIOS FINANCIOU EXECUÇÃO

 

Décio Sá: tiros calaram sua voz

O assassino confesso, segundo a polícia, do jornalista Décio Sá, Jhonatan de Sousa Silva, 24, afirmou que o crime ocorreu de forma extremamente rápida, em menos de cinco segundos, e que não houve nenhuma chance de defesa para a vítima.

O relato foi dado durante a reconstituição do crime. Sá foi morto num bar e restaurante na avenida Litorânea, na orla de São Luís. Segundo a polícia, durante a reconstituição, o assassino demonstrou frieza e sorriu enquanto apontava a arma para o perito que simulava ser o jornalista assassinado.

Silva contou que foi ao banheiro do bar e, na saída, abordou o jornalista, que estava sozinho em uma das mesas tomando cerveja. Silva disse que, ao ser abordado, Décio Sá repetiu por duas vezes a expressão “ei, moço”, tentou se levantar para fugir, mas não teve tempo de escapar do primeiro tiro.

O jornalista Décio Sá foi assassinado no dia 23 de abril, por volta das 23 horas, quando estava esperando amigos no bar Estrela do Mar, localizado na avenida Litorânea, na capital maranhense. Dois homens chegaram em uma moto, e um deles deflagrou cinco tiros contra Sá, que morreu na hora.

Após o crime, a dupla fugiu na moto, mas depois abandonou o veículo e fugiu em direção às dunas, andando até a área da Curva do 90. Durante a fuga, o executor deixou o pente da pistola cair no local, e por meio dele foi reconhecida a arma usada para praticar o crime.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, um grupo de empresários que cometiam atos ilícitos se uniu para contratar o pistoleiro. De acordo com a polícia, o grupo fez uma espécie de consórcio para arrecadar R$ 20 mil como parte inicial da contratação de Johnatan, que está detido desde o último dia cinco de junho.

Os mandantes do assassinato teriam sido: José de Alencar Miranda Carvalho, 72, Gláucio Alencar Pontes Carvalho, 34, Airton Martins Monroe, 24. O assassinato teria custado R$ 100 mil, mas não teria sido pago por falta de dinheiro, e os contratantes estavam envolvidos em tráfico de drogas para arrecadar o valor restante. Nove pessoas acusadas de envolvimento no crime foram presas. (do UOL)

NOTA DO BLOG: E OS MANDANTES DO ASSASSINATO DO JORNALISTA MANOEL LEAL, BARBARAMENTE EXECUTADO EM 1998? IMPUNES, COMPLETAMENTE IMPUNES… 

 

Wagner entrega 500 moradias em Itapetinga nesta sexta-feira


Mais de duas mil pessoas serão beneficiadas em Itapetinga, sudoeste da Bahia, com a inauguração, nesta sexta-feira (6), às 9h, do Residencial Moacir Moura, do programa Minha Casa, Minha Vida. O governador Jaques Wagner participa da solenidade de entrega das 500 moradias, na Av. Gérson de Oliveira, s/n, Bairro Nova Itapetinga. São unidades habitacionais, tipo village com: sala, dois quartos, cozinha, sanitário social e área de serviço.
Na Bahia, o total contratado no Minha Casa, Minha Vida I foi 100.723 unidades habitacionais (todas as faixas de renda), sendo 65.107 na faixa de zero a três salários mínimos para municípios acima de 50 mil habitantes e regiões metropolitanas.


Serrarias interditadas por crime ambiental na Bahia

Um esquema de compra e venda ilegal de madeira proveniente da Mata Atlântica nativa foi descoberto no município de Jiquiriçá, resultando na interdição e na autuação de duas serrarias naquela região, segundo informou, nesta quinta-feira (5), o delegado Alex Wendel, titular da Delegacia Territorial (DT) de Jiquiriçá. Dois procedimentos criminais, relativos a crimes ambientais também foram instaurados na unidade policial.

Primeiro alvo da operação conjunta da DT/Jiquiriçá, da Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (COPPA) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), uma serraria instalada na Rua dos Prazeres tinha pranchas de vinhático e sucupira preta, consideradas madeiras de lei. O proprietário do estabelecimento, Erasmo Alves Teixeira, não apresentou nenhum documento comprovando a origem das madeiras, nem a licença ambiental, sendo conduzido para a delegacia, onde foi ouvido e liberado.

 Na segunda serraria, na localidade Casa da Farinha, também havia vários tipos de madeira extraídas da Mata Atlântica nativa, como vinhático, camaçari, sucupira, louro, ingaçú e baçoré. O proprietário, conhecido pelo apelido de “Van”, não estava no local, mas três funcionários encaminhados para a delegacia atestaram a atividade ilícita no estabelecimento. Segundo informaram, as madeiras costumavam chegar à serraria durante a noite, sendo descarregadas dos caminhões rapidamente para não chamar atenção.

Nesta serraria foi descoberto ainda um sistema de monitoramento com câmeras, com infravermelho, além de vários livros de contabilidade, relativos a transações comerciais do estabelecimento. “Todo esse material foi apreendido para ser analisado detalhadamente”, informou o delegado Alex Wendel, que tambémapreendeu todo o maquinário das duas serrarias, inúmeros motores, serras, eixos, lixadeiras, correias, bem como madeiras diversas.

O Inema multou os proprietários das serrarias, além de lacra-las oficialmente.  A quantidade total de madeira encontrada naqueles locais está sendo calculada.  A população das cidades do Vale do Jiquiriçá pode para denunciar  crimes ambientais e outros delitos na região através do e-mail: denunciaanonimapc@yahoo.com.br . O nome e o endereço do denunciante serão preservados.

CHOCO WEEK EM SALVADOR: É DE DAR ÁGUA NA BOCA

eis aí o que se pode chamar de manjar dos deuses

O Salon du Chocolat 2012, que normalmente acontece em Paris e outras capitais mundiais, está sendo  realizado pela primeira vez na América Latina, em Salvador, na Bahia. Para marcar o evento, a   AMMA Chocolateque ganhou prêmio no Salon du Chocolat em 2011, em Paris,  está promovendo a primeira Choco Week.

A Choco Week, coordenada por Marcília Castro, envolve restaurantes de Salvador, que recebem o chocolate AMMA para preparar sobremesas especiais. O evento acontece até o próximo dia 15 de julho e entre os restaurantes participantes estão o Al Mare, Baby Beef Gamboa, Bristro Du Vini, Ercolano, Chez Bernard, Le Pulperia, The Beff e Z Restô.

Saiba mais sobre o Choco Week em www.meuestiloteuestilo.blogspot.com

 

CORINTIANOS DE ITABUNA CRIAM A SACI

Animado com a conquista da Taça Libertadores, um grupo  de itabunenses está  criando a Sociedade dos Amigos Corintianos de Itabuna, a SACI. O objetivo é unir os torcedores do Timão, que não são poucos na região, acompanhar os jogos pela tevê e fazer excursões quando o Corinthians jogar em Salvador e outras cidades do Nordeste.

A idéia de criar a SACI é de Nérope Martinelli e Marco Maciel. Quem quiser se integrar ao saci grapiuna pode fazer contato através do email saciitabuna@gmail.com. Os 10 primeiros inscritos ganharão brindes do Corinthians, oferecidos por Martinelli e Maciel.

 

 

Técnicos visitam local onde será construída nova ponte em Ilhéus

Secretários e assessores da Prefeitura de Ilhéus, acompanhados de técnico do Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba) e da Ecla Engenharia e Consultoria – empresa vencedora da licitação para execução do projeto da segunda ponte que irá ligar o centro urbano à zona sul da cidade e vias de acesso – visitaram os principais pontos por onde será convergido todo o sistema viário do município. As extremidades da ponte vão se situar no Morro de Pernambuco (bairro Nova Brasília) à Praia do Cristo e avenida Dois de Julho, num total de 1.500 metros de extensão.

Na manhã desta quinta-feira (5), os técnicos foram recebidos pelo prefeito Newton Lima, em seu gabinete, no Palácio Paranaguá. Durante o encontro, ele ressaltou que já está em conversação com o diretor do Derba, Saulo Pontes, o vice-governador e secretário da Infraestrutura, Otto Alencar, e o governador Jaques Wagner, com a finalidade de ampliar o projeto viário no centro de Ilhéus, para permitir um maior fluxo no tráfego nas áreas confluentes.

O custo do projeto é de R$ 1.902.336,14 e com prazo para conclusão em 150 dias. Clóvis Cunha, apresentou a contagem do fluxo de veículos entre o centro de Ilhéus e a zona sul confirmando a situação caótica para as pessoas que se deslocam diariamente nestes locais, problema agravado pela ponte Lomanto Júnior, inaugurada na década de 60, não atende a atual demanda, além do sistema viário existente.

Além da reunião preparatória no Palácio Paranaguá, os técnicos da Prefeitura de Ilhéus, do Derba e da Ecla Engenharia visitaram, in loco, as duas extremidades da obra (proximidades da pista do aeroporto Jorge Amado, bairro Nova Brasília, próximo à Fundação Maramata, Praia do Cristo e avenida Soares Lopes). A inspeção física nesses locais teve a finalidade de proporcionar mais fundamentos para os técnicos elaborarem o projeto de acesso viário à segunda ponte ligando o centro de Ilhéus à Zona Sul da cidade.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
fevereiro 2020
D S T Q Q S S
« jan    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829