hanna thame fisioterapia animal
livros do thame
shopping jequitiba

FRASE DE PARA-CHOQUE DE CAMINHÃO

Aquilo que às vezes é mandado para te destruir, apenas te fortalece ! 

Operação Papai Noel prende cinco traficantes em Itacaré

A Delegacia de Itacaré divulgou, nesta       terça-feira (3), o resultado da “Operação Papai Noel”, que teve como objetivo combater o tráfico de drogas no bairro da Passagem, naquela cidade. Segundo o titular da DT de Itacaré, delegado Joaquim José Tenório de Azevedo, durante o cumprimento de 14 mandados de busca e apreensão foram presos cinco traficantes, com os quais os policiais encontraram grande quantidade de drogas. A operação contou com o apoio da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Ilhéus), da 72ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Itacaré), da CIPE Cacaueira/Ilhéus, e do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), de Itabuna. 

 Foram presos os traficantes Cristiano dos Santos Moreira, o “Zulu”, Maurício da Hora Souza, Alvina dos Santos Barbosa, a “Rasta”, seu filho Ítalo Barbosa Nunes, o “Talinho”, e Cristina Mendes Nascimento. Cristiano, Maurício e Ítalo seguiram para o Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus. Já Alvina e Cristina, estão custodiadas na carceragem do Conjunto  Penal de Itabuna, à disposição da Justiça.

 

Em poder de Cristiano e Maurício os policiais apreenderam 185 papelotes de cocaína e três buchas de maconha. Com a dupla, os policiais encontram ainda R$ 3.600,00 em espécie, três celulares e uma motocicleta Honda CG 125 FAN, placa NZG 3839.  Cristiano foi autuado por tráfico de drogas e Maurício por associação ao tráfico. Alvina dos Santos Barbosa e seu filho Ítalo foram presos com 52 trouxinhas de maconha prensada e embalada em papel de alumínio, três celulares e uma CPU. Ela responderá por tráfico de droga.  Seu filho foi autuado por associação ao tráfico.

 Pasta de cocaína

 Quinta traficante presa, durante a “Operação Papai Noel”, Cristina Mendes, moradora da cidade de Itabuna, estava com 600 gramas de crack, a bordo de um ônibus da empresa Rota ao ser abordada por policiais da 72ª CIPM, em uma blitz na entrada de Itacaré. Ela já tem passagem pela polícia porte ilegal de arma. Conduzida à 7ª Coorpin, Cristina foi autuada por tráfico de drogas. Em outro ônibus da mesma empresa, policiais militares encontraram um tablete com 800 gramas de pasta base de cocaína, abandonado no interior do veículo. O dono da pasta base fugiu do local. Toda a droga apreendida foi encaminhada ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus, para perícia.

Organizadores do Salon du Chocolat definem detalhes do evento com o governo baiano

O Salon du Chocolat, evento mundial que será realizado em julho deste ano em Salvador, foi discutido nesta terça-feira (3) pelo governador Jaques Wagner e o comissário-geral dos salões, o francês François Jeantet, em reunião na Governadoria. O Salon du Chocolat vai reunir no Centro de Convenções representantes mundiais de todos os segmentos relacionados ao cacau, ao chocolate e seus derivados.

“Pensamos que o Brasil é o futuro do chocolate, com belos frutos e plantas. Os asiáticos e os chineses, principalmente, devem ser os consumidores dessa produção. A Bahia é extraordinária. É um lugar maravilhoso, onde há a produção da matéria-prima e do chocolate. E vi belas plantações e frutos de grande qualidade”, afirmou Jeantet.

Ele, a empresária Sylvie Douce, organizadora do Salon du Chocolat, e o coordenador do evento no Brasil, Diego Badaró, visitaram fazendas de cacau, o Centro de Convenções e o Palácio Rio Branco, onde serão realizados encontros paralelos, como o Fórum do Cacau e do Chocolate, que vai durar dois dias, reunindo produtores de todo o mundo.

“O salão é um encontro de pessoas e paixões. O chocolate é um produto mágico e promove esse encontro maravilhoso de sensações culturais e sensoriais. Esse evento vai ser um divisor de águas, abrindo oportunidade de negócios para quem trabalha com diversos produtos ligados ao cacau, como chocolateiros artesanais, produtores de café, vinho, charuto”, explicou Badaró.

Segundo o secretário da Agricultura, Eduardo Salles, o Salon du Chocolat é o maior evento do segmento no mundo, realizado em diversos países e que vem pela primeira vez para o Brasil. “É um momento histórico e marcante. Vamos entrar nesse circuito mundial e a expectativa é que tenhamos esse evento a cada dois anos. A Bahia foi escolhida para sediar o salão porque, juntamente com o Pará, é o estado onde está concentrada a produção nacional de cacau”.

Salles afirmou que o Estado está investindo no sul baiano, região onde se encontram cidades como Ilhéus e Itabuna e que já foi responsável pelo Produto Interno Bruto (PIB) da Bahia a partir da produção do cacau. Ele disse que a economia regional foi prejudicada pela vassoura-de-bruxa, que acabou com a lavoura cacaueira.

“Esses produtores puderam renegociar suas dívidas. Para o pagamento, eles terão oito anos de carência, em vez de quatro, e 12 anos para pagar, e não oito. Outro ponto importante é a disponibilização, por meio da biofábrica, de clones de plantas resistentes à vassoura-de-bruxa”, destacou o secretário.

Ele declarou também que o governo está trabalhando para a verticalização da indústria do chocolate em toda a região, com pequenas, médias e grandes fábricas. “Através da Seagri, estamos proporcionando ainda a diversificação, para que os produtores possam investir em várias culturas. Hoje, nessa região, somos os maiores produtores de graviola do mundo. Temos banana e estamos atraindo indústrias de suco e de processadores de frutos”.

De acordo com o secretário das Relações Internacionais, Fernando Schmidt, o salão será realizado em um ano em que se comemora também o centenário de Jorge Amado, que divulgou em sua obra a história do cacau no estado. “Isso significa um olhar de reconhecimento e um estímulo para que sejam superados obstáculos para que a cultura do cacau volte a viver uma situação de esplendor, não somente na produção, como também na industrialização”.

NO MEIO DO CAMINHO HAVIA UMA PEDRA, OU MELHOR, UM BURACO…

isso é uma rua, acreditem

A foto, do repórter Oziel Aragão, mostra uma rua no bairro Vila Anália, em Itabuna.

Parece disputa de rali, mas é apenas um motorista tentando sair do buraco em que inadvertidamente se meteu.

Pelo jeito, ele e outras 200 mil pessoas.

Polícia fará retrato falado de ladrões que roubaram carro de deputada baiana

A delegada Itana dos Santos Coelho, titular em exercício da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), que investiga o roubo do veículo oficial que servia à deputada estadual Maria Del Carmen, já encaminhou o motorista da parlamentar ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), na Avenida Centenário, para que seja confeccionado o retrado falado dos ladrões. No início da manhã de ontem (2), o motorista Valdir Boaventura foi abordado por dois homens armados em frente à residência da deputada, em Brotas, que levaram o Vectra, de cor preta, placa NTN-6822.

Enquanto registrava a ocorrência do roubo na DRFRV, o motorista teve acesso a fotografias de diversos criminosos com passagens naquela unidade especializada, mas não reconheceu nenhum deles como a dupla que o atacou na Rua Padre Daniel Lisboa, onde a parlamentar reside. Investigadores da DRFRV intensificaram as buscas ao veículo oficial.

 

EU BEBO SIM. E VOU MATANDO…

Apesar das campanhas, os irresponsáveis não param de matar

Dados da  Polícia Rodoviária Federal revela que o número de acidentes nas estradas federais que cortam a Bahia chegou a 527 no período de 16 de dezembro até esta segunda-feira, 2. O saldo é de 284 feridos e 42 mortes.

Com relação aos acidentes, houve aumento de 10,71% em relação ao final de 2010 e início de 2011. Houve elevação também no número de feridos (284 contra 268) e ligeira queda nos registros de mortes (46 no ano passado contra 42 este ano).

90% dos acidentes estão relacionados à imprudência, com destaque para ultrapassagens indevidas e embriaguez.

Ceplac integra política de meio ambiente da Bahia

cacau conserva o meio ambiente

 A Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), assumirá papel relevante na Política Estadual de Meio Ambiente e de Proteção à Biodiversidade e Política de Recursos Hídricos da Bahia a partir da vigência da Lei nº 12.377, de 28 de dezembro de 2011, sancionada pelo vice-governador Otto Alencar, no exercício do cargo de Governador. Também assinam a sanção os secretários estaduais da Casa Civil em exercício, Carlos Mello, e do Meio Ambiente, Eugênio Spengler.

  O superintendente de Desenvolvimento da Região Cacaueira da Ceplac no Estado da Bahia, Juvenal Maynart Cunha, classificou como histórica a inclusão da instituição e  aproveitou para agradecer a participação dos deputados estaduais Rosemberg Pinto (PT) e Leur Lomanto Júnior e Pedro Tavares (PMDB).

  A nova lei define que a Política Estadual de Meio Ambiente e de Proteção à Biodiversidade e a Política Estadual de Recursos Hídricos deverão ser implementadas de forma harmônica, integrada e participativa, inclusive com a compatibilização de seus instrumentos e planos, observada a legislação federal e estadual aplicável.

  A lei foi publicada na edição de 29 de dezembro passado no Diário Oficial do Estado e acrescenta diversos artigos, parágrafos e incisos à Lei nº 10.431, de 20 de dezembro de 2006. No artigo 117-A diz: “O cacau cabruca é um sistema agroflorestal (agrossilvicultural) que proporciona benefícios ambientais, econômicos e sociais, manejo, plantio, condução e interferências silviculturais nos elementos arbóreos, serão disciplinados em disposições regulamentares, ouvindo o Órgão Agronômico responsável pela Política Cacaueira da Bahia, a CEPLAC – SUEBA”.

ANO NOVO, LIXO VELHO

Em Itabuna, o serviço de coleta de lixo deve ter esticado o feriadão de Ano Novo.

Se não for isso, como justificar a falta de coleta em vários bairros, produzindo montanhas de lixo e aumentando o risco de doenças.

Sim, estamos em 2012, o mundo não vai acabar, mas tem horas que a cidade parece estar acabando.

Polícia baiana apreende mais meia tonelada de maconha

Isso é que é queimar um baseado…

Enquanto as 16 toneladas de maconha e o meio quilo de haxixe apreendidos há quase uma semana pela Polícia Civil eram incinerados, na Cerâmica Nordeste, localizada num trecho da BR-324, próximo a Feira de Santana, investigadores do Departamento de Narcóticos (Denarc), ainda em diligência em Cafarnaum, encontraram mais meia tonelada de maconha abandonada numa das duas fazendas naquele município, onde ao lado de uma terceira propriedade, em Canarana, houve, entre os dias 21 e 24, a maior  apreensão da droga já feita no Nordeste brasileiro.

              Cem cabeças de gado também foram abandonadas pelos traficantes na fazenda em Cafarnaum, e a exemplo dos quinhentos quilos de maconha encontrados.             Moradores da região confirmaram que o gado abandonado pertencia aos donos da fazenda onde havia plantio de maconha, chamados por eles de “forasteiros”. Levada para a Delegacia Territorial de Cafarnaum, a droga será periciada no Departamento de Polícia Técnica (DPT), em Irecê e, posteriormente, incinerada com autorização da Justiça. Já os animais ficarão na área de outra fazenda, cedida para o confinamento pelo proprietário, com o conhecimento do Ministério Público, podendo ser convertidos em benefício de alguma instituição.

QUEIMA DE MACONHA             

              O processo de incineração das mais de 16 toneladas de maconha e de meio quilo de haxixe foi coordenado pelo diretor do Denarc, que entre 21 e 24 deste mês comandou a operação de apreensão nas zonas rurais de Cafarnaum e Canarana, com o apoio da Polícia Militar.  A destruição das drogas aconteceu mediante autorização judicial.

              Acondicionados pelos traficantes em 3 mil sacos, os 16 mil e  15 quilos da maconha pronta para consumo  e o haxixe foram transportados até os fornos da cerâmica em caminhão baú, sob escolta de equipes da Coordenação de Operações  Especiais (COE). A incineração havia sido comunicada oficialmente ao Ministério Público, Judiciário, Corpo de Bombeiros, Departamento de Polícia Técnica (DPT), Diretorial Regional de Saúde (DIRES) e Secretaria de Meio Ambiente de Feira de Santana, tendo as instituições encaminhado representantes até a Cerâmica Nordeste. As 16 toneladas da droga seriam comercializadas durante o Verão e o Carnaval.

CIDADE TURISTIKA KA KA KA…

Por volta das 15 horas do primeiro dia de 2012, numa das mais movimentadas barracas da praia do litoral sul de Ilhéus, os garçons anunciaram:

-Acabou a cerveja!

Cerveja, ao que parece, é aquele produto que se consome muito durante o verão e, também ao que parece, vende bastante numa barraca de praia, num domingão ensolarado.

E nem se vai falar aqui dos preços, que por desnecessário dispensam  expressão “extorsivos”.

É a velha confusão entre explorar o turista e não o turismo, que em Ilhéus se soma ao clássico medo de perder que impede de ganhar.

paz2102paz

 

A imagem acima mostra um menino palestino enfrentando um tanque israelense com uma pedra.

Poeticamente, nos remete a um frágil e destemido Davi encarando um poderoso e truculento Golias.

E nos remete também à possibilidade bíblica de que o pequeno Davi derrote o gigante Golias.

Deixemos a poesia e a Bíblia de lado.

No mundo real, Golias sempre massacra Davi. Pela força econômica, pelo poderio bélico, pelo domínio tecnológico.

Com seus canhões de verdade e de simbologia.
Todos eles capazes de provocar destruição e/ou exclusão.

Entra ano, sai ano, as esperanças se renovam, mas os Golias continuam massacrando os Davis.

A imagem é tudo aquilo que não queremos em 2012.

Parece utopia sonhar com um mundo sem pedras e sem canhões.

Um mundo em que Davis não tenham que enfrentar Golias. Um mundo em que não ajam nem Davis nem Golias.

Um mundo que, ainda nesta primeira década do século XXI ainda parece sonho, mas que precisa se tornar realidade, a partir do momento em que se perceba a inutilidade das guerras, a brutalidade das desigualdades.

Que se descubra e se valorize quão importante é viver em paz, cultivar o amor e a solidariedade.

É pouco provável, quase impossível, que num único ano, ocorra uma transformação que ainda não se deu em milênios.

Mas, na medida em que cada um começar fazer a sua parte nesse processo teremos um mundo pouquinha coisa melhor, até que se chegue, não importa quanto tempo, a um mundo muito melhor.

2012, com certeza, não será o ponto de chegada deste mundo de paz e de amor.
Mas pode ser o ponto de partida.

Depende de cada um de nós

Depende de todos nós.

E quem nunca teve essa vontade de mudar, talvez não o mundo, mas a própria vida e a
vida das pessoas que estão próximas, para melhor, que atire a primeira pedra.

Melhor dizendo, que use a pedra para construir essa nova realidade.

GOVERNO FEDERAL LIBERA MAIS R$ 3 MILHÕES PARA AS OBRAS DO CANAL DA AMELIA AMADO

Obra quase parada, mas dinheiro não é problema (foto Pimenta na Muqueca)

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, revelou ao deputado federal Geraldo Simões que nos próximos dias serão liberados mais 3 milhões de reais para a obra do canal da avenida Amélia Amado, em Itabuna.

Como já foram liberados R$ 7 milhões e 331 mil reais, a Prefeitura de Itabuna já recebeu R$ 10 milhões e 331 mil, de um total de 12 milhões e 364 mil reais. Simões manifestou  ao ministro a importância da obra para Itabuna e ao mesmo tempo preocupação com a qualidade do serviço que vem sendo executado.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031