hanna thame fisioterapia animal
livros do thame
shopping jequitiba

BUSCAS POR VITIMAS DE QUEDA DE AERONAVE CONTINUAM EM PORTO SEGURO

 

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, encontra-se em Porto Seguro acompanhando as buscas pelos ocupantes do helicóptero que caiu ontem nas águas da Praia de Itapororoca. Um dos passageiros da aeronave era Mariana Noleto, namorada de Marco Antônio Cabral, filho do governador.

A polícia militar informa que havia sete pessoas a bordo e três corpos foram resgatados: eram uma mulher e duas crianças. Equipes de resgate da Marinha prosseguiram com as buscas durante a madrugada de hoje. Umas das vitimas chegou a ser socorrida com vida e encaminhada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

O helicóptero caiu a cerca de 500 metros da costa, dentro do mar, e deve estar a uma profundidade de 10 metros. O tempo durante toda a semana em Porto Seguro esteve muito ruim, com chuvas, vento e um frio incomum para quem vive ou costuma visitar a região. No momento em que o aparelho decolou do aeroporto de Porto Seguro em direção ao Jacumã Ocean Resort, onde aconteceria uma festa junina.

HELICOPTERO CAI NO MAR EM PORTO SEGURO

Equipes da Marinha e do Corpo de Bombeiros realizam neste momento (22 horas e 45minutos) buscas no helicóptero que caiu no final da tarde no litoral de Trancoso. A aeronave saiudo aeroporto de Porto Seguro às 19 horas e deveria ter pousado num condomínio de luxo em Trancoso.

Os destroços foram localizados por volta das 21 horas e dos cinco ocupantes, uma mulher foi resgatada com vida. Entre as vítimas estaria a nora do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.

HOMEM SAMAMBAIA

os ricos e suas manias

TV Cabrália, início da década de 90. O recém inaugurado Hotel Transamérica, na paradisíaca (que certa feita um repórter da emissora confundiu com afrodisíaca, sabe-se lá porque) Ilha de Comandatuba, recebia famosos e endinheirados de São Paulo, Rio e Brasília.

A gente tinha um esquema lá que sempre que chegava alguém famoso era avisado. Para uma tevê regional, era uma festa entrevistar personalidades que só apareciam na então monopolista Rede Globo.

Os vips sentiam a nossa empolgação e quase sempre colaboravam, dando entrevistas para a Cabrália como se estivessem falando para o mundo. A gente fazia a gravação e ia almoçar no continente, porque a grana da diária não dava pra encarar um copo de água mineral no hotel, quanto mais um almoço.

Até que certa feita, fomos entrevistar o então governador de São Paulo, Orestes Quércia, que descansava no hotel com a família.
Político não pode ver um microfone, seja ele a BBC, seja ele do serviço de alto falante de Potiraguá.
Ele  deu uma longa entrevista, que a gente poderia usar durante uma semana nos telejornais. Encerrada a gravação, Quércia convidou a equipe para almoçar.
Para quem iria pegar um rango mulambento, aquilo era o que se pode chamar de convite irrecusável.
Não recusamos. O almoço, como se previa, era um banquete. Todo tipo de saladas, pratos frios, pratos quentes, sobremesas. De se lamber os beiços.

Na equipe, havia um auxiliar de cinegrafista (função que hoje nem existe mais) chamado Bolinho. Meio caipirão, ele ficou observando como as pessoas se serviam, pra não passar vergonha.
O excesso de cuidados não evitou que ele, na hora de colocar a salada no prato, pegasse um vistoso pedaço de samambaia, que obviamente foi colocada na mesa como decoração. A gente percebeu, mas ninguém teve coragem de falar nada. Foi um milagre conter o riso.

O almoço estava uma delícia e todo mundo se fartou. Quércia foi muito simpático e fez questão de convidar a gente pra voltar outro dia, o que era apenas gentileza, não era pra valer.
Quando a equipe entrou na balsa pra pegar o carro e voltar pra Itabuna, Bolinho, exibindo o ar de felicidade de quem acabara de ser apresentado ao paraíso, saiu-se com essa:
-Almoço bom da porra! Só não gostei daquela salada. Rico tem cada gosto estranho…

Quase vinte anos depois, tem gente que dá um braço para comer uma tal de Mulher Samambaia.

POLICIA APREENDE MEIO QUILO DE CRACK EM EUNAPOLIS

esse crack só faz gol contra

A apreensão de um adolescente envolvido com o tráfico de drogas, em Eunápolis, possibilitou aos investigadores da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) prenderem, na quarta-feira (15), um grupo de traficantes que atuava nos bairros Pequi e Dinah Borges, naquele município.  Segundo o delegado Evi Paternostro, coordenador da 23ª Coorpin, a operação resultou ainda, na apreensão de quase meio quilo de crack, um revólver, munições e uma motocicleta utilizada para transportar droga.
         O garoto infrator informou na delegacia que o fornecedor da droga circulava pela cidade numa motocicleta Honda Fan, de cor preta, tendo os policiais localizado o veículo numa casa na Rua Pacífico, bairro Dinah Borges, ocupada por Mariluci Alves Mattos Miranda. Havia ainda no imóvel um revólver calibre 38, cinco cartuchos calibre 38 intactos e um deflagrado,  diversas pedras de crack totalizando 405 gramas, além de celulares.
         Mariluci é companheira do traficante Ramon da Silva Leite, que admitiu utilizar a residência do casal como esconderijo de drogas. Ele também informou aos investigadores que distribuía a droga fornecida por Juraci Moreira Santana Júnior, o “Júnior do Pó”, também capturado anteontem, durante a Operação Tênia, destinada a combater o tráfico e a prática de outros delitos na região.

SHOW DOS MILHÕES EM ITABUNA

cai cai minhão, mas não é na minha mão

EXCLUSIVO:

 Aumentou consideravelmente o repasse de recursos do Governo Federal para a Prefeitura de Itabuna. Como não se deve brigar com os números, vamos a eles:

 Nos primeiros cinco meses de 2010 foram transferidos, em total, 31,15 milhões de reais a Itabuna.  No mesmo período em 2011, foram transferidos 42,30 milhões, um  o acréscimo no total 11,16 milhões ou 35,85%.

 No caso do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), nos cinco primeiros meses de 2010 foram transferidos 16,80 milhões. Em 2011, no mesmo período, 22,48 milhões. Uma diferença a mais de 5,68 milhões ou 33,8%.

Não estão incluídos aí os recursos destinados à  saúde e outros convênios para realização de obras, como o Minha Casa, Minha Vida, por exemplo.

Wagner vai dobrar a meta do Minha Casa Minha Vida 2 na Bahia

Wagner falou em nome dos governadores

A Presidenta Dilma Rousseff anunciou nesta quinta-feira (16), que irá investir nos próximos 4 anos, R$ 125, 7 bilhões no programa Minha Casa Minha Vida 2, para reduzir o déficit habitacional da população de baixa renda. A presidenta prevê a construção de mais 2 milhões de moradias até 2014, sendo 60% das unidades habitacionais para famílias com renda de  um a três salários mínimos. Entre as novidades anunciadas pela presidenta está a possibilidade de linha de crédito para aquisição de eletrodomésticos de linha branca para as unidades do programa.  Jaques Wagner discursou na solenidade em nome dos demais governadores. Foi anunciado, como aquele mais contratou moradias na faixa de quem ganha de 1 a 3 salários mínimos. Wagner revelou que o governo da Bahia conseguiu ultrapassar a meta inicial fixada ano passado, que era de 80 mil para 101.377 mil unidades e que o mérito deve ser dividido com todos.“Me orgulho de estar aqui como estado que mais contratou de 0 a 3. Nossa cota era de 80 mil e contratamos 101 mil unidades.

O mérito não é meu, o mérito é da Caixa Econômica Federal, é do movimento social, dos empresários baianos, que se mobilizaram para conquistar terrenos e ofertar essas unidades à população. Então o mérito é coletivo, como tudo na vida pública, o mérito nunca é individual é coletivo” disse Wagner.A Bahia foi o primeiro estado a atingir, em oito meses de Programa, a cota destinada à faixa de renda de até 3 mínimos. Além disso, o estado também foi pioneiro ao estabelecer critérios claros de atendimento às demandas propostas pelo Conselho Estadual das Cidades, além de estabelecer critérios de prioridade para os municípios. Só pelos municípios, foram contratados 65.862 moradias e 40% das unidades habitacionais estão na Região Metropolitana de Salvador.

Emocionado,Wagner rememorou passagens de sua juventude, quando sua mãe insistia com o pai para que comprassem a casa própria, o que só conseguiu fazer aos 70 anos, porque seu pai não queria se endividar e preferia morar de aluguel do que comprar apartamento financiado. Mas o imóvel foi comprado e ela mora nele até hoje.“E minha mãe disse que a vida não estaria completa até que eles tivessem uma casa própria. Esse é o sentimento de toda mãe e de todo pai, de toda família, de todo ser humano, um ninho próprio pra gente se abrigar. Coisa que ela só teve chance de fazer, aos 70 anos de idade, quando meu pai finalmente tomou coragem de se endividar”, contou Wagner. Para o governador, a casa própria é cidadania. “Aqui nós não estamos falando de parede, estamos falando de emoções, de cidadania e de família”. Para ele, a moradia digna, e urbanizada para cada família tem efeito na segurança da população, pois “são as moradias não dignas que acabam sendo o local buscado por traficantes para se esconderem da polícia e acabarem molestando 99% da população que ali mora, que de verdade quer trabalhar com dignidade”, afirmou o governador.

Wagner não esqueceu de citar o ex-presidente Lula e o crescimento da economia brasileira que obedeceu à regra de distribuir para crescer.“O que me encanta nesse programa é que como tantos outros que começaram no governo do presidente Lula, que lhe antecedeu, é que, a sinfonia da economia brasileira, inverteu a lógica. A sinfonia da economia anterior dizia sempre, crescer para distribuir, crescer para incluir, e nós invertemos a sinfonia, distribuir para crescer, incluir por que aí você cresce. Essa é a roda que nós botamos pra rodar, e que eu não tenho dúvida que a senhora fará rodar, com mais rapidez ainda por todo seu conhecimento, e pela experiência da equipe, que inverteu a regra da sociedade”, destacou o governador.

Um toque francês no Festival do Chocolate

Chloe:a magia francesa do chocolate

Na programação do III Festival do Chocolate da Bahia, que vai acontecer em Ilhéus, sul do estado, no período de 06 a 10 de julho, já estão confirmadas as presenças de importantes autoridades especialistas em chocolate no Brasil e do exterior, que participarão, no dia 9, de um evento denominado “Chocoday”, um dia dedicado à palestras, degustação de chocolates e premiação do concurso de bolos “Arte em Chocolate”. O festival acontece no Centro de Convenções e é o resultado de uma parceria entre o Instituto Cabruca, Associação dos Produtores de Cacau (APC), Associação de Turismo de Ilhéus (ATIL) e Costa do Cacau Convention Bureau, Secretarias municipal e estadual do Turismo e M21 Eventos.

Uma palestra internacional da consultora de chocolates Chloe Doutre-Roussel, autora da obra “The Chocolate Connaisseur” e consultora free lance de diversas marcas do produto no mundo, está confirmada. Ela falará sobre o tema “Que chocolate o mundo prefere”. Francesa respeitada em todo o circuito chocolateiro – dos produtores de grãos às empresas de marketing – Chloe é presença garantida em grandes eventos deste gênero no mundo. Ela começou a ficar conhecida em 2003, quando foi contratada como compradora de chocolates, em Londres. Três mil pessoas disputavam a vaga. Além de especialista, ela é uma chocólatra confessa – do tipo que manda fazer vestidos com bolsos sob medida para carregar barras de chocolate.

O publicitário Marco Lessa, coordenador do evento, considera a programação do ”Chocoday” uma oportunidade única de reunir tantos especialistas renomados em torno de um evento em Ilhéus. Em sua terceira edição, o III Festival do Chocolate pretende consolidar, em cinco dias, uma programação dinâmica para incrementar o fluxo de turistas no período, oferecendo opções de cultura e lazer, reafirmando Ilhéus entre os mais importantes pólos de produção do cacau e do chocolate no Brasil.

A VERDADE, NADA MAIS DO QUE A VERDADE

muitas perguntas, poucas respostas
Aconteceu em Salvador o lançamento da Comissao Baiana pela Verdade, evento que contou com as presenças da secretaria Nacional dos Direitos Humanos Maria do Rosario, o secretário Estadual de Direitos Humanos, Almiro  Sena,  o deputado federal Emiliano Jose, Gilney Viana, e   representantes de várias entidades sociais de direitos humanos e da Ordem dos Advogados do Brasil. Na coordenação estadual da comissão estão Diva  Santana e Joviniano Neto.

Entre os presentes, gente que fez a história do Brasil, ex- presos políticos, familiares de desaparecidos, estudantes e simpatizantes da luta pela abertura dos arquivos dos porões da ditadura militar.

Entre os casos citados, o do médico João Carlos Haas, o dr. Juca, assassinado na guerrilha do Araguaia e cujo corpo continua desaparecido quatro décadas depois.

“O encontro fortaleceu nossa luta  e seguiremos mais firmes ainda”, disse Sonia Haas, irmã do dr. Juca.

ALAMBIQUE DO B? FOI POR POUCO…

o repouso do imortal

Depois da Agral  (Academia Grapiúna de Letras),  Alita (Academia de Letras de Itabuna)  Alambique (Academia de Letras, Artes, Música, Birita, Inutilidades, Quimeras, Utopias Etc), a  Academia de Letras Jurídicas de Itabuna e da recém-anunciada Academia Maçônica de Letras Ciências e Artes da Região Grapiúna (Amalcarg); eis que desse solo itabunense, onde agora se descobre que pululam imortais,   quase surge uma nova academia.

É que durante  uma reunião da  Alambique no  bar Artigos para Beber, diante da imposição desse blogueiro, fundador e auto-nomeado presidente  vitalício (ou seria imortalício?)  da Academia, em nomear Luiz Inácio, o Lula, como presidente de honra, o  vice presidente Walmir Rosário (que não usa o `PT saudações` nem quando escreve telegramas) ameaçou fundar uma espécie de Alambique do B.

O cisma só não se consumou por conta da intervenção contundente do diretor para Assuntos Meotísticos, Leléu, que encerrou o entrevero com uma frase lapidar.

-Que porra é essa? Uma pinga tão boa na mesa vocês aí brigando por causa de política!

Enfim, entre  mortos e feridos, só não se salvou a pobre garrafa, totalmente despojada de seu precioso líquido.

A VIOLÊNCIA TÁ F…

dava vinte, porque não tomava susto

 

Um motel situado no bairro Nova Itabuna foi assaltado no final da noite desta terça-feira, 14. Segundo informações do proprietário, um bandido armado com revólver invadiu o estabelecimento, rendeu um dos clientes e levou R$ 140,00 do caixa.

A polícia militar esteve no local, mas o meliante já tinha dado no pé, depois de f… com o programinha dos amantes.

No mau sentido, é claro. (com informações do Pimenta  na Muqueca)

Um espaço de eventos de categoria mundial

um espaço multiuso

 

O Parque de Exposições de Salvador, situado na Avenida Paralela, em uma das principais áreas de expansão da cidade, pode ser transformado em um moderno espaço multiuso, abrigando eventos agropecuários, culturais, musicais, entre outros. Esta foi uma das questões debatidas nesta terça-feira, (14), na Secretaria de Agricultura (Seagri), durante reunião entre agropecuaristas do Estado, representados pelos presidentes de associações, dentre elas as de bovinos, eqüinos, caprinos e ovinos, além da Federação da Agricultura da Bahia (Faeb), e o secretário estadual de Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles.

Em uma decisão unânime, os agropecuaristas da Bahia, setor que representa um quarto do PIB do Estado, avalizaram a possibilidade de o Parque de Exposições ser transformado fisicamente em um espaço multiuso, considerando que a agropecuária, a cultura e a música podem conviver harmonicamente, desde que preservadas as questões técnicas fundamentais para a continuidade dos eventos agropecuários.

Na verdade, isso já acontece atualmente. Além das atividades do segmento agropecuário, são realizados no espaço, de forma adaptada, diversos eventos durante o ano todo, dentre os quais religiosos, formaturas, Cirque Du Soleil e Festival de Verão.

Ao sair da reunião, o secretário de Agricultura afirmou que “esse encontro é histórico e representa um avanço no processo de consolidação do Parque de Exposições de Salvador em um dos melhores espaços multiuso do mundo”.

Ladrões de peixes caem na rede da polícia

Larápio foi fisgado pela polícia

         Investigadores da Delegacia Territorial (DT), de Itiúba, a 277 quilômetros de Salvador, prenderam nesta quarta-feira (15) Osmar Santana da Silva, conhecido como “Fifi”, que estava de posse de algumas espécies de peixes, roubadas de um dos tanques de piscicultura do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS).

         Os peixes eram matrizes e se destinavam à reprodução de alevinos para colocação em açudes públicos, beneficiando comunidades próximas aos reservatórios com a produção de pescado. Os animais foram subtraídos no último por João Sena da Silva, o “Bujó”, e Joelson de Jesus, presos depois que pequenos produtores denunciaram o desaparecimento de algumas espécies.

         Ouvido pelo titular da DT de Itiúba, delegado Cláudio Gomes, Osmar Santana da Silva foi preso em flagrante delito, pelo crime de receptação, permanecendo em cana, assim como João e Joelson, autuados por roubo,

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728