hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

“Médicos cubanos eram guerrilheiros”, diz Bolsonaro

Estaria Ernesto liderando os ´médicos-guerrilheiros´?

Estaria Ernesto liderando os ´médicos-guerrilheiros´?

(Brasil247)-Jair Bolsonaro voltou a atacar os profissionais cubanos que integravam o programa Mais Médicos ao afirmar que eles faziam parte de “células de guerrilhas e de doutrinação”, embora não tenha apresentado provas da acusação. Segundo ele, esta foi a razão de Cuba ter deixado o programa logo após ele ter sido eleito. “O PT botou no Brasil cerca de 10 mil fantasiados de médicos aqui dentro, em locais pobres para fazer células de guerrilhas e doutrinação. Tanto é que quando eu cheguei eles foram embora porque eu ia pegá-los”, disse Bolsonaro.

“Precisa ter prova disso daí? Tu acha que está escrito isso aí em algum lugar? Cuba exportava desde a década de 70 mercenários para guerrilha de Angola. Sempre exportou isso daí”, emendou. Segundo Bolsonaro, os cubanos não conectaram nenhum ato de guerrilha, mas estavam se “preparando para isso” nos anos que passaram no Brasil devido ao programa.

“É preparação, é preparação. Você não faz as coisas de uma hora para outra, fazendo a cabeça do povo”, disse.

Nota do Blog: Não demora muito e Bolsonaro vai dizer que a morte de Che Guevara foi uma armação de Fidel Castro e Lula e que o Guerrilheiro Heróico (como é chamado em Cuba), é quem lidera os doutrinadores, enquanto faz fortuna com o royalties da venda de camisetas e bandeiras com sua estampa.

 

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar

Dê seu voto:

Leave a Reply

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031