WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

universidade lasalle livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

maio 2022
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: 21/maio/2022 . 18:39

Museus baianos oferecem diversas exposições e oficinas gratuitas durante a Semana dos Museus

semana museus 5Baianos e turistas têm a oportunidade de participar de oficinas gratuitas e visitar exposições realizadas no Palacete das Artes e noa neste fim de semana. Os equipamentos oferecem vasta programação ligada à Semana de Museus, que este ano está sendo comemorada entre os dias 16 e 22 de maio. Entre as atividades oferecidas estão oficinas de cerâmica e de pintura, visitas guiadas e exposições artísticas.

Pola Ribeiro

Pola Ribeiro

O diretor-geral do MAM, Pola Ribeiro, destaca a importância da iniciativa para trazer o público mais para perto. “Para a gente, a Semana do Museu é todo dia, de domingo a domingo. Mas é sempre bom ter uma semana onde o foco da sociedade toda se volta para isso. É incrível porque aumenta o público, o número de escolas, de demandas”. Para ele, o museu é um importantíssimo equipamento cultural. “Nas cabeças das pessoas é lugar de coisas antigas, mas na verdade é um equipamento de propulsão. Olhando-se para o museu, é possível se lançar para frente e isso é muito importante neste momento em que temos que reconstruir, da linguagem às memórias, e isso não pode ser feito superficialmente, sem estarmos olhando para o passado e para o cotidiano”, reflete.

:: LEIA MAIS »

Exposição Bicentenário da América

BICENTENÁRIO DA AMÉRICA – Um grande projeto idealizado e organizado por JAIME VALARDO CHAVÉZ, que tem por objetivo celebrar o bicentenário de cada país da América através da Arte. Tem como  finalidade,  viajar pelos continentes apresentando a  celebração de artistas patriotas através de sua arte.Criado em 2021 já em sua primeira edição contou com mais de 500 artistas  envolvidos de diversos países como  Peru, Honduras, Brasil, África, Estados Unidos e Europa, todos reunidos nessa importante manifestação artística.

Nos dias 24 a 28 de Julho estará acontecendo a Mostra de arte Bicentenário da América em Peru, seguindo para o Brasil na cidade de Brasilia/DF em Setembro celebrando os 200 anos de independência.

Um projeto ousado e de grande valor cultural e artístico. Todos artistas estão convidados a participar entrando em contato com os coordenadores que fazem parte da equipe do Brasil. Logo abaixo estarei colocando o contato de cada um.

bic 1

bic 2

APARECIDA FELIPE, artista plástica de Goiânia-Go vestiu a camisa do projeto se tornando embaixadora e uma das coordenadoras. Representante do estado de Goiás.

contato: www.instagram.com/orkideatulipa

“Assim que vi a convocatória do ano de 2021, logo me senti apaixonada pelo evento, sentimentos de força,  amor à arte.

Percebi que o artista Jaime Valardo Chávez, era um artista ungido, agraciado por Deus.

E logo verifiquei as possibilidades de participar em Honduras.

Entrei em contato e fui muito bem recebida, isso impulsionou ainda mais o desejo de participar.  E foi emocionante quando vi a apresentação das obras de arte do BRASIL e logo identifiquei minha obra e a de amigas do Brasil.”

bic 3

MARIA VIEIRA, artista plástica, produtora cultural e Coach, professora, da cidade de Sorocaba-SP, também está no projeto como embaixadora e coordenadora. Representante do estado de São Paulo.

contato: www.instagram.com/m.vieira2

“Ser uma das coordenadoras do evento do Bicentenário da Independência do Brasil, representando a questão artística e cultural, me deixa muito honrada e feliz. Este é um evento importantíssimo que percorrerá com exposição itinerante por todos os países das 3 Américas.

 Em junho será a vez do Peru comemorar o seu Bicentenário e em setembro o evento será no Brasil, na cidade de Brasília. Os artistas estão sendo convidados criteriosamente, por cada coordenador a fazer parte deste evento. Será um evento marcante para ficar na história cultural do Brasil.

Quero agradecer ao Jaime Valardo Chávez, artista e criador deste projeto, pela confiança e a Aparecida Felipe por ser ponte e buscar a união entre nós. Agradeço ainda a todos os coordenadores, somos um time que busca inspiração, aprendizado e crescimento com a intenção de fortalecer a cultura de cada país num intercâmbio artístico.”

bic 4

SELMA VIECHNIESKI, artista plástica, professora, historiadora, pedagoga, outro importante nome que compõem esse time de artistas brasileiros coordenadores e embaixadores do projeto. Mora em Pato Branco, Paraná, Brasil. Representante do estado do Paraná.

contato: www.instagram.com/selmaviechnieski

“Celebrar o BICENTENÁRIO DA AMÉRICA, bicentenário da independência de nosso país, de nosso continente, é um privilégio e também um compromisso com a história, considerando o que já foi construído e o que precisamos construir no sentido do que realmente significa a INDEPENDÊNCIA.

Temos fragilidades em todos os sentidos, mas também temos muito para nos orgulhar, muito o que mostrar, e poder fazer isto através da arte, é muito especial.

Me sinto honrada, como historiadora e artista, em fazer parte do grupo de coordenadores do evento no Brasil. Da mesma forma como foi representar o Brasil em Honduras na edição de 2021.”

bic 5

JÚ COSTA, artista plástica de Santa Catarina, presidente da CONJAP, passista Copa Lord,  Embaixadora e Coordenadora do Bicentenário da América. Representante do estado de Santa Catarina

Contato: www.instagram.com/jucostatelier

“Ano passado,  durante a pandemia recebi o convite do Curador do evento, o Artista Hondurenho, Jaime Vallardo Chávez, para participar da Exposição Intercultural  Artística do Bicentenário da América.

O evento de  Arte reuniu as três Américas, com mais de 500 artistas celebrando o Bicentenário da América em Exposição Virtual e Presencial.

No primeiro ano os países anfitriões foram o Perú e Honduras e neste ano (2022), os anfitriões serão Perú e Brasil.

Incentivar e reconhecer a arte local é o que existe de mais valoroso para o artista, por mais que seja humilde sua trajetória.

Não é apenas uma realização pessoal, mas também a história fomentada através do tempo, sendo difundida em nosso País e fora Dele!

Estou Feliz, orgulhosa e muito honrada!”

Jú Costa

bic 6

TONINHO DE SOUZA, artista plástico, pintor, escultor, muralista, desenhista, fotógrafo, cenógrafo, poeta, escritor, curador, produtor cultural e administrador. Morador de Sobradinho/DF
Representante do DF

Contato: www.instagram.com/toninho.desouza

“ Amigos coordenadores do Bicentenário é muito honroso participar a nível nacional e internacional em um evento que participe no ano passado no Peru e Honduras sob a criação fantástica do nosso Coordenador Geral e criador  Jaime Valardo que está nesta empreitada cultural no Brasil que em setembro completará 200 anos de Independência…

 Arte é o alimento da alma… o verdadeiro artista estará conosco neste projeto de doação cultural para o mundo…”

Toninho de Souza

bic 7

Esse é o time dos Coordenadores Brasileiros que você artista  que desejar participar desse projeto poderá entrar em contato com um deles e fazer sua inscrição sem nenhum custo, apenas seguir as orientações constantes no edital que receberá .

bic 8

bic 9

Faça como FAUSTO RODRIGUES, artista Plastico de Americana/SP que vestiu a camisa do projeto e se tornou um representante do Brasil neste BICENTENÁRIO DA AMÉRICA!

“A Chamada Artística Intercultural para o Bicentenário da América, é uma Museu Cruzado e Itinerante, e nesta ocasião temos a oportunidade de , através  da Arte mostrar um pouco do sentimento adquirido através  das narrativas ouvidas nos banco escolares e que agora no ano  em que  o Brasil que comemora 200 anos podemos celebrar. Tomando dois países anfitriões, Peru e Brasil. As cores são as da pátria, as cenas remetem a luta, guerras, dor, povo que não desiste e não foge a luta.Um povo que crê e recomeça sempre e faz o recomeço sempre  e acredita que pode mudar.”

Fausto Rodrigues

bic 10

Vamos juntos…Torne sua arte reconhecida entre as nações!

Representante do estado de Minas Gerais
luciane arte

Hidroterapia: conheça a queridinha dos fisiovets!

ht hidro terHannah Thame

 

A Hidroterapia nada mais é que a prática de exercícios guiados em água. Os mais utilizados pelos pets são a hidroesteira e a natação.

 

Como funciona a Hidroterapia?

 

Você já percebeu que dentro da água o seu corpo é mais leve e que você realiza movimentos que provavelmente não conseguiria realizar fora dela?

 

Assim é com os animais!

 

Como assim Tia Hannah?

 

Por exemplo, um animal com paralisia nas patinhas pode ganhar mobilidade fazendo movimentos que seriam praticamente impossíveis em solo.

 

Quais os benefícios da Hidroterapia?

->Aumento da circulação sanguínea;

 

->Diminuição da dor;

 

->Aumento da flexibilidade e mobilidade;

 

->Fortalecimento dos músculos;

 

->Auxilia no equilíbrio, coordenação e manutenção da postura do pet

 

->Relaxamento do animal

 

->Estímulo sensorial

 

A terapia na água tem contraindicações?

 

Sim, não indicamos a hidroterapia para pets que tenham:

 

->Lesões na pele;

 

->Otites (inflamações no ouvido);

 

->Dermatopatias (doenças de pele);

 

->Doenças sistêmicas severas como cardiopatias, hepatopatias, doenças renais, hiper ou hipotensão.

 

Se a água relaxa a gente imagine os pequenos que já são relaxados por vida!

Luiz Viana Neto, TV Cabralia e um ´repirror´ em Ilhéus

dr luizDaniel Thame

dthameTV Cabrália, metade da década de 1990. Depois de implantar e consolidar a emissora como a imagem e a voz do Sul da Bahia, Nestor Amazonas partiu para encarar novos desafios. Ramiro Aquino ocupava a superintendência e eu comandava o departamento de Jornalismo.

 

A liberdade que o dono da emissora, o Dr. Luiz Viana Neto, que partiu para a Eternidade dias atrás, nos dava era tamanha que perdia-se o anunciante, tipo prefeitura ou supermercado, porque uma matéria-denuncia ia ao ar, para desespero do departamento comercial.

 

No espectro político, a TV era quase um apêndice do PT e dos sindicatos, numa época em que PT e sindicatos não eram propriamente bem digeridos.

 

Mas o Dr. Luiz sabia disso e nunca partiu dele um único ato de censura.

 

Até um belo dia (sempre chega o belo dia, quase sempre prenuncio de tempestade), o Dr. Luiz convida Ramiro e a  mim para um ´rapirror´ no Hotel Jardim Atlântico, então o mais luxuoso de Ilhéus.

 

Uisque vai, uísque vem (eu odeio uísque, adoro é uma cachacinha, mas não ia fazer desfeita ao chefão), desce um camarão aqui, um peixinho ali. “Como vai a família?”, “O cacau ainda tem futuro?”, “O Rio Cachoeira está muito poluído?” e outras amenidades.

 

E  eu discretamente olho pra Ramiro e digo:

 

-O Dr. Luiz não chamou a gente aqui pra comer e beber do bom e do melhor,  nem pra esse lenga lenga.

 

Não chamou  mesmo. Lá pelas tantas, as sutilezas foram jogadas ao mar.

 

Sem elevar o tom de voz, o Dr. Luiz se vira para mim e diz:

 

-Eu sei como você toca o jornalismo e  respeito suas posições políticas. Mas eu sou de direita e se você quiser continuar fazendo esse tipo de jornalismo compre uma televisão pra você.

 

Comprar uma televisão? Só se fosse um aparelho nas Casas Bahia (olha o jabazinho aí!) e ainda assim a perder de vista no  crediário.

 

 

 

Sejamos justos a esse extraordinário ser humano, que nem era tão de direita assim, mas um democrata conciliador que convivia bem com todas as tendências políticas.

 

O Dr. Luiz produziu uma frase de efeito, porque se dono ele era e as orientações eram claras, não foram poucas as vezes que essas ordens foram solenemente ignoradas e em vez de punição, recebi outra frase de efeito:

 

-Você tem um sério problema auditivo, só escuta o que é conveniente.

 

 

Em tempo: a TV Cabrália foi um divisor de águas na comunicação regional, mas a  morte do Dr. Luiz Viana Neto (que merecia um busto em praça pública) malmente foi citada na grande obra com  que ele brindou o Sul da Bahia.

 

 

Se eu tivesse comprado uma televisão…

Memorial Inédito conta a história do Bairro Conceição

Bairro da Conceição antigo e modernoWalmir Rosário

Walmir RosárioDe forma bastante singela, acredito que o ato de viver pode ser comparado a assumir a direção de um veículo. Ter foco no presente do caminho que lhe rodeia, olhando, sempre, pelo retrovisor o passado, e analisando as possibilidades do futuro, do que possa vir pela frente. São através das histórias do passado que poderemos entender mais sobre nós mesmos, para que possamos encarar o futuro sem qualquer receio.

Dito isso, passo a narrar, com alegria, um “achado” importante da minha infância, vivida no bairro da Conceição em Itabuna. Essa descoberta é um memorial de autoria das professoras Edith Oliveira de Santana, Jiunice Oliveira de Santana e do engenheiro agrônomo e pesquisador aposentado da Ceplac, Sandoval Oliveira de Santana, que conta grande parte da história do bairro, em textos e fotos.

O trabalho, que leva o nome Bairro da Conceição e os Primórdios, foi elaborado para homenagear o cinquentenário da implantação da Paróquia Nossa Senhora da Conceição (8-12-1958 a 8-12-2008), com informações antecedentes ao ano de 1958. Todo o trabalho foi realizado por meio de consultas aos moradores descendentes dos desbravadores, com registros dos personagens.

:: LEIA MAIS »

Por que pensar cansa?

 

Portrait,Of,Asian,Businesswoman,Working,Hard,And,Looking,The,Digital

Como saber se estou usando muito ou pouco o meu cérebro? Assim como nosso corpo, o nosso órgão mais importante também se cansa e dá alguns sinais sobre isso.

 

Antes de falar sobre o que você sente quando seu cérebro trabalha é preciso entender por que ele responde desta forma.

 

Adenosina, muito prazer!

 

Serious,Businessman,Thinking,Hard,Of,Problem,Solution,Working,Late,InNosso cérebro funciona com vários ciclos que acontecem ao mesmo tempo. Tudo começa quando estou concentrado em uma mesma tarefa o que exige uma atividade mental específica e energia do cérebro. “A partir do momento que o cérebro troca informações entre si e as células vizinhas liberam Adenosina, que nada mais é do que uma substância ‘protetora’ que impede a hiperativação dos nossos neurônios. A liberação da adenosina resulta na sensação de fadiga. É o que sentimos quando nos sentimos cansados após uma atividade muito intensa ou longa”, detalhou a neurocientista do SUPERA – Ginástica para o cérebro, Livia Ciacci.

 

 

Por que você precisa pausar?

Uma vez fadigado, seu cérebro já não produz como antes, o que explica a importância da pausa entre as atividades – também para manter a produtividade. “Muitas pessoas confundem produtividade em diversos níveis e uma das principais confusões é a de que a produtividade está ligada a exaustão, o que, em termos científicos não faz sentido, uma vez que o cérebro em estado constante de fadiga não consegue responder da mesma forma”, explicou a Livia Ciacci, neurocientista do SUPERA – Ginástica para o cérebro.

 

:: LEIA MAIS »

Secretaria Municipal de Saúde promove vacinação da família em Itabuna

vacccccNeste sábado, dia 21, acontece mais uma vacinação da família no Centro de Saúde José Maria de Magalhães Neto (antigo SESP), no centro da cidade. A ação acontece entre as 10 e 14 horas para a imunização de crianças, adolescentes, pais e tutores contra a COVID-19.

Para primeira dose, o público será pessoas maiores de 12 anos. Para segunda dose, pessoas que estão com data de retorno até o dia 21/05 para uso das vacinas Coronavac, Oxford e Pfizer. Já para terceira dose, maiores de 18 anos com quatro meses de conclusão do esquema vacinal.

A disponibilidade ilimitada de doses para alguns grupos nesta ação prevê que crianças de 5 a 11 anos, que recebem a primeira ou segunda dose da Coronavac e Pfizer. Já para os adolescentes maiores de 12 anos, a primeira e segunda dose de Coronavac é ilimitada, mas da Pfizer foram disponibilizadas 48 doses.

:: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia