hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for junho 22nd, 2019

Crônicas educacionais: por uma teoria-prática permanente

Efson Lima

 

efson Um dos maiores desafios da docência é tornar o abstrato próximo do estudante. É mediar o conhecimento para que o conteúdo dialogado na sala de aula não seja distante da realidade, mas necessário à compreensão e a tomada de decisões. Como fazer isto no âmbito do direito internacional, em um estado da federação onde suas divisas são com outros estados e na costa leste a imensidão do oceano Atlântico? Parece um terreno pouco fértil.  Eis que nada melhor que inovar, adotar as metodologias ativas, sair da sala de aula, recorrer aos memes, usar a literatura, o filme… É importante advertir, com a vênia: os recursos não podem ser adotados para suprimir o papel do profissional que não preparou a aula, mas auxiliá-lo na exploração do conteúdo.

O professor é um cientista diário. É um explorador de realidades. É um vendedor de sonhos. Nada é mais fracassado que um profissional da educação adentrar em sala de aula derrotado pelas incertezas e não prospectar futuros, mesmo que o presente esteja árido e o porvir tenebroso. O professor é um sonhador com pés no chão.

efson lima

Neste semestre, tive algumas ações sugestivas de prática na Faculdade 2 de Julho. Vamos abordar duas situações: o “LabLíder” e “Viajando pelo mundo em Salvador”.    De forma coletiva, especialmente, pelo Núcleo da Pós e Direção Acadêmica, constituímos um Laboratório em Liderança, o LabLíder, neste, o último dia de atividade foi marcado pela presença do Café Ravel, a convite do professor Daniel Medeiros, que abordou liderança e delegação. O cheiro de café tomava a sala, a senhora Selma contava suas histórias de empresária familiar a empresária solo, com seu empreendimento inovador. Liderar é empreender. É colocar o nariz onde poucos colocam. É sair do lugar comum. As incertezas só existem quando não nos lançamos. Lançados, tornamos as incertezas em desafios. Não há sucesso sem desafio.  Toda a discussão do momento foi acompanhada pela a arte de Lara Azeredo, que fez um painel maravilhoso. Então, tivemos café, arte e ensino – um triângulo oportuno.

Read the rest of this entry »

Autossabotagem, você pratica?

Artes & Artistas

Juraci Masiero Pozzobon

O amor na pedra

Paulo-Pires-Representantes-da-Arte-de-Rondonopolis-16-06-14

O escultor Paulo Pires de Oliveira, especialmente chamado de Paulo Pires, reside na cidade de Rondonópolis, Mato Grosso e começou a esculpir em madeira aos nove anos de idade, esculpindo pequenas obras.

Paulo Pires teve várias parcerias para cursos, ele abordava nesses cursos a expressão artística retratada em madeira. Com o passar do aprendizado fez uma exposição com os participantes, com uma proposta para descobrir novos talentos e saindo do anonimato.

Paulo Pires, em 1999, resolveu mudar para a perda de arenito, por acreditar que o material é mais apropriado para escultura, mesma sendo mais trabalhoso.

589203aa764586b1dda4661830c0d58c

Read the rest of this entry »

Ticomia, a maior festa de forró do São João da Bahia, agita Ibicui

Ticomia 2015 - Banda Lordao, que toca na festa ha mais de vinte anos (Imagem Pixel Motion)
A mais tradicional festa de São João que mantém a valorização do forró na Bahia, Ticomia, acontece neste sábado, dia 22 de junho, na Fazenda Eldorado, em Ibicuí, com um elenco de oito atrações de qualidade e a marca de serviços all inclusive que atraem milhares de pessoas a cada edição. A animação junina contará com shows de Mano Walter, Flávio José, Luan Estilizado, Márcia Fellipe e Peruanno, e as bandas Saia Rodada, Lordão e Léo Fera&Forrozão.

Sara Dourado, o saudoso sanfoneiro Domiguinhos, e Douradinho, em 2010 (Foto Geraldo Borges)O cantor Gabriel Diniz faria, este ano, a sua quarta participação no Ticomia, mas, infelizmente, devido ao trágico acidente ocorrido no dia 27 de maio, no qual veio a falecer, deixou essa triste lacuna, insubstituível. Para compor a grade, a produção da festa confirmou a presença no elenco do cantor Peruanno, ex-integrante da banda Cavaleiros do Forró, que faz carreira solo.

A festa Ticomia se tornou uma grande marca da temporada junina na Bahia por reunir milhares de pessoas para curtir o ritmo autêntico do São João, que é o forró. Este ano, o evento completa 32 anos de uma história de sucesso, associado ao clima festivo de Ibicuí, município que realiza, há mais de 60 anos, a melhor festa popular de São João no Estado.

O produtor da festa, Lourival Dourado Filho (Douradinho), reafirma o compromisso do Ticomia como um evento que prestigia o forró e as raízes da cultura nordestina. Para o cantor Kokó, do Lordão – banda que já participou de 27 edições da festa, “o Ticomia é como se fosse o momento de confraternização de todo o interior da Bahia”. Afinal, o formato do evento é feito para atrair pessoas de todas as faixas etárias e por isso diversas famílias se reencontram a cada ano.

Read the rest of this entry »

Memórias de um Dinossauro

dt

Bar das Putas

Ano de 1981. O Diário de Osasco finalmente trocava as velhas impressoras e linotipos e passava a ser impresso em off-set. Era como pular da Idade da Pedra para o futuro, sem escalas.

O Diário também  deixava de ser temporariamente diário para se tornar semanal, embora continuasse ostentando o título Diário.

Para o Vrejhi Sanazar, dono do jornal, era um salto de qualidade e a oportunidade de atrair anunciantes. Fazer dinheiro, enfim.

Para mim e para o Giovanni Palma, que tocávamos a redação, era o passaporte para a modernidade, poder ousar nos textos, nas fotos, no formato da primeira página.

bar putasMais do que isso: como o jornal seria diagramado e impresso no prédio do Estadão (O Estado de São Paulo) na marginal Pinheiros, era a chance de viver o clima de grande imprensa, cruzar com o pessoal que fazia aquele que na época era o mais influente jornal brasileiro, até ser ultrapassado pela Folha de São Paulo.

Era também uma oportunidade para manter contato com grandes jornalistas, não apenas do Estadão, mas também de outros veículos, já que após o fechamento das edições (naquele tempo os jornais fechavam de madrugada e não eram essa coisa pasteurizada e insossa de hoje, decadentes e superados pela agilidades da internet), o pessoal se dirigia a um ´pé sujo´ na avenida da Consolação, centro velho da capital paulista, onde um churrasquinho ou uma batata frita honestos eram oferecidos a preço justo. Obviamente acompanhados de uma cervejinha, uma batidinha, uma cachacinha.

Ou tudo junto!

O local era chamado de Bar das Putas, porque além dos companheiros jornalistas, as companheiras operárias do amor também batiam ponto lá, fechando a noite de trabalho duro (ops!). Uma convivência harmoniosa, num local que marcou época numa São Paulo ainda sem crack e sem tanta violência.

Foi no Bar das Putas, enquanto entornava uma dose tamanho família de batida de limão e comemorava com o Palma mais uma bela edição do nosso “Diário semanal”, que ouvi a seguinte frase de uma das distintas freqüentadoras:

-O cara quando quer uma puta só pra ele, tem que pagar bem. Se não pagar, vai ter que dividir com os outros e se contentar com as sobras.

Num país onde, diz a lenda, cafetão se apaixona, puta goza, traficante cheira e político honesto é mais raro do que trevo de cinco folhas, a moçoila perpetrou um comentário de antologia.

Vai viajar e deixar seu animal sozinho? Veja algumas dicas sobre cuidados com os pets no feriadão de Carnaval

Hannah Thame

htCom a chegada do São João, a maioria das pessoas se programa para viajar e passar um período fora de casa, no entanto, muitas esquecem os cuidados que devem ter com seus bichinhos de estimação para que estes fiquem em segurança durante a sua ausência. Dentre os problemas que podem acontecer, os mais frequentes são acidentes domésticos,  intoxicação alimentar e, até mesmo, fugas.

A intoxicação alimentar é um dos principais problemas que levam os animais à emergência nos períodos festivos do final do ano. Alimentos muito gordurosos, por exemplo, podem levar a vômitos e diarreia. Já os chocolates podem causar graves intoxicações, já que os cães possuem grande deficiência em metabolizar os seus componentes, o que também pode ser causado pela ingestão de algumas frutas secas e castanhas. Os ossos e pedaços maiores de carnes também devem ser evitados, pois podem levar a obstrução intestinal.

ernesto (2)

 

Para proteger os animais dos fogos de artifício, comuns nesse período, algumas dicas são: usar edredons para abafar o som da rua, não deixar cães e gatos acorrentados porque eles podem se enforcar com a agitação e deixar portas, portões e janelas fechados, para evitar fugas.

Se você vai viajar e não pode levar seu animal junto, tente não deixa-lo sozinho. Para isso, existem os serviços de hospedagem, como os hotéis para cães, que garante que seu animalzinho passe esse período longe de você em segurança. Pesquise e encontre o melhor para seu pet, ele merece!

 

Hannah Thame é Médica Veterinária e Mestre em Ciência Animal – UESC

Lawfare: o novo campo de guerra legal

Débora Spagnol

Debora SpagnolMaquiavel já disse, no livro “O Príncipe” – uma das teorias políticas mais elaboradas pelo pensamento humano, pois ensina como chegar e se manter no poder – que “há duas maneiras de lutar: com a força ou com as leis”. (1)

Atualmente, a segunda forma citada pelo autor torna-se o termo a ditar o significado da palavra “lawfare”: a utilização da lei e dos procedimentos legais pelos agentes do sistema de justiça para perseguir quem seja declarado inimigo. O “lawfare”, na prática, se torna o oposto da busca pela justiça, tornando-se mais um “justiçamento” pelo próprio judiciário.

Surgida da junção das palavras “law” – lei e “warfare”  – conflito armado, “lawfare” atualmente significa o uso estratégico de processos judiciais com a finalidade de criar impedimentos a adversários políticos. A lei, nesses casos, é utilizada como instrumento de guerra e destruição do outro (do inimigo), sem respeito aos procedimentos legais e aos direitos do indivíduo que se pretende “eliminar”. O processo judicial, para que tenha efeito, é planejado e tramita sob a aparência de legalidade, contando com a ajuda da mídia e dos agentes políticos/sociais que buscam “aniquilar” referido opositor ao objetivo maior. (2)

lawfareA expressão foi inicialmente utilizada por um coronel da Força Aérea americana em 2001, como estratégia do mau uso da lei para alcançar um objetivo operacional como alternativa aos meios militares tradicionais. A origem do termo, portanto, não significou o uso do direito como arma de guerra, o que se deu com o tempo. No passado, os adversários políticos eram eliminados pela violência física; atualmente se usa da violência e do poder da lei para produzir resultados políticos, afastando-se o adversário pelo uso abusivo do sistema jurídico em substituição aos processos eleitorais constitucionalmente vigentes. O direito, assim, se torna arma mais poderosa do que a guerra, seja por conta do aumento do número de leis e tribunais, pela criação de ONG´s dedicadas aos conflitos armados ou pela revolução na tecnologia da informação.

São características do “lawfare”: a utilização de acusações frívolas, ou seja, acusações e instaurações de processos judiciais sem provas, sem materialidade; abuso de direito com o intuito de prejudicar a reputação de um adversário político; tentativa de influenciar a opinião pública com utilização da lei para obter publicidade negativa e bloqueio das tentativas dos adversários para fazer uso das leis e procedimentos legais para defender seus direitos. Associado a isso, o uso da imprensa trata o assunto como se ele estivesse respaldado por provas (que não existem ou são frágeis demais), promovendo o ódio contra os opositores políticos e a desilusão popular. (3)

Read the rest of this entry »

Faça sua própria produção, desenvolvimento e marketing do seu videogame com Raphael Dias

raphael (2)
Bagnoregio

raphael (1)Entenda” Raphael Dias acaba de lançar um facilitador para criar seus próprios games, a lista foi divulgada no seu site de conteúdo com as novas e precisas diretrizes.

RAPHAEL DIAS é Doutor em Computação quântica e fundador do PRODUÇAO de JOGOS, um site que ajuda no desenvolvimento de jogos eletrônicos. ( https://producaodejogos.com )

Com estes programas e diretrizes, visam tornar mais fácil para os criadores tornar realidade o sonho de ter o seu próprio videogame. Raphael também ensina passo a passo a divulgação e comercialização do produto final. Estas novas diretrizes foram reveladas pelo o site. Raphael Dias também incluiu uma pequena mensagem, reiterando como os desenvolvedores são obrigados a seguir algumas regras básicas:

Um trabalho diário de todos os dias por sua lealdade e paixão pelos jogos, personagens e mundos dos games, e pelo respeito que você quer ser capaz de se expressar criativamente compartilhando seus próprios jogos e imagens originais usando o conteúdo desta lista facilitadora.

Read the rest of this entry »

Foto: José Nazal

  Ceplac no final dos anos 80 do século passado. Uma das principais instituições do Sul da Bahia entrava em decadência num dos momentos mais críticos da lavoura cacaueira.

Ceplac no final dos anos 80 do século passado. Uma das principais instituições do Sul da Bahia entrava em decadência num dos momentos mais críticos da lavoura cacaueira.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
junho 2019
D S T Q Q S S
« mai   jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30