hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Empresas apresentam projetos de R$ 400 milhões para o setor da pesca e aquicultura na Bahia

O presidente da Bahia Pesca Isaac Albagli se reuniu em Brasília, com o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, e o presidente do BNDES, Luciano Coutinho. No encontro, Albagli apresentou três propostas de financiamentos para empreendimentos de grande porte no setor da pesca e aquicultura, já que a Bahia Pesca, órgão vinculado à Secretaria da Agricultura, é a catalisadora que contribui para estes investimentos.

O primeiro, no valor de R$ 300 milhões, do Grupo Leardini, de Santa Catarina, é voltado para a pesca oceânica e a criação do peixe panga em cativeiro. O investimento inclui a construção de um frigorífico de grande porte e um centro de distribuição de pescado. Outro projeto é do grupo português PescaNova, que pretende instalar uma empresa para a criação de tilápia no município de Glória. O investimento é avaliado em R$ 95 milhões.

Já o grupo Graciosa tem um projeto para a produção e beneficiamento de ostra. Nesta iniciativa, com previsão de investimento na ordem de R$ 15 milhões, serão envolvidos os pequenos produtores com base no denominado “Sistema de Integração”.

O presidente da Bahia Pesca explicou que “o crescimento da Bahia neste setor, 52% nos últimos cinco anos, aliado a sua enorme costa marítima, vem despertando o interesse de investidores de grandes grupos”. Isaac Albagli esclarece que a prioridade do governo é a pesca artesanal e a aquicultura familiar, “mas ao lado destas atividades, podemos investir na pesca oceânica e em grandes projetos, inclusive em parceria com os pequenos pescadores e aquicultores”.

BID LIBERA R$ 16 MILHÕES PARA PROJETOS AMBIENTAIS NA BAHIA

O  Secretário do Meio Ambiente da Bahia, Eugenio Spengler e o  Representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento no Brasil (BID), Juan Carlos De La Hoz (foto) assinaram hoje (27), em Brasília,  o Programa de Desenvolvimento Ambiental do estado da Bahia,  para acelerar e fortalecer os programas de modernização e de gestão ambiental já em execução no estado.  Ambos destacaram a circunstância positiva da assinatura após a Rio+20.

O total do financiamento é de US$ 16,7 milhões  sendo US$ 6,7 milhões, de contrapartida do estado, para execução em 4 anos e prazo de 25 anos para pagamento.

Satisfeito , o Representante do BID, Juan Carlos De La Hoz revelou que o programa baiano é o primeiro financiamento destinado pelo banco à programas de preservação ambiental  e desenvolvimento sustentável assinado após a realização da Rio+20.

“ Essa é uma circunstância super positiva pois vamos aplicar nossos recursos em dois pontos que marcaram a Conferência e que necessitam de gestão ambiental: a preservação dos recursos hídricos e da biodiversidade”,  afirmou Juan Carlos, apontando a similaridade de conteúdo do que foi aprovado na Rio+20 com o contrato assinado.

Para Eugenio Spengler,  o contrato foi assinado na hora certa coincidindo com o que foi aprovado na Rio+20, o que vai ajudar a acelerar os investimentos em projetos ambientais na Bahia.

O dinheiro será aplicado no fortalecimento da capacidade de planejamento e gestão ambiental da Secretaria do Meio Ambiente  e na melhora da efetividade da conservação das APAs priorizadas em duas regiões: a RMS (Região Metropolitana de Salvador) e  na Bacia do Leste na busca de soluções para desafios e conflitos ambientais em áreas protegidas, diante da agenda de projetos de desenvolvimento econômico previstos pelo estado da Bahia.

“O objetivo do programa é modernizar o sistema de gestão ambiental do estado da Bahia contribuindo para a conservação e o uso sustentável dos recursos naturais, principalmente, dos recursos hídricos”, afirmou Eugenio.

PALHAÇO TIRULIPA, FILHO DO PALHAÇO DEPUTADO TIRIRICA, DESISTE DE CANDIDATURA E APÓIA PALHAÇO CHICLETE. É ELEIÇÃO OU É CIRCO?

e você aí achando que eles é que são os palhaços…

Everson de Brito Silva, o palhaço Tirulipa (PSB), anunciou que desistiu de concorrer a uma vaga na Câmara Municipal de Fortaleza nas eleições deste ano. Ele é filho do deputado federal mais votado do país em 2010, o palhaço Tiririca (PR).

“Eu me filiei ao PSB em outubro de 2011, mas não tinha certeza de que sairia candidato. E aí fui pensando, conversei com a família e decidi que agora não é a hora. Não quero entrar na política pela empolgação de ser filho do Tiririca”, disse ao UOL.

Tirulipa declarou que vai continuar filiado ao PSB e que pode apoiar amigos e parentes nestas eleições. “Meu tio, o Francisco Hélio [irmão de Tiririca], conhecido como Palhaço Chiclete, vai sair candidato pelo PC do B, eu acho. Não conversei com ele ainda por causa da correria, mas posso apoiá-lo também.”

 

FARMACIA DA BAHIA EM 38 MUNICÍPIOS

Até o final de 2012, 38 municípios baianos serão beneficiados com a implantação de unidades da Farmácia da Bahia, segundo convênios firmados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e as respectivas prefeituras, em cerimônia realizada nesta terça-feira (26), na Fundação Luís Eduardo Magalhães, em Salvador.

A iniciativa garante o investimento de R$100 mil, dos quais R$90 mil serão da Sesab, para a construção das unidades, que distribuirão medicamentos gratuitamente, como para hipertensão e diabetes. O programa terá a gestão da Bahiafarma e visa assegurar à população, melhor acesso aos remédios e como usá-los de forma racional.

Segundo a diretora da Bahiafarma, Julieta Palmeira, além de melhor atendimento ao público, a Farmácia da Bahia proporcionará aos municípios uma logística mais eficiente para distribuição e armazenamento dos remédios. “Muitas vezes os remédios se perdem por estarem mal acondicionados ou por não serem observados os prazos de validade. Com as unidades, haverá uma forma adequada de condicionamento dos medicamentos”.

Para o secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, “muitas vezes encontramos farmácias inadequadas, mas a cooperação entre o estado os municípios é muito importante para resolver esse problema e permitir que a assistência farmacêutica chegue a todos os cidadãos”.

Nesta primeira fase, a Farmácia da Bahia chegará, além dos 38 que já assinaram o convênio, a outros municípios com até 15 mil habitantes, mas a intenção da Sesab, é que a rede seja expandida para todo o estado. “É muito mais que a construção de um prédio. É aumentar o acesso da população a atenção integral à saúde”, afirmou o superintendente de Assistência Farmacêutica, Ciência e Tecnologia em Saúde da Sesab, Alfredo Boa Sorte.

ILHEUS, CAPITAL BRASILEIRA DO CHOCOLATE

é daqui que sai o chocolate mais saboroso do mundo

O IV Festival Internacional do Chocolate da Bahia promete transformar a cidade de Ilhéus na capital brasileira de chocolates finos. O evento acontecerá de 28 de junho a 2 de julho, no Centro de Convenções do município, e reunirá investidores, turistas, pesquisadores, estudantes e chefs de várias partes do planeta. O Festival agrega diversos segmentos da cadeia produtiva do cacau e do chocolate, expõe e vende produtos derivados, promove cursos e palestras sobre o tema, oferece um espaço exclusivo para crianças, além de uma série de atividades culturais, com shows de artistas regionais e nacionais. A unidade regional do Sebrae em Ilhéus é mais uma vez parceira do evento.

Este ano, o Festival do Chocolate terá como tema “Amado Chocolate na Terra de Jorge”, em comemoração ao centenário de nascimento do escritor baiano Jorge Amado, um dos mais importantes autores da literatura, traduzido em 55 países e em 49 idiomas. Além disso, o evento traz atrações e personalidades do mundo do chocolate e o público estimado é de 30 mil visitantes. “Nós somos parceiros desde a primeira edição, em 2009, e acompanhamos de perto crescimento do evento, que este ano ganha o status de internacional”, afirma o coordenador da Regional do Sebrae em Ilhéus, Renato Lisboa.

“A Bahia não quer apenas fazer um bom chocolate. Quer toda experiência envolvida nesse produto, compartilhada, inclusiva, ecologicamente correta, socialmente justa e que traga benefícios a toda cadeia produtiva do cacau e do chocolate”, afirma o realizador do evento, o publicitário Marco Lessa, da M21/MVU. Segundo ele, isso fará do chocolate da Bahia um produto que, além de saboroso e único, é capaz de atrair o público de todo o mundo.

O Festival do Chocolate da Bahia, em Ilhéus, integra o circuito estadual de eventos deste ano, que envolve outros dois eventos em Salvador: o Fórum Mundial do Chocolate, realizado nos dias 4 e 5 de julho, e o Salon du Chocolat da Bahia, de 6 a 8 de julho. Esta ação é uma iniciativa da Associação dos Produtores de Cacau do Sul da Bahia (APC), com realização da empresa M21/MVU Eventos, em parceria com o Governo da Bahia, através da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Regularização Fundiária (Seagri), Secretaria de Turismo da Bahia (Setur), Secretaria de Desenvolvimento e Integração regional (Sedir), Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Comissão Executiva da Lavoura do Cacau (Ceplac), Ministério da Agricultura, Sebrae, e apoio do governo do Pará, além de produtores, fábricas e empresários.

Denarc já apreendeu 17 toneladas de maconha na Bahia em 2012

Mais de 17 toneladas de maconha já foram apreendidas este ano, na Bahia, pelo Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc) e as três Delegacias de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), instaladas em Salvador, Feira de Santana e Teixeira de Freitas, cujos policiais também apreenderam, entre janeiro e maio, 14, 6 quilos de cocaína, 16 quilos de crack e 4 mil 468 pedras da mesma droga. Resultado das ações de combate à comercialização e consumo de entorpecentes no estado, os números foram divulgados pelo diretor do Denarc, delegado Jorge Figueiredo, nesta terça-feira (26), Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas.

Nos cinco primeiros meses deste ano, as equipes do Denarc e das DTEs prenderam em flagrante 378 traficantes, a grande maioria homens (325).  Neste período, 53 mulheres foram autuadas pela prática desse delito. Trezentos e vinte e oito usuários de drogas foram detidos e conduzidos para as delegacias especializadas. O Departamento de Narcóticos e as três DTEs dispõem de um efetivo de 95 policiais, sendo 12 delegados, 16 escrivães e 67 investigadores.

 

 

SEAGRI INSTALA ESTAÇÕES METEOROLÓGICAS NO SEMIÁRIDO

Visando ampliar a rede de coleta de dados meteorológicos no semiárido baiano, de suma importância especialmente nos períodos de seca, quando se torna ainda mais necessário o monitoramento do clima para a gestão dos recursos hídricos disponíveis, a Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri) está instalando estações meteorológicas em seis municípios que possuem projetos de irrigação. Nesta terça-feira (26), o secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, e o superintendente de Irrigação da Seagri (Sir), Marcelo Nunes, inauguraram o equipamento instalado no Distrito de Irrigação do Jacuípe, no município de Várzea da Roça, no Território de Identidade da Bacia do Jacuípe.

O secretário informou que, além de Várzea da Roça, as estações estão sendo instaladas nos municípios de Paulo Afonso, Tucano, Ponto Novo, Ribeira do Amparo e Jequié. Ele destacou que, dentre outras aplicações, os dados registrados pelas estações meteorológicas são importantes também para subsidiar os relatórios elaborados pela Empresa Bahia de Desenvolvimento Agrícola (EDBA), vinculada à Seagri, para confirmar as perdas de safras por causa da seca ou excesso de chuvas, assegurando aos agricultores o direito de receber o Seguro Garantia Safra.

As estações meteorológicas medem a precipitação, temperatura, umidade relativa do ar, velocidade do vento e a radiação solar, registrando e armazenando os dados por um ano. Conhecidos estes cinco parâmetros meteorológicos, a estação calcula a evapotranspiração, ou seja, a necessidade correta de irrigação, dados estes que servirão para todos os agricultores da região, orientando-os quanto à quantidade de água a ser aplicada nas culturas desenvolvidas.

 

ISSO É QUE É LEVAR AS “MÚSICAS” AO P… DA LETRA

“fala aqui no microfone!”

Causou frisson  na internet e reação do Ministério Público a foto tirada num show da banda “Chica Égua”, em Teresina, no Piauí. Na imagem, uma jovem supostamente pratica sexo oral em um rapaz em cima do palco, durante o show, sob o olhar estarrecido da plateia.

As letras das músicas que a banda apresenta nos shows são marcadas pela incitação ao sexo.  ”A minha prima prima trabalha/ Numa firma chamada “Voceta”/ Não era carteira assinada/ O bagulho era tudo na treta/ Mandaram ela ir embrora/ Sem nenhuma chance, nem deram moral/ Deram um conselho pra ela/Bota a “Voceta” no pau”, diz um dos trechos das “canções”. “Não tenho cama box,/ Só faço amor no escuro/ Mas o que “as mina pira”,/É na cama de pau duro”, mais um sucesso da Chica Égua. Outro hit do grupo de pagode: “Soca a boca aqui.”

A indignação dos internautas foi parar na Justiça. O promotor Francisco de Jesus, do Ministério Público do Estado do Piauí, levou um susto quando acessou o Facebook e viu a imagem. “Vi aquelas imagens depreciativas, ridicularizando a mulher e por isso estou instaurando um procedimento para identificar os responsáveis por isso”, disse em entrevista ao site 180 Graus.

 

Primeiro ‘aulão’ do Enem e vestibular será nesta quarta-feira

O primeiro ‘aulão’ direcionado aos estudantes da rede estadual de ensino que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e vestibulares será nesta quarta-feira (27), às 14h, na Escola Parque, bairro da Caixa d’Água, em Salvador. Organizado pela Secretaria Estadual de Educação e pela equipe do professor Jorge Portugal, os ‘aulões’ acontecem em Salvador às quartas-feiras e sábados e, no interior, aos sábados, até o mês de outubro próximo.

No total, serão 384 ‘aulões’, em 13 bairros de Salvador e onze municípios. Serão trabalhados 32 temas nas áreas de matemática, linguagens, ciências da natureza e ciências humanas. Os temas foram selecionados a partir da avaliação das provas dos anos anteriores. Cada aulão desenvolverá dois temas. Os ‘aulões’ contarão com a participação de 500 a 700 estudantes. Todos os ‘aulões’ realizados na Escola Parque serão filmados e exibidos pela TVE Bahia e disponibilizados no Portal da Educação.

PROFESSORA ORIENTA PAIS DE ALUNO REBELDE A USAREM “PSCOLOGIA DA SURRA”

“psicologia é o cacete…”

Uma professora da escola municipal José de Anchieta, em Sumaré, no interior de São Paulo, mandou um bilhete aos pais de um aluno de 12 anos orientando-os a dar cintadas e varadas para educá-lo.

O bilhete, em papel timbrado da escola e escrito à mão, indica que os pais conversem com o garoto e, se isso não resolver, que partam para a agressão. “Se a conversa não resolver. Acho que umas cintada vai resolver (sic)”, diz o recado, com erros de português.

Segundo os pais, o menino teve diagnóstico de dificuldade de aprendizagem há dois anos. Ele está na 5ª série e passa por acompanhamento psicológico.

Em outro trecho, a docente afirma: “Esqueça tudo o que esses psicólogos fajutos dizem e parta para as ‘varadas'”.

A família diz que o aluno sofreu bullying dos colegas após críticas da professora. Os pais teriam procurado a direção, mas não tiveram resposta.

A prefeitura afirma que o aluno continua a frequentar as aulas e que a família foi atendida pela equipe de orientação educacional da escola após a direção tomar conhecimento do bilhete.

Segundo a nota, a Secretaria Municipal da Educação está tomando medidas administrativas e pedagógicas. O nome da professora não foi divulgado. (do Uol)

Porto Sul é esperança de novas oportunidades no Sul da Bahia

Kaline vê o futuro com esperança“O Porto Sul é a certeza de  meu filho terá as oportunidades que eu não tive por causa da crise do cacau”. Com essa frase,  a estudante de Serviço Social em Ilhéus, Kaline Viana, de 27 anos, resume o sentimento de milhares de jovens de todo o Sul da Bahia. Grávida de cinco meses, a espera de um menino, Kaline acredita que seu primeiro filho vai nascer e crescer numa região com novas oportunidades, em que os jovens não precisem emigrar para outras regiões, ou mesmo outros estados, em busca de trabalho. “O Porto Sul é a chance de uma vida melhor e temos que nos capacitar para esse novo momento e nos inserir no mercado de trabalho”, afirma Kaline, que defende que as empresas que se instalarão no Sul da Bahia, além de valorizar a mão de obra local, adotem a política do 1º. Emprego para juventude.

Investimento de R$ 3,5 bilhões do Governo da Bahia, em parceria com a Bahia Mineração, o Porto Sul está em fase de licenciamento ambiental pelo Ibama. Obtida a licença ambiental, a previsão é de que as obras comecem ainda em 2012, com previsão de conclusão para 2014, juntamente com a Ferrovia Oeste Leste. Para Dino Rocha, diretor do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ilhéus, “temos que apoiar iniciativas que trazem desenvolvimento,  como o Porto Sul, pela capacidade de atração de novos empreendimentos e geração de empregos. Não podemos depender apenas do setor público”. A Prefeitura de Ilhéus, com cerca de seis mil servidores entre concursados e cargos de confiança, é a maior empregadora da cidade. “O futuro de Ilhéus passa pelo Porto Sul”, afirma.

A presidenta do Sindicato dos Comerciários de Ilhéus, Crismélia Mali Moreira da Silva, diz que o setor emprega cerca de cinco mil pessoas, mas no período de baixa estação o número de demissões é elevado. “O Porto Sul será benéfico para o comércio, porque teremos um aquecimento da economia e movimento durante todo o ano”, diz Crismélia. Ela considera fundamental a realização de cursos de qualificação profissional entre comerciários e prestadores de serviço e revela que o sindicato pretende estabelecer parcerias com o Sesc. Senac e outras instituições, “capacitando e valorizando a mão de obra regional”.

EMPREGO, RENDA E QUALIDADE DE VIDA

 

capacitação profissional e inserção das comunidades

Qualificação, inserção social e serviços públicos que atendam às novas demandas oriundas do Porto Sul e também da Ferrovia Oeste Leste. Essas são as prioridades definidas pelo Comitê de Entidades Sociais em Defesa de Ilhéus (Coeso).O coordenador do  conselho, Aldicemiro Ferreira Duarte Luz,  o Mirinho, ressalta que “o Porto Sul significa a possibilidade concreta de revitalizar a economia sulbaiana, combalida pela crise da lavoura de cacau, eu já dura duas décadas”. Mirinho explica que o Coeso tem atuado em parceria com o Governo da Bahia, responsável pelo porto público, e a Bamin, que vai operar um terminal privativo, no sentido de garantir que as pessoas que moram  na área de influência do projeto sejam inseridas nos programas de qualificação, através do estabelecimentos de cotas para cada comunidade.

O Coeso também defende  ainda a ação de políticas públicas que atendam essas comunidades nas áreas de saúde, educação, segurança, transporte e estrutura urbana, conciliando desenvolvimento com qualidade de vida. Mirinho faz um alerta para o fato que “haverá um considerável aumento na arrecadação e cabe à sociedade zelar para que os gestores sejam responsáveis e administrem os recursos em benefícios da população”.

Moradoras de assentamento participam de curso de horticultura

A Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola S.A. (EBDA) oferece um curso de horticultura, nesta terça-feira (26), para um grupo formado por sete mulheres, do Projeto de Assentamento (PA) Vavá, no município de Uruçuca.  O PA é atendido pela equipe de Assessoria Técnica, Social e Ambiental (Ates), do Escritório Local da EBDA, situado em Itabuna.

A capacitação será ministrada pelos engenheiros agrônomos da EBDA, Arnaldo Libório Filho e Wellington Leite, para incluir conhecimentos técnicos na produção de hortaliças do assentamento, utilizando o manejo sustentável. “Esse grupo já trabalha com horticultura. Iremos orientá-las na utilização de resíduos da própria fazenda – esterco, casca de cacau, folhas secas, frutas – para produção de composto orgânico, que será aplicado na adubação das hortas. A intenção é aumentar a produtividade e diminuir os custos”, afirmou Libório.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
julho 2018
D S T Q Q S S
« jun    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031