hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Conselho de Comunicação elege representantes da sociedade civil

Antonio do Carmo, da Secom, conduziu apuração dos votos

 

Em votação realizada na Fundação Luís Eduardo Magalhães, foram eleitos os representantes da sociedade civil que vão compor o Conselho Estadual da Comunicação, órgão consultivo para planejamento e elaboração de políticas públicas voltadas para a comunicação no estado. A criação do conselho foi aprovada pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

Segundo o secretário estadual da Comunicação, Robinson Almeida, a Bahia foi o primeiro estado a fazer uma conferência estadual de comunicação e a criar e instalar o conselho da área. “O nosso sentido é fortalecer o espaço da comunicação para que todos os profissionais, sejam radialistas, jornalistas, produtores, empresários, possam contribuir para que esta atividade tenha importância na economia e no mercado, gerando emprego e renda para a população”.

Almeida também ressaltou que a filosofia da Secretaria de Comunicação (Secom) é a mesma do Estado. “Participação popular, democracia e inclusão social. Nós estamos tratando esta área com o mesmo grau das outras, a exemplo da cultura, ciência e tecnologia, saúde, transporte, habitação”.

De acordo com Robinson Almeida, a comunicação é uma área que precisa da presença do Estado para produzir políticas públicas. “Isso é feito de forma democrática, em conferências, ouvindo a contribuição da sociedade ou com o Conselho, onde os membros podem sugerir ou opinar sobre os rumos da comunicação social do Governo do Estado”.

Idoso era mantido em cárcere privado por ex-empregada

Deficiente auditivo, sem filhos e sem nenhum contato com os familiares desde a morte da mãe, há quatro anos, um aposentado de prenome Galdino, 68 anos, vinha sendo mantido em cárcere privado por uma ex-empregada conhecida como Ana Lúcia, até ser resgatado, na tarde desta sexta-feira (25), por investigadores da Delegacia Especial de Atendimento ao Idoso (DEATI), na casa dela, situada na Avenida Lima e Silva, na Liberdade. Interessada no dinheiro da aposentadoria, Ana Lúcia foi surpreendida pelos policiais numa agência bancária, no centro de Salvador, quando aguardava a liberação de um novo cartão de débito do idoso, solicitado à gerência.

         Galdino havia sumido de sua casa, na Rua Vitor Serra, no bairro Pero Vaz, há quase um mês. Seu desaparecimento foi comunicado à DEATI, que, durante as investigações, conseguiu localizar alguns familiares do aposentado e descobrir o paradeiro de Ana Lúcia. A ex-empregada e uma parente de Galdino encontraram-se hoje à tarde na sede da DEATI, nos Barris, tendo a familiar levado o aposentado para a residência dela, no bairro de Roma.      

Desde o dia 31 de outubro, Galdino estava vivendo num quarto na casa da ex-empregada, que, segundo apurou a polícia, cuidou da mãe do aposentado até o falecimento. Ao saber do isolamento de Galdino, Ana Lúcia decidiu administrar a aposentadoria dele depois de descobrir que um casal vinha se apropriando do benefício, tendo até adquirido um veículo por meio de empréstimo de R$12 mil contraído em nome da vítima.  As identidades do casal, e os nomes completos de Ana Lúcia e Galdino estão sendo mantidos em sigilo, para não atrapalhar o andamento da investigação.

         Nesta sexta-feira, a ex-empregada dirigiu-se à agência bancária onde o idoso é correntista e solicitou o bloqueio do cartão que estava em poder do casal.  Desconfiado da atitude de Ana Lúcia, o gerente do banco acionou a equipe da DEATI, antes de providenciar o novo cartão solicitado. A ex-empregada e uma amiga que a acompanhava foram conduzidas à delegacia, onde prestaram depoimento.

Fenagro reúne empreendimentos da agricultura familiar da Bahia

Construir um espaço para promoção, divulgação e comercialização dos produtos da agricultura familiar e economia solidária. Este é o objetivo da II Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Febafes), que acontece entre os dias 26 de novembro e 4 de dezembro, no Parque de Exposições de Salvador.  O evento é uma parceria da Secretaria de Agricultura/Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola, EBDA/Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf), com a União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidaria do Estado da Bahia (Unicafes Bahia), Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), além dos bancos do Brasil (BB) e do Nordeste (BNB) e o Sebrae.

A Febafes reunirá, pelo segundo ano consecutivo, pequenos produtores rurais da Bahia contemplados pelas políticas de fortalecimento implementadas pelo MDA, em parceria com o governo do Estado da Bahia, e será realizada em paralelo com a Feira Nacional da Agropecuária (Fenagro), que acontece entre os dias 26 de novembro e 04 de dezembro, no mesmo local.Durante o evento, serão realizadas múltiplas ações voltadas ao fortalecimento da agricultura familiar, como a promoção de cursos e oficinas para os expositores, dirigentes e técnicos das cooperativas e associações. Na programação está prevista, ainda, a realização do Encontro Nacional das Cooperativas filiadas à Unicafes; debates sobre o desempenho e prospecção para 2011 do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE); oficinas de Assistência Técnica e Extensão Rural e de acesso a mercados para quilombolas e indígenas.

Um dos objetivos centrais da Febafes é garantir a inserção dos produtos da agricultura familiar e da economia solidária em diferentes redes de consumo da Região Metropolitana de Salvador. Com este intuito serão realizadas quatro rodadas de negócio, com o apoio metodológico do SEBRAE, tendo como público-alvo supermercados, restaurantes, hotéis, escolas públicas e consumidores finais.

Governo da Bahia publica decreto com redução da poligonal do Porto Sul

nova poligonal exclui áreas mais povoadas

A edição deste sábado (26) do Diário Oficial do Estado da Bahia publica o decreto de redução da poligonal do Porto Sul, de 4.833 para2.268 hectares, na área denominada ‘Aritaguá’. Isto significa a retirada integral das comunidades de Lavapés, Valão e Itariri das áreas afetadas pelo empreendimento que será construído em Ilhéus, na região Sul da Bahia.

O decreto reduzirá também a área reservada para ativo ambiental de1.860 hectarespara1.703,91 hectaresem Ponta da Tulha. Esta redução será sobre a área mais antropizada, ficando mantidos pontos de maior riqueza do ponto de vista biótico. Serão beneficiados os condomínios Verdes Mares, Barra Mares e Paraíso do Atlântico, onde está concentrada a maior densidade populacional.

Segundo Eracy Lafuente, coordenador de Políticas Públicas de Infra-estrutura da Casa Civil do Governo da Bahia, dessa forma o Governo cumpre o compromisso firmado com as comunidades. Durante a Audiência Pública realizada pelo IBAMA, em 29 de outubro último, para licenciamento ambiental do empreendimento, foi protocolado documento onde o governo baiano assumia esse compromisso de publicação do decreto de redução da poligonal do Porto Sul. “Estamos efetivando o que ficou pactuado em todo o processo de interação social com as comunidades”, disse Lafuente. “A nova poligonal representa a redução dos impactos sociais e ambientais do projeto”.

 

ALAMBIQUE: MAIS DOIS IMORTALCOOLIZADOS

um brinde aos novos alambiqueiros

A sala do diretor do jornal Agora, José Adervan, que dispõe de um farto e variado estoque de cachaça, está se tornando a sede provisória da Academia de Letras, Artes, Musica, Birita, Inutilidades, Quimeras, Utopias, Etc. (ALAMBIQUE).

         Na noite de quinta feira, em meio ao consumo de quatro garrafas da espetacular Piragibana e de alguns tragos na Claudionor, foram imortalizados por este blogueiro, presidente vitalício e imortalício e pelo vice Walmir Rosário, dois novos alambiqueiros: o empresário de transportes coletivos João Duarte e o recém nomeado diretor da Agência de Controlo dos Serviços Públicos Municipais, Jorge Vasconcelos.

         Além da cachaça, ainda rolou uma picanha de primeira e uma calabresa de lamber os beiços, já que no quesito receber bem,  Adervan faz jus à imortalidade que lhe foi devidamente concedida pela  Alambique.

         E assim, de imortal em imortal e de gole em gole (bota gole nisso) a academia se consolidada como uma alternativa bem humorada e anárquica aos fardões que pululam no eixo Ilhéus-Itabuna.

50 anos de pintura: a exposição de Waldomiro de Deus na Bahia

Waldomiro nos anos 70: arte em eterno movimento

Será aberta nesta sexta feira (25) às 19 horas, no Centro Cultural dos Correios, no Pelourinho, em Salvador, a exposição “Waldomiro de Deus, 50 anos de pintura”. A mostra traz uma retrospectiva de meio século de arte do artista plástico nascido em Itagibá, no Sul da Bahia, que emigrou ainda menino para São Paulo e hoje é considerado um dos maiores primitivistas do país.

A exposição permite uma  ´leitura´ da obra de Waldomiro de Deus, carregada de brasilidade, manifesta-se em várias direções, como religião, política, história, além das vivências, momentos produtivos, de lazer, de sonho e alucinações que produzem uma arte única e vibrante. “Fizemos um recorte que permita expressar o essencial de seu universo telúrico e facilite a aproximação do público de uma arte às vezes intensa como um tsunami e outras vezes leve como o vôo do pássaro”, afirma Enock Sacramento, curador da mostra, que fica aberta ao público até o dia 7 de janeiro de 2012.

Os quadros expostos incluem um guache sobre cartolina, técnica utilizada por Waldomiro no início de sua carreira, marcada  pelo simbólico e por uma forte influência religiosa e pelo exótico. Passam também por obras que marcam sua peregrinação pela Europa e Israel e o retorno ao Brasil, onde se estabeleceu em Osasco, na Grande São Paulo. Uma das peculiaridades de sua casa havia um quarto com caixão de defunto, onde costumava descansar e buscar inspiração.

Trata-se de uma dessas exposições imperdíveis, ainda mais por se tratar de um artista sul-baiano que ainda está a merecer o devido reconhecimento em sua terra.

Incra lança campanha nacional contra venda de lotes da reforma agrária

O Incra lança, nesta sexta-feira (25),  a primeira campanha de mídia em nível nacional desenvolvida para coibir a prática ilegal de venda de lotes em assentamentos da reforma agrária. A apresentação do material será feita pelo presidente da autarquia, Celso Lisboa de Lacerda, durante entrevista coletiva que ocorrerá na sede do Incra, em Brasília (DF), às 15h.

A campanha, que será veiculada no período de 27 de novembro a 26 de dezembro de 2011, tem como protagonista o ator Osmar Prado. Além de  um vídeo que será transmitido em TVs abertas e por assinatura, a ação de publicidade pública contará com  inserções de peças publicitárias em revistas semanais, rádios regionais e portais da internet.

A ação de marketing do Incra produziu ainda material informativo para assentados e acampados. Com o mote: “Reforma Agrária: esta conquista não está à venda”, a campanha produziu cartazes e folders para serem distribuídos entre os beneficiários do programa de Reforma Agrária do Governo Federal. Outro objetivo da iniciativa é trabalhar a nova imagem institucional do órgão, enfatizando a seu papel na democratização do acesso à terra contribuindo par aa erradicação da miséria no Brasil.

Em todo o Brasil quase um milhão de famílias vive em 8,7 mil assentamentos atendidos pelo Incra. De janeiro a outubro deste ano o Incra vistoriou 21.287 lotes situados em 13 estados e no Distrito Federal.

Vacinação contra Febre Aftosa deve ser realizada até o dia 30

A segunda etapa da campanha de vacinação contra Febre Aftosa está na reta final na Bahia. Os criadores têm até o dia 30 de novembro para vacinar e declarar os rebanhos bovino e bubalino nos escritórios locais da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab). Nesta etapa apenas os animais com idade até 24 meses deverão ser vacinados, mas é necessário declarar todo o rebanho, mesmo aqueles produtores que não possuem bovinos para vacinar nesta etapa de novembro. Já nos oito municípios que compõem a Zona de Proteção todo o rebanho deve ser vacinado e declarado.

Para comprovar a vacinação do rebanho o criador deve se dirigir até um dos escritórios da Adab, estrategicamente localizados nos municípios baianos, e apresentar a nota fiscal da compra da vacina e informar a data de realização da vacinação, além da quantidade de animais vacinados por faixa etária “O pecuarista que não vacinar ou deixar de declarar seu rebanho estará sujeito às penalidades previstasem Lei. Valelembrar que a emissão de guia de trânsito animal – GTA –  está condicionada à regularização do seu cadastro junto à Adab, com a comprovação da vacinação”, esclarece o diretor de defesa animal da Agência, Rui Leal.

Segundo Antonio Lemos Maiaresponsável Técnico do Programa Estadual de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa na Bahia, a manutenção dos índices elevados de vacinação é condição essencial para a manutenção e evolução da agropecuária baiana. “Os resultados da campanha de vacinação não refletem somente na abertura de novos mercados, mas também na formação dos preços internos dos produtos de nossa agropecuária e na geração de trabalho e renda”, reforça Maia.

PARA-CHOQUE DE CAMINHÃO

“Quando uma mulher sofre em silêncio é porque seu celular está sem crédito”

UM TEXTO DE RICARDO KOTSCHO QUE EU ASSINO EMBAIXO

Nós paulistas somos agora todos corintianos
                                                                           por Ricardo Kotsho

Sou paulista, paulistano e são-paulino, como vocês podem ler na apresentação do meu blog aí ao lado. Semanas atrás, quando todos os outros grandes paulistas caíram fora da disputa, escrevi aqui mesmo que só nos restava torcer pelo Corinthians, o único paulista que continuava na luta pelo título do Brasileirão contra um monte de cariocas. Teve muita gente que me xingou, claro.

Pois, pela primeira vez na vida, torci hoje pelo Corinthians, como os corintianos. Sofri quando o time tomou o gol do Atlético e, por algum motivo estranho que não sei explicar, tinha certeza de que o “meu time” iria virar o jogo. Enquanto preparava a canja do jantar para a família, vi o Liedson empatar o jogo e Adriano marcar o gol da vitória.

Logo o Adriano, tão execrado por todos nós da imprensa, inclusive eu. Na sexta-feira, ao final de uma entrevista de mais de duas horas que fiz com o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, junto com meus colegas Nirlando Beirão e Alex Solnik, reportagem que será capa da edição de dezembro da revista “Brasileiros”, perguntei a ele se a contratação do Adriano não tinha sido seu maior erro no comando do Corinthians.

Com aquele seu jeito de quem sabe mais do que os outros sobre os bastidores do futebol,  mesmo sem ter título de doutor nem herança de família, e muito menos sem parecer arrogante, o ex-feirante Andrés não entregou os pontos, não. Deu a entender que, apesar de quase não ter jogado este ano, acusado de ficar gordo por beber demais, Adriano ainda faria a diferença.

 Não deu outra. Na tarde deste domingo, na heróica vitória do Corinthians por 2 a 1 contra o Atlético Mineiro, no Pacaembu, foi Adriano quem marcou o gol da vitória e colocou o Timão na boca do título brasileiro.

“Esse aí é o Lula do futebol”, comentou baixinho comigo, ao final da entrevista, o mineiro Nirlando Beirão, meu colega no “Jornal da Record News”, comandado pelo também corintiano Heródoto Barbeiro.

Matou a pau. Execrado pela imprensa e pelos doutores do futebol, como Juvenal Juvêncio, o coronel que implantou a ditadura quatrocentona no meu São Paulo, Andrés sempre remou contra a maré. Só estudou até o antigo ginásio porque ia trabalhar de madrugada no Ceasa, para ajudar a família, jogou de lateral direito nos times de base do seu time do coração e foi um dos fundadores da “Pavilhão 9″, a mais fanática torcida organizada do Cornithains.

Pegou um clube falido, rebaixado à Segunda Divisão, deu a volta por cima e multiplicou por cinco o faturamento da marca Corinthians, que passou de R$ 60 milhões por ano, em 2007, para mais de R$ 300 milhões, em 2011. Como o tricolor Chico Buarque, agora vou torcer para o time do Andrés Sanchez ser campeão brasileiro para dar uma alegria ao nosso amigo comum Luiz Inácio Lula da Silva neste momento difícil da sua vida.

Confesso que, pelo que eu lia na imprensa, não tinha o menor apreço por este cara. Achava-o apenas um corintiano analfabeto, ladrão e cafajeste, como não se cansa de falar dele o Juvenal Juvêncio, do alto da sua sabedoria que detonou o maior clube do país.

Gostaria muito que o Andrés um dia fosse presidente do meu São Paulo para tirá-lo do buraco em que afundou. E que o Juvenal ficasse no lugar do Andrés na presidência do Corinthians, quando ele passar o cargo em fevereiro do ano que vem, com a faixa _ espero _ de campeão brasileiro no peito, tocando as obras do Itaquerão.

Apreendidos 15 kg de maconha em Eunápolis

Investigadores da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) – Eunápolis apreenderam, 15 quilos de maconha em um imóvel que funcionava como depósito de drogas, na Travessa Água Marinha, número 212, no bairro de Santa Isabel. Na ocasião, o traficante Erico Ricardo Cardoso, o “Neguinho”, 20 anos, recebeu os policiais a tiros, com uma pistola 380. Ele estava em companhia de uma adolescente de 17 anos, que também está ligada ao tráfico de drogas.

         Com passagens pela polícia por tráfico de drogas, “Neguinho” foi atingindo durante o confronto e, em seguida, socorrido pelos policiais para o Hospital Regional de Eunápolis, onde não resistiu aos ferimentos. A adolescente que estava com ele foi apreendida e encaminhada ao Ministério Público (MP). Ela é namorada do traficante “Preto”, que é tio de “Neguinho”. A operação é resultado de investigação, coordenada pelo delegado Evy Paternostro, titular da 23ª Coorpin.

         No depósito, os policiais encontraram a maconha prensada em nove tabletes de pesos diferentes, acondicionadas em mochilas e malas de viagem espalhadas pelos cômodos da casa. Quatro balanças de precisão,296 gramasde “crack”,15 gramasde cocaína e sete munições calibre 38 e 380 também foram encontrados. Sete cadernetas com anotações sobre o tráfico de drogas na região também estavam no local. O material apreendido foi encaminho para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT), de Eunápolis.

 

Reajuste retroativo de 7,5% para professores na Bahia

Os professores da rede estadual de ensino terão reajuste salarial. A Assembleia Legislativa da Bahia aprovou o Projeto de lei de autoria do poder executivo que vai definir reajuste salarial dos professores da educação básica, garantindo ganho real da ordem de 10,64% até 2014. O aumento é retroativo ao mês de janeiro e terá um impacto médio mensal de 7.5% nos salários dos quase 40 mil docentes, ao custo de R$ 83 milhões de reais. Esse projeto é resultado do acordo assinado pelo Governo da Bahia, por meio das secretarias estaduais da Educação e da Administração, com a APLB Sindicato. Ele adequa o salário dos docentes ao piso nacional.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30