hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

EIS A OUTRA QUE ARRUMEI EM SUNPOLO!

e aí, vai encarar essa loira? é só 1 real

Chega ao fim o mistério que durante três dias catalisou as atenções deste blog, do país e quiçá do planeta.

Revelo aqui, sem rodeios, subterfúgios ou photoshops enganosos a outra que arrumei durante uma breve estadia em Sunpolo.

A Outra, no caso, é uma cerveja (argh!) que custa apenas 1 real a latinha e  pode ser encontrada nos melhores (ou seria nos piores?) bares da periferia profunda da Grande São Paulo.

A Outra (e apenas uma mísera latinha) já está incorporada ao patrimônio da Academia de Letras, Artes, Musicas, Birita, Inutilidades, Quimeras, Utopias Etc, onde deverá permanecer por toda a eternidade, posto que o imortal da  Alambique que se  atrever a degustar (ou seria desgostar?) essa bomba, será automaticamente “desimortalizado”.

 

 

Confissões das Mulheres de 30, em Ilhéus

As mulheres de 30 confessam

Após bem sucedida temporadaem São Paulo, chega à Ilhéus o espetáculo Confissões das Mulheres de 30, uma dramaturgia de Domingos de Oliveira. O espetáculo, que já foi visto por 250 mil pessoas, retrata preocupações, amores e temores das balzaquianas vividos com doses generosas de humor. Uma comédia sobre a rotina feminina que, nesta etapa da vida, volta com quadros inéditos.

A obra é interpretada pelas atrizes trintonas Juliana Araripe, Camila Raffanti e Patricia Bouson, com direção do Coletivo de Criação Mano que da Hora, grupo de artistas da área de música, foto, vídeo e teatro, e supervisão de Eduardo Wotzik. A peça estará em cartaz no próximo final de semana, dias 01 e 02 de outubro, às 20h, no Teatro Municipal de Ilhéus, centro. Os ingressos custam R$ 50,00 inteira e R$ 25,00, meia. A classificação é 14 anos.

 No espetáculo, as personagens fazem piada com questões do universo feminino, como descontrole emocional, filhos, primeiro namorado após a separação e trabalho. “A comédia alivia o peso do cotidiano. É importante para a mulher viver momentos em que se distancie dos problemas. Rir cura”, diz Camila Raffanti. “A idéia é que elas possam contar suas histórias da maneira mais autoral e original possível, já que têm conhecimento da causa”, complementa o diretor carioca Eduardo Wotzik, que busca conferir às intérpretes total liberdade.

Alto estilo

Eduardo Salles

Eleito por unanimidade há menos de um mês, o presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, organizou a primeira reunião de sua gestão em alto estilo. A reunião vai acontecer na próxima semana, dia 3 de outubro, em Brasília, com a presença confirmada de 25 dos 27 secretários estaduais. Na programação, inicialmente, um jantar com o ministro do Desenvolvimento Agrário, MDA, Afonso Florence, e sua equipe, e no dia seguinte, (4) reunião com os deputados da Comissão de Agricultura da Câmara Federal.

TORNEIO RIO-SÃO PAULO

O Vasco sapecou 3×0 no Cruzeiro em Minas e é lider, o Corinthians bateu o Bahia por 1×0  está em 2º. , o São Paulo arrancou um heróico 2×2 com o Botafogo e é 3º. ,com o Fogão em 4º.

A disputa do Brasileirão 2011 está limitada aos cariocas e paulistas,  numa briga ponto a ponto que promete muitas emoções.

O Bahia, que não mereceu perder pro Timão, ainda sonha com a Sulamericana, o que não é pouco para quem andava namorando a zona do rebaixamento.

Na série B, o Vitória tomou um 4×0 do Sport com direito a baile. Com isso, começa a ver a série A de luneta. 2012, é B de novo.

PS- Rivaldo, batendo nos 40 anos, joga mais do que a maioria dos meninos que tem metade da sua idade e que a mídia esportiva insiste em rotular de craques, mas não passam de traques.

A OUTRA (II)

Com bem sabe a minha uma duzia de dez ou onze leitores, arrumei outra durante a minha curta  estadia em São Paulo.

A dúvida é se devo ou não mostrar a foto dela nesse respeitável blog.

Oh, dúvida cruel!

 

 

PT recebe novos filiados em Itabuna

Geraldo e Juçara: o foco é a sucessão 2012

Em evento realizado no  Grapiúna Tenis Clube, em Itabuna, o Diretório Municipal  do Partido dos Trabalhadores(PT) apresentou a comunidade as lideranças que irão disputar as vagas na Câmara de Vereadores em 2012. A antecipação do lançamento das candidaturas  evidencia a força e disposição da legenda para formar maioria da bancada na Câmara, além da luta para retomada do Centro Administrativo Firmino Alves.

Cerca de 1500 pessoas entre militantes do PT, aliados de outros partidos, convidados e simpatizantes partido,  prestigiaram o ato político, que recepcionou dezenas de novos filiados e pré-candidatos a vereadores(as). As fichas de filiações foram abonadas pelo deputado federal Geraldo Simões e pela suplente de senadora, a prefeiturável Juçara Feitosa.  A presidenta do Diretório Miralva Moitinho, declarou ao divulgar a  lista dos pré-candidatos a vereadores e vereadoras  que o momento é oportuno para unir os partidos e a sociedade grapiúna  para discutir  coletivamente um projeto capaz de salvar Itabuna do desastre administrativo.

 Geraldo Simões salientou que os pré-candidatos a vereadores e vereadoras,  antigos e novos que se filiaram ao PT são lideranças com notório reconhecimento público. “Aqui estão homens e mulheres de bens para formar uma chapa decente e disposta a mudar o legislativo de nossa cidade, por que as coisas andam muito ruim por lá e na prefeitura, ninguém fiscaliza nada, não diz nada e não propõem nada”, disse o paramentar.

Animada com a calorosa recepção ao som de Kocó do Lordão e Banda Formiga de Onça, Juçara Feitosa parafraseou Obama dizendo que Itabuna pode mais, pode muito mais com  o PT, para ter mais  infra-estrutura, educação e saúde  de qualidade. Juçara considera o cenário com Dilma em Brasília e Wagner no governo do Estado favorável para os itabunenses sonharem e  irem à luta por um  projeto de desenvolvimento.

 “Quero que todos os moradores de Itabuna compartilhem da riqueza e do progresso que todos os municípios do mesmo porte obtiveram nos últimos 8 anos. Para isso é preciso pensar e realizar políticas estratégicas a partir do Gasoduto da Petrobrás,  da Ferrovia Oeste-Leste, do Porto Sul e da Barragem do Rio Colônia, da Universidade Federal e do Polo Textil, que vai gerar milhares de empregos, aliadas a  projetos sociais que incluam crianças e jovens”, afirmou a petista.    

 

 

UM CHOPPS, DOIS PASTEL E A VOLTA AO COMEÇO

      

A velha máquina de escrever: e era apenas um sonho...

      São Paulo não é mais um retrato amarelado na parede da memória.

       Com Hannah Thame, uma de minhas filhas, devidamente adaptada ao trajeto Alphaville-Imperatriz Leopoldina (ônibus, trem e uma caminhada razoável), onde faz estágio em fisioterapia e acupuntura em cães e gatos (coisa de paulista cheio de real, que trata seus animais de estimação a caviar), tive tempo para dar um mergulho no começo de minha vida profissional.

       Lá se vão 34 anos!

       Foi com emoção e alegria que reencontrei Vrejhi Sanazar, que me abriu as portas do jornalismo, quando eu ainda era um meninote de 18 anos. Daquele modesto Diário de Osasco em Presidente Altino, Vrejhi construiu o principal jornal da Região Oeste da Grande São Paulo, o Diário da Região.

Vrejhi Sanazar, o barao da midia de Osasco, e o exemplar de Vassoura

A sede do jornal ocupa um imenso prédio no centro da cidade, com uma redação com quase 30 profissionais de imprensa e prestes a receber uma nova rotativa, importada dos EUA, capaz de imprimir 30 mil jornais por hora. Com o coração generoso de sempre e hospitalidade armênia, Vrejhi recebeu-me com a alegria de um filho que retorna à casa paterna, intimando-me para um almoço no restaurante do jornal onde ele e o filho Marcelo, diretor administrativo, compartilham a mesa com os funcionários.

       Vrejhi ganhou um exemplar de “Vassoura” e, no melhor estilo paulista, deixou-me ocupando a mesa dele para uma entrevista do tipo “nosso ex-repórter que virou até escritor na Bahia” e foi cuidar da vida, prestes que está a viajar para o Japão e China, em companhia do prefeito de Osasco, Emídio Souza, do PT.

       Em Santana do Parnaíba, revi Claudio Cruz, Amigo com A maiúsculo, companheiro de aventuras e desventuras. Ao lado da companheira Fátima, que o botou nos eixos, Claudio comanda o Jornal Comunicação, um semanário com distribuição gratuita e  tiragem de 15 mil exemplares. O maior e melhor jornal de Santana do Parnaíba.

Claudio Cruz, amizade que ignora tempo e distância

Claudio Cruz, que começou comigo como revisor no Diário de Osasco, do Vrejhi,  compartilhou os tempos duros, onde o salário do mês acabava lá pelo dia 15, a calça velha azul e desbotada era velha azul e desbotada porque era a única,   mas que foram a base de um espírito solidário e um senso de ética que o tempo só reforça.

       Vrejhi  está batendo nos setentinha com a jovialidade dos empreendedores. Eu e Claudio cruzamos a barreira dos 50 com a certeza de que ainda há muito a caminhar e que a amizade verdadeira dispensa tempo e distância.

       E foi em São Paulo, já de volta ao presente, que me deparei com uma virtude infelizmente rara nos dias de hoje, ainda mais nesse poço de vaidades que é a televisão: a gratidão, expressada por Claudia Barthel, apresentadora do Leitura Dinâmica da Rede TV.

Claudia Barthel, quando chegou a minha vez de abrir a porta

       Claudia, que lancei aos 18 anos na TV Cabrália (retirada sem escalas de um sorteio semanal do Posto Universal, transmitido pela tevê), apresentou o Jornal do Meio Dia, o Repórter Regional e o Jornal de Sábado, além de protagonizar, ao lado deste que ora vos escreve e de Eduardo Lins e Renata Smith, de um antológico programa especial sobre os 80 anos de Jorge Amado; passou pela TV Santa Cruz, RBS/Santa Catarina, Rede Globo e está há mais de uma década na Rede TV.

        Pra alguém que começa a ficar sentimentalóide (é a idade, é a idade) é um bálsamo ouvir dela um “se eu cheguei aonde cheguei é porque você me abriu as portas”. E, da palavra para a ação, receber Hannah em sua casa como se fosse uma filha.

No Mercado da Lapa, um chopps e dois pastel. Orra meu, oxente!

      Ah, sim, tomei um chopps e comi dois pastel no Mercado da Lapa.

      Não fazer isso em São Paulo, seria como ir a Roma e não ver o Papa.

       Aliás, o papa que se dane.
 
      Prefiro o chopps e os dois pastel.

       Orra meu, quer dizer, oxente!

A OUTRA (I)

Sei que esse é um blog de coisa séria, mas ei de confessar: arrumei outra em São Paulo!

Atrever-me-ei a publicar a foto dela neste blog?

Sim.

Aguardem, pois!

 

UM GOLPE NO TRABALHO DEGRADANTE

exploração de mão de obra e capitalismo mais do que selvagem

Tramita no Senado o projeto de Lei que pretende proibir entidades ou empresas brasileiras de firmarem contratos com empresas que explorem trabalho degradante em outros países. O projeto (PLC 169/09), de autoria do senador Walter Pinheiro (PT-BA) define como forma degradante de trabalho a que viola a dignidade da pessoa humana nos termos dos tratados internacionais ratificados pelo Brasil, como os trabalhos escravo e infantil, e cuja apuração tenha sido feita por organismos internacionais. O projeto também vale para empresas que tenham representação no Brasil.

Segundo Pinheiro, o projeto converge com a lei estadual que criou o Fundo de Promoção do Trabalho Decente (Funtrad), sancionada pelo governador Jaques Wagner. A Bahia vai combater os trabalhos infantil e escravo, além de assegurar a captação, repasse e aplicação dos recursos para custear as políticas públicas destinadas a gerar mais e melhores empregos.

“A proposta que tramita no Senado evita que empresas do Brasil tentem driblar o rigor da legislação interna através da contratação de fornecedores e empresas no exterior que não estão sujeitos às mesmas leis e regras de proteção ao trabalho em seus países”, explica o parlamentar. O projeto já foi aprovado na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), em 24 de março deste ano, mas ainda será analisado por duas outras comissões do Senado. Já aprovado pela Câmara, o texto original foi apresentado por Pinheiro quando era deputado federal.

MAIS RECURSOS PARA A SAÚDE

Geraldo apoia projeto que garante mais recursos para a saúde

O  deputado Geraldo Simões (PT) deu entrada na Comissão Mista de Orçamento, da qual é membro titular, com o  parecer favorável ao Projeto de Lei que abre crédito suplementar para o Ministério da Saúde, no valor de R$593 milhões. São recursos para Fundação Oswaldo Cruz – Farmácias Populares, Funasa, Rede de Atenção Básica de Saúde, Medicamentos Excepcionais, Educação à Saúde e operações de crédito.

 Simões explica que “com estes recursos serão reforçados os programas de distribuição de medicamentos do Governo Federal que beneficiam diretamente a população”.

Jaques Wagner destaca importância das ferrovias para desenvolvimento do país

Jaques Wagner: Porto Sul trará desenvolvimento para a Bahia

O governador Jaques Wagner lembrou a importância das ferrovias como fator de desenvolvimento regional e nacional durante a abertura do seminário Desenvolvimento e Ferrovias, que aconteceu no Hotel Othon, em Ondina, promovido pela Frente Parlamentar Mista de Ferrovias em conjunto com a Casa Civil do Governo da Bahia. “Foi um equívoco o país ter optado, nos anos 50, pela valorização das rodovias em detrimento das ferrovias. A retomada da construção de novas ferrovias pelo governo federal é uma política acertada e vai beneficiar muito o Nordeste”.

Presente ao evento, o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, informou que, somente este ano, o governo federal deverá investir R$ 160 bilhões em obras de infraestrutura. “Estamos fazendo um grande investimento que irá integrar todas as regiões do país. A ferrovia Norte/Sul, a Oeste/Leste e o Porto Sul, no sul da Bahia, formarão um complexo que irá facilitar e baratear o escoamento de grande quantidade de minérios, grãos e muitos outros produtos, como fertilizantes e cimento”.

A abertura do encontro teve um momento especial e emocionante, quando o governador Jaques Wagner fez uma homenagem a Maria das Graças Figueiredo, filha do engenheiro Vasco Neto, que, há 50 anos, idealizou uma grande ligação logística unindo o oeste ao leste do país, que hoje está sendo concretizada com a construção da Ferrovia de Integração Oeste/Leste (Fiol).

Itabuna veste a camisa na prevenção do Diabates

vamos vestir essa camisa

Em mais uma parceria  com  o Mutirão do Diabético os Lions Clube de Itabuna se uniram ao evento, colaborando para fazer a maior campanha de combate ao Diabetes do Brasil. “O Lions tem um envolvimento com a saúde, principalmente ocular muito forte em todo o mundo, e em Itabuna não seria diferente, na verdade no Mutirão do Diabético, ele tem importância impar”, ressalta Dr. Rafael Andrade, coordenador do Mutirão. 

 

No intuito de pensar a melhor forma de fazer a população vestir a camisa, símbolo do Movimento Mundial de Combate ao Diabetes, a organização do Mutirão do Diabético 2011 recebeu no auditório do Hospital de Olhos Beira Rio  diretores do Lions Sul e Centro, da CDL e da ASDITA. Essas entidades assumiram o compromisso e a responsabilidade de interagir com a iniciativa privada e montar stands de venda para a população poder adquirir e literalmente vestir a camisa.

 Serão montados stands de venda no Shopping Jequitibá, na Praça Adami e na ASDITA a partir do dia 1o. de outubro. As camisas serão vendidas pelo valor de R$ 15,00 e toda a arrecadação será destinada a obras da Associação dos Diabéticos de Itabuna. Segundo a Dra. Marluce, uma das coordenadoras do evento, representante e fundadora da ASDITA, “esta parceria vai ajudar a fazer com que a população volte os olhos para os diabéticos da nossa cidade, principalmente para os mais carentes, e vai ser uma grande ajuda para ASDITA, que dá apoio diário aos nossos diabéticos”.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31