hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Itabuna retoma o Conselho da Comunidade para Assuntos Penais

penalNesta terça-feira (20), às 16 horas, no auditório da FTC, será empossado a nova Diretoria do Conselho da Comunidade para Assuntos Penais da Comarca de Itabuna (Conap), em um evento aberto ao público. O conselho tem como atribuição a fiscalização e realização de políticas públicas no sistema prisional e está previsto no art. 81 da Lei de Execução Penal – Lei 7.210/1981.

O Conap foi reinstalado em Itabuna em uma iniciativa da Vara e da Promotoria da Execução Penal, que tem à frente, respectivamente, o Juiz Dr Antonio Carlos Maldonado Bertacco e a Promotora Dra Cleide Ramos Reis e é composto por instituições as mais variadas da sociedade civil, que indicaram representantes para compor o conselho.

Confira o nome dos novos membros da Diretoria do Conap e a instituição que cada um representa:

Ivone Gouveia Montenegro Souza – Presidenta – Lions Clube Grapiuna
Ricardo Borges de Santana – Vice-Presidente – Associação Grapiuna dos Paraplégicos
Margarida Maria Alexandre Mangabeira – Diretora Financeira – Academia Grapiúna de Letras de Itabuna
Davi Pedreira – Diretor Jurídico – Pastoral Carcerária
Maria Eneida F. Nascimento – 1ª Secretária – Igreja Adventista do 7º Dia
Moacir Borges Dias –  2º Secretário – Centro Espirita Casa de Guará

Nota Pública

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e o seu vice, José Nazal, lamentam profundamente a morte do ex-vereador e empresário Carlos Alberto França, vítima de um grave problema que afeta o trânsito de todo o País, que são as altas estatísticas nacionais de acidentes com motocicletas, e que também chegaram, também com intensidade, às nossas ruas e avenidas.

Cacá, como era mais conhecido, deixa um legado de serviços prestados ao povo de Ilhéus e a imagem da sua alegria, sempre contagiante, que contribuiu na construção de uma legião de amigos que agora choram o seu falecimento. Cacá lutou bravamente pela vida.

O trânsito não pode ser visto na condição de uma guerra urbana sem fim. É preciso mais respeito às suas regras e mais cidadania nos gestos dos seus protagonistas. Durante o mês de maio, o governo municipal integrou, com ênfase, a campanha nacional de conscientização, denominada Maio Amarelo, como forma de frear abusos e evitar mortes em Ilhéus. Fomos às ruas e às escolas. Dialogamos e conscientizamos sobre a importância do estabelecimento da cultura de mais cordialidade e paz nas nossas ruas.

Em nome do povo de Ilhéus, externamos aos familiares de Cacá a nossa solidariedade e o nosso abraço neste momento de dor. Que Deus conforte a todos. E que os condutores no trânsito de Ilhéus possam ter mais consciência do seu papel nas ruas, cumprindo, com disciplina, o que determina a lei.

Ilhéus, 18 de Junho de 2017

Mário Alexandre Sousa
José Nazal Pacheco Soub

Salão do Livro de Lisboa reúne 30 autores brasileiros

jo ramosMais de 30 autores brasileiros serão apresentados no III Salão do Livro de Portugal, que acontece nos dias 24 e 25 de junho em Lisboa. A responsável pelo intercâmbio cultural será a escritora Jô Ramos, da ZL Editora.

Segundo Ramos, a proposta é reunir escritores de todos os países de língua portuguesa com o objetivo de discutir a divulgação da literatura lusófona e criar uma grande rede de autores. A exposição contará ainda com debates, filmes e vendas das obras.

Para a escritora, os salões de livros internacionais surgiram da necessidade de divulgar os autores independentes e as pequenas editoras, ambos sem acesso ao circuito oficial literário brasileiro.

– Sabemos das dificuldades e dos círculos fechados, onde poucos conseguem acessar. Esse tipo de iniciativa torna-se um estímulo para preservação da nova literatura e dos novos escritores, além de ampliar o poder de ação para o exterior – ressalta.

Bahia é oficializada como a próxima sede do Virtual Educa

A Bahia foi anunciada pelo secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, como sede do próximo Virtual Educa, durante a cerimônia de encerramento do encontro internacional que reuniu mais de 29 mil pessoas em Bogotá, na Colômbia.

Pinheiro falou sobre a oportunidade de a Bahia sediar a 19 ª edição deste que é um dos maiores eventos mundiais da área. “O desafio de superar as barreiras para a melhoria da Educação está desenhado pela Organização dos Estados Americanos desde 2001, cabendo ao Virtual Educa esta tarefa. Agora, teremos a oportunidade de discutir também com o continente africano, que, pela primeira vez, participa do encontro. Portanto, o debate será global, sobre a possibilidade de chegar a uma nova escola e uma nova educação”, disse.

O secretário também destacou que a Bahia estará aberta para conhecer as mais diversas experiências mundiais. “Também queremos compartilhar as nossas experiências, para que possamos contribuir para consolidar uma nova educação”, disse, ao citar ainda a participação preponderante da Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), representada pelo seu presidente Ruben Delgado, para a realização da próxima edição do encontro.

De acordo com o secretário geral do Virtual Educa, José María Antón, a Bahia foi escolhida para sediar a próxima edição por diversos fatores, a exemplo da diversidade cultural, localização, destaque em projetos educacionais e a vinculação com a África.

Na Colômbia, em um estande institucional, foram apresentadas as características multiculturais e a política educacional da Bahia que, em 2018, recepcionará representantes dos cinco continentes. A cerimônia foi encerrada por uma roda de capoeira, elemento cultural e identitário que une Bahia e África.

Rodoviária de Salvador oferece 1,6 mil horários extras na semana do São João

Movimento de saída na rodoviária para o São JoãoFoto: Carol Garcia/GOVBAAs bandeirolas, os chapéus de palha e os balões enfeitando o Terminal Rodoviário de Salvador já anunciam a Operação São João. Entre este domingo (18) e o dia 24, a Rodoviária da capital deve receber cerca de 170 mil pessoas em direção ao interior do estado. São baianos e turistas que terão à disposição mais 1,6 mil horários extras de ônibus, além dos 540 regulares. Para garantir a segurança e regularidade do transporte de passageiros na Bahia, também serão realizadas blitzes e fiscalizações nas rodovias federais e estaduais e disponibilizados horários extras no Sistema Ferry Boat.

Movimento de saída na rodoviária para o São JoãoFoto: Carol Garcia/GOVBAA operação, organizada pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), garante mais opções de viagens, promove a segurança no trânsito e ainda combate o transporte clandestino. De acordo com o coordenador de fiscalização da Agerba, Abd-ul-Ramid, serão realizadas operações de fiscalização em conjunto com as polícias rodoviárias Estadual e Federal nas principais estradas de circulação nesse período, como BR-324, BR-101 e BR-110 e as BAs 099 e 093.

“É importante que o usuário use um transporte seguro. Os ônibus que saem da Rodoviária são mais seguros, com certificado de vistoria e documentação regular exigida pelo Estado, ou seja, em boas condições de uso e de tráfego. No transporte irregular, temos detectado desde motoristas sem habilitação até carros sem vistoria, com mais de três anos de emplacamento vencido e sem os itens essenciais, como cinto de segurança. Sem contar que em caso de acidentes, o passageiro não tem direito a nenhum tipo de ressarcimento”, explica o coordenador de fiscalização da Agerba.

+| Leia a matéria completa »

Moradores de Banzaê recebem estrada recuperada

banzae 3

Inauguração de rodovia, autorização de novas obras de estrada, entrega de sistema de abastecimento de água, urbanização de vias, nova escola, ambulância e investimentos para agricultura familiar. Estas foram as entregas feitas pelo governador Rui Costa, neste sábado (17), durante evento realizado no município de Banzaê, no nordeste do estado. “Estamos cumprindo mais um compromisso aqui na cidade de Banzaê e região, com a inauguração dessa estrada e as outras ações realizadas hoje. São investimentos importantes para melhorar a vida da população”, afirmou o Rui.

A restauração de cerca de 28,4 quilômetros de extensão da rodovia BR-110, que liga Banzaê à cidade de Campos de Brito, contou com investimento de R$ 11 milhões, e beneficia cerca de 150 mil habitantes das cidades de Banzaê, Ribeira do Pombal, Cícero Dantas e Euclides da Cunha. Na via, trafegam, aproximadamente, 250 veículos, por dia.

banzae 1Para os moradores que têm imóveis ao longo da estrada, como o motorista de ônibus Ismael Santos, a obra de restauração valoriza o patrimônio das famílias. “Desde que reformaram aqui, minha casa já valorizou uns 80%, ficou muito melhor agora. Antes, era muito buraco, a gente levava duas horas daqui até Ribeira do Pombal, até de animal era ruim de andar. Quando a gente entrava em casa, era uma lama só. Agora, em meia hora a gente chega em Ribeira do Pombal, com segurança e nem a casa suja mais também”, contou o motorista.

Também neste sábado, foi autorizada pelo governador a pavimentação em pista dupla da BR-410 até o povoado de Vila Operária, no município de Ribeira do Pombal. A assinatura da ordem de serviço vai beneficiar 114 mil habitantes da cidade e de Tucano e Cícero Dantas, com um investimento de R$ 2 milhões, para recuperar pouco menos de dois quilômetros, por onde trafegam 410 veículos todos os dias. Essas são algumas das inaugurações deste ano, no total de 196,21 quilômetros concluídos em 11 trechos.

Educação e saúde

banzae 2Com investimentos de cerca de R$ 80 mil, chegou a Banzaê uma das 178 ambulâncias entregues pelo Governo do Estado para o interior, em 2017, além de outras 106 já encomendadas para outros municípios. Os moradores da cidade ainda receberam a Escola Espaço Educativo João Bitencourt Paiva, inaugurada no povoado de de Tamboril, a 12 quilômetros da sede. Pronta para atender 360 alunos nos turnos matutino e vespertino, a unidade foi construída com investimentos da ordem de R$ 900 mil, do Ministério da Educação.

Mais melhorias

No povoado de Queimada Grande, foram inaugurados um sistema de abastecimento de água e urbanização de vias, com calçamento de ruas. Em parceria com a prefeitura, responsável pela execução das obras, o sistema vai levar água de qualidade a 60 famílias da região. Mais saúde chegando nas torneiras dos baianos.

Agricultura familiar

banzae 4O governador Rui Costa também assinou uma autorização para o convênio do projeto Reniva, uma rede de multiplicação de tecnologia para a produção da mandioca, com qualidade genética e condições sanitárias adequadas. A iniciativa permite que o agricultor familiar tenha acesso a variedades de mandioca melhoradas, livres de vírus, melhoramento genético feito pela Embrapa Mandioca e Fruticultura. Somente em Banzaê, são 80 famílias de agricultores beneficiadas da União das Associações de Banzaê, e que têm como opção de investimento a implantação de dois hectares de sementes de mandioca.

São famílias como a de Edivaldo Araújo de Santana, do povoado de Palmares, em Banzaê. Produzindo mandioca, milho e feijão, ele vai usar esses recursos para ampliar a produção. “Esse convênio vai nos ajudar muito e poderemos ampliar a produção de todas as famílias que vivem do campo que já sofrem com a seca. Esse tipo de convênio reduz muito o sofrimento do povo do semiárido”, contou o agricultor.

Motoristas reclamam de situação precária de estrada

buzu 2

Motoristas que utilizam o trecho que liga a BR 415 ao Hospital de Base, através do bairro Campo Formoso, estão reclamando das péssimas condições da pista.

buzu 3

Quando chove, o local fica praticamente intransitável. Os ônibus que fazem a linha Ferradas-Hospital de Base ficam retidos no atoleiro, causando transtornos aos passageiros.

Buena Vista Social Club – Chan Chan

Analfabetismo funcional, uma praga

João Palma

 joão palmaNa estreia dessa coluna aqui no blog, sábado, dia 3 de junho, comecei chutando a pilastra ao acusar o Brasil de não estar formando leitores em larga escala. Alguém poderia buscar informações na pesquisa Retratos da Leitura no Brasil e me mandar às favas mostrando que no intervalo de duas pesquisas – 2012/2016 – saltara de 50% para 56% o percentual de leitores no país.

Aumentou, é verdade, mas vale uma observação: o que anda lendo o brasileiro? Há dados assustadores que deveriam, verdadeiramente, preocupar nossas autoridades por relevarem que mesmo lendo pouco o brasileiro lê mal e mal compreende o que lê e isso faz dele um analfabeto funcional.

analfaPara demonstrar a gravidade do que escrevo vale verificar os dados do Instituto Nacional de Alfabetismo Funcional, com resultados de 2012: 38% dos universitários têm dificuldades para compreender textos de média complexidade e de utilizar a leitura e a escrita no cotidiano. Escrevi universitários, prestou atenção?

Em favor da leitura podemos dizer que ela facilita a alfabetização, desenvolve o repertório, estabelece o senso crítico, estimula a criatividade, melhora a autoestima, facilita a escrita, reduz o estresse, previne o Alzheimer, humaniza as pessoas, melhora o salário, aumenta a renda.

Precisamos muito de tudo isso!

 *João Palma,61, é o idealizador da mobilização nacional pela leitura diadelertododia

Bola de Cristal

Daniel Thame

daniel charge cuba zap Foram definidos na sede da Conmebol, sem a presença do presidente da CBF Marco Polo Del Nero (que ama por demais o Brasil a ponto de não colocar os pés fora de nossas fronteiras), os jogos do  mata-mata da próximas de decisivas fases da Copa Libertadores e da Copa Sul Americana.

Inchadas com times marca-bufa nas fases classificatória  (com o adendo de que um desses marca-bufa, o Defensia y Justicia eliminou nada menos do que o campeoníssimo São Paulo), as fase mata-mata estão recheadas de times brasileiros, uns bafejados pelo sorteio, outros nem tanto.

Num mero exercício de adivinhação, vamos pois à sessão `Bola de Cristal`.

Libertadores

Atlético PR x Santos: é o único confronto brasileiro das oitavas de final. O Santos de técnico novo, Levir Culpi, parece ter recuperado o bom futebol. O Atlético do Paraná tem um conjunto mais afinado e é difícil de ser batido em casa. Santos.

Palmeiras x  Barcelona: trata-se do Barcelona genérico, o do Equador. Mas o milionário Palmeiras vem jogando como um genérico de si mesmo, sem despertar confiança no torcedor. Está com pinta de zebra vestida de Barcelona.

Botafogo x Nacional: dizem que tem coisas que só acontecem com o Botafogo. E nessa Libertadores as coisas só tem acontecido a favor do time carioca, o típico time bom, barato e cumpridor. O time uruguaio só tem garra e tradição. Dá Bota.

bcGrêmio x Godoy Cruz : o Grêmio de Renato Gaúcho vem jogando o melhor futebol do Brasil, eficiente e às vezes vistoso, algo raro por essas plagas. O time argentino é um desses cometas que surgem e somem. O Grêmio vai tratar de apaga-lo já nas oitavas.

Atlético MG x Jorge Wilstermann: tudo bem, o Galo que parecia pintar como esquadrão, está parecendo mais um pintinho inofensivo. Mas, cá pra nós, o adversário é daqueles que reabilitam qualquer Ibis da vida. Driblando a atitude, Galo sem sustos.

Sul Americana

Corinthians x Patriotas: nem o mais patriota dos Patriotas acredita que o Patriotas passe pelo Corinthians. O confronto só vale pelo trocadilho. Infame, por sinal.

Chapecoense x Defensa y Justicia: atual campeã da Sul Americana, remontada após a tragédia na Colombia, a Chape pega um adversário que ninguém sabia quem era até passar pelo São Paulo. Dureza, mas dá Chape.

Flamengo x Palestino : o time chileno já aprontou uma vez com o Flamengo. Não vai aprontar duas. Mengo.

Fluminense x Univerisad Católica: para o azar dos chilenos, o Papa Francisco anda ocupado demais rezando pelo San Lorenzo. Flu.

Sport x  Arsenal de Sarandi: Jogo duro para o time de Wanderley Luxemburgo. Da Arsenal.
Ponte Preta x Sol de América. Ponte, se não se queimar muito no sol paraguaio. Doeu!

 

Sobre as leis de proteção de animais

Débora Spagnol

debora 2Schopenhauer citava a piedade como uma das características a equilibrar a maldade e  o egoísmo inerentes às relações humanas. A mesma piedade, segundo o filósofo, deveria também permear a relação dos homens para com os animais. Mesmo sendo avesso às convenções sociais e sem sorte com as mulheres (sua obra é famosa pelas críticas ao sexo feminino), o alemão é conhecido como o “filósofo do amor”, já que o sentimento é o tema central de sua obra; não no sentido romântico, porém, mas enquanto impulso de vida.  Intensamente insatisfeito com o modo como os homens se organizam e se afligem uns aos outros, Shopenhauer viveu uma vida peculiar e solitária, dividindo seus dias com seu cão ATMA (que significa “alma do mundo”), nutrindo, por quem nutria profundo e verdadeiro afeto.

“A piedade com os animais está tão intimamente ligada com a bondade de caráter, que se pode afirmar que quem é cruel com os animais não pode ser bom” é um dos aforismos mais famosos sobre a compaixão aos animais e foi atribuída ao filósofo. Nele, se percebe a inter-relação entre a crueldade contra os animais e contra os humanos. Estudos científicos atuais colaboram com essas constatações: no processo de abate massivo de animais, por exemplo, os trabalhadores passam por transformações psicológicas semelhantes àquelas sofridas por combatentes de guerra, executores e nazistas. A personalidade natural do trabalhador se identifica com o animal a ser abatido (que é digno de afeição e cuidado), mas outra personalidade – aquela transformada pelo trabalho no abatedouro – mata o animal, sendo  literalmente incapaz de sentir piedade para com eles. Como consequência dessas transformações psicológicas, os indivíduos que cometem crueldade contra os animais estão mais propensos ao uso de drogas, estupros, roubos e homicídio – principalmente contra mulheres e crianças. (1)

Utilizados como instrumento de diversão, crença e trabalho, inúmeros animais são abatidos e sacrificados anualmente em festas religiosas, culturais e na lide do dia a dia, no país e no exterior. Vaquejadas, touradas e farras do boi são exemplos de eventos que utilizam os animais como peças principais do espetáculo mas que, do ponto de vista moral e social, despertam grandes discussões na sociedade.

A mídia é farta em trazer vários casos de crueldade contra animais domésticos (especialmente cães e gatos), demonstrando a verdadeira contradição humana consistente em adotar e então torturar seres vivos. Manchetes movimentam  associações, ONG´s ou simples cidadãos voluntários que dedicam sua vida na proteção e mobilização dos entes públicos na criação de mecanismos destinados a proteger esses animais.

+| Leia a matéria completa »

Sem perder o rumo

Gerson Marques

 gerson marquesEm 26 de março de 2010, o presidente Lula e o governador Wagner, assinaram em Ilhéus a licitação para construção da Ferrovia Oeste/Leste – Fiol, parte de um complexo que ainda incluía a construção de um porto em parceria público privado – PPP.

Passado sete anos os projetos não se concluíram, a ferrovia com menos de cinquenta por cento de suas obras realizadas, encontra-se parada, e o porto não chegou a sair do papel.

Neste momento, o governo do estado tenta uma saída via a empresa  China Railway Engeneering Group (Creg), uma gigante asiática que já vem comprando projetos parecidos na América do Sul. A situação porém não é fácil, o governo da Bahia trabalha na estruturação de uma nova modelagem do negócio e antes de assinar com os chineses,  depende ainda da aprovação no Tribunal de Contas da União.

A paralisação do projeto no entanto, abriu uma janela de oportunidades para um debate mais qualificado e produtivo, sobre o modelo de desenvolvimento regional, principalmente um debate construído aqui, envolvendo as lideranças e inteligências locais.

O Sul da Bahia, como já disse, em outro artigo é uma pobre região rica, apesar de ter um cem números de possibilidades, não consegue consolidar de forma efetiva nem uma, depois de perder o cacau como fonte “infinita” de riqueza, não viu a industrialização se efetivar, não se tornou um pólo comercial para além das fronteiras, não é um destino turístico relevante e nem um centro de serviços de referencia.

Essencialmente, o Sul da Bahia sofre de uma crise estrutural, associado à ausência de projetos estruturantes, capazes de redesenhar o modelo de desenvolvimento, principalmente de projetos que se complementem e dialoguem entre si, sem perder referencias já consolidadas como o patrimônio ambiental extremamente significante, uma rede de ensino superior em franco processo de expansão, assim como uma oferta logística, razoável e já estruturada.

+| Leia a matéria completa »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
junho 2017
D S T Q Q S S
« mai    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930