hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for maio 3rd, 2019

Gonschä Chocolat é produzido em Itacaré com cacau 100% orgânico

gonchä 5

Daniel Thame

 

Foi amor à primeira vista. O casal Romain Gonçalves, francês filho de portugueses, e Helen Schaly, brasileira descendente de alemães, foi apresentado a um fruto de cacau durante uma feira de alimentos em São Paulo. Em 2014, em busca de mais qualidade de vida, já estavam residindo em Itacaré, no Sul da Bahia. No ano seguinte, adquiriram a Fazenda Pancadinha, no mesmo município, com uma área 27 hectares, sendo 20 hectares de cacau.

Era o primeiro passo para a realização do sonho que nasceu naquele primeiro contato com o cacau: a  produção de chocolate. “Sempre fomos consumidores de produtos orgânicos, dentro de uma filosofia de vida saudável e respeito à natureza e decidimos que a nossa produção de cacau seria orgânica”, conta Helen.

Romain (esquerda) e os cuidados na seleção das amendoas

Romain (esquerda) e os cuidados na seleção das amendoas

Com a colheita 100% orgânica, a fábrica de chocolate foi instalada em meio à plantações de cacau. Nascia, em 2019, o Gonschä Chocolat, um autêntico produto tree to bar (da árvore à barra), lançado oficialmente no Chocolat Festival, realizado em abril na Bienal do Ibirapuera, em São Paulo.

Fábrica de chocolate na plantação de cacau

Fábrica de chocolate na plantação de cacau

“Decidimos investir na produção de chocolates, já que a gente cuida desde a plantação até a colheita e manejo das amêndoas. Processamos esse cacau, que é de ótima qualidade, e fazemos um chocolate premium,  que tem alto valor agregado”, explica Romain. A unidade tem capacidade de produção de 16 quilos por dia, com potencial de ampliação.

 

Hellen e o preparo do chocolate

Hellen e o preparo do chocolate

O Gonschä Chocolat é produzindo nas versões com 90%, 70% e 40% de  cacau; 70% com laranja, 40% com castanha de caju, 35% chocolate branco, e 35% chocolate branco com nibs.

 

O VERDADEIRO CHOCOLATE

 

O chocolate do Sul da Bahia em busca de novos mercados

O chocolate do Sul da Bahia em busca de novos mercados

A meta é atingir inicialmente o mercado baiano, mas já existem projeções para comercialização em São Paulo, onde o Gonschä foi bem recebido no festival, Rio de Janeiro e demais estados do Sul/Sudeste, onde está o principal mercado consumidor, posteriormente o exterior. “Existe uma demanda por produtos de origem, com foco na sustentabilidade. O Sul da Bahia, com a imagem mundial de Jorge Amado, a história, a biodiversidade e os investimentos na qualidade do cacau, tem pelas condições de se consolidar como polo de chocolate”, destaca Romain. “As pessoas vão se acostumar a consumir o verdadeiro chocolate e valorizar a produção ´tree to bar´ (da árvore à barra) e ´bean to bar´ (da amêndoa à barra), com elevados teores de cacau”, diz.

 

Helen ressalta ainda que “o nosso cacau vai pra Europa e volta como chocolate, um produto muito mais caro. É preciso  um trabalho permanente de valorização e divulgação da produção sul baiana, que tem um chocolate com características únicas no mundo”. “Toda a cadeia produtiva do Sul da Bahia se beneficia com a produção de cacau e chocolate de qualidade”, finaliza.

As novidades da Gonschä podem ser acessadas  no Instagram  @gonschachocolat e em breve será lançado  o site www.gonschachocolat.com.br

UFSB emite nota sobre corte de 30% no orçamento

UFSBNesta semana, o Ministério da Educação anunciou o corte de 30% do orçamento de todas as universidades federais brasileiras. A Universidade Federal do Sul da Bahia teve bloqueio de 38% no orçamento de custeio e capital, recursos utilizados para pagamentos de despesas básicas como água, energia elétrica, bolsas de iniciação científica e extensão, contratos de pessoal terceirizado, limpeza, vigilância, motoristas,  aquisição de equipamentos para equipar salas de aula e laboratórios. São despesas sem as quais a universidade terá muita dificuldade em manter suas atividades.
A UFSB é uma universidade muito jovem, com menos de 5 anos de funcionamento. Isso faz com que haja necessidade de um aporte grande de investimentos em infraestrutura. No momento, temos 3 obras em andamento nos nossos três campi: Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas. Em razão do corte, há o risco concreto de sermos obrigados a paralisar essas obras, o que implica em enorme prejuízo pois, ao interromper os contratos, além dos atrasos no planejamento institucional, a universidade será obrigada a arcar com pesadas multas para as empresas contratadas, além da deterioração das obras quando de sua futura retomada.
Dispomos hoje de um quantitativo de cerca de 4.500 alunos, incluindo os que ingressaram em 2019. Portanto, as obras em processo são de fundamental importância para a consolidação dos cursos que já estão em andamento, além de outros que planejamos ofertar. Ao lado das atividades de ensino de graduação, temos hoje 4 programas de Pós-Graduação stricto sensu e 6 programas lato sensu que atendem uma quantidade significativa de pessoas que precisam dessa formação.

Read the rest of this entry »

Adélia Pinheiro assume a Secti

secti 1

A mudança de titular na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia foi concluída na manhã desta sexta-feira (3), durante transmissão simbólica de cargo, na sede da Secti, no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador, com a presença dos servidores da pasta e do ex-secretário Rodrigo Hita. Na oportunidade, Adélia Pinheiro, nova secretária, falou aos presentes sobre o seu compromisso com as áreas de ciência, tecnologia e inovação.

secti 2A nova secretária da Secti é formada em Medicina pela Universidade Federal da Bahia, com especialização em Medicina Social sob a forma de residência médica na própria UFBA, além de mestrado em Saúde Coletiva pela Universidade Federal da Bahia e doutorado em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo. Antes de assumir a Secti, Adélia Maria Carvalho de Melo Pinheiro ocupava a função de reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

A secretária ressaltou o desejo de trabalhar em prol dos interesses da sociedade baiana ao afirmar o “compromisso com a execução das políticas estaduais e nacionais de ciência, tecnologia e inovação para que nosso estado possa ampliar o conhecimento daquilo que produz, daquilo que necessita ver e ter produzido, sempre alinhado às necessidades das cadeias produtivas locais e da ampliação da qualidade de vida do nosso povo”.

rcm

Estudantes de Teatro do CEEP do Chocolate em Ilhéus são aprovados na UFSB

 

teatro ceep ilheus (1)

Seis estudantes do Curso Técnico de Teatro do  Centro Estadual de Educação Profissional do Chocolate Nelson Schaun, em Ilhéus, escola da rede estadual de ensino da Secretaria de Educação da Bahia, foram aprovados para o curso de Artes da Universidade Federal do Sul da Bahia-UFSB, no campus Jorge Amado, em Itabuna. Amanda Cardoso,  Andreina Tainá Guerra Félix Mendes,  Ingrid Santos, Natália Santos,  Mariana Andrade e  Raromine Lopes fazem parte da primeira turma de Teatro do CEEP Ilhéus, que colou grau no mês de março, e estão iniciando a carreira universitária neste semestre.

teatro ceep ios

A professora Valdiná Guerra Félix, Articuladora do Curso Técnico de Teatro, destaca que  “a aprovação dos estudantes na UFSB tem um grande significado para nós, porque reflete o trabalho realizado em três anos, valorizando teoria e  prática na atividade artística”. “Além disso, eles estarão dando continuidade ao processo de formação profissional e acadêmica. A existência do curso Técnico em Teatro despertou novos horizontes para os alunos do CEEP”, disse.

teatro ceep ilheus (8)

A estudante Natalia Santos comemora o acesso à universidade: “abri mão da aprovação em Direito, para realizar o meu sonho que é cursar Artes, a carreira que escolhi seguir. Estou muito feliz e agradeço ao CEEP do Chocolate pela formação que me possibilitou  o acesso à Universidade Federal do Sul da Bahia”.

teatro ceep ilheus 10

Além da formação básica e da valorização da cidadania, o curso também forma os alunos para assumirem  funções técnicas dentro do teatro como cenotécnica, iluminação, sonoplastia, fotografia cênica, maquiagem, figurino, direção, dramaturgia e atuação.

 

Cerca de 50 estudantes fazem o curso técnico de nível médio em Teatro no CEEP Chocolate Nelson Schaun, que também oferece os cursos técnicos de nível médio em Agroindústria, Análises Clínicas, Eletromecânica, Guia de Turismo, Hospedagem e Logística.

 

Nova York diz que Bolsonaro é perigoso: racista, homofóbico e uma ameaça para a Amazônia

A0 PÉ DA GOIABEIRA lopesEis que o ridículo internacional do Brasil, promovido pelo capitão Bolsonaro, parece não ter fim: a mídia não chapa-branca noticia que, até agora, o País foi motivo de chacota por parte de veículos da Argentina, Holanda, França, Itália, Estados Unidos, Inglaterra, Suíça e Alemanha, pelo menos.

Tudo começou quando o governo divulgou, pelos seus robôs, coisas do tipo “na Holanda, masturbam as crianças a partir dos sete meses”, o que, por certo, não tornou os holandeses mais simpáticos ao Brasil. Depois, no encontro de Davos, na Suíça, novo constrangimento: ao tentar se dirigir aos grandes investidores ali reunidos, não conseguiu articular além duas frases – habituado ao twitter.

davosHoras mais tarde, almoçou sozinho, numa espécie de bandejão, como símbolo do isolamento em que encontrava. Para a imprensa internacional, um o prato cheio, com trocadilho e tudo.

Internamente, o capitão tem sido protegido, por paradoxal que pareça, pela sua própria insegurança e desqualificação (além da grande mídia, que faz vistas grossas às derrapadas do presidente e seus ministros: publica pela manhã uma coisa no twitter, e à tarde, depois de ter as orelhas puxadas por algum general, desmente-se. No dia 1º de maio, ele tuitou que o governo tem um projeto de “naufrágio induzido” – e até agora eu espero que algum general mais inteliugente um pouquinho explique que diabos isto quer dizer. Na mesma linha de raciocínio, entram “decisões” como fazer alunos da escola pública declamarem slogans de campanha – coisas do tipo “Deus acima de todos” – queimar livros de autores não simpáticos ao governo, tirar do ar um anúncio do Banco do Brasil, censurar previamente as provas do Enem, bloquear verbas das universidades  que não apoiaram as sandices do MEC (UFBA, UFF e UnB) e até, em nome de Trump, querer invadir a Venezuela. Quase todas essas maluquices já foram desautorizadas pelos generais, que, surpreendentemente, se mostram mais sensatos do que o presidente. Lembrar que, à sombra de uma frustrada tentativa de golpe na Venezuela, o desmiolado mandatário brasileiro voltou a falar, de olhos esbugalhados ao estilo Jânio-Collor, em “declaração de guerra” àquele país, expressão que não se usa por aqui desde os tempos de Getúlio-Segunda Guerra.  A insanidade é tamanha que nosso governo parece mais preocupado com a Venezuela do que com o Brasil de 13,4 milhões de desempregados.

davos 2

O último dos vexames, até o momento em que redigíamos esta doce notinha, dá conta de que duas empresas dos Estados Unidos (a Delta Airlines e a Bain & Company) retiraram o apoio a uma homenagem que seria prestada ao capitão Bolsonaro, marcada para 14 de maio em Nova York: elas não querem ter o nome ligado a um dirigente tido como homofóbico, racista e perseguidor das minorias. É bom lembrar que dita homenagem (“Personalidade do Ano”, ou coisa assim, criada por comerciantes brasileiros para afagar o ego do capitão) já foi cancelada pelo Museu de História Natural de Nova Iorque; tentaram o Restaurante Cipriani Hallaaa (um dos melhores da cidade), que também não aceitou o abacaxi (ou batata quente?). Por enquanto, o evento está programado para o hotel Marriott Marquis –  alvo de intensos protestos – o que torna possível mais uma desistência. O prefeito de NY, Bill Blasio, afirmou que Bolsonaro não é “bem-vindo”, definindo o visitante como “um homem perigoso: racista, homofóbico e uma ameaça para a Amazônia”. Vejam a que ponto o Brasil foi rebaixado pelos .Bolsonaros.

Injustiça

Tanta gente boa de morrer, e quem morre é Beth Carvalho…

—————-

(As diatribes do Barão são publicadas às terças e sextas, quer chova, quer faça sol)

 

Shopping Jequitibá comemora 19 anos com shows, promoções e brindes

jequitibá

O Shopping Jequitibá, em Itabuna, comemora 19 anos de inauguração neste domingo, dia 5, com uma programação especial para os clientes de todo o Sul da Bahia. Na Praça da Alimentação, haverá apresentações de música ao vivo, com a cantora Kércia Vicente, das 12:30às 14:30 horas, e com o cantor Iago Sena, das 18:30 às 21:00 horas. Outra atração é a realização de um Quiz (perguntas e respostas), com distribuição de brindes para quem acertar as perguntas.

No mall da praça central, será disponibilizado, das 15:00 às 18;30 horas, um espaço reservado para as crianças, com algodão-doce, pipoca e pintura facial. Para os adultos, haverá uma área Instagram, para fotos nas redes sociais, com muita música com o DJ Guigui. Também às 18:30 horas, acontece um desfile pelo shopping, com os personagens de teatro e fantasia interagindo e tirando fotos com os clientes.

 

Funceb convoca Grupos de Manifestação de Cultura Popular do interior para desfilarem no Cortejo 2 de Julho

2 de julhoEstá aberta Chamada Pública da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) para selecionar Grupos de Manifestação de Cultura Popular, oriundos do interior do estado, para se apresentarem no desfile comemorativo da Independência do Brasil na Bahia – o ´2 de Julho´ . Os grupos precisam ser necessariamente de uma das cidades da rota histórica da Independência do Brasil na Bahia (Cidades do Recôncavo e da Região Metropolitana de Salvador, e Caetité). Os grupos também precisam ser atuantes e reconhecidos por sua trajetória, além de apresentarem aderência artística e cultural com o Cortejo 2 de Julho.

*As inscrições são até 7 de maio, através de envio de formulário, documentação obrigatória e anexos preenchidos, encaminhados por correspondência registrada ou via Sedex, e com Aviso de Recebimento para a sede da Funceb. Confira o regulamento completo em *www.fundacaocultural.ba.gov.br*.

Para o desfile serão selecionadas 3 Grupos de Manifestação de Cultura Popular, com aproximadamente 25 integrantes, e até 3 suplentes, para compor a grade de programação do desfile. Cada grupo receberá o cachê e R$ 6 mil.

A convocatória também selecionará 10 Bandas Filarmônicas, e mais 5 suplentes, que também devem apresentar relevância histórica, artística e cultural para o Cotejo 2 de Julho, tempo de atuação e comprovação de atividades recentes.

O resultado dos selecionados e suplentes será publicado no Diário Oficial do Estado e no site da Funceb até 17 de maio de 2019. Caberá recurso do resultado quanto a erros formais e de procedimento até cinco dias úteis a partir da publicação. A relação final dos selecionados e suplentes será publicada no site da Funceb até 31 de maio de 2019.

Centro Judiciário de Solução de Conflitos é inaugurado em Maraú

marauMoradores do município de Maraú ganharam, nesta quinta-feira (2), um Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos (Cejusc).O Tribunal de Justiça da Bahia (TJB-BA) informou que a nova unidade atuará no âmbito pré-processual, tendo como base os métodos autocompositivos de resolução consensual de conflitos.

A placa foi descerrada pela desembargadora Joanice Guimarães, presidente de honra do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec).A nova unidade tem a coordenação do juiz Daniel Álvaro. Durante a solenidade, o magistrado falou sobre a importância da instalação do Cejusc para a sociedade de Maraú, agora que foi integrada à Comarca de Itacaré.

Unidade do Poder Judiciário especializada em atendimento ao público para a solução consensual de conflitos, o Cejusc aproxima o Poder Judiciário da sociedade.De acordo com o TJB-BA, o Centro busca agilizar processos e oferecer amplo acesso à Justiça, de forma gratuita, ágil e sem grandes formalidades, beneficiando todos os envolvidos.

Bahia inicia 1ª etapa da vacinação contra a Febre Aftosa em 2019

aft (2)

Com um rebanho de 10 milhões de cabeças de gado, a Bahia está livre da Febre Aftosa há 22 anos, recebendo o status de Zona Livre da Aftosa, concedido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), nos últimos 18 anos de forma consecutiva. Para dar continuidade aos resultados positivos, nesta quarta-feira (1º), foi iniciada a 1ª etapa de vacinação contra a doença em 2019, destinada para todos os bovinos e bubalinos, independente da faixa etária. Além de vacinar, o produtor deve declarar todo o rebanho para a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab).

aft (1)
“A meta é a vacinação de todo o rebanho da Bahia, porque a manutenção desse status de Zona Livre da doença é muito importante para a nossa economia, é o que garante para o importador a qualidade do produto que a gente exporta. É um esforço conjunto do setor produtivo com o Governo do Estado para alcançar esse objetivo. É importante lembrar que os produtores devem aproveitar para declarar outros animais como equídeos, ovinos, caprinos, suínos, aves e peixes”, explicou o coordenador do Programa de Febre Aftosa da Adab, Antônio Maia.
Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031