hanna thame fisioterapia animal
festival chocolate bahiagas universidade lasalle coronavirus 155 livros do thame

Archive for outubro 2nd, 2021

Ilhéus com seus cantos, seus encantos e sua gente!

jorge a

Anna Lívia Ribeiro 

 

foto Anna LiviaSão Jorge dos Ilhéus do Jorge Figueiredo,  do santo guerreiro e de suas ilhas: a Princesinha do Sul, da Costa do Cacau. Cidade onde nasci, cresci e aqui minhas cinzas navegarão pelos seus mares.

 

Ilhéus é um destino que inclui história, cultura, exuberância da Mata Atlântica, as fazendas de cacau com a sofisticação de seus chocolates, muitos deles artesanais e também finos, pois Ilhéus agora produz também chocolate premium.

 

A aventura já começa para quem chega de avião na cidade. O pouso já te dá um spoiler do que vai ver por aqui: cercada de verde, rios e, claro, o mar que completa sua moldura.

 

Estar em uma fazenda de cacau é mergulhar um pouco na história desse fruto, que não por acaso leva o nome de Theobroma, o alimento dos deuses. As visitas guiadas apresentam o ciclo do fruto, desde sua plantação até os processos realizados após a colheita, fundamentais para a produção dos chocolates. Certamente, um passeio bastante diferente e que tem tudo a ver com o estilo da cidade.

chocolates do Sul da Bahia

A maior parte das praias é procurada pelo seu visual paradisíaco, por suas águas mornas, areia branquinha e larga, ondas apropriadas para a prática do surfe (campeões no esporte, aqui temos!) e que não perde em nada para os lugares mais bonitos do mundo.

 

Ilhéus é uma cidade que reserva belezas fora das praias e o Centro Histórico é um exemplo de passeio imperdível, com suas igrejas (algumas entre as mais antigas do Brasil), casarões, palacetes e construções do estilo neoclássico. Passear por suas ruas possibilita um mergulho na literatura do escritor Jorge Amado, experimentando o local que inspirou a construção de seus personagens, conhecidos em todo o mundo.

lagoa encantada destaque

Passear de barco pelos rios até chegar à Lagoa Encantada ou ao Rio do Engenho, permite usufruir de muita história, lendas e de uma paisagem belíssima da Mata Atlântica.

 

Tomar um sorvete na praça, apreciar o balé das maritacas ao final da tarde, o nascer do sol no mirante da Piqueira ou simplesmente contemplar o sol se pondo na baía da Sapetinga faz desta cidade um lugar único, de lembranças afetivas marcantes e duradouras.

Todo mundo sabe que na Bahia as pessoas são muito acolhedoras, difícil mesmo é saber onde são mais, mas certamente Ilhéus tem um lugar no topo da lista.

 

Ilhéus, Minha Terra: lugar para absorver tanto a cultura como o brilho de seu sol e da sua gente!

 

——
Anna Lívia Ribeiro  é  Ilheense, Mãe, Avó, Pedagoga, Especialista em Educação Infantil, Mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente, Graduanda em Gestão em Turismo, Agente de Viagens.
@viadestinoviagens

 

O FLISBA e as reflexões necessarias

Efson Lima

efsonO Festival Literário Sul – Bahia (FLISBA) nasceu de algumas inspirações idealistas naquele 31 de julho de 2020, via grupo de WhatsApp. Diversas pessoas se somaram e colocaram em setembro daquele ano, o primeiro festival literário que foi pensado para ser virtual diante do contexto da pandemia. Era tudo novo e incerto. Nem sabíamos se seríamos acometidos pela COVID-19. Tínhamos sonhos! Já veio ousado, propondo uma “Primavera Literária”. O FLISBA foi abraçado pela imprensa regional. As mesas foram constituídas e apresentadas. Na sequência, várias ideias surgiram e algumas foram concretizadas.

Após o primeiro FLISBA, o próprio grupo foi se renovando até alcançar a segunda edição do FLISBA em 2021, que, coincidentemente, ocorreu na mesma data e no fim de semana. Ele voltou primaveril, agora,  propondo “arte na superação da pandemia”. As mesas foram diversas na composição e nas temáticas. Buscou-se evitar um quantitativo maior de pessoas em cada uma delas e o tempo se tornou uma bússola necessária. Os homenageados da mostra literária foram evidenciados nasmesas propostas pelo Coletivo: Paulo Freire, Carolina Maria de Jesus e Elvira Foeppel. Sou suspeito para escrever, mas o mérito do FLISBA foi ter conferido visibilidade a Elvira Foeppel. Ela estava esquecida. Não se pode falar de empoderamento feminino, esquecendo das pioneiras. É até comum essa prática,  mas precisamos nos afastar dela. Ele prejudica a construção do fio da História.

O Coletivo Paulo Freire, na Uesc, que estuda sobre Paulo Freire brilhou com a presença da professora Gilvânia Nascimento. O professor Ramayana Vargens mesclou positivamente falas sobre o educador Paulo Freire e o compromisso dele com a cultura, especialmente, com a cultura popular. Cada atividade do FLISBA merece comentários próprios e artigos particulares. Bem editadascada atividade do FLISBA, tem-se um bom material de estudo e de consumo pedagógico.

  Read the rest of this entry »

As linhas imaginárias na arte de DOM 4

Dom 1

Hoje busquei um artista de muito longe para divulgar sua Arte e conhecermos um pouco mais de DOM 4, nascido em Luanda, autodidata, formado em psicologia, ator de teatro, instalador e ceramista droftsman (desenhista projetista). Participou de muitas exposições nacionais e internacionais.

Apresento a série “Lá Difference”, um trabalho criado para uma exposição que leva o mesmo título. Dom 4 cria a partir das linhas imaginárias com uma experiência psicológica, simbólica e subjetiva.

“MOVIMENTOS DIFERENTES”

dom 2

O artista mostra em sua poética que é possível  a união de estilos, como elo de ligação na construção de uma estrutura pitoresca.

“CAMPOS DIFERENTES”

dom 3

DOM 4 leva consigo como  obrigação moral  a preservação da Arte Africana, como incentivo aos artistas novatos. Razão  esta porque vemos na maioria de suas obras elementos africanos.

“TAMBÉM PODEMOS SER”

dom 4

A série Lá Difference é a mistura de vários sentimentos e momentos inexplicáveis como combustível de uma realização pessoal do artista  numa viagem imaginária e espiritual na busca de elementos meramente desconhecidos.

“AS LINHAS DAS DIFERENÇAS”

dom 5

DOM 4 tem em seus trabalhos uma constante busca de suas raízes, onde de uma forma poética, figurativa, geométrica, visando estabelecer um contato visual na comunicação entre hábitos e costumes, na atmosfera artística Africana.

“A ALMA DO ARTISTA DIFERENTE”

dom 6

CONTATOS COM O ARTISTA:

www.instagram.com/dom4_artist

http://www.domraydywadada.dom/

https://www.facebook.com/Dom4-Artista-Pl%C3%A1stico-229024177658582

lu arte

O que eu faço para não deixar a ansiedade me paralisar na vida profissional?

ansiedade

Cleide Léria Rodrigues

 

cleide l 2Sabe quando você fica se cobrando e sente que a sua vida profissional não sai do lugar ?

E aí você percebe que a ansiedade está te dominando e paralisando o seu desempenho profissional. Então eu vou compartilhar com você alguns hábitos simples que auxiliam no controle da ansiedade.

Quem sofre de ansiedade sabe a dor e a consequência que ela traz na vida da pessoa e no seu desenvolvimento de suas tarefas diárias.

Muitas vezes a pessoa não se dá conta de como a ansiedade interfere no seu dia a dia , aí você fica se cobrando e sente que sua vida profissional não sai do lugar, fazendo com que a aflição, o nervosismo , e um monte de incertezas te atrapalhem te tornando improdutivo , com sensação de fracasso e outris sintomas que te adoecem.

Além disso essa situação pode ser agravante quando ela vai se transformando em uma avalanche , se porventura a ansiedade dificultar a realização de suas atividades cotidianas e prejudicar o seu desempenho profissional  isso ocorre quando não temos atenção plena naquilo que fazemos por conta de outras situações que atrapalham momentaneamente outras áreas da sua vida , deixando a pessoa sem foco.

As causas da ansiedade no trabalho podem ser múltiplas, tais como : excesso de tarefas, falta de conhecimento profissional, falta de criatividade, gerando baixa autoestima e desencadeando alguns transtornos psicológicos associados.

A pessoa com ansiedade fica o tempo todo agoniada , imaginando um resultado catastrófico que nem ocorreu como uma demissão, o corpo então responde em forma de tontura , tremores, palpitações, falta de ar e sensação de dor no peito e é claro , com isso é impossível trabalhar como se não estivesse havendo nada.

Mas inicialmente é natural a pessoa não perceber o quanto a ansiedade está te atrapalhando porque ela não entende inicialmente que esses sentimentos adoecem por se tratar de uma dor emocional e não física, mas que também pode ser amenizada.

No entanto essa dor pode ser solucionada e antes que surja a tal avalanche vamos aos hábitos que podem te auxiliar no controle da ansiedade.

Read the rest of this entry »

Plantas tóxicas para pets

ht

Hannah Thame

Sabia que algumas das plantas que temos em casa podem ser MORTAIS para os Pets?

Você tem alguma dessas plantinhas em casa ?

 

planta 1

planta 5

 

planta 2planta 3

planta 4

 

#plantastoxicasparapet

#plantas #plantastoxicas #dicapet #dicadavet #cuidadosveterinarios #cuidadoscompet #plantasdecasa #plant #cachorroétudodebom #gatosdoinstagram #doguinho #gatinho #vitoriadaconquista #medvetvca #medicinaveterinaria

 

Solo para Scoresbysund, de Pia Arke

pia

Oscar D’Ambrosio

Uma obra de arte pode ganhar novas conotações pelo lugar em que é montada. É o caso de “Jord til Scoresbysund” (“Solo para Scoresbysund”), de 1988, de Pia Arke, nascida na Groenlândia, em 1958, e falecida em 2007. A instalação nasceu com uma concepção, mas que, na Bienal de Arte de São Paulo ganha leituras ainda mais amplas.

A obra é formada por 151 filtros de café amarrados com cordões e dispostos no chão. A criação do trabalho está relacionada às estadias da artista em Scoresbysund, onde fica o maior fiorde do mundo e um dos mais extensos, que se estende por mais de 350 km, na costa oriental da Groenlândia.

Foi ali que Pia recebeu uma informação da cunhada: a borra de café deveria ser jogada pela janela para fertilizar o solo pedregoso da região. Era estabelecida assim uma relação entre um hábito cotidiano para combater o frio com a preocupação de ter uma terra que pudesse alimentar os seus habitantes.

No contexto de São Paulo, cidade cuja industrialização está relacionada ao capital gerado pelas plantações de café, o conjunto de filtros gera conotações como o cheiro exalado pela obra e a sua forma irregular, que evoca uma vista área da metrópole paulistana. Assim, o trabalho resiste ao tempo e se reatualiza, mostrando a capacidade da arte de se repaginar sempre.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
outubro 2021
D S T Q Q S S
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31