WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

universidade lasalle livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

março 2022
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: 11/mar/2022 . 21:30

Banda Mulheres em Domínio Público homenageia lavadeiras em novos videoclipes

MDP_videoclipes_Tereza Radhakrisna (1)Os videoclipes das músicas ‘Lavador’ e ‘Lavadeira’, releituras de cantos de trabalho gravadas pela banda Mulheres em Domínio Público, celebram as mulheres lavadeiras e sua relação com as águas dos rios. Filmadas após a enchente que atingiu o sul da Bahia, ao remontar ao Rio Cachoeira, as imagens trazem o local em que Valderez Teixeira, protagonista de um dos vídeos, exerceu o ofício durante anos. O lançamento será na terça-feira, 15 de março, às 19h, no canal www.youtube.com/mulheresemdominio onde, logo antes da estreia, acontece uma live com integrantes da banda e da equipe de produção.

MDP_videoclipes_Tereza Radhakrisna 2Seguindo a linha de direções femininas, os videoclipes têm direção, imagens e edição de Tereza Radhakrisna Steil, e foram ambientados nas paisagens naturais de Ilhéus e Uruçuca (BA), com destaque para os Rios Cachoeira e Sargi. Além de Tereza, o roteiro também é assinado por Tacila Mendes, e a produção é de Cris Passos, sendo essas últimas cantoras da banda.

“O lançamento acontece no mês em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher. O videoclipe lembra a dureza da lida e, ao mesmo tempo, a poesia dos cantos que embalam a lavagem de roupa, ofício feminino que já sustentou muitas famílias, mas que não credita a essas mulheres o devido valor de seu trabalho e seu lugar na sociedade. Abordamos sutilmente os traços dessas histórias invisibilizadas por meio da memória de uma mulher que realmente viveu isso, Valderez Teixeira, a Dona Val”, explicam as cantoras. As releituras de cantos de trabalho da lavoura cacaueira são o objeto artístico do álbum ‘Sindô lê lê’, disponível nas plataformas digitais.

:: LEIA MAIS »

NOTA DE REPÚDIO

 
O Governo de Itabuna lamenta e repudia o oportunismo político de pseudos “líderes”, que estão organizando manifestações com o objetivo claro de se promover politicamente tumultuando o dia a dia da cidade e das pessoas da região que aqui trabalham ou vem em busca de nosso comércio e nossos serviços.

Servidores da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza estão sendo ameaçados quase diariamente em seu local de trabalho. A Prefeitura de Itabuna já distribuiu para as famílias atingidas pelas cheias de dezembro passado 3,5 mil cartões do Auxílio Recomeço no valor de R$ 3 mil, injetando na economia local R$ 10,5 milhões.

As famílias que perderam suas casas na tragédia das enchentes foram acolhidas até o momento. 550 delas estão amparadas com o Aluguel Social, no valor de R$ 480,00, pelo período de um ano. Além disso, outros processo para o recebimento desse beneficio estão em processo de análise.

O Governo de Itabuna não irá se dobrar diante de atos de vandalismo que impedem o direito de ir e vir das pessoas. Os servidores ameaçados vão buscar garantia de suas integridades físicas junto às autoridades policiais e a sociedade itabunense saberá julgar os oportunistas de plantão que estão explorando a boa fé das pessoas de bem de nossa cidade.

Prefeitura de Itabuna

______

 

Investidores do Sul da Bahia conhecem oportunidades de negócios com cacau no Cerrado e do Polo Agroindustrial

missão (2)

Foi encerrada  nesta sexta-feira (11), a missão institucional de dois dias do Governo do Estado ao Oeste baiano com dez investidores do Sul da Bahia. Na quinta-feira (10), o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento, reuniu-se com o grupo e apresentou o projeto do Polo Agroindustrial e Bioenergético do Médio São Francisco e do cacau do Cerrado, dando o pontapé inicial à viagem. Os empresários demonstraram interesse nos projetos visitados.

missão (1)“Temos atraído muitos empresários interessados em conhecer as instalações dos projetos em desenvolvimento no Polo Agroindustrial e Bioenergético e de viticultura em implantação na região. Há expectativas para a produção de cana-de-açúcar e grãos e temos expandido e apostado na diversificação de outras culturas agrícolas como uva, tomate, inhame e batata, bem como, na agropecuária. A cacauicultura também começa a ganhar espaço no Oeste baiano e os produtores do Sul baiano tiveram a oportunidade de ver de perto as experiências que estão sendo feitas”, declara Leão.

Em dois dias, a comitiva, ciceroneada por Leonardo Góes, secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), e Herbert Oliveira, diretor de Planejamento Territorial da Secretaria do Planejamento (Seplan), fez visita técnica aos viveiros de produção de mudas da BioBrasil, a área clonal experimental do Cacau do Cerrado e a Fazenda Escola do Distrito Irrigado do Nupeba e Riacho Grande (DNR), em Riachão das Neves. Além de projetos do Polo Agroindustrial, como a Serpasa Agroindustrial, primeira usina sucroalcooleira, em Muquém do São Francisco, as Fazendas São José, Euroeste e a Fazenda Escola Modelo, em Barra.

:: LEIA MAIS »

Feira Cultural Rua Viva movimenta Ilhéus

PHOTO-2022-03-10-21-29-55Com apoio institucional da Prefeitura de Ilhéus, a Feira Cultural Rua Viva acontece neste sábado (12), na Praça Rui Barbosa- Avenida Soares Lopes, das 16 às 22 horas, com acesso gratuito a um mix de lazer, entretenimento, comércio, cultura e arte.
Nessa edição em comemoração ao Mês da Mulher, a Rua Viva contará com diversos expositores da economia criativa, gastronomia, chocolates de origem, moda, acessórios, cervejas artesanais e apresentações artísticas para todas as idades.

 

A programação terá ainda show com palhaços e muita diversão para as crianças.

Partiu Estágio entra na reta final de inscrições

Sthephanie Araújo, estagiária da Saeb _ Foto Carol Garcia_GOVBAEncerram, na segunda-feira (14), as inscrições para o programa Partiu Estágio. O primeiro edital para 2022 oferta 4.704 vagas para estudantes universitários, com bolsa auxílio entre R$ 455 e R$ 1.035. No total, 59 órgãos estaduais contam com oportunidades para 147 cursos de nível superior, distribuídas em 220 municípios baianos. As inscrições podem ser feitas no www.programaestagio.saeb.ba.gov.br.

A relação dos municípios e dos cursos com vagas disponíveis poderá ser conferida no Edital 001/2022, disponível no site do programa e da Secretaria da Administração (Saeb). Para participar, os interessados precisam estudar e residir no Bahia, possuir idade mínima de 16 anos e ter concluído, pelo menos, 50% do curso de graduação. Estudantes de Ensino a Distância também podem participar, desde que façam o curso em um polo EAD localizado no estado.

O estudante que deseja fazer a inscrição deve fazer o login e preencher uma ficha cadastral, fornecendo seu nome e CPF, além de outros dados pessoais como e-mail, endereço residencial e local onde estuda. Na sequência, o candidato deve escolher três opções de órgãos onde deseja estagiar. Importante ressaltar que a área do estágio deve ser a mesma do curso em que o aluno está matriculado. Posteriormente, em data a ser divulgada, os universitários selecionados para o Partiu Estágio receberão a convocação no endereço de e-mail que forneceram no ato da inscrição.

:: LEIA MAIS »

Política pública estadual contempla catadores de materiais recicláveis

catadoresNo mês em que catadores de materiais recicláveis celebram seu dia mundial [01 de março], a categoria que ainda carece de valorização na sociedade tem motivos para comemorar no Litoral Sul, Costa do Descobrimento e Extremo Sul do estado. A atuação da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (Setre) junto a parceiros como o Cesol e a Defensoria Pública do estado vem empenhando esforços em políticas públicas para o setor.

Por meio do projeto Pró-Catador, nos últimos anos, cooperados e associados em grupos organizados tiveram acesso a capacitações e equipamentos, como explica o coordenador do Cesol Litoral Sul, Thiago Fernandes. “O papel que a Secretaria do Trabalho tem desempenhado conosco na região é muito importante, sobretudo com o apoio a catadores de materiais recicláveis. O Pró-Catador ofereceu cursos, palestras, capacitações e oficinas à categoria no Sul, Extremo Sul da Bahia e Costa do Descobrimento”, aponta.

“Algumas cooperativas receberam maquinários, a exemplo da Cooperaporto [Cooperativa de Trabalho de Catadores de Porto Seguro], Coonápolis [Cooperativa de Trabalho de Catadores de Materiais Reciclaveis de Eunapolis], AACRRI [Associação de Agentes Ambientais e Catadores de Materiais Reutilizáveis e Recicláveis de Itabuna] e Coolimpa [Cooperativa de Catadores Consciência Limpa]. Todas as outras cooperativas e grupos dos territórios citados receberam EPIs com máscaras de silicone, fritro, chapéu de proteção, big bags, óculos, calças, camisas, botas, tudo isso para auxiliar no trabalho dos catadores”, acrescenta Fernandes.

:: LEIA MAIS »

Em Ilhéus, itabunense reencontra filha e ex-esposa, refugiadas da guerra na Ucrânia

Everton recepciona Marina e a pequena Sophie, que fugiram da guerra no leste europeu || Foto Pimenta

Everton recepciona Marina e a pequena Sophie, que fugiram da guerra no leste europeu || Foto Pimenta

Thiago Dias

Enrolado na bandeira da Ucrânia e vestindo camisa da seleção de futebol do país, Everton das Virgens, 30, recepcionou a filha e a ex-esposa no Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, no final da manhã desta sexta-feira (11). Marina Savchuk, 29, e a pequena Sophie Charlotte são refugiadas da guerra no país do leste europeu, iniciada pela invasão russa no último dia 24.

Ao PIMENTA, Everton conta que conheceu Marina na Irlanda, em 2016, quando foi fazer intercâmbio. Eles começaram a namorar e, no ano seguinte, vieram para Itabuna, no Sul da Bahia, terra natal do cirurgião-dentista. Sophie nasceu naquele ano, no Hospital Manoel Novaes.

Ucraniana, Marina não se adaptou ao Brasil e voltou para a Europa no final de 2017, levando a filha. Gerente de uma empresa, ela morava com Sophie em Kiev, capital da Ucrânia. Quando a guerra eclodiu, tiveram que ficar num abrigo subterrâneo. No último dia 4, partiram em um comboio de refugiados para Lviv, no oeste do país, perto da fronteira com a Polônia, para onde seguiram depois.

“Parece que Deus faz tudo certinho”, diz Everton, em tom de alívio, ao lado da filha || Foto Pimenta

“Parece que Deus faz tudo certinho”, diz Everton, em tom de alívio, ao lado da filha || Foto Pimenta

Refugiadas no país vizinho, embarcaram em um voo da Força Aérea Brasileira (FAB), que saiu de Varsóvia na quarta-feira (9) e chegou ontem (10) ao Brasil. Após escalas em Recife, Brasília e São Paulo, mãe e filha desembarcaram hoje em Ilhéus. Marina disse ao PIMENTA que está muita cansada, pois não dorme direito há dias.

Everton fez duas viagens recentes à Ucrânia. A primeira foi no final de 2019. Passou cerca de dois meses no país e, no dia 16 de fevereiro de 2020, voltou ao Brasil. Naquela altura, a pandemia de Covid-19 já se alastrava pela Europa.

A segunda viagem foi no início deste ano. “A gente não contava que ia acontecer esse conflito”, diz o itabunense ao PIMENTA. Sem imaginar que a Ucrânia seria invadida, ele aproveitou a presença no país para atualizar a documentação da filha. “Parece que Deus faz tudo certinho. Se eu não tivesse ido lá e renovado o passaporte dela, o que dependia de mim, ela ficaria sem o documento”. No processo, recebeu auxílio do embaixador do Brasil na Ucrânia, Norton de Andrade Mello Rapesta. “Me tratou super bem”, relembra.

Everton voltou para o Brasil em janeiro, ainda sem ter ideia de que o país da ex-companheira seria atacado. Com indignação, ele atribui a culpa pela guerra ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, a quem chama de ditador. Segundo o itabunense, as populações da Rússia e da Ucrânia são irmãs e não têm nada a ver com o conflito em curso. Sobre o futuro, disse que Marina vai ficar no Brasil por tempo indeterminado. “O país dela está destruído por causa de um louco”.

Secretaria de Promoção Social já beneficiou 550 famílias com o aluguel social

aluguel socialA Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), pagou mais um lote do “aluguel social” nesta sexta-feira, dia 11, a famílias atingidas pelas cheias do Rio Cachoeira do final de dezembro de 2021. Com este pagamento, atingiu-se a marca de 550 benefícios pagos, num montante financeiro da ordem de R$266.200,00.

Antes de sua liberação, o benefício social passa por um trâmite legal, que de acordo com o Setor Financeiro da Semps, garante a fidelidade do processo e dos dados do beneficiário. Os dados são enviados para a Procuradoria da Fazenda, que depois envia eletronicamente para o banco, seguida da ordem de pagamento bancário diretamente para a conta cadastrada pelo beneficiário.

:: LEIA MAIS »

Escola de Itacaré é campeã do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora

Sebrae 1O Centro Educacional de Itacaré foi o grande campeão do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora, Ensino Fundamental II, etapa estadual Bahia, uma iniciativa que tem o objetivo de reconhecer o trabalho de professores brasileiros que tenham implementado práticas, cursos e projetos de Educação Empreendedora. A solenidade de premiação aconteceu nesta quinta-feira(10) no auditório do Sebrae em Salvador. O CEI recebeu medalha de ouro e agora vai representar a Bahia na etapa nacional do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora,

 

Sebrae 3O Centro Educacional de Itacaré foi representado pelo professora Imara Queiroz, uma das proponentes do projeto, juntamente com as professoras Raimunda Soledade e Simone de Carvalho Martins, e desenvolvido com os demais educadores, coordenadores e toda a equipe do CEI. Durante a solenidade de premiação, a professora Imara Queiroz parabenizou o Sebrae pela iniciativa e ressaltou a alegria de ver um projeto da cidade, feito com a participação e a contribuição de todos, estar sendo reconhecido e premiado.

 

A escola municipal de Itacaré participou do Prêmio Sebrae com o projeto “Cultura Digital: Inovação e empreendedorismo por meio das relações digitais”, com a proposta de promover e despertar o ensino e a aprendizagem através das tecnologias inovadoras e empreendedorismo. O trabalho foi implementado com os alunos do Ensino Fundamental II, anos finais, onde os estudantes foram estimulados a produzir conteúdo através das Tecnologias da Informação e Comunicação, buscando proporcionar uma visão empreendedora dos meios de comunicação e informação.

:: LEIA MAIS »

Deputado Robinson Almeida culpa Bolsonaro por aumento dos combustíveis: “os russos fazem a guerra e o presidente coloca o povo brasileiro pra pagar a conta

ralmO deputado estadual Robinson Almeida (PT) criticou o novo reajuste no preço dos combustiveis anunciados pela Petrobrás na quinta-feira (10) e acusou o presidente Jair Bolsonaro (PL) e seus aliados pela disparada nos preços que torna a inflação real e o custo de vida no Brasil mais caro. O parlamentar petista disse que a privatização da Refinaria Landulpho Alves na Bahia, entregue ao grupo Árabe Mubadala, pelo Governo Federal, e a mudança na política de preço da Petrobrás, atrelando ao dólar e especulação internacional, deixaram o Brasil refém de interesses externos. Em Salvador, o litro gasolina chega a ser comercializado a R$ 7,39, enquanto no interior do estado há cidades que o preço do litro passa de R$ 8.

“Bolsonaro e seus aliados, inclusive aqueles camuflados da Bahia, que apoiam essa agenda econômica nefasta, são os grandes responsáveis pelo descontrole no preço dos combustíveis, por tornar a vida brasileira ainda mais cara e trazer o fantasma da fome de volta para nosso país. Bolsonaro e a turma do atraso na Bahia merecem uma banana do nosso povo”, disparou Robinson Almeida, em crítica também ao grupo político do ex-prefeito de Salvador ACM Neto.

O parlamentar disse que o Brasil, sob Bolsonaro, está à deriva, com a população sofrendo os efeitos da “ausência completa” de um governo que tenha compromisso com o país e a soberania nacional.

:: LEIA MAIS »





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia