hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Obra do Porto Sul trará segurança aos motoristas e pedestres na BA-001

8C7CD026-50C3-46EF-A751-0CB48285E428

A BAMIN iniciou este mês uma obra às margens da BA-001, conhecida como rodovia Ilhéus-Itacaré, que trará mais segurança aos motoristas e pedestres que circulam na região. Será construído um novo acesso entre os quilômetros 09 e 10, com curvas menos acentuadas para diminuir os riscos de acidentes, e serão implantados dois pontos de ônibus.

A obra está devidamente licenciada e faz parte da implantação do Porto Sul. Ao final, será construída uma rotatória na BA-001 de acesso ao terminal portuário que oferecerá maior segurança para o fluxo de entrada e saída de veículos. A previsão é que as melhorias estejam 100% prontas na rodovia em maio de 2022. Por enquanto, tem sido executada a supressão vegetal e o resgate de fauna e flora, serviço que será dividido em duas partes: a primeira concluída ainda neste mês de novembro e a segunda entre dezembro deste ano e março de 2022.

O trabalho segue rigorosamente os trâmites exigidos pelos órgãos ambientais e está respaldado pela Autorização de Supressão Vegetal (ASV) emitida pelo IBAMA. Essa fase é necessária para que possa ser iniciada a terraplenagem. “A intervenção nesta rodovia pode causar algum incômodo e questionamentos por parte de seus usuários e comunidades quanto a supressão da vegetação local, mas é uma etapa necessária para se alcançar as melhorias previstas para este trecho. Investir na segurança do tráfego futuro do Porto Sul e zelar pelas comunidades lindeiras é uma obrigação da BAMIN e assim estamos fazendo”, assinala a gerente geral de Meio Ambiente e Relacionamento com Comunidades do Porto Sul, Caroline Azevedo.

*PROTEÇÃO AMBIENTAL* – Para a fase atual das obras na BA-001, a BAMIN preparou uma estrutura de referência para atender as condicionantes ambientais e garantir os cuidados com a fauna, flora e os recursos hídricos. No caso dos animais silvestres, biólogos e veterinários acompanham os trabalhos que começam com o afugentamento prévio na área e, quando necessário, é utilizada a estrutura do Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres (CETRAS), composto por hospital veterinário especializado e recintos de quarentena.

Para proteção da flora, mudas e sementes das espécies nativas são encaminhadas para um viveiro florestal onde são cultivadas até estarem prontas para o plantio em áreas de reflorestamento. Hoje, o viveiro florestal da BAMIN tem capacidade para 40 mil mudas, o que valoriza a preservação, principalmente, das espécies ameaçadas de extinção.

Outra preocupação constante é com os recursos hídricos. Antes do início da obra é executado um mapeamento dos corpos hídricos existentes no traçado. Para aqueles onde não podem ocorrer desvios pelas limitações técnicas do projeto, soluções efetivas estão sendo implementadas a fim de garantir o acesso a água na mesma quantidade e qualidade de antes.

*SOBRE A BAMIN*

Há 16 anos a BAMIN está presente no Brasil, investindo continuamente em seus projetos, que incluem a Mina Pedra de Ferro, na região de Caetité, o Porto Sul, em Ilhéus, e agora com o trecho 01 da Ferrovia de Integração Oeste Leste – FIOL. A empresa faz parte do Eurasian Resources Group (ERG), líder em mineração, metais e logística. O ERG é também o maior operador de transportes da Ásia Central, com ampla experiência em ferrovias.

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar

Dê seu voto:

Leave a Reply

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
novembro 2021
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930