livros do thame

Archive for the ‘Notícias’ Category

10º Mutirão do Diabético de Itabuna atende 15 mil pessoas

Mutirão Pedro Augusto 2

Com mil voluntários e cerca de 15 mil pessoas atendidas, a 10ª edição do Mutirão do Diabético de Itabuna, realizado na sábado (15),  consolidou a cidade como a capital brasileira na prevenção da doença. Promovido pelo Hospital de Olhos Beira Rio e Associação dos Diabéticos de Itabuna, o mutirão teve exames do pé diabético e do fundo de olho no HOBR, com encaminhamento  das pessoas diagnosticadas com a doença para tratamento e cirurgia e ações de prevenção na Cidade do Diabetes, na Praça Rio Cachoeira.

Mutirão Pedro Augusto 1Nos estandes, os participantes realizaram exames de glicemia e pressão arterial e receberam informações sobre prevenção à cegueira, conscientização sobre doação de medula óssea, uso correto da insulina, nutrição, orientação bucal, acompanhamento psicológico, direitos do diabético, oficina do pé, tratamento do diabetes em casa e educação física. Uma das novidades de 2014 foi a realização do exame para detecção do câncer de próstata. Todos os atendimentos na área médica e de prevenção foram gratuitos.

 

EXEMPLO PARA O BRASIL

Mutirão Pedro Augusto 4Falando em nome dos demais diretores do Hospital de Olhos Beira Rio, Dr. Ronaldo Netto, Dr. Wandick Rosa e Dr. Vavel Andrade, o diretor geral Dr. Carlos Ernani, disse que “é com satisfação que chegamos à 10ª. edição do Mutirão, um exemplo de solidariedade, que se tornou possível graças ao envolvimento de toda a comunidade”. A presidente da Asdita. Dra. Marluce Leão destacou que “Itabuna tem hoje um olhar especial para a questão da prevenção do diabetes, um trabalho que precisamos manter todos os dias do ano”.

 

Mutirão Pedro Augusto 5O Dr. Rubens Belfort Neto, médico oftalmologista, chefe do setor de oncologia ocular da Universidade Federal de São Paulo, que veio a Itabuna especialmente para participar do Mutirão, declarou que “o Dr. Rafael Andrade plantou uma semente que hoje colhe os frutos, mostrando para todo o Brasil que é possível prevenir o diabetes, uma doença que precisa ser rapidamente diagnosticada e orientando os pacientes a levar uma vida saudável”.

 

“É importante a participação da Uesc de instituições de ensino como a Unime e a FTC, que envolve estudantes e professores da área de saúde num projeto que tem o foco na prevenção e na qualidade de vida”, ressaltou a reitora da Uesc, Adélia Pinheiro. O Dr. Arnaldo Bordon, diretor da Associação Brasileira do Diabetes, “ao envolver o poder público, a iniciativa privada e a sociedade organizada, Itabuna dá uma exemplo para todo o Brasil de que é possível prevenir o diabetes antes que a doença cause danos irreversíveis”.

 

Mutirão Pedro Augusto 6O vice-prefeito de Itabuna, Wenceslau Junior, que representou o prefeito Claudevane Leite, disse que “o Mutirão do Diabético é um importante porque complemente as ações da administração municipal na busca pela qualidade da saúde pública e é também um exemplo positivo da cidade para todo o Brasil”. Coordenador e idealizador do Mutirão, o Dr. Rafael Andrade, destacou que “há dez anos começamos o projeto com 200 atendimentos e hoje chegamos a 15 mil atendimentos, isso só se tornou possível porque a Itabuna Essa união mostra que, juntos, podemos construir uma cidade melhor”.

Mutirão Pedro Augusto 3O Mutirão do Diabético foi encerrado com uma apresentação ao vivo do programa Balança Geral, na TV Cabrália/Rede Record, com apresentação de Tom Ribeiro e shows com as bandas Lordão e Vingadoras e o cantor Tatau, da Banda Araketu. Milhares de balões azuis tomaram os céus de Itabuna, simbolizando a cor da união, voluntariado e solidariedade na prevenção do diabetes. (fotos: Pedro Augusto)

Apreendidas 5 toneladas de frutos do mar impróprios ao consumo

mar 2

Mais de cinco toneladas de frutos do mar, impróprios para o consumo, foram apreendidos, na sexta-feira (14), num imóvel localizado na Boca do Rio, durante operação conjunta da Delegacia do Consumidor (Decon), Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB) e Vigilância Sanitária de Salvador (Visa).  Ao averiguar reclamações de vizinhos sobre o mau cheiro exalado daquele local, as equipes dessas instituições constataram que ali havia mariscos e crustáceos armazenados inadequadamente, dentro de uma câmara frigorífica improvisada, num dos cômodos da casa.

mar 1Policiais da Decon cumpriram um mandado de busca e apreensão no local, e conduziram o comerciante Abson Silva Che, de 43 anos, poprietário do imóvel, à sede da Delegacia, na Rua Carlos Gomes. Os alimentos estavam em péssimascondições de conservação e higiene no frigorífico improvisado, e sem o devido controle de temperatura. Abson é proprietário do restaurante Caranguejo do Porto, com unidades nos bairros do Costa Azul e Barra.

A delegada Idalina Lima, da Decon,  autuou Abson em flagrante, por comercializar, distribuir e manter em depósito produtos impróprios para o consumo.   Os alimentos apreendidos foram recolhidos pela ADAB para serem descartados.  Já o imóvel que servia de depósito clandestino foi interditado pela Visa. A delegada Carla Ramos, titular da Decon, afirmou que vai apurar se Abson também distribuía os frutos do mar para outros restaurantes em Salvador.

 

Rui Costa discute máquina estadual com grupo de transição

Rui

O governador eleito da Bahia, Rui Costa, esteve reunido, nesta segunda-feira (17), com o grupo de trabalho que prepara a nova estrutura administrativa do Estado. Os estudos realizados pelo grupo nas duas últimas semanas foram apresentados ao novo governador, sob coordenação do secretário da Fazenda, Manoel Vitório.

 

A reunião, realizada na Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM), durou mais de quatro horas. Nos próximos dias, com base nas sugestões técnicas apresentadas, Rui estará focado na definição do novo organograma administrativo. As novidades, que devem modernizar e enxugar a estrutura, serão anunciadas pelo governador eleito no início de dezembro. O objetivo de Rui é iniciar a sua gestão com novidades na máquina estadual, prevendo otimizar o trabalho, poupar recursos e ampliar investimentos em áreas fins.

Itabuna: bandidos arrombam Vila Olimpica, levam material esportivo e destroem troféus

arrombadaA Polícia Civil está investigando o arrombamento de salas da Secretaria de Esporte e Recreação, na Vila Olímpica de Itabuna. No local foram furtados equipamentos de informática que continham o histórico e números do Campeonato Interbairros de Futebol, além de material esportivo e produtos que seriam usados para a preparação de lanches dos técnicos que trabalham na competição.

De acordo com o secretário Evans Maxwel Silva, a ação dos bandidos ocorreu na madrugada desta segunda-feira. Foram levados um notebook, bolas de futebol, sacolas esportivas vazias, monitor e CPU onde estavam armazenadas as informações do Campeonato Interbairros de Futebol.

Os bandidos arrombaram portas de vidro e vidraças, quebraram gavetas no gabinete do Secretário e da sala dos funcionários. Também destruíram documentos e troféus. Os bandidos arrombaram ainda o portão principal do Estádio Luiz Viana e chegaram até os vestiários, mas não encontraram nada de valor que pudesse ser furtado.

 

Carreta bloqueia acesso a Maraú pela BR 030

carreta 1carreta 2

As fortes chuvas que tem caído no Sul da Bahia pioraram as já precárias condições de tráfego na BR 030, no trecho de acesso a Marau, próximo ao povoado de Caubi.

Uma carreta derrapou na pista enlameada e bloqueou o tráfego nos dois sentidos. Filas imensas se formaram desde a noite de ontem (16) e até início da tarde de hoje o fluxo de veículos não havia sido normalizado. (fotos Saulo Lima)

Cine FICC apresenta “Eu sou Cuba”

 

cubaO filme “Eu Sou Cuba” estará em cartaz no Cine FICC desta terça-feira (18) às 19h30min. O filme tem um tempo de duração de 140 minutos. A entrada é franca A exibição acontece na Sala de Cinema da FICC, na Praça da Catedral, centro de Itabuna.

 

Quatro histórias ambientadas na Cuba pré-revolucionária. Em Havana, Maria envergonha-se quando o homem de quem gosta descobre como ela ganha a vida. Pedro, um camponês idoso, descobre que a terra que cultiva foi vendida a uma empresa. Um universitário vê seus amigos serem atacados pela polícia quando distribuíam panfletos a favor de Fidel Castro. Por fim, uma família de camponeses é ameaçada pelas forças de Batista.

 

A atmosfera de um dos países cujo regime político é um dos mais discutidos e questionados do mundo serve como cenário para o filme “Eu Sou Cuba”, lançado em 1964. O filme foi dirigido por Mikhail Kalatozov e traz no elenco nomes como Jean  Rouise, Sergio Correiri, Salvador Wodd, Jose Gallardo, Alberrto Morgan, Celia Rodriguez, Fuasto Mirabel e Roberto Garcia York.   Trata-se de um dos grandes clássicos do cinema russo, gravado ainda com imagens em preto e branco.

 

 

Eduardo Salles recebe título de Cidadão de Bonito

cidadão 2

O deputado estadual eleito e ex-secretário de Agricultura da Bahia, Eduardo Salles, recebeu no final de semana o título de Cidadão de Bonito, na Chapa Diamantina. O título foi concedido pela Câmara Municipal, por iniciativa do presidente, vereador Sandro Santana.

“Esse é o momento da coroação de um homem público”, disse Eduardo Salles. “Conheço e participo da vida desse município desde os primeiros anos da sua emancipação e ao longo desses anos pude colaborar no  processo de desenvolvimento sustentável, principalmente através da diversificação das suas atividades geradoras de emprego e renda, buscando depender apenas do café”, afirmou.

“Muito obrigado, do fundo do meu coração, a Deus e vocês por me proporcionarem um momento de plena satisfação, Não vou decepciona-los como deputado estadual”, finalizou Eduardo Salles.

Efeito bumerangue

                                                                                                         * Marco Wense

marco wenseO derrotado Aécio Neves, por enquanto pilotando em céu de brigadeiro, vive o seu momento de estilingue, mirando e atirando na vidraça do Palácio do Planalto.

O emplumado tucano, ainda boquiaberto com a reeleição da presidente Dilma Rousseff, prometeu, em seu primeiro discurso pós-eleição, um oposicionismo implacável, “nunca antes visto” na história política do país.

Não quer saber de conversa nem com a tucanada que comunga com a opinião de que é preciso desarmar o palanque, como defende o reeleito governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB).

“É fundamental que, depois destas eleições, se tenha uma postura de unir o Brasil”, foi o que Marina Silva disse em 26 de outubro, dia da eleição do segundo turno.

Não sei se a ex-ministra de Lula continua com a mesma posição ou torce para que Aécio fique mais intransigente, o que faz lembrar a Marina Silva petista e opositora radical do então governo FHC.

Deixando Marina de lado, volto ao efeito bumerangue. É só uma questão de pouco tempo para que Aécio Neves deixe de jogar pedra no telhado do vizinho.

aecio carreiraO governador eleito de Minas Gerais, o petista Fernando Pimentel, vai ter que reconstruir um Estado destroçado por 12 anos de governos tucanos, sendo que oito deles com Aécio no comando.

É nessa reconstrução que vai aparecer um Aécio Neves irresponsável, desorganizado e mau gestor da coisa pública. Não à toa que o candidato do PT foi eleito no primeiro turno.

Se Pimentel, que é muito próximo da presidente Dilma, resolver fazer uma oposição ao modo Aécio, coitado do senador tucano. O “quem conhece Aécio, não vota nele” vai ficar eternizado.

Vejamos alguns pontos: 1) Minas é o segundo Estado mais endividado do país. A dívida pública está estimada em 102 bilhões de reais. 2) Não se cumpria o mínimo constitucional exigido para a Educação e Saúde. 3) Faltam 1 milhão de vagas para o ensino médio. 4) A dívida na Educação é de R$ 8 bilhões e o desvio na Saúde é de R$ 5 bilhões. 5) E, por último, o golpe mortal com a extinção do Fundo de Previdência.

Ainda tem o mensalão tucano-mineiro, até hoje sem julgamento. O efeito bumerangue costuma ser demolidor, principalmente com quem tem telhado de vidro.

Chuvas deixam 20 familias desabrigadas em Itabuna

Cerca de 58 pessoas (20 famílias) residentes em áreas de risco às margens do Rio Cachoeira na Rua do Eucalipto, no bairro Maria Matos (Rua Palha), já foram removidas hoje pela Prefeitura de Itabuna para as dependências do Parque de Exposições Antonio Setenta para onde outras devem também devem ser levadas após vistoria de técnicos da Coordenação Municipal de Defesa Civil. A medida foi determinada devido a cheia do Cachoeira após o temporal que caiu sobre as cabeceiras do rio desde a noite de sábado.

As secretarias municipais de Assistência Social, Governo, Administração e de Desenvolvimento Urbano estão trabalhando com conjunto para o socorro aos desabrigados e desalojados da Rua de Palha. Além de garantir a remoção das famílias para local seguro, a Secretaria da Assistência Social vai destinar ao Parque de Exposições água potável, colchonetes, cestas básicas e roupas. Todo o transporte de móveis e utensílios está sendo feito em caminhões da Secretaria de Desenvolvimento Urbano com o apoio de voluntários.

Uma estrada sem placas de retorno

 

estradaA cada dia que passa, jovens vem sendo assassinados em escala industrial na guerra do tráfico em Itabuna.

Os crimes são motivados por disputas de pontos de venda, rusgas entre traficantes e mesmo dívidas, algumas delas irrisórias, de dependentes com os fornecedores.

É impressionante a precocidade com que nossas crianças entram para o mundo das drogas, um praga que rompeu as fronteiras das grandes metrópoles e se espalhou por todos os cantos do país.

É um mundo onde se começa cedo e onde também se morre cedo.

Poucos conseguem ultrapassar a barreira dos 20 anos.

Nos últimos anos, cidades como Itabuna e Ilhéus passaram a conviver com essa guerra cotidiana, alimentada pelo tráfico de drogas e que gera uma explosão de violência.

Algumas das “bocas” são conhecidas, fora a ação acintosa dos traficantes na porta das escolas, aliciando alunos que mal entraram na pré-adolescência para o vicio.

Se não temos aqui os grandes chefões da droga, temos traficantes que controlam pontos de venda e muitas vezes cobram com a vida uma divida de drogas.

A droga destrói, desestrutura qualquer família, arrebenta os lares mais sólidos.

Quem vive ou viveu essa drama, sabe o que é ter um irmão, um filho ou um amigo envolvido com as drogas.

Em casos extremos, viciados roubam a própria família para comprar droga.

O pior é que apesar de todas as campanhas de prevenção, algumas delas bastante duras, o consumo de drogas não para de aumentar.

Há quem consiga sair, mas em muitos casos é um caminho sem volta.

Um caminho onde não se deve dar o primeiro passo, já que na maioria das vezes não existe placa indicando o caminho de volta.

 

 

 

Os donos da rua

 

cebolinhaCebolinha, simpático personagem criado por Maurício de Souza, acalenta um sonho: ser o dono da rua, ou da ´lua”, já que ele tem o hábito de trocar o R pelo L.

O problema é que a rua já tem dono, no caso dona, a igualmente simpática, gorducha, dentuça e fortíssima Mônica, que com seu coelhinho chamado Sansão manda e desmanda no pedaço.

E assim, todos os ´planos infalíveis´ de Cebolinha, auxiliado por seu amigo Cascão, para se tornar dono da rua falham, terminando invariavelmente com uma bela surra dada por Mônica, usando como arma o seu inseparável Sansão.

Caso saísse das histórias em quadrinhos e resolvesse ser dono de rua de verdade, sem ter que se arriscar à fúria da Mônica, bastaria a Cebolinha aboletar-se num avião e desembarcar em Itabuna e Ilhéus.

Pois, nessas plagas grapiúnas, se existe coisa fácil de ser é dono de rua.

Não é ficção: é inacreditável a facilidade com que donos de bares se apoderam do espaço das ruas, chegando em alguns casos a bloquear o trânsito, para colocar mesas, cadeiras e equipamentos de som, fazendo das vias públicas a extensão de seus estabelecimentos comerciais.

Pior ainda: alguns esses estabelecimentos permitem aqueles carros de som que mais parecem trios elétricos, com o som da estratosfera, incomodando toda a vizinhança, privada de seu momento de tranqüilidade no pretenso aconchego do lar.

Vá lá que em determinados horários ou em feriados e/ou finais de semana, quando o movimento é menor, não haja problema em ocupar parte da calçada ou da praça (da rua, também é exagero!). O problema é quando isso se torna uma prática diária, rotineira.

Em Itabuna e Ilhéus, também é comum que calçadas e praças sejam tomadas pelos donos de bar, impedindo o fluxo normal das pessoas.

Não são apenas os bares. Nas principais artérias comerciais de Itabuna e Ilhéus, calçadas são utilizadas para expor mercadorias, como se fizessem parte da área das lojas. O pedestre que trate de fazer malabarismo, para se desviar das mercadorias, isso sem contar o risco de ser “laçado” por um vendedor mais afoito.

Cebolinha iria se deleitar por aqui, ainda mais que não há Mônica nem Sansão para colocar ordem na rua.

Fiscais, então!

Esses parecem obra de ficção mesmo…

Cidade Azul: Mutirão do Diabético de Itabuna mobiliza comunidade

 

mutirão do diabético 1Será realizado neste sábado, dia 15, a partir das 8 horas, o Mutirão do Diabético de Itabuna, que chega à sua 10ª. edição.  Promovido pelo Hospital de Olhos Beira Rio e Associação dos Diabéticos de Itabuna (ASDITA), o mutirão acontece no HOBR e na Praça Rio Cachoeira.

Em 2013, o evento atendeu cerca  de 15 mil pessoas, entre atendimento médico no HOBR , ações educativas e  serviços multidisciplinares na praça Rio Cachoeira, denominada Cidade do Diabete, com a participação de  cerca de 800 voluntários.

Na área interna do Hospital de Olhos acontece a parte  médica de avaliação das complicações do Diabetes,   onde são realizados,  exames do olho e  do pé diabético e orientação médica para todos os diabéticos.

CIDADE DO DIABETES

Stitched PanoramaTambém será feita a detecção de novos casos em diabetes, através de  exames de glicemia. Outra ação é a Feira Multidisciplinar de Saúde também que ocorre na Cidade do Diabetes, com os estandes para medição da hipertensão arterial, avaliação da saúde, atividade física, conhecendo a insulina, oficina do pé diabético, oficina nutricional, orientação bucal, gestação e diabetes, além de estandes de patrocinadores e da Associação dos Diabéticos de Itabuna.

O idealizador e coordenador do Mutirão do Diabético, Dr. Rafael Andrade, destaca que “esse é um evento que envolve todos os setores da sociedade organizada e que tem como foco a prevenção através da informação e orientação”. “É uma maneira de levar a um número cada vez maior de pessoas a maneira de conviver com o diabetes, uma das doenças que mais vítimas fazem em todo o mundo”. O Mutirão do Diabético de Itabuna está inserido no calendário mundial da Federação Internacional do Diabetes e tem o aval da Sociedade Brasileira de Oftalmologia.

 

O Mutirão do Diabético de Itabuna tem o apoio de empresas e instituições  como  Bahiagás,  Unimed, Governo da Bahia/Sesab Prefeitura de Itabuna, Uesc, santa Casa de Misericórdia de Itabuna, TV Cabrália/Rede Record, Lap, Lidi, Cidadelle, Óticas Carol, BioSaúde. Águia Branca, Lojas Buriti e Associação das Empresas de Transportes Urbanos de Itabuna.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
novembro 2014
D S T Q Q S S
« out    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30