hanna thame fisioterapia animal
coronavirus 155 livros do thame

pets

Geraldo diz que saude, educação e geração de empregos serão prioridade

74974E5E-321C-4C5A-94ED-BFDA07AD844DCandidato a prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT) se comprometeu a ampliar ações como a escola em tempo integral, implantar o calendário cultural e investir em geração de emprego e renda, desenvolvimento urbano, mobilidade e no enfrentamento da Covid-19. Na noite de ontem (29), Geraldo e o seu vice, Jairo Araújo (PCdoB), participaram de entrevista ao Ipolítica.

“Educação vai ser prioridade em nosso governo. Queremos implantar a escola em tempo integral, com atividades lúdicas no contraturno”, destacou Geraldo sobre a Educação. Outra estratégia será a criação de um Programa de Estágios, para estudantes do Ensino Médio, e um programa de premiação, a exemplo de um “Selo de Empresa Amiga do Estudante”, como estímulo para empresas que contratarem estagiários e jovens aprendizes intermediados pelo município.

Geraldo falou em criar um calendário cultural para a cidade e vinculá-lo ao calendário escolar. “Queremos que nossos estudantes tenham acesso à cultura. A FICC teve um papel importantíssimo no fomento à cultura em nosso governo. Colocaram para fazer Cultura e Esporte. Hoje, ela não faz nem Cultura nem Esporte”. Jairo disse que no “plano de governo a cultura é libertadora. Cultura é qualidade de vida e geração de empregos e renda”.

Para Geraldo, o tema desenvolvimento urbano está atrelado à mobilidade urbana. “Chegamos a transportar 1 milhão e 300 mil passageiros por mês. Hoje não tem ônibus”. Geraldo defende a criação de uma integração tarifária, de modo que os usuários possam utilizar o sistema de transporte durante um período determinado pagando apenas uma tarifa.

Jairo voltou a criticar a falta de força administrativa do atual prefeito, que deixou sem ônibus a população. “O prefeito não consegue fazer cumprir um contrato com as empresas de ônibus. Tudo o que precisa ser feito está no contrato, e a cidade não tem ônibus”.

SAÚDE

Na Saúde, a principal crítica de Geraldo ao atual prefeito é em relação ao enfrentamento da Covid-19. Ele citou o número de mais de 13 mil infectados e de quase 350 mortos, enquanto o “prefeito vira as costas para o que a Academia, que indicou o melhor caminho para o enfrentamento da Covid-19”. Geraldo destacou como propostas para a área a requalificação dos postos de saúde, com unidades funcionando até as 22 horas, com médicos, odontólogos e uma equipe motivada para atender ao cidadão.

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar

Dê seu voto:

Leave a Reply

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
outubro 2020
D S T Q Q S S
« set   nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031