hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Capacitação profissional é oferecida a 200 moradores de Ilhéus no projeto Canteiro Escola

bamin caneiro escola (1)

Duzentos profissionais serão capacitados até o final deste ano por meio do Canteiro Escola, uma iniciativa da BAMIN, em parceria com o SENAI e a empreiteira EMPA, que transforma o canteiro de obras do Porto Sul, em Ilhéus, em sala de aula teórica e prática para profissões ligadas à construção civil. As primeiras turmas foram concluídas e novos estudantes seguem com aulas até dezembro.

bamin caneiro escola (3)São oferecidos cinco cursos 100% gratuitos: auxiliar civil, motorista de obra da construção civil, operação de escavadeira e retroescavadeira, operação de trator e esteira, e operação de rolo compressor.  Todos os alunos receberam camisas, material de estudo, estrutura de transporte e equipamento de proteção individual (EPI). Além disso, foi oferecido diariamente lanche, ambiente confortável e acesso aos maquinários, matérias-primas e insumos necessários ao aprendizado prático.

A BAMIN já está contratando profissionais formados no Canteiro Escola, iniciativa que amplia o número de moradores de Ilhéus envolvidos na obra. Um dos primeiros beneficiados é Jefferson Silva, 36 anos, que terminou o curso de motorista de obra da construção civil e se prepara para assumir o ofício na BAMIN.

Desempregado desde 2019 e com oito anos de experiência como motorista de carreto, Jefferson encontrou no Canteiro Escola a oportunidade de se qualificar e encarar novos desafios profissionais. “Além de ter aprendido muito no curso, recebi palavras de incentivo. É bom saber que terei a oportunidade de trabalhar perto de casa”, comenta.

bamin caneiro escola (2)INCLUSÃO – Outra parte do contingente treinado no Canteiro Escola poderá ser absorvido por obras na região, como a ampliação da rodovia Ilhéus-Itabuna, do governo do Estado da Bahia. Para a gerente geral de Meio Ambiente e Relacionamento com Comunidades do Porto Sul, Caroline Azevedo, a qualificação promovida pelo Canteiro Escola fornece conhecimento e abre portas no mercado de trabalho.

“Este é mais um legado vivo que o Porto Sul deixará: a capacitação e a formação de trabalhadores, dando mais chances de empregabilidade para quem vive na região”, afirma.

O Canteiro Escola revela também a força das mulheres no mercado de trabalho. Na primeira turma, a participação feminina representou 60%, como foi o caso de Adriana Martins, 38 anos, aluna do curso de auxiliar civil. Desligada há oito meses do emprego como recepcionista, Aline ajuda no sustento familiar como peixeira na Central de Abastecimento do Malhado. Após participar do Canteiro Escola, planeja sua carreira em outro setor. “Adquiri conhecimento e, agora, sigo em busca do crescimento financeiro e profissional”, assinala.

 

SOBRE O CANTEIRO ESCOLA

O projeto Canteiro Escola é uma iniciativa da BAMIN e acontece em parceria com o SENAI e a EMPA. Professores do SENAI estão à frente das aulas e a EMPA oferece a logística para o funcionamento dos cursos (eletricidade, climatização, internet, banheiros etc), além de fornecer equipamentos paras aulas práticas.

 

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar

Dê seu voto:

Leave a Reply

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
outubro 2021
D S T Q Q S S
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31