hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Prefeitura de Itabuna se mobiliza para abrigar mais famílias vítimas das chuvas e da cheia do Rio Cachoeira

376F4EF6-E41B-4EA0-A702-ECC4028419D3
Diante da possibilidade de chover mais 20 milímetros na madrugada, a Prefeitura se mobiliza para a remoção de mais famílias de áreas com elevado risco de inundação nos bairros Sarinha Alcântara, Maria Matos (Rua de Palha), Ferradas e Vila Vital. Essa foi uma das decisões tomadas na noite de hoje, dia 25, na reunião do Comitê de Crise, coordenado pelo tenente-coronel Manfredo Santana, comandante do 4º GBM, e que reuniu representantes de secretarias municipais, vereadores e voluntários.

Para ter acesso às famílias ilhadas, os bombeiros militares contarão com o reforço de 10 motos aquáticas cedidas por um empresário, quatro delas serão utilizadas na noite deste sábado para levar remédios e alimentos para 97 famílias alojadas no Parque de Exposições Antônio Setenta, na zona oeste da cidade. Essas famílias estavam alojadas na Escola Municipal Leonor Pacheco mas precisaram ser removidas depois que as águas do Rio Cachoeira subiram e ameaçam inundar a rua.

“Este momento é de resposta às famílias que enfrentam graves problemas com as incessantes chuvas e o alagamento de zonas ribeirinhas pelo rio. Por isso, necessitamos de estreitar ainda mais a cooperação institucional entre a Prefeitura e as demais instituições”, disse o comandante do Grupamento de Bombeiros Militares. Segundo ele, amanhã estarão chegando à região sul do Estado 25 bombeiros de Salvador mais 29 oriundos dos Corpos de Bombeiros de Minas Gerais e do Ceará, estados cujos governos estão cooperando com a Bahia.

O Governo do Estado também vai enviar para a região mais uma aeronave do Graer, que ficará sediada em Ilhéus para atuar no atendimento às demandas de todos os 19 municípios regionais onde há vítimas das chuvas ou das cheias dos rios. O 4º GBM também vai receber mais três botes para resgates vindos da capital do estado e de Eunápolis.

No encontro na Câmara Municipal foi apresentado um relatório apontando que, apesar de o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) ter feito previsão de chover entre 50 e 60 milímetros nas últimas 24 horas, foram registrados 90 milímetros. Como vem chovendo forte na região há 45 dias, o lençol freático está elevado o que contribui para aumentar o volume de água nos rios, a exemplo do Cachoeira, cuja última cheia mais devastadora aconteceu em 1967 causando prejuízos à cidade. Em toda a Bacia Hidrográfica do Rio Cachoeira choveu 110 milímetros de ontem para hoje.

Em Itabuna, o número de desabrigados e desalojados só aumenta. Levantamento preliminar da Defesa Civil indica que até as 18 horas 375 domicílios haviam sido invadidos pelas águas, a maioria da Rua da Bananeira com 204 registros. Se confirmada a previsão de mais 20 mm de chuvas a estimativa é que outros 50 domicílios sejam inundados. Por isso, mantém está mobilizado o efetivo de 230 bombeiros militares de Ilhéus e Itabuna que mudou a escala de serviço e emprega até mesmo o pessoal dos setores administrativos.

O vice-prefeito Enderson Guinho agradeceu a solidariedade da população itabunense que está mobilizada no socorro aos desalojados e desabrigados com a doação de roupas, calçados, lençóis e colchões. Mas ele destaca que neste momento a maior necessidade das pessoas é o alimento. Os donativos podem ser feitos na Secretaria de Esportes e Lazer, na Rua Casemiro Rego, entre os bairros Góes Calmon e Conceição, próximo à quadra de esportes da Praça Rio Cachoeira, e no Lactário Isolina Guimarães, em frente ao Centro de Cultura Adonias Filho.

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar

Dê seu voto:

Leave a Reply

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
dezembro 2021
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031