hanna thame fisioterapia animal
camara itabuna prefeitura itabuna coronavirus 155 bom petiscos livros do thame

Complexo Integrado de Educação de Itabuna promove bate-papo virtual sobre interdisciplinaridade e pandemia.

educProfessores da rede estadual de ensino discutiram, nesta sexta-feira (24), o tema “Interdisciplinaridade como caminho para o desenvolvimento de competências essenciais no currículo escolar pós-pandemia”, durante bate-papo on-line promovido pelos Complexos Integrados de Educação (CIEs), unidades pertencentes à Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC). Realizada na plataforma Google Meet, a atividade integra o projeto “Temas em debate com os CIEs”, que acontece às sextas-feiras e consiste em uma série de bate-papos sobre assuntos variados, com a participação de convidados. O encontro, mediado pelo coordenador de Articulação entre Educação Superior e Educação Básica para os CIEs, Robson Costa, contou com uma apresentação da doutora em Educação, Mônica Waldhelm.

A professora Mônica Waldhelm ressaltou de que forma a interdisciplinaridade contribui positivamente para o desenvolvimento das competências e habilidades dos estudantes. “A abordagem interdisciplinar, além de contribuir para um olhar mais completo da realidade, favorece a otimização de tempo e recursos necessários para as atividades curriculares. Isto será essencial no momento que vivemos, por conta da pandemia. As articulações interdisciplinares podem se dar pelos conceitos ou conteúdos, pelo contexto ou problema investigado e pelas competências e habilidades trabalhadas. Portanto, também favorece a autonomia e o protagonismo dos estudantes ao fazer estas articulações que exigirão dele a mobilização de recursos cognitivos e socioemocionais variados”.

A vice-diretora do Complexo Integrado de Educação de Itabuna, Tereza Cristina de Jesus, disse que a atividade foi enriquecedora. “O diálogo trouxe para nós outros olhares, aprofundando temas como competências, habilidades, protagonismo e autonomia do estudante, tendo o professor como orientador de todo esse processo. Levou-nos a repensar nossa práxis quando definiu e discutiu a multidisciplinaridade,  interdisciplinaridade e transdisciplinaridade com a frase: ‘pensamos de forma multidisciplinar, tentamos trabalhar de forma interdisciplinar e formamos estudantes para um mundo transdisciplinar’, nos levando a várias reflexões sobre nossos projetos na Escola. Foi uma manhã produtiva e nos sentimos contemplados e inseridos em suas falas, deixando para nós o sentimento de que esse é o caminho a seguir: com formação continuada, escuta dialógica e construção coletiva”.

 

Sobre os CIEs – Os Complexos Integrados  funcionam em Porto Seguro, Itamaraju e Itabuna, em parceria com a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), e em Ipiaú, Eunápolis e Caetité, em parceria com a Universidade do Estado da Bahia (UNEB). As unidades têm buscado planejar, executar e avaliar um conjunto de ações inovadoras em conteúdo, método e gestão, direcionados à melhoria da oferta e da qualidade do Ensino Médio, na proposta de ensino integral.

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar

Dê seu voto:

Leave a Reply

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
julho 2020
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031