hanna thame fisioterapia animal
bahiagas livros do thame

Archive for julho 22nd, 2019

Arte, literatura e debates consolidam Festa Literária de Ilhéus

 

mv billDe 23 e 26 de julho, os espaços culturais do centro da cidade estarão dedicados ao livro. A 2ª Festa Literária de Ilhéus promete reunir atrações em torno de bate-papos, exposições, apresentações culturais, lançamentos de livros, palestras, saraus, oficinas, peças teatrais, além de estandes para a venda de títulos variados a preços promocionais. Estarão presentes a Editora da Universidade Federal da Bahia (EDUFBA) a UEFS Editora, a Livraria Papirus, a Caramurê Publicações, a Via Litterarum e O Badauê, além de autores independentes.

Com o tema “O feminino e a leitura do mundo”, o evento tem como objetivo promover discussões sobre a representatividade feminina nos diversos espaços sociais. Na abertura, um bate-papo com as jornalistas Maíra Azevedo (Tia Má) e Flávia Oliveira (Rádio CBN e Globonews), no Teatro Municipal de Ilhéus (TMI), a partir das 17h30min. Ainda nesse dia haverá a entrega do Prêmio Sósigenes Costa de Poesia e a apresentação da Orquestra Gongombira.

De quarta-feira (24) a sexta-feira (26), serão promovidos vários bate-papos durante todo o dia no TMI e na Academia de Letras de Ilhéus (ALI). A noite da quarta-feira será marcada por uma conversa com o rapper MV Bill (foto), sobre “Falcão – Mulheres e o Tráfico e outras histórias”, também no Teatro, às 19h. No encerramento, a cantora Larissa Luz e o escritor Saulo Dourado comandam o projeto “O Violão e a Palavra”, que terá abertura da cantora Eloah Monteiro.

Read the rest of this entry »

Seja solidário

gacc

Rui Costa afirma que novo aeroporto de Conquista deve ser inaugurado por quem trabalhou e pelo povo

Em vídeo publicado nas redes sociais na tarde desta segunda-feira (22), o governador Rui Costa afirmou que não participará da inauguração do Novo Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista. Na opinião do governador, o evento se transformou em uma convenção político-partidária. “A medida anunciada é excluir o povo da inauguração, fazer uma inauguração restrita a poucas pessoas, escolhidas a dedo como se fosse uma convenção político-partidária. Não posso concordar com isso”, disse ao explicar a decisão.

Na mensagem, Rui destacou a importância de todos os trabalhadores que se dedicaram por muitos anos na construção do equipamento e reconheceu o papel dos ex-presidentes Dilma Rousseff e Michel Temer; do ex-governador Jaques Wagner; e do ex-secretário estadual de infraestrutura, Otto Alencar, para a conclusão da obra.

Conselho Estadual de Educação homenageia Reneè Albagli

A professora Reneè Albagli Nogueira, reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz por duas gestões (1996 a 2003) será homenageada pelo Conselho Estadual de Educação da Bahia (CEE/BA) no dia 30 de julho. Ela vai receber a Comenda de Honra Professor Felipe Serpa, em solenidade que será realizada às 14 horas, no Museu Eugênio Teixeira Leal, na Rua do Açouguinho, nº1, no Pelourinho, em Salvador. A Comenda de Honra Professor Felipe Serpa, é concedida em reconhecimento público às relevantes contribuições para o desenvolvimento da Educação no Brasil e no Estado da Bahia. Alem de reitora a professora Renneè foi Presidente, em dois mandatos, do Conselho Estadual de Educação do Estado da Bahia, e conselheira do mesmo Conselho de 2004 a 2012.

rené

Na mesma Portaria o CEE/BA outorga a Comenda de Honra Professor Felipe Serpa, além da professora Reneè Albagli Nogueira, aos professores Edvaldo Machado Boaventura e Iraci Silva Picanço (ambos Post Mortem). Todos nomes foram eleitos pelos votos dos conselheiros.

 

 

Chocolat Bahia 2019 consolida polo chocolateiro e impulsiona economia

foto 10

O maior evento de cacau e chocolate da América Latina. Assim pode ser definido o Chocolat Festival 2019, encerrado neste domingo (21), em Ilhéus. Realizado com o apoio do Governo do Estado, o festival reuniu cerca de 60 mil pessoas e movimentou aproximadamente R$ 15 milhões em negócios, reunindo 170  expositores e mais de 70  marcas de chocolate.

O festival possui características únicas  como produção de chocolate, mel de cacau, nibs, cauchaça, creme de, cacau caramelizado, sabonetes de cacau, etc; e uma estrada temática, a Estrada do Chocolate,  com fazendas centenárias, fábricas de chocolate, natureza exuberante.

foto chocolate festival 1O coordenador do Chocolat Festival 2019, Marco Lessa, destacou que “os resultados superaram todas as expectativas, numa  demonstração de que os consumidores passam a valorizar o chocolate de origem. Tivemos muitos lançamentos de produtos, com diversidade e inovação,  que  atraíram pessoas da região e de outros estados”. Ainda para Marcos, “é importante  conscientizar os cerca de 30 mil produtores de cacau, que sustentaram a economia sulbaiana durante décadas, de que eles podem se restabelecer dentro de um novo conceito, que é o chocolate de origem. Dessa maneira, iremos retomar, em bases sólidas e sustentáveis, o caminho do desenvolvimento”.

O Governo do Estado também marcou presença no festival com os estandes do  Centro Público de Economia Solidária (Cesol) Litoral Sul,com produtos de empreendimentos solidários e destaque para o lançamento do creme de cacau Cacauela; a Bahia Cacau, uma cooperativa que  já que comercializa chocolate e derivados no mercado paulista, a fábrica-escola do Chocolate do Centro Estadual de Educação Profissional Nelson Schau, com a instalação de uma planta industrial em que os alunos produziram chocolates e derivados de cacau, além da retomada as atividades da Câmara Setorial do Cacau, que define de ações conjuntas para o desenvolvimento da cadeia produtiva do cacau.

fabrica escola 2
Chocolate e retomada do desenvolvimento

Marly Brito

Marly Brito

A empreendedora Marly Brito destacou que “a cada ano, o festival abre a possibilidade de novos negócios e incentiva a criação de novos produtos derivados de cacau”. Gerson Marques, que produz chocolates e também atua na área de turismo rural, ressaltou que “as vendas diretas aumentaram e também os acordos comerciais com parceiros da Bahia e de outros estados, consolidando a qualidade e o potencial do chocolate, além de criar um novo atrativo para o setor turístico”.

Para Leo Maia, que aproveitou o evento para lançar o chocolate branco com nibs de cacau, “esse é um mercado que exige sempre inovações capazes de cativar e atrair novos consumidores. As vendas foram ótimas”. Fernando Modaka, um dos pioneiros na produção de chocolate de origem, disse que “esse movimento que estamos vivendo no Sul da Bahia é fantástico, agrega valor o nosso principal produto, o cacau, tornando a região conhecida pelo chocolate de qualidade”.

Cristiano Vilela

Cristiano Vilela

A difusão de novas tecnologias também tem sido uma das tônicas do festival. O diretor executivo do Centro de Inovação do Cacau, da Universidade Estadual de Santa Cruz, Cristiano Vilela destacou que “o Sul da Bahia passa por um processo de modernização e valorização do cacau  e na qualidade do chocolate”.  O vice-presidente da Federação da Agricultura do Estado da Bahia-FAEB, Guilherme Moura, avaliou que “o Festival do Chocolate já se tornou uma referência no Brasil  com sua característica única de unir produção de cacau e de chocolate, além de impulsionar toda a revitalização cadeia produtiva e movimentar a economia”.

Além da comercialização de chocolate e outros produtos o festival contou com eventos como Cozinha Show, ChocoDay, Ateliê do Chocolate, Cozinha Kids, Espaço Cutural do Cacau, com apresentação  de artistas regionais, exposição História do Cacau, palestras, workshops e o Fórum Brasileiro do Cacau, com foco na sustentabilidade e avanços tecnológicos.

foto chocolate festival 4

O Chocolat Bahia – 11 ° Festival Internacional do Chocolate e Cacau contou com a parceria do Governo da Bahia, através das secretarias do Turismo, do Desenvolvimento Econômico, da Agricultura, do Desenvolvimento Rural, CAR, e apoio financeiro do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura, assim como da Prefeitura Municipal de Ilhéus, Sebrae, Governo do Pará, Banco do Nordeste, Bahiagás, Sicredi e Chocolates Harald. O evento também tem apoio institucional da CEPLAC, Instituto Biofábrica, UESC, GAP, entre outras instituições. O Chocolat Bahia é uma realização da MVU Eventos.

Estudantes de Jussari e Itajuípe desenvolvem audiovisuais sobre a história e a cultura

- Aúdio Visual Juçari - foto. divulgação (8)

Jussarí e Itajuípe são duas cidades da região Sul da Bahia cercadas pela Mata Atlântica, que têm um povo trabalhar e hospitaleiro. A história da sua gente, as raízes culturais e a identidade dos lugares poderão ser contadas pelos estudantes do Colégio Estadual Amélia Amado, em Jussari, e do Colégio Estadual Polivalente, de Itajuípe, que foram envolvidos no workshop em Produção Audiovisual e no Hackathon – um desafio de Produção de Vídeo, que estão sendo promovidos pela Secretaria da Educação do Estado, por meio do projeto Escolas Culturais.

 

jussari1O foco do audiovisual é a cidade, envolvendo temáticas como identidade, protagonismo, autoestima e, também, o fortalecimento dos itinerários formativos, conforme prevê a Base Nacional Comum Curricular (BNCC); a partir da abordagem de conteúdos das diversas áreas do conhecimento como História, Geografia e Sociologia. As atividades estão sendo ministradas pela coordenadora de Tecnologias e Audiovisual da SEC, Carla Almeida, e pela professora de audiovisual da rede estadual, Fau Coelho.

 

Carla Almeida explicou que, a princípio, a iniciativa deve contemplar todas as unidades escolares com o projeto Escolas Culturais. Segundo ela, além de ampliar os conhecimentos sobre o audiovisual, o workshop também visa despertar no estudante o pertencimento sobre o lugar onde eles vivem. “Durante a formação, estamos explicando todas as etapas do processo de produção de um curta, tiramos dúvidas e ensinamos como manusear os aparelhos, além de auxiliamos durante as filmagens. Importante destacar que tudo isso tem um dos objetivos trabalhar os novos itinerários formativos, conforme prevê a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC)”, reforçou.

Read the rest of this entry »

Aeroporto de Conquista gera demanda de empresários para investimentos na região

aero 1

O novo aeroporto de Vitória da Conquista, que será inaugurado pelo governador Rui Costa nesta  terça-feira (23), é uma demanda dos empresários para que novos empreendimentos de médio e grande porte sejam implantados na região. A informação é do superintendente de Atração de Investimentos e Fomento ao Desenvolvimento Econômico, Paulo Guimarães. “Tem empresários que chegaram aqui e colocaram isso como pré-requisito para implantação de uma fábrica, que ela estivesse no máximo a uma hora de um aeroporto, porque os dirigentes precisam se movimentar”.

aero 2

Guimarães afirma que todo investimento em infraestrutura é importante e ajuda no desenvolvimento da região de Vitória da Conquista. “Conquista, em particular, a terceira maior cidade do estado, tem recebido uma série de investimentos ao longo dos últimos anos. A própria Desenbahia indica que muitos empreendedores da região têm solicitado financiamento para indústrias de pequeno e médio porte. Aquela é a nossa maior cidade próxima de Minas Gerais, do Rio de Janeiro, portanto, é uma cidade com uma perspectiva de interação interestadual muito grande”.

Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
julho 2019
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031