camara vereadores itabuna
livros do thame

Archive for the ‘Notícias’ Category

Evento internacional de Endodontia contará com profissional de Ilhéus

 

endoO Dr. Gustavo Moreira de Almeida  diretor e coordenador do curso de Especialização em Endodontia no Centro de Odontologia Avançada (COA), em Ilhéus, será o representante da região no Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Odontologia, considerado um dos mais bem conceituados na área odontológica, que acontecerá entre os dias 20 e 22 de novembro, em São Paulo.

 

“A minha participação será como membro (professor) em uma mesa redonda, onde serão discutidos vários temas atuais da endodontia”, comenta Gustavo (foto). Além disso, a participação de outros profissionais também é de grande importância, já que no mesmo evento haverá uma profunda atualização dentro dos temas mais relevantes da Endodontia atual, como também do futuro. Para ele, a importância do evento para a área odontológica é a integração dos especialistas. “Iremos discutir o futuro e o presente da especialidade, assim como o aprimoramento técnico científico, que se mostra cada vez mais importante na área”, acrescenta.

 

Uma das principais expectativas para o Dr. Gustavo na sua participação do congresso vem com a chance de voltar os olhos para a cidade de Ilhéus. “Há uma boa possibilidade de projeção internacional da cidade de Ilhéus pela ABO e COA, com participação efetiva para mais de mil pessoas”, finaliza.

 

Para maiores informações, basta acessar o site do evento www.sbendo.com.br ou entrar em contato com o Centro de Odontologia Avançada, através do número (73) 3231-7964, ou pelo site: www.abo-ilheuscoa.com.br.

PT baiano debate estratégia de campanha de Dilma

 PT 1

A estratégia da campanha de Dilma no segundo turno na Bahia foi discutida hoje (13), no hotel São Salvador, na capital, em reunião articulada pelo presidente do partido e coordenador da campanha no estado, Everaldo Anunciação.

Participaram do encontro os eleitos Rui Costa (governador) João Leão (vice-governador) e Otto Alencar (senador). Também presentes o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo, os presidentes dos partidos aliados, deputados, prefeitos e lideranças.

PT 2Everaldo abriu a reunião agradecendo o empenho da militância e dirigentes do PT e coligados. Ele destacou o Programa de Governo Participativo (PGP), elaborado com a opinião do povo dos municípios. Ele disse que todos estão motivados para ampliar a quantidade de votos para Dilma, contribuindo para sua reeleição.

Rui Costa disse que vai retornar a alguns municípios para agradecer e pedir votos, “até mesmo daqueles que não votaram em Dilma no primeiro turno.”. Ele entende que com a vitória do PT no estado é necessário falar sobre a importância de um governo federal alinhado, “que pode muito ajudar a Bahia.”.

Na opinião de Rui “as comparações entre os governos Dilma e Lula e os anteriores são os nossos carros chefes.”.  Ele diz que “os números mostram que fizemos muito mais e a maioria da população entendeu isto.”.

João Leão também destacou os avanços do governo Dilma em todas as áreas e falou “que nenhum fez tanto pela Bahia.”.  Nesta mesma linha, Otto Alencar complementa afirmando que é só mostrar o que foi feito e comparar que venceremos a eleição.

Enseada Indústria Naval já pode iniciar atividades

naval

O Enseada Indústria Naval, localizado no município de Maragogipe, no Recôncavo baiano, recebeu a Licença de Operação (LO) concedida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), na última sexta-feira (10). O empreendimento é fruto do planejamento dos governos federal e estadual para a exploração do pré-sal, através de recursos da iniciativa privada e, a partir de agora, já pode iniciar a operação da sua primeira atividade, a construção de navios-sonda para a Petrobras.

Além dos navios, o Enseada atua na construção de plataformas e também realiza manutenção, reparos e consertos, sobretudo nos municípios de Maragogipe, Saubara, Salinas da Margarida, São Félix e Cachoeira. Na operação, o empreendimento vai gerar 4,5 mil empregos diretos. A obra do contou com um investimento orçado em R$ 2,6 bilhões.

Para o coordenador executivo de Infraestrutura e Logística da Casa Civil da Bahia, Eracy Lafuente, este é um projeto de grande importância para a economia da Bahia e do Brasil. “A operação inicial traz um impacto positivo no âmbito econômico e a construção de navios-sonda contribui significativamente para a política de desenvolvimento da camada do pré-sal no país, pondo a Bahia em destaque no cenário nacional da indústria naval”, explica.

Adélia Pinheiro discute no CNE institucionalização da Educação à Distância

adelia pinheiroA reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e presidente da Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM), Adélia Maria Carvalho de Melo Pinheiro e do reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Antonio Heronaldo Sousa, presidente da Câmara de Educação a Distancia (EaD) na ABRUEM, participaram de reunião preparatória para audiência pública sobre o marco regulatório da modalidade educativa EaD. A reunião, promovida pela Comissão de Educação a Distância do Conselho Nacional de Educação (CNE),  ocorreu em Brasília.

A Comissão do CNE é presidida pelo conselheiro Luiz Roberto Liza Curi e tem como relator o conselheiro Luiz Fernandes Dourado. A reitora da UESC e presidente da ABRUEM, Adélia Pinheiro, destacou a  necessidade de institucionalização da EaD e a necessária busca de soluções que deem conta das dificuldades atualmente existentes na consolidação desse processo. Outros assuntos na pauta foram o reconhecimento do tutor como docente e o enfrentamento desta questão, assim como a interlocução com os Conselhos Estaduais de Educação, instância de regulação das universidades estaduais.

Na oportunidade, a professora Adélia Pinheiro agradeceu o convite do CNE e destacou a importância da participação da ABRUEM na discussão sobre questões referentes a Ead, considerando que faz parte do Sistema Nacional de Educação e responde por 27% das matrículas públicas em cursos de graduação a distância no Brasil. Parabenizou também o Conselho pelo movimento de aproximação com a entidade, bem como pelo relatório preliminar apresentado.

Em Iraquara, Rui agradece vitória e diz que Bahia vai ampliar votação de Dilma

rui iraquara 

Como prometido durante a campanha eleitoral, o governador eleito Rui Costa (PT) voltou a uma das cidades onde obteve a maior votação proporcional. Iraquara deu a Rui 89,97% dos votos válidos e, neste sábado (11), recebeu o agradecimento. O município empatou com Barra do Mendes, local em que o governador eleito também conquistou 90% do eleitorado.

 

“Iraquara me colocou em primeiro lugar na Bahia e a minha gratidão será com muito trabalho. Podem ter certeza de que vou honrar a minha história de vida e o voto de confiança de vocês”. Ele ainda pediu o empenho de cada um para diminuir a abstenção, o voto em branco e o voto nulo no segundo turno, defendendo o nome Dilma Rousseff para a eleição presidencial.  “O povo da Bahia era esquecido por outros presidentes. Peço de coração que possamos conversar com os nossos familiares para reeleger Dilma, a guerreira que vai continuar ajudando nordestinos e baianos. E merece mais um milhão de votos na Bahia”.

 

As duas maiores forças políticas da cidade, que, a nível municipal, são oposição, trabalharam para a eleição de Rui Costa, João Leão (vice-governador) e Otto Alencar (senador). O prefeito  Landoaldo Freitas Júnior, do PP, e o ex-prefeito Edmário, do PT, comemoram a vitória.

 

Recebido por centenas de pessoas, o novo governador da Bahia caminhou pela feira de Iraquara, cumprimentando, abraçando e tirando fotos com seus eleitores. A cor vermelha tomou conta da feira. Com a bandeira de Dilma, os iraquarenses garantiram que vão repetir a votação no segundo turno e trabalhar para ampliá-la. José Fagundes, de 81 anos, morador do município fez questão de ir às urnas no primeiro turno e afirmou que no dia 26 “é Dilma de novo”. “Ela e Lula olharam para o interior do Brasil inteiro. O nosso voto é livre e damos para quem a gente quer”.

 

O governador eleito ainda passou em Souto Soares para agradecer a votação expressiva de mais de 80% dos votos válidos. Na próxima semana, os recém- eleitos pela coligação Pra Bahia Mudar Mais devem ir a Feira de Santana, Ilhéus e Itabuna, cidades com potencial ampliação de votos para Dilma Rousseff.

 

 

 

 

 

 

Wagner: “Aécio não pode dar aula de ética”

wagner e dilma

Um dos nomes cotados para assumir um Ministério em eventual segundo mandato de Dilma Rousseff, o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT) critica a campanha do presidenciável tucano Aécio Neves.

Ele acusa o senador mineiro de promover o ódio ao PT, com ajuda da “elite conservadora paulista” e afirma que oposição erra ao focar campanha no tema corrupção: “Há muita hipocrisia. Não reconheço em Aécio Neves alguém que possa dar aula de ética. O povo sabe que tem santo e diabo em todos os partidos”, disse em entrevista à “Folha de S. Paulo”.

Ele diz que ao contrário do que Aécio diz na TV, quem sempre dividiu o Brasil entre ricos e pobres foi o PSDB, “que nunca trabalhou na permeabilidade social”.

Quanto a seu partido, avalia que “o grande erro do PT foi não ter tido mais pulso para fazer a reforma política, porque ou destrói a máquina eleitoral do jeito que está hoje ou todo mundo vai para o ralo”. Sugere o fim da reeleição, fim da barganha do tempo de TV (leia mais).

Havana, a cidade paixão

Daniel Thame

 

San Cristobal de La Habana. Ou simplesmente La Habana. Capital de  Cuba, a maior ilha do Caribe. Dito assim,  poderia ser apenas a localização geográfica de uma cidade.

Mas La Habana,  Havana, não é apenas uma cidade. Cidades existem em todas as partes do mundo. Metrópoles, grandes, médias e pequenas cidades ou mesmo vilazinhas perdidas no mapa.

Havana é diferente. E nem se peça explicação. Porque explicação não há. Ou há tantas explicações que nem é o caso de se explicar.

Havana é para ser vivida com toda a intensidade que é possível viver numa cidade que tem alma, que pulsa e que  se reinventa sem perder a essência.

Cidade com alma e com coração. E o coração de Havana se chama Habana Vieja. A velha Havana, onde se tromba em cada esquina com a História e com personagens históricos.

Habana Vieja, dos monumentos que percorrem cinco séculos de um país e de um povo  dominados pelos conquistadores e que há meio século decidiu ser dono de seu próprio destino.

Monumentos e prédios históricos –e eles são as marcas indeléveis de Habana Vieja-  são testemunhas dessa saga única de nuestra América. Fascinam não pelo que mostram, mas pelo que representam.

Caminhar por Habana Vieja é respirar utopia na Praça da Revolução, que conserva relíquias da epopéia que começou em Sierra Maestra e está longe de terminar.

E beber um run e fumar um puro habano no Hotel Habana Libre (o antigo Hotel Nacional dos mafiosos americanos), onde se instalou o quartel general da recém-vitoriosa revolução cubana  e que, contam as paredes e as lendas, travou-se o inacreditável diálogo em que Fidel, ao escolher seus ministros, perguntou quem era economista. Che levantou a mão e Fidel imediatamente o nomeou Ministro da Economia. Che, entre uma baforada e outra de charuto, questionou. Ao que Fidel rebateu: “mas eu perguntei quem era economista e você levantou a mão”. E Che: “carajo Fidel, eu entendi você perguntar quem era comunista”. Che virou Ministro da Economia e ainda por cima presidente do Banco Nacional de Cuba. Notas de peso, a moeda cubana,  com sua assinatura são vendidas como souvenir em Havana.

É tomar almoçar ou jantar comida criolla (a comida típica cubana), beber um mojito e deixar um recado para a posteridade na Bodeguita del Médio, tão mundialmente célebre que dispensa apresentações. É ´conversar´  com Ernest Hemingway  no Hotel Ambos Mundos ou ler um poema ao lado de Pablo Neruda nas calles estreitas, que aparentemente não levam a lugar nenhum, mas levam a todos os lugares que a imaginação permite.

É achar relíquias entre livros, discos e pinturas nas praças, regateando os preços pelo prazer da conversa. É se perder  na luxúria do Tropicana e do Le Parisien, espetáculos que unem música, dança, teatro e sensualidade. É admirar sem pressa as  jóias arquitetônicas que surgem  a cada esquina.

É caminhar e sentir a brisa do Mar do Caribe no Malecon, a avenida beira mar.   onde casais apaixonados se apaixonam ainda mais e a noite é uma criança, porque é mais fácil trombar com Fidel Castro do que ser assaltado, seja noite ou dia, primavera, outono, inverno ou verão.

É conhecer o Teatro Nacional, o Capitólio, os hotéis em estilo da primeira metade do século passado. É tomar um sorvete de sabor incomparável na Copélia. É dirigir ou apenas tirar fotos em carros antigos e excepcionalmente bem conservados, uma das marcas de Havana. Ou passear sem pressa em taxis adaptados de bicicletas ou charretes, como se fosse fazer o tempo passar devagar. E em Habaja Vieja até o tempo passa sem presa.

É descobrir e redescobrir uma nova cidade a cada dia, tentas são as cidades dentro de Havana, e tantas são as nuances na mesma Habaja Vieja.

Habana Vieja não é para turistas, embora viva apinhada de turistas. Porque turista olha, fotografa e se empanturra de lugares comuns, guiados por folhetos que revelam justamente lugares comuns, mas não revelam a alma do lugar.

Habana Vieja – e me atrevo a dizer-  Havana, e a  Cuba de Santa Clara, Trinidad, Matanzas, Remedios, Cinfuegos, Pinar del Rio, Santiago,  é para ser vista e, principalmente, vivida por quem se sente parte daquilo tudo. Que não apenas vê, mas enxerga, que não apenas visita, mas incorpora.

Que ao respirar, não manda apenas ar para os pulmões, mas impregna as veias com algo absolutamente imaterial.

Uns chamam isso de alma.

Mas também pode chamar de paixão.

Porque Habana Vieja, e aqui se chegou à palavra síntese, é imensamente e inteiramente paixão.

 

Aécio cede a Marina e aceita demarcação de terras indigenas

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, divulgou documento em que acata parte das exigências feitas pela ex-candidata Marina Silva (PSB) antes de decidir seu apoio ao tucano no segundo turno.

Ao lado de dirigentes do PSB e de três filhos do ex-governador Eduardo Campos – morto em um acidente de avião em agosto durante a campanha presidencial –, Aécio apresentou documento com novos compromissos, caso seja eleito.“Eu me sinto, a partir deste instante, responsável dentre tantas expectativas que a mudança gera na sociedade brasileira, para levar a cada canto deste país, no limite das minhas forças, o legado e os sonhos de Eduardo Campos, governador dos pernambucanos e símbolo da boa política”, disse Aécio, segundo informações de sua assessoria.

O documento cita, entre outros compromissos, a defesa do fim da reeleição para cargos executivos, a manutenção das prerrogativas do Poder Executivo na demarcação de terras indígenas, a ampliação da reforma agrária e a sustentabilidade das políticas do governo, todas bandeiras defendidas por Marina Silva.No entanto, o documento não cita mudanças sobre a posição de Aécio sobre a redução da maioridade penal em casos de crimes hediondos, item que Marina também questionou antes de decidir seu apoio no segundo turno.

Depois de alguns adiamentos, o posicionamento da ex-candidata do PSB, que ficou em terceiro lugar no primeiro turno, deve ser anunciado neste domingo (12).Segundo Aécio, “um programa de governo é uma obra em eterna construção”.

Após o ato político com as lideranças do PSB pernambucano e representantes de movimentos sociais, o tucano almoçou com a viúva de Campos, Renata Campos, e hoje participará de uma carreata e um ato político no município de Sirinhaém, a cerca de 70 quilômetros do Recife, onde Marina teve a maior votação em todo o país no primeiro turno, com 74,19% dos votos. Informações da Agência Brasil.

No Sul da Bahia, a decisão de Aécio poderá resultar, caso ele seja eleito, na imediata demarcação de uma área de 47 mil hectares em Ilhéus/Olivença, Una e Buerarema, destinada a supostos indios tupinambas. O projeto de  demarcação foi aprovado pela Funai, mas a presidente Dilma não sancionou, já que o documento está repleto de irregularidades. “Dilma é a garantia de que o processo será revisto, evitando que milhares de produtores sejam prejudicados”, afirma o deputado federal Geraldo Simões.

njares ie de r

Pedalada Azul em Ilhéus mobiliza para o Mutirão do Diabético de Itabuna

pedalada azulA Associação dos Diabéticos de Ilhéus está engajada na mobilização em torno do Mutirão do Diabético de Itabuna, promovido pelo Hospital de Olhos Beira Rio. Um dos eventos destinados a chamar a atenção para a necessidade de prevenção e tratamento da doença, é a Pedalada Azul, que acontece no próximo dia 1º. de novembro. Realizada em parceria com o Colégio Militar de Ilhéus, a pedalada terá duas saídas, uma da zona norte e outra a zona sul da cidade, convergindo para a praça em frente à Catedral de São Sebastião.

 

“O Mutirão do Diabético e um exemplo de mobilização da sociedade em torno de uma causa justa e estamos incentivando nossos alunos a se engajar nesse ato de cidadania”, destaca o diretor do Colégio Militar,

Major Lucas. “Ilhéus participa do Mutirão porque esse é um evento de abrangência regional, atendendo pacientes de vários municípios. Além disso, pela sua enorme repercussão, o evento também exerce um papel importante na prevenção da doença”, afirma a presidente da Associação dos Diabéticos de Ilhéus, Célia Cardoso. “Além disso, o passeio de bicicleta incentiva a prática de atividades físicas”, diz.

 

Após a Pedalada Azul em Ilhéus, serão montados estandes em frente a catedral, com uma equipe de voluntários realizando serviços de orientação à comunidade nas áreas de enfermagem e nutrição. “A participação das entidades de Ilhéus é importante na mobilização, já que as duas maiores cidades do Sul da Bahia estão unidas na prevenção do diabetes”, ressalta o coordenador do Mutirão, Dr. Rafael Andrade.

 

Em 2014, o Mutirão do Diabético de Itabuna, que faz parte do calendário da Federação Internacional do Diabetes, chega à sua décima edição e será realizado no dia 15 de novembro, com atendimento médico no Hospital de Olhos Beira Rio e Feira de Saúde na praça Rio Cachoeira.

Dilma estranha vazamentos no caso Petrobrás e diz que corruptos devem ser punidos

dilma vazamentoEm entrevista coletiva, a Presidenta Dilma Rousseff afirmou achar “muito estranho” o vazamento dos depoimentos  à Justiça Federal do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, e do doleiro Alberto Youssef. A candidata à reeleição defendeu a punição aos culpados “ doa a quem doer”.

“Essas informações ainda estão sob sigilo. Eu acho muito estranho em meio ao período eleitoral, que haja uma investigação como essa.  Sou a favor que se puna os corruptos e corruptores. A investigação tem que ser feita sem qualquer outro tipo de intervenção. Eu considero incorreto divulgar parcialmente em período eleitoral”, disse a Presidenta no Palácio da Alvorada.

Na última quinta-feira  (9), a Justiça Federal do Paraná divulgou áudios dos depoimentos prestados pelo ex-dirigente pelo doleiro. Ambos são réus no processo da Operação Lava Jato, e foram ouvidos pelo juiz Sérgio Moro. “Não é a justiça do Paraná que autoriza a delação premiada.É o Supremo. A justiça do Paraná não tem essa abrangência. Nós precisamos saber quem autorizou essa delação premiada”, declarou a candidata.

“Assim que acabar a eleição, ninguém se responsabiliza por ela.  Eu acredito e por isso que eu acho muito estranho essa ação dessas gravações. Não há provas.  Por isso que eu digo que tem que ter muito cuidado com a impunidade.  Eu defendo que a justiça cuide desse processo e que haja provas. E que se apresente parte das provas e dos depoimentos”, continuou Dilma.

A Presidenta citou as propostas para combater a corrupção em um possível segundo mandato, defendeu a reforma política e criticou a forma como as denúncias de desvio de recursos públicos eram tratadas nas gestões do PSDB, à frente do governo federal.

“Eu propus no meu governo acabar com a impunidade e assim condenar os corruptos.  E criar uma estrutura nos tribunais superiores e tornar a punição mais dura.  Essas medidas são fundamentais e são essenciais para combater a corrupção. Outra questão, a notificação da legislação, que defina o enriquecimento ilícito de qualquer servidor público.  Sem a reforma política, nós não conseguiremos combater a corrupção.  E é preciso ter a participação de cada um dos brasileiros. Tem a ver com esse do financiamento privado de campanha”, prosseguiu.

“O PSDB antes tinha o engavetador da República. Comigo a  Polícia Federal tem autonomia.  O Ministério Público também se manteve com autonomia e independência. Eu não varro os problemas para debaixo do tapete, como eles (PSDB) fazem”, finalizou Dilma.

Rui quer Minha Casa, Minha Vida mais forte

conca rui

Para Rui Costa (PT), governador eleito do Estado da Bahia, quem tem condições de ampliar e fortalecer programas sociais como o Minha Casa, Minha Vida é quem pensou o programa e trabalhou para torná-lo realidade. “Eles tiveram décadas para fazer e não fizeram”. A afirmação foi feita no município de Vitória da Conquista (BA), após cerimônia de entrega de 1.200 casas do programa.

Ele defendeu que a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição, avançou em relação às condições de moradia digna no país ao explicar que Lula criou o programa, em 2009, Dilma deu continuidade e, contudo, foi além. “Ela inovou, criando o Minha Casa Melhor, que possibilita aos beneficiários ter a casa mobiliada, com a compra de móveis e eletrodomésticos importantes para se viver bem”.

Na Bahia, 126 mil unidades habitacionais foram entregues. Jaques Wagner fechará a sua gestão com a garantia de casa própria para 236 mil famílias. No programa de governo de Rui Costa, o compromisso é ampliar o número, construindo 300 mil casas em quatro anos. “É essencial que tenhamos um presidente que tenha compromisso com a Bahia e com o Nordeste. Quem vai somar esforços aqui é, seguramente, Dilma Rousseff”, garantiu o novo governador da Bahia.

Wagner entrega moradias do Minha Casa, Minha Vida em Vitória da Conquista

casas conca 1
Mais 1.200 famílias de Vitória da Conquista deixaram de pagar aluguel e de viver em locais impróprios, em Vitória da Conquista. A entrega das chaves dos empreendimentos residenciais Margarida e Lagoa Azul I, I e III, nesta sexta-feira (10), pelo governador Jaques Wagner, contou com a presença da ministra do Planejamento, Miriam Belchior e do presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda. Cada um dos empreendimentos, construídos por meio do programa Minha Casa, Minha Vida, possui 300 unidades habitacionais.

casas conca 2“O trabalho continua, a gente passou o período eleitoral e estamos entregando com muita alegria mais 1.200 unidades de uma meta de 260 mil. Até dezembro, vamos continuar as entregas em toda a Bahia. A gente permanece no primeiro lugar em realizações do Minha Casa, Minha Vida, principalmente nesta faixa salarial de zero a três salários mínimos, que são justamente as pessoas que mais precisam”, destacou o governador.

Jorge Hereda informa que o estado já tem mais de 250 mil unidades do Minha Casa, Minha Vida, entre contratadas e entregues. “Só em Vitória da Conquista são cerca de 14 mil moradias, um investimento de aproximadamente R$ 1 bilhão. O Minha Casa, Minha Vida é um sucesso na Bahia porque conta com a parceria do Governo do Estado e das prefeituras”, afirmou o presidente da Caixa.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
outubro 2014
D S T Q Q S S
« set    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031