hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for the ‘Notícias’ Category

Setaf articula parcerias para renegociação de dívidas no Sul da Bahia

itajuipe
A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Itajuipe promoveu, através de uma parceria com o Setaf e o Banco do Nordeste, uma reunião na Loja Maconica de Itajuipe, com agricultores familiares do município, para tratar da renegociação de dívidas agrícolas e novos financiamentos. O evento, articulado pelo Setaf/Bahiater foi, segundo o coordenador Marcos Vinícius, a primeira de uma série de reuniões realizadas nos municípios de abrangência.

“Queremos alavancar o desenvolvimento da agricultura familiar promovendo o pagamento ou a renegociação dos débitos, aproveitando os recentes benefícios estabelecidos na Lei 13. 340 do Governo Federal ” disse Marcos. Para ele, tão importante quanto a adimplência é a abertura de novas oportunidades de ljnhas de crédito.

O representante do Colegiado Territorial Carlos Alberto “Garotinho ” ressaltou a importância dessas ações para o pequeno agricultor destacando o apoio da instituição na consolidação dessa parceria.  Para a Gerente do Pronaf do BNB Leilane Benevides os agricultores terão descontos variáveis até 85 por cento dos débitos contraídos. Segundo ela é uma oportunidade única de resolver todos os problemas, pois para quem renegociar as taxas de juros serão de 0, 5 a 5 por cento e o primeiro pagamento só em 2021.

O Setaf/ Bahiater vai trabalhar com as agências do Banco em Itabuna, Ilhéus e Camacan atendendo, assim, os 26 municípios do Território Litoral Sul da Bahia.  O Diretor de Agricultura de Itajuipe Tarcísio Costa ficou muito satisfeito com os resultados do evento e colocou a Diretoria à disposição para novas ações.  Participaram do evento o vice-prefeito Leandro Junquilho, o Secretário de Desenvolvimento Econômico Vinicius Guimarães, o representante do Consórcio Josivaldo Dias, o agente do Agroamigo Orlando do BNB e Fausto Barreto, Agente de Desenvolvimento do município de Itajuipe.

José Trajano estréia programa de rádio

zetrajano

José Trajano estreia hoje o podcast Zé no Rádio, na Central 3.  O programa falará de futebol, memórias de profissão, pitadas musicais, culturais e o que mais couber em 45 minutos de papo com seus convidados.

O programa vai ao ar ao vivo, no site (www.central3.com.br) e nas redes sociais da Central 3 (https://www.facebook.com/centraltres/), às 20h30.

E o podcast fica disponível para download, para ouvir quando quiser, logo na sequência. (do Blog do Juca Kfouri)

Uesc abre inscrições para Ensino a Distância

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) abriu o edital do Concurso Vestibular 2017 para o preenchimento de 240 vagas para os cursos de Graduação – Licenciatura, na modalidade de Educação a Distância (EaD). Têm acesso aos cursos de graduação os candidatos que concluíram o Ensino Médio ou equivalente e tenham sido selecionados através do Concurso Vestibular, respeitando o número de vagas oferecidas e atendida a reserva de vagas.

As inscrições serão realizadas, exclusivamente, via internet, no período de 03 a 24 de abril de 2017, até às 16h. O candidato deve preencher o Formulário de Requerimento de inscrição constante na página da Uesc, imprimir o boleto bancário e pagar a taxa de inscrição até o dia 25 de abril de 2017.

A partir de 08 de junho de 2017 será disponibilizado ao candidato inscrito, na página da Uesc, o cartão informativo, onde constará número de inscrição; data, hora e local de realização das provas; opção de Polo, Curso e modalidade de concorrência; dentre outras informações relativas ao Concurso Vestibular. As provas serão realizadas no período provável de 18 de junho de 2017, com início às 13h, com duração máxima de 4 horas e 30 minutos.

Leia o Edital Nº 34

Rui abre semana com a Caravana do Pacto Pela Vida

rui estagioA semana de trabalho do governador Rui Costa começa pela região da Costa do Descobrimento. Nesta segunda-feira (20), às 9h, Rui visita o município de Eunápolis, onde discute o programa Pacto Pela Vida. Às 12h, Rui atende a imprensa e o encontro acontece no hotel Oceania.

Na quinta-feira (23), às 8h30, Rui visita obras do metrô de Salvador nos terminais de integração das estações de Mussurunga e Pituaçu. Já às 17h, o governador participa da inauguração da sede da Procuradoria do Trabalho e do Memorial do Trabalho, no Ministério Público, no Centro Administrativo da Bahia.

Na sexta-feira (24), às 9h30, Rui Costa segue para o município de Riachão do Jacuípe, no Portal do Sertão, onde inaugura a restauração e pavimentação da BA 120, nos trechos entre Riachão do Jacuípe e Conceição do Coité. Em seguida, assina autorização para a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), celebrar dois convênios do Bahia Produtiva para criação de abelhas e cabras. Ainda no município, o governador faz a entrega de 11 viaturas para a Polícia Civil. Os veículos vão auxiliar na segurança das cidades de Araci, Capim Grosso, Conceição do Coité, Gavião, Mairi, Monte Santo, Quijingue, Tucano, Valente, Várzea da Roça e Várzea do Poço. Já as duas viaturas para a Polícia Militar, vão beneficiar os municípios de Serrinha e Capim Grosso.

Encerrando a passagem por Riachão do Jacuípe, Rui assina autorização para a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), expedir o edital para a licitação pra os serviços de restauração e pavimentação da BA 409, nos trechos de Serrinha e Conceição do Coité.

Concluindo a agenda de compromissos, Rui visita no sábado (25), o município de Cícero Dantas, na região do Semiárido Nordeste II. Às 9h30, ele inaugura a pavimentação em asfalto do trecho da BR 110, no acesso a Cícero Dantas. Em seguida, autoriza a SDR a celebrar um convênio do programa Bahia Produtiva na cultura de abelhas. Rui ainda faz a entrega de seis viaturas para a Polícia Civil reforçar a segurança do município, além das cidades de Cipó, Jeremoabo, Paripiranga, Chorrochó e Rodelas. Já as cidades de Cipó, Euclides da Cunha e Paulo Afonso, recebem viaturas da Polícia Militar.

Sefaz-Ba chega aos 50 mil seguidores e faz campanha no Facebook

Com um volume crescente de seguidores no Facebook, a Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz-Ba) está veiculando, exclusivamente nesta mídia social, campanha ilustrada com obras e investimentos estaduais que são fruto do imposto pago pelos baianos. São destacadas obras como o metrô de Salvador, a recuperação de estradas em todo o estado, o HGE 2, os novos hospitais do Cacau e da Chapada e o programa Água para Todos, entre outras. A fan-page da Sefaz acaba de chegar à marca de 50 mil seguidores.

“As redes sociais tornaram-se ferramentas muito importantes para as organizações e com o poder público não é diferente, pois elas ampliam e modificam a forma de se relacionar com a população”, comenta o secretário da Fazenda do Estado, Manoel Vitório. Ele acrescenta que a campanha no Facebook constitui, além disso, uma iniciativa de educação fiscal, ao veicular o reconhecimento, por parte do poder público, pela participação de cidadãos e empresas no desenvolvimento do Estado.

Read the rest of this entry »

Sebrae promove capacitação sobre restaurantes e alimentos

Com o objetivo de desenvolver os setores de alimentação fora do lar e varejo de alimentos no Sul da Bahia, o Sebrae realiza entre os dias 20 e 22 de março, no Hotel Tarik Fontes, em Itabuna, dois Encontros com Especialistas. O objetivo é promover o desenvolvimento e a competitividade dos negócios locais, por meio de ações que contribuam para a melhoria da gestão. O evento é gratuito e os interessados em participar já podem se inscrever na Loja Virtual do Sebrae.

O gerente adjunto da unidade regional do Sebrae em Ilhéus, Michel Lima, explica que as capacitações irão trazer especialistas renomados, que apresentarão experiências exitosas para os micro e pequenos empresários e seus colaboradores. “A proposta é oferecer um atendimento especializado e inovador a esses segmentos, que possuem um grande número de empresas na região”, conta Michel.

A capacitação tem início no dia 20, às 19h, para os micros e pequenos empresários que atuam em restaurantes, com uma palestra gratuita sobre “Receita de Gestão”. No dia seguinte, 21, a programação acontece durante todo o dia (8h às 12h e 14h às 18h), com oficinas e workshops destinados aos funcionários das empresas.

Edital Pappe Integração seleciona 56 propostas de empresas de micro e pequeno porte

pappeCom o objetivo de apoiar o crescimento de empreendimentos baianos de micro e pequeno porte, o edital Pappe Integração, parceria da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb) e Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), por intermédio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), selecionou 56 propostas dos 98 projetos inscritos no sistema da Fapesb.

edital 008/2016 – Subvenção Econômica/Pappe Integração dispõe o valor de R$ 21 milhões para as áreas de comércio e serviço, biotecnologia, economia criativa, acessibilidade, saúde, segurança, games e combate ao Vírus Zika e ao mosquito Aedes Aegypti. Do total de 56 propostas selecionadas, 31 propostas são de empresas de porte micro e 25 de empresas de pequeno porte, dos setores de TIC´s, engenharias e saúde, dos municípios de Salvador, Ilhéus e Feira de Santana.

Read the rest of this entry »

Estudantes de Ilhéus apresentam projetos na maior Feira de Ciências e Engenharia do país

feirAProjetos de iniciação científica e inovadores desenvolvidos, em sala de aula por estudantes da rede estadual de ensino, serão apresentados durante a 15ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), que acontece a partir desta segunda-feira (20) até o dia 27/3, na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). As produções serão compartilhadas com outros estudantes e profissionais das áreas das Ciências e Engenharia de diferentes regiões do Brasil.

As produções de iniciação científica buscam obter soluções criativas e eficientes para problemas existentes na sociedade. Alguns dos projetos foram elaborados no âmbito do Projeto Ciência na Escola e outros, por incentivo da Rede de Educação Profissional da Bahia, através da Secretaria da Educação do Estado da Bahia.

A estudante Ailana Kely de Souza, 19, do curso técnico em Biocombustíveis, do Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Tecnologia da Informação Álvaro Melo Vieira (CEEP),  em Ilhéus, no Sul do Estado, conta que está animada para apresentar o projeto “Análise físico-química e sensorial da farinha de aipo: uma nova alternativa alimentar para os celíacos”. “É a primeira vez que viajo de avião para outro Estado e vai ser uma experiência marcante, porque vou adquirir novos conhecimentos, passar um pouco do que aprendi e fazer contatos com profissionais”, afirma a estudante, que embarcará, neste domingo (19), acompanhada por sua professora e orientadora Margarete de Araújo.

A pesquisa foi desenvolvida juntamente com sua colega Rayanne Benevides Santos, 18, que não poderá viajar, mas está torcendo para o projeto ser um dos premiados. “Nosso projeto tem o objetivo de comprovar a eficácia da farinha de aipo e introduzir o produto em uma dieta saudável, assim como analisar os componentes químicos, realizar testes sensoriais e criar uma receita de biscoito, utilizando essa farinha para as pessoas que apresentam intolerância ao glúten”, explica a estudante.

Por que devemos ler os rótulos dos alimentos?

 

andrea FTC

Bom para iniciarmos essa reflexão, cito dois motivos pelos quais devemos ler os rótulos apresentados nas embalagens dos alimentos, é claro que existem outros, mas elenco esses como principais. O primeiro deles refere-se à escolha de alimentos mais saudáveis com o objetivo de prevenir doenças e o segundo por que somos consumidores e temos o poder de mudar um mercado que atualmente tem como único propósito: vender!

A saber, o rótulo alimentar configura-se um meio de comunicação entre os consumidores e os produtos, desta forma, as informações presentes nos rótulos devem ser claras para poder ajudar os consumidores sobre a escolha dos alimentos. Segundo o Ministério da Saúde, dados levantados com a população confirmam que aproximadamente 70% das pessoas lêem os rótulos alimentares no ato da compra, entretanto, a maioria não compreende adequadamente o significado das informações (ANVISA, 2008).

Triste realidade quando os consumidores que são os maiores interessados não compreendem as informações prestadas nos rótulos. Realmente, as informações de um rótulo são muitas, dentre elas, a lista de ingredientes, a composição nutricional, prazo de validade, origem, lote, inclusão ou exclusão de algum nutriente, em fim.. tudo para agregar valor ao produto e subsidiar informações ao consumidor. Estas são exigências legais e fazem parte do controle de qualidade dos mesmos, conferindo segurança para a população.

alimentos 1Bem, mas  já que temos que saber avaliar um rótulo, abordarei aqui alguns aspectos importantes e de fácil entendimento. Em relação a lista de ingredientes, estes se apresentam sempre em ordem decrescente, ou seja, do que tem maior quantidade para o que tem menor quantidade, então alimentos em que o açúcar aparece como o primeiro ingrediente, não serão nunca uma boa escolha! Devemos lembrar que o açúcar pode aparecer com outros nomes, como glicose, glicose invertida, sacarose, dextrose, frutose, maltose, entre outros. E logo abaixo da lista de ingredientes, para pessoas que sofrem de  alergias alimentares devem constar os ingredientes que podem causa-las por exemplo: ovos, soja, glúten, castanhas, amendoim etc..

A informação nutricional sempre será apresentada de acordo com a porção do alimento que estará em gramas ou ml e em medida caseira. Na tabela nutricional a primeira informação é designada às calorias do alimento, seguida dos carboidratos, proteínas, as gorduras totais, saturadas e trans, fibras, sódio e as vitaminas e minerais. Quanto as gorduras trans, não devemos consumi-las e sobre o Valor Diário (VD) este é o percentual em relação ao que devemos consumir durante um dia, tratando-se de pessoas que controlam o sódio e o açúcar na alimentação, estas sempre deverão preferir os com menor VD.

alimentos 2Uma reflexão bem simples é em relação ao prazo de validade, esta é a primeira informação que devemos verificar, as vezes é até difícil de encontrar não é mesmo? Mas o que chamo atenção é para o tempo de prateleira de determinados produtos, como um simples pão de forma, que durava de sete a dez dias atualmente dura vinte? As empresas estão investindo em tecnologia para prolongar o tempo de prateleira dos produtos, mas será que realmente essa tecnologia e  aditivos utilizados são seguros e não nos oferecem riscos?

Em tempos em que o marketing envolve os consumidores com informações atraentes e sedutoras, nos é obrigatório saber o que estamos consumindo, ampliar nosso conhecimento sobre os aditivos, conservantes, flavorizantes (sabor), agrotóxicos, e evita-los, já que muitas dessas substâncias tem poder cumulativo no organismo, e podem desencadear doenças como o câncer.

Diante de tais circunstâncias devemos ser mais exigentes com a qualidade dos produtos e aprender a escolher, se a letra dos rótulos ainda continua pequena, é por que ainda o somos enquanto consumidores. Dar preferência aos produtos mais naturais, evitar comprar o que podemos produzir, contribuirão para escolhas alimentares mais saudáveis, e estaremos sendo exigentes como consumidores. Por que aceitar produtos apenas por que a propaganda veiculada diz que ele é bom? Será mesmo? Convido vocês a lerem os rótulos e decidir com mais rigor e conhecimento sobre o que consumir, afinal nosso corpo é nossa morada e merece sempre o melhor.

Um abraço bem nutrido!!

Andrea Spier  é Nutricionista, Especialista em Nutrição Clínica e Saúde Pública e Docente da Faculdade de Tecnologia e Ciências de Itabuna

Na alegria e na tristeza. Mas… e na pobreza?

Débora Spagnol

debora 2Enquanto comunhão de vida, o casamento é composto por duas vertentes: pessoal, por livre opção das partes em compartilhar a vida comum e vincular-se aos deveres de coabitação, respeito, cooperação e assistência; e patrimonial, em que os cônjuges determinam a forma de administração dos bens comuns e a solidariedade pelas dívidas do casal.

O casamento por amor, da forma que hoje concebemos, é uma forma de união razoavelmente nova, já que durante muitos séculos o matrimônio acontecia tão somente para manter o nome da família, para aumentar o patrimônio do clã ou apenas para legitimar os filhos. E essa liberdade na escolha do parceiro estendeu-se também à livre disposição acerca do patrimônio do casal.

As relações econômicas entre os cônjuges devem seguir três princípios básicos: a irrevogabilidade (para garantir interesses dos parceiros e de terceiros) (1), a livre estipulação e a variedade de regimes (2).

Nosso Código Civil estabelece quatro regimes de bens: comunhão parcial, comunhão universal, separação convencional ou legal e participação final nos aquestos. A escolha do regime dá-se através do pacto antenupcial e, se este não for realizado, for nulo ou ineficaz, a lei estabelece que o regime a ser adotado será o de comunhão parcial de bens (também chamado legal ou supletivo). A exceção ocorre no caso de separação de bens.

Da comunhão parcial decorrem três espécies de bens: os comuns (que pertencem ao casal), os do marido e os da esposa. Os bens particulares de cada um dos cônjuges são ditos “incomunicáveis”, já que permanecem como propriedade exclusiva de quem já os possuía na época da união. São também incomunicáveis os bens adquiridos depois da união a título gratuito (doação ou sucessão) e os sub-rogados em seu lugar; os bens de uso pessoal e profissional, proventos de trabalho, pensões, montepios e outras rendas semelhantes.

Read the rest of this entry »

O exame oftalmológico e a vida escolar

Dra. Carolina Rebouças Fernandes

Dra Carolina Rebouças 1A avaliação oftalmológica infantil é muito importante, pois cerca de 80% das informações que percebemos do mundo chegam através da visão.

A Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica recomenda a realização do teste do Olhinho ao nascer, seguido de exames semestrais na criança até os dois anos de idade e avaliações anuais até os oito anos.

Quando o período escolar se inicia, os professores ainda não conhecem a criança. Esse fato dificulta notar diferenças no padrão de comportamento durante as aulas que indiquem que a qualidade da visão do menor esteja comprometida.

Há queixas que sugerem algum grau de redução na acuidade visual. Destas, podem-se destacar as seguintes: apertar os olhos ou virar o rosto de lado para ver mais longe; levantar muitas vezes para se aproximar do quadro ou televisão; maior dificuldade com letreiros luminosos; dor de cabeça frequente após esforços visuais; aproximar ou afastar muito os objetos dos olhos; passar a só demonstrar interesse ao chegar perto do brinquedo que deseja; começar a cair ou se esbarrar com mais frequência. Estudantes maiores podem ter discrepância muito grande de notas entre as atividades impressas e as que são copiadas da lousa.

Portanto, nota-se que o ideal é que o exame oftalmológico em menores seja próximo do início do ano letivo, para ajudar as crianças a terem a melhor visão possível ou aprender os recursos de substituição da visão caso necessário, o quanto antes . Assim, facilita-se o melhor aproveitamento do conhecimento obtido (não apenas na escola) e também permite-se a este  estudante o desenvolvimento de todo o seu  potencial, além da inclusão escolar quando for pertinente.

 

(*) A Dra. Carolina Rebouças Fernandes é Oftalmologista do Hospital de Olhos Beira Rio

Mau hálito em cães: o que fazer?

Dra. Hannah Thame

 

hannah thameMuitos proprietários costumam reclamar do mau hálito do seu cão, porém, muitas vezes julgam como algo normal. É importante dizer que o mau hálito de um cão muitas vezes indica para o dono que existe um problema ou doença, portanto, se você tiver um animalzinho nessa condição, deve ficar atento ao que isso pode significar.

O mau hálito persistente pode indicar que seu cão tem problemas digestivos ou um problema na gengiva, como gengivite, ou até mesmo uma doença periodontal e deve ser examinado por um veterinário. Além disso, sinais indicando uma questão de saúde mais complexa, como dor na cavidade oral, sangramento, dificuldade para engolir ou comer também podem ser observados.

gengivite é a inflamação da gengiva e é extremamente comum em cães. Sem uma dieta adequada e cuidados higiênicos, como a escovação, partículas de alimentos se acumulam nas fendas entre os dentes e as gengivas de seu cachorro, e a população bacteriana que vive naturalmente em sua boca começa a proliferar. As bactérias aderem à superfície dos dentes que formam uma placa lisa, que mineraliza, endurece e se torna áspera, formando o que conhecemos como tártaro. Essa formação acaba “empurrando” a gengiva que se distancia dos dentes, causando bolsas que proporcionam um local perfeito para o crescimento excessivo de mais bactérias.

cãoQuando a gengivite não é tratada ela continua progredindo e evolui tornando-se uma periodontite, que infelizmente pode levar à disseminação de bactérias, expondo o cachorro a risco de morte. A periodontite ou doença periodontal é considerada mais grave, devido à destruição dos tecidos onde estão inseridos os dentes, levando a exposição da raiz e posterior perda dos dentes do animal. Além disso, a gengiva inflamada fica em contato direto com uma enorme quantidade de bactérias, que se infiltram nos capilares e migram, através da corrente sanguínea, até órgãos vitais, como os rins e o coração. A doença periodontal é uma das principais causas de nefropatias e cardiopatias, doenças graves que podem levar ao óbito do animal.

Muitos proprietários não percebem o quanto é importante cuidar dos dentes de seu cão e a maior parte dos donos não possui o hábito de investigar a boca de seus animais de estimação. Para isso não é necessário abrir a boca do animal, já que muitos cães não se sentem confortáveis com esse manejo. Apenas segure gentilmente o focinho do cão e levante as bochechas, começando pela parte dos caninos.
Observe todos os dentes do animal, especialmente os molares e pré-molares, pois quanto mais ao fundo da boca, maior o acúmulo de placa bacteriana.
Observe se os dentes estão amarelados e se as gengivas estão avermelhadas.

É importante não tentar tratar o mau hálito ou outros sintomas antes de falar com seu veterinário, que precisa avaliar seu cachorro e solicitar exames para descobrir o que está acontecendo e discutir opções de tratamento com você.

O Médico Veterinário pode sugerir uma limpeza profissional para remover placas e tártaro, além de prescrever medicamentos de uso apropriado. Recomendações de cuidados domésticos podem incluir escovação diária dos dentes e soluções orais para manter a boca limpa após a completa higienização.

 

(*) A Dra. Hannah Thame é Médica Veterinária e Mestre em Ciência Animal com ênfase em Sanidade Animal pela Universidade Estadual de Santa Cruz

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
março 2017
D S T Q Q S S
« fev    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031