hanna thame fisioterapia animal
camara itabuna prefeitura itabuna coronavirus 155 bom petiscos livros do thame

Archive for outubro, 2020

A arte e o ativismo cultural de Saíra Kleinhans unindo o Brasil e o Japão

saria 5

Daniel Thame

Graduada pela Universidade Unioeste – Cascavel, Paraná, a artista brasileira Saíra Kleinhans, que vive a 19 anos no Japão tem perseguido as artes plásticas como forma de expressão, com participação em  inúmeras exposições e premiações de grande importância em vários países. Nascida em  Planalto/Capanema, no Paraná  além de artista plástica, Saíra é  escritora e fotógrafa, Curadora de artes, Presidente fundadora da IAF Japan e membro do Grupo Ikkikai, criou juntamente com  outros artistas a IAPAJ Worldwide International- Association of Plastic Artists da qual foi Presidente eleita por unanimidade por sete anos, atuou como Vice-presidente Executiva da Zarco Academy of Arts international e MIAB-Portugal- Madeira International Art Biennal. A artista também foi Vice-presidente da Malta Arts Biennale e da Tempra Academy of Arts UK no Japão e finalmente exerceu o cargo de Vice Presidente da United Photo Press em solo japonês.

Saíra Kleinhans recebe homenagem no Japão

Saíra Kleinhans recebe homenagem no Japão

O interesse pelas artes fez com que Saíra Kleinhans adentrasse várias outras ramificações tais como literatura, fotografia, teatro, canto, vídeos, cinema etc.; convergendo para as artes plásticas, em especial pinturas abstratas e instalações de arte. “Uma grande paixão por ter a oportunidade de interagir com o público” salienta a artista ao se referir às informações. Saíra utiliza várias técnicas; mista, dripping, colagem e  texturizado,  combinando várias tintas; pigmentos , acrílico, pintura a base de água, esmaltados, óleo, gesso, aquarela, tinta chinesa, folhas de ouro, spray e outros.  Essas técnicas são influenciadas por artistas como Pollack, Kandinsky, Mondrian, Miró, Van Gogh, Monet, Gauguin, Klimt, Yayoi, entre outros.

ARTE MULTIFACETADA
saria 4
“ No cenário das artes passei por várias fases na arte, desde desenhos de paisagem, figurativos, retratos até chegar no abstracionismo, abstrair meus sentimentos, pintar meus sonhos em formas nebulosas e vibrantes é porque quero mostrar ao mundo que nem tudo se resume a formas”, afirma. “Posso misturar tudo, mexer com a imaginação das pessoas e tocar seus corações, cheguei nisso exatamente por observar os detalhes na natureza; movimentos das nuvens, céus noturnos, cascas de árvores, vendavais e calmarias, é um despertar da mente junto ao Criador e reconhecer que Ele é o maior artista abstracionista do Seu mundo”, diz.

saria 6

“Tenho pesquisado sobre desenvolver técnicas que precisam do controle e da liberdade, confiado que a energia que envolvo na criação de uma obra, que leva minutos, horas, dias, semanas e até meses de experimentos para finalizar deixando uma boa impressão aos olhos de quem as apreciam”, ressalta. Seu aprendizado foi adquirido em alguns cursos de pintura à óleo, acrílica, desenho, tinta chinesa, aquarela e fotografia.

Saíra afirma ainda que “no universo literário está sendo como um olhar para trás, trazendo para o meu presente o que larguei lá e está incompleto, creio que o tempo e espaço não existem ou coexistem e se misturam o tempo todo. O presente, passado ou futuro tanto faz, estamos cumprindo tarefas e a minha é a arte e a escrita num aprendizado infinito”.

saria 7

A artista adquiriu outros conhecimentos  pesquisando, testando e reinventando técnicas no atelier, seu laboratório permanente. Das Exposições Coletivas que participou destaca o SNBA, Société Nationale Des Beaux-Arts) Salon du Carrousel du Louvre, Echo de l’Universal,Salon de l’Art Contemporain, Space Saint Martin e a 3a Biennale des Arts de Malte à Paris, Atelier Z – Centre Culturel Christiane Peugeot, todas em Paris. Também esteve presente nos museus mais importantes de Tokyo, o Metropolitan e o The National Art Center e realizou  mostras na Embaixada do Brasil, La Biennale di Venezia, Galerias em Roma, Miami, Budapeste  e New York, e países como Espanha, Portugal, Itália, Miami, Alemanha e Japão.

saria 3

Apesar de ser brasileira a artista teve até o momento maior visibilidade e reconhecimento no mercado internacional, no entanto sempre esteve receptiva a oportunidades no mercado brasileiro. Os prêmios foram se acumulando. “Numa exposição anual no Japão acabei por arrebatar o prêmio por quatro anos seguidos, resultado; parei de participar, os japoneses já estavam desmotivados”, diz sorrindo, Ela também recebeu outros prêmios como o Melhor abstrato no Museu de Tóquio e pela IAPAJ da Focus Japão.

Saíra participa de Projetos de abrangência internacional como o Projeto Andante da Espanha. Sua arte está em alguns livros e catálogos, também com divulgação internacional.

ASSOCIAÇÃO DE ARTISTAS PLÁSTICOS

saria 1

Sobre a IAF – Japan, International Fine Art ela destaca que se trata de uma Associação Internacional de artistas plásticos no Japão, que atua desde 2008 (nesta época era registrada como IAPAJ) junto a centros culturais, galerias e museus oportunizando aos artistas estrangeiros e japoneses divulgarem seus trabalhos no Japão e exterior. Essas mostras sempre foram bem visualizadas e abrilhantadas com autoridades brasileiras e japonesas bem como as mídias televisivas, jornais, revistas, internet dos dois países citados e também da mesma forma quando o Evento era na Europa.

saria 2

Segundo ela a mudança do nome veio para fortalecer e reestruturar, já que o grande projeto é realizar a Bienal da IAF, dando maior peso e importância nos critérios cada vez mais apurados para a seleção de obras e artistas. Com isso, busca-se ampliar o raio de ação, solidificando o evento não apenas pela qualidade das obras, mas também pela amplitude de alcance dos artistas.

As obras de Saíra estão expostas em acervos de Museus e Centros Culturais e com colecionadores no mundo todo, porém o Japão é o País onde mais vende seus trabalhos.
Seu local de trabalho é no Art Studio Atelier Kleinhans, Gunma-Ken, Ota-Shi,

Japansaira.kleinhans@gmail.com
Redes sociais Facebook: Kleinhans ArtCuratorInstagram: Kleinhans

 

Mais detalhes sobre a jornada desta importante artista  convido a  visitar os blogshttp://

sairakleinhans.blogspot.pt/http://iapaj-japan.blogspot.jp/

Alumbramento de grande aquário para ballerinas

penna prearo_geral

Oscar D’Ambrosio

oscar 2Um fotógrafo, por menos que queira, com seu olhar, já interfere no ambiente onde realiza o seu trabalho. Analogamente, visualiza o mundo de uma maneira sempre diferenciada. Encontrar formas de dialogar com aquilo que se costuma chamar de realidade é um dos principais elementos apresentados pelo trabalho plástico de Penna Prearo.

 

Ao lidar com o espaço, ele oferece variadas possibilidades de encantamento. Talvez a mais significativa esteja na humildade com que se relaciona com aquilo que o cerca e deseja fotografar. Isso lhe permite contornar quaisquer imprevistos e se dedicar com paciência e perseverança a erguer momentos estéticos marcados pela força visual e por um clima que oscila entre o fantástico e o inusitado.

 

Galinheiros, água, encruzilhada de estradas, locais abandonados, detalhes do solo ou de elementos da natureza propiciam uma espécie de realidade própria e imaginária em que o lirismo predomina. A habilidade de Penna Prearo está em fazer isso com grande naturalidade, como se os mundos que propõe não fossem apenas dele, mas sim onipresentes, embora invisíveis para a maioria de nós.

 

O começo dos processos criativos do artista está geralmente associado ao cotidiano. Há muito de intuição e, principalmente, de uma sabedoria do contemplar desenvolvida em dois grandes momentos: a pureza do olhar de uma criança, que busca ver tudo como fosse pela primeira vez, e a sabedoria adquirida pela experiência nas mais variadas situações.

 

Seja quando toma situações já prontas para fotografá-las ou quando interfere naquilo que vê inserindo elementos, Penna Prearo nos propicia uma inserção num pensar em que pouco lhe escapa. Uma cena já pronta ou as alterações de uma situação pelo dinamismo gerado pelo vento são igualmente registradas pela observação do espaço como um amplo campo de trabalho.

 

O efêmero, nas lentes de Prearo, cristaliza-se. Isso não lhe dá um tom de morte. Pelo contrário, permite a uma situação passageira uma materialização que fornece uma observação posterior mais atenta. Ao lidar com as nuanças da água ou dos tons ocre da terra, esse processo permite o desenvolver de sequências que poderiam ser aprimoradas infinitamente.

 

O diálogo estabelecido entre cada objeto fotografado e o entorno faz com que aparentes cerceamentos ou liberdades tomem novas dimensões. Quem parecia estar preso se liberta e vice-versa, fatos que obrigam a pensar como o poder da fotografia não está, como se costumava pensar, em “roubar almas”, mas em deixar que elas aflorem, mesmo quando se trata de objetos aparentemente inanimados.

 

Os conjuntos propostos originam danças visuais em que o mistério surge como umas das principais características. O espaço do trabalho é onde se realiza a magia alquímica de dar vida àquilo que parecia inerte. A composição visual e a maneira de lidar com a cor são alguns dos recursos para criar uma poética e uma estética diferenciadas regidas pela sensibilidade.

———-

Oscar D’Ambrosio (@oscardambrosioinsta) é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Coordena o projeto @arteemtempodecoronavirus.

Esporotricose: entenda como essa doença pode afetar seu gato

Hannah Thame

htA esporotricose é uma doença causada por um fungo chamado Sporothrix sp. e é considerada uma zoonose, ou seja, pode ser transmitida dos animais para os homens. Esse fungo encontra-se na natureza e pessoas que trabalham com a terra são mais predispostas a contrair a doença, assim como os Médicos Veterinários, devido ao contato direto com os animais.

A transmissão ocorre quando o fungo penetra na pele através de uma inoculação, a qual, no caso dos animais, pode acontecer por meio de arranhaduras ou mordeduras, tendo em vista que o fungo fica localizado, principalmente, sob as unhas e região de boca e nariz.

Os sinais clínicos mais comuns nos gatos são as lesões que aparecem na pele do animal, que normalmente, costumam ser graves, acometendo a região da cabeça, focinho e extremidades das patas. Além disso, outras regiões podem ser afetadas, como mucosas, articulações e sistema nervoso central. Alguns animais ainda chegam a apresentar um comprometimento sistêmico, apresentando-se com anorexia, febre e fraqueza.

gatos 2O diagnóstico da doença deve ser feito por um Médico Veterinário, que se baseia no histórico do animal, levando em consideração se houve brigas e/ou se o animal tem acesso à ruas e no exame de citologia, cultura fúngica e biópsias das lesões. Lembrando que quando antes você levar seu animal para o atendimento, maiores serão as chances de cura.

Apesar de difícil, o tratamento adequado pode levar o animal a um quadro de cura clínica total, sendo muito importante o papel do proprietário nessa etapa, seguindo corretamente as orientações passadas pelo médico. Consiste na utilização de antifúngicos durante um período prolongado e, em casos de infecções secundárias, também podem ser prescritos antibióticos.

Como forma de prevenção, algumas medidas podem ser tomadas, como evitar o contato com lesões de gatos infectados, utilizando luvas e lavando as mãos após a manipulação do animal.

 

 (*) A Dra. Hannah Thame é Médica Veterinária e Mestre em Ciência Animal com ênfase em Sanidade Animal pela Universidade Estadual de Santa Cruz e diretoria do Centro de Especialidades Veterinárias/ Vitória da Conquista

Memórias de um Dinossauro

 

dt

 

Profissão Repórter

Entre as várias reportagens que diz ao longo desses mais de  40 anos de estrada, 32 deles no Sul da Bahia, nenhuma foi mais estressante do que a cobertura dos 500 anos do Brasil em Porto Seguro. O que seria uma comemoração, organizada a caráter para incensar Fernando Henrique Cardoso e ACM, se transformou num festival de pancadaria, perpetrada pela polícia baiana contra índios, sem-terras e estudantes.
Na véspera do fatídico 22 de abril, tive que optar entre ficar em Porto Seguro, onde a festa estava preparada, ou seguir para Coroa Vermelha, onde o clima estava pesado porque os movimentos sociais não se contentavam em fazer figuração no teatrinho armado pelo governo.

 

Não tive dúvidas: fui a Coroa Vermelha e ao lado da equipe da TV Cabrália, testemunhei uma demonstração de truculência e insanidade que repercutiu em todo mundo. Não perdi nenhuma festa, até porque festa não houve, para desalento do então Rei da Bahia, que ali viu desmoronar o seu sonho de se tornar o Rei do Brasil.

A reportagem foi publicada no jornal A Região. A foto é de Lula Marques.
——————————————————

Polícia barra povo e FHC
faz festa vip dos 500 anos

Read the rest of this entry »

A escolha dos homenageados do Troféu Galeota de Ouro

Entrega do troféu

Walmir Rosário

 

walmirMuitos são chamados, mas poucos escolhidos. Essa pequena passagem da Bíblia (Mateus 22:14) mostra claramente a forma da escolha da seleta lista de homenageados com o Troféu Galeota de Ouro. Ao contrário do que se pensava – e ainda pensam alguns desavisados –, que os distinguidos com a honraria pelos feitos etílicos se dava pela contumácia ou o reles ato de beber e se embriagar diariamente, sem pompas ostentação ou esplendor de dar inveja aos mais acatados abstêmios.

Read the rest of this entry »

Lançamento de livros, escritores e muita literatura no Sul da Bahia

efs 4Efson Lima

Poderíamos dizer que a bruxa está solta. Dessa vez não é a que colocou fim a cacauicultura sul-baiana, mas a que estimula e apresenta novos traçados criativos, especialmente, o literário. Nos últimos dias, mesmo diante da pandemia, a força criativa dos escritores do sul da Bahia tem nos brindado com publicações de livros, inclusive, ampliando o rol de escritores; o mapa de escritores do sul da Bahia vai crescendo, alcançando outras cidades menores e diversificando sua composição. Os seguintes escritores publicaram ou vão publicar livros: Luh Oliveira, Ruy Póvoas, Aurora Souza, Pawlo Cidade, Roger Ferreira e Sheilla Shew. Alguns deles já consagrados com diversas obras e aceitabilidade do público e outras aceitando o desafio de se colocarem no espectro da crítica e dos leitores. Os dois grupos merecem nossa admiração. Eles vão ficando nossa identidade. Afinal, felicidade da nação que possui escritores. A nação grapiúna tem.

 

ef 1
Temos tido também diversas lives com escritores da região. São momentos que se revelam verdadeiros cafés culturais. Os participantes refletem seus processos criativos, mas colocam na ordem do dia às questões do contexto cultural, o acesso à educação de qualidade e à leitura. Leitura de mundo tão necessária para nos tirar da vala comum em que o País se meteu.
ef 3

Não é novidade que o sul da Bahia tem uma força criadora enorme. Não temos dúvida de nossos escritores consagrados. Temos escritores que receberam a premiação do Jabuti, cuja premiação é a mais importante do setor literário brasileiro. Temos editoras na região que estimulam o fazer literário, a publicação científica… São articulações necessárias para manterem acessa a chama da literatura. Há um mês pessoas se juntaram e colocaram literalmente no ar o FLISBA – Festival Literário Sul-Bahia.

ef 2
Recentemente, a Academia de Letras de Ilhéus prometeu realizar o FLIOS – Festival Literário de Ilhéus, virtualmente. As lives promovidas por Luh Oliveira e Tácio Dê são outras estratégias necessárias para a promoção da literatura, da leitura e da cultura como um todo.

efson

Read the rest of this entry »

Delícia fit: empresária itabunense aposta em produtos que unem sabor e saúde

Evellin Portugal

ev 2

Já imaginou poder consumir brownies, cookies e bolos sem culpa? E o melhor: sem prejudicar a saúde? Agora isso é possível, graças a uma empresária itabunense que decidiu compartilhar um estilo de vida saudável e investir na produção de alimentos sem açúcar, sem glúten e sem lactose, que podem ser consumidos, inclusive, por pessoas com algum tipo de intolerância alimentar ou até mesmo diabéticas.

ev 1Maiane Carvalho conta que a alimentação saudável sempre esteve presente em seu dia a dia. “Meus pais, sempre bem equilibrados neste quesito, me deram esta base para o cuidado com a alimentação. Meu esposo também agregou valor neste sentido e, por fim, participo de uma comunidade religiosa que zela por costumes saudáveis. Por isso decidi compartilhar esse estilo de vida com outras pessoas”, afirma.

Somado a isso, Maiane revela que sentia falta da oferta de alimentos voltados para pessoas com intolerância alimentar em Itabuna. “Tenho um colega que sempre reclamava de desconforto após comer alguns tipos de alimentos. Já meu esposo não pode ingerir lactose por três dias consecutivos. A partir desta vivência diária, vi uma oportunidade de alcançar este público”.

Foi então que nasceu a Delícia fit. Após investir em cursos, como o de Doces Low Carb, e outros materiais de receitas saudáveis, ela começou a produção e segue constantemente em busca de atualizações. “Sempre busco mais conhecimento, tanto acerca das farinhas, o que é bem complexo por serem sem glúten, quanto sobre os demais ingredientes utilizados nas receitas”, completa.

Variedade de produtos

Hoje, a Delícia fit oferece um cardápio variado de produtos classificados como Low Carb e Fit. São eles: brownie, bolo delícia no pote, empada, cookies, pão e bolos nos sabores: milho, batata doce, coco, cenoura e banana. Mas a empresária garante que, em breve, trará novidades, como panetones e outros produtos.

Atualmente, segundo Maiane, o brownie e os bolos são os mais procurados pelos clientes. Mas a aceitação em geral tem sido muito boa. “Posso dizer que eles têm 98% de aceitação. Não afirmo que têm 100%, pois existe toda uma análise acerca do paladar, mas posso garantir que são receitas bem saborosas”, destaca.
Além da qualidade e do sabor dos produtos, um outro diferencial da Delícia fit é o preço. “Algumas pessoas não conseguem enxergar o valor e focam apenas no preço. Por isso, busquei um equilíbrio, criando condições para que todos pudessem adquirir nossos produtos. Nosso bolo pequeno, por exemplo, custa R$ 10,00. O mesmo preço, ou até mais barato, de bolos que são vendidos em padaria, sendo bem mais saudável. Então entregamos produtos com qualidade superior, por um preço acessível”, descreve.
Para ela, hoje está bem mais fácil ter um estilo de vida saudável e prazeroso, sem pagar mais caro por isso. “Muita gente imagina que comida saudável não é saborosa. Mas hoje é possível, sim, consumir alimentos deliciosos e cuidar da saúde o mesmo tempo”, finaliza.
Quem quiser conhecer mais sobre os produtos e ingredientes, pode entrar em contato pelo telefone (73) 99122-2523, que também é WhatsApp, ou pelo Instagram @deliciafitbr. Lá, Maiane Carvalho também compartilha diversas dicas sobre alimentação e estilo de vida saudável.

Fernando destaca crescimento de apoio a sua candidatura

60202760-77CD-4B0E-AABF-6A9DCC34B9FF

Numa campanha diferenciada, marcada pela preocupação com a questão do distanciamento social e medidas sanitárias para evitar o avanço da covid-19, a coligação Deixa Fernando Trabalhar, liderada por Fernando Gomes, que tenta a reeleição, vem conquistando importantes apoios e adesões em todos os segmentos da sociedade itabunense, o que gerou um quadro sobre voto de amor e gratidão incorporado aos programas eleitorais de televisão e de rádio. Um dos destaques foi o primeiro comício eletrônico, em que lideranças do PTC, Republicanos, Solidariedade, PMN e PSL manifestaram o seu apoio integral à chapa Fernando e Son Gomes destacando a perspectiva de uma vitória.

A presidente do diretório do Solidariedade, Neide de Carlito, destacou que o apoio do seu partido à reeleição de Fernando Gomes é pelo o reconhecimento ao trabalho que ele realizou em quase cinco décadas de vida pública, com a execução de obras em todas as áreas e que contribuíram para o desenvolvimento da cidade: “o nosso apoio é para Itabuna continuar avançando para o futuro”, enfatizou. Read the rest of this entry »

Augusto Castro ouve pedidos para regulamentação da Enfermagem em Itabuna

674842F3-5866-4945-B0AD-90B4DA4316C4
O candidato a prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), ouviu pedidos para que, se eleito, regulamente a atividade de Enfermagem no município, com a criação de Plano de Cargos e Salários para a categoria, o que inclui não só enfermeiros com nível universitário, mas técnicos e auxiliares de enfermagem. Ele se reuniu na Terceira Via Hall, na noite de quarta-feira, 29, com um grupo de representantes da Enfermagem que relembrou sua luta, desde 2014.

Augusto Castro agradeceu aos profissionais de Enfermagem que o acompanharam durante os 44 dias da internação hospitalar depois de acometido da Covid-19 em março. Também lembrou sua luta para conseguir emendas parlamentares para a Saúde do município beneficiando os hospitais da Santa Casa de Misericórdia e de Base, Maternidade Ester Gomes e Cemepi como deputado estadual por dois mandatos. “Itabuna conhece minha dedicação para que os hospitais contassem com tecnologia de ponta”, afirmou. “A UPA 24 Horas, do Monte Cristo, será fortalecida”, frisou. Read the rest of this entry »

Azevedo e líderes evangélicos debatem novos projetos

BD3AC5AE-8437-4809-8CCF-CCB4E29B043B
Em encontro de pastores evangélicos, Azevedo e seu vice Roberto Minas Aço, foram apresentar o plano de governo e estreitar novas relações com os representantes de várias igrejas, que estavam abertos para ouvir como as entidades e o governo podem trabalhar em conjunto para mudar a situação de muitos jovens na cidade.
Para o candidato do PL, é preciso haver uma união com todo este grupo, que trabalha com evangelização e cuidados com jovens e ver como realmente o governo pode caminhar junto. “o acolhimento que as igrejas têm dado é importante, é um grupo forte que pode trabalhar junto com a administração pública, na questão de desenvolver trabalhos que resgatem o lado social da comunidade”, diz Azevedo. Read the rest of this entry »

Geraldo diz que saude, educação e geração de empregos serão prioridade

74974E5E-321C-4C5A-94ED-BFDA07AD844DCandidato a prefeito de Itabuna, Geraldo Simões (PT) se comprometeu a ampliar ações como a escola em tempo integral, implantar o calendário cultural e investir em geração de emprego e renda, desenvolvimento urbano, mobilidade e no enfrentamento da Covid-19. Na noite de ontem (29), Geraldo e o seu vice, Jairo Araújo (PCdoB), participaram de entrevista ao Ipolítica.

“Educação vai ser prioridade em nosso governo. Queremos implantar a escola em tempo integral, com atividades lúdicas no contraturno”, destacou Geraldo sobre a Educação. Outra estratégia será a criação de um Programa de Estágios, para estudantes do Ensino Médio, e um programa de premiação, a exemplo de um “Selo de Empresa Amiga do Estudante”, como estímulo para empresas que contratarem estagiários e jovens aprendizes intermediados pelo município. Read the rest of this entry »

Governo antecipa crédito de mais de R$ 4 milhões do Mais Futuro para estudantes das universidades estaduais

O Governo da Bahia antecipa, mais uma vez, o crédito do auxílio-permanência do Mais Futuro para 10.440 mil estudantes das universidades públicas estaduais baianas (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc) beneficiários do programa. O valor, que é pago até o 10 dia útil de cada mês, já está na conta dos estudante nesta sexta-feira (30). O novo investimento do Governo do Estado é de R$ 4.062.300 milhões. Entre janeiro e outubro deste ano já foram pagos R$ 40.873.200 milhões diretamente aos estudantes ligados ao Mais Futuro.

O coordenador executivo de Programas e Projetos Estratégicos da Secretaria da Educação do Estado, Marcius Gomes, destaca a importância do programa, especialmente neste momento de pandemia. “O auxílio chega em um momento importante para os nossos estudantes do Ensino Superior, considerando que temos um grau de excepcionalidade apontado, agora, com o retorno das atividades acadêmicas nas universidades estaduais e entendendo que, nesse último período, este recurso tem ajudado, certamente, milhares de famílias na manutenção de suas condições básicas de vida”.

Criado em 2017, pelo Governo do Estado, para garantir a permanência dos estudantes das universidades públicas estaduais que se encontram em condições de vulnerabilidade socioeconômica, o Mais Futuro oferece uma bolsa de R$ 300 para quem estuda a até 100 quilômetros de onde mora e de R$ 600 para os que vivem a uma distância maior, pois, para estes, há a necessidade de moradia temporária na cidade onde estudam.

Desde que foi implantado, o programa de assistência estudantil já beneficiou 17.931 estudantes. O total do investimento no programa, compreendendo o período entre junho/2017 a outubro/2020, foi de R$ 126.677.900 milhões.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
outubro 2020
D S T Q Q S S
« set   nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031