hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for março 19th, 2019

CHOR apoia restauração da Igreja Matriz de São Jorge em Ilhéus

matriz sjPassando por um processo de restauração, a Igreja Matriz de São Jorge precisa agora angariar fundos para reconstrução do telhado. Para ajudar na restauração de um dos mais importantes monumentos históricos e arquitetônicos de Ilhéus, a marca Chor, de chocolates de origem, comandada pelos empresários Luana e Marco Lessa, inicia campanha: quem comprar um tablete do Chocolate São Jorge dos Ilhéus (44% ao leite, 85g) da ChOr – na loja (Centro), no Carrinho (aeroporto) ou nas missas que acontecem as quintas-feiras na Catedral de São Sebastião, destinará R$ 5,00 para a restauração da igreja.

A promoção da Chor vai até o dia 23 de abril, data em que é comemorado o Dia de São Jorge, no calendário da igreja católica.

A Igreja Matriz de São Jorge foi construída no período das Capitanias Hereditárias em homenagem ao Santo Padroeiro da cidade, São Jorge, e apresenta arquitetura colonial e primitiva. A imagem do São Jorge da igreja é diferente do São Jorge das religiões de matriz africana. A edificação abriga ainda o Museu de Arte Sacra, fundado em 1970, que possui um acervo com valiosas imagens barrocas, alfaias, objetos para cultos e documentos sacros, além de peças com valor histórico, antigas e raras.

Marcelo Rubens Paiva escreve sobre o ridículo dos homens nas relações amorosas

image001Com uma habilidade incomparável para descrever as nuances do universo feminino e humor suficiente para enxergar o quanto os homens podem ser ridículos, o escritor Marcelo Rubens Paiva reúne em – O Homem Ridículo – novos contos e crônicas reescritas, à luz da recente onda feminista.

Fã de Euclides da Cunha e Dalton Trevisan, Marcelo segue seus mestres literários e, como eles, reescreve suas obras antigas ao reeditá-las – corta, enxuga, acrescenta. Assim, um volume sobre as verdades que as mulheres não dizem se transformou em outro livro, com contos novos, narradores trocados e novas situações dramáticas.

Os contos e crônicas deste livro contam histórias que o autor viveu e reinventou, ouviu dos amigos e acompanhou de perto. Boêmio assumido, caçula numa família de quatro irmãs, adora escutar as mulheres e admite que o homem perde espaço para a persitência sofisticada e a inteligência das mulheres.

Em O Homem Ridículo, Marcelo Rubens Paiva nos ajuda a refletir sobre os sucessos e fracassos das relações amorosas, sobre as dificuldades de se amadurecer e entender o mundo por meio dos olhos de quem amamos.

OAB Itabuna realiza projeto “OAB nos Bairros”

PHOTO-2019-03-18-17-49-42 (1)

A Ordem dos Advogados do Brasil- Subseção de Itabuna através da Comissão da Mulher, deu início ao projeto “OAB nos Bairros”. A primeira reunião aconteceu na Nova Califórnia com a comunidade local e teve como objetivo levar aos bairros uma equipe multidisciplinar da advocacia, para dirimir dúvidas, auxiliar na aplicação da Lei Maria da Penha e dar amparo social às mulheres destes bairros.

As palestras discutem temas relativos à violência doméstica, agressões morais e psicológicas, medidas protetivas, Lei Maria da Penha e a disponibilidade da OAB na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher – DEAM.

PHOTO-2019-03-18-17-49-42

“Essa primeira experiência já nasce vitoriosa, pelo simples fato da comunidade participar e dar sua contribuição na discussão destes temas tão relevantes”, destacou a presidente da Comissão da Mulheres da OAB Dra. Andréa Peixoto. “Faremos, se possível, em todos os bairros da cidade, pois, sentimos que as mulheres e os homens precisam de um espaço para discutirem e entenderem as mudanças na legislação e suas principais implicações”, disse.

Estiveram presentes no evento, além das participantes da Comissão, o presidente da OAB de Itabuna, Dr. Edmilton Carneiro e o Conselheiro Estadual da OAB, Dr. Rui Carlos.

Fogueira de livros com música “sertaneja universitária”

 

A0 PÉ DA GOIABEIRA lopes

 bddepd@gmail.com

 

Faz tempo que está em pauta a discussão sobre o fim do livro, posto a correr por “plataformas” mais “modernas”, erguidas na interrnet. Agora, o governo federal – cujo comandante, tudo faz crer, leu apenas as orelhas do Manual de Conduta do Exército, e não entendeu! – parece disposto a pôr fim à questão. É que um de seus tresloucados representantes,  chamado Murilo Resende, tido como “responsável pelo Enem” (depois, “rebaixado” a assessor do MEC), declarou-se favorável a uma “queima lúdica” de livros. Como “lúdico” vem do latim  ludus (significando “jogo”, “diversão”, “brincadeira”, concluo que esse governo de parvos fará uma espécie de festa com a queima de livros, algo assim como uma fogueira de São João, com casamento caipira, canjica, milho assado e muita música “sertaneja universitária”. E se não incluo quadrilha é por total desamor ao mau trocadilho.

Capitão B., que nunca teve uma ideia que prestasse, também não se mostrou original desta vez: a queima de livros marcou vários momentos de vergonha na história da civilização: o regime nazista  e a inquisição se destacam.

lopes 1

No Brasil, o governo Vargas fez uma grande fogueira em Salvador, alimentada por mais de 1.600 volumes de Jorge Amado e alguns de Anísio Teixeira (creio que é chegada a vez de Paulo Freire); no regime verde-oliva de 1964 (cujas iniquidades o Capitão B. tanto louva), nós mesmos destruíamos ou escondíamos certos livros, evitando que eles fossem encontrados  pelos cães de fila da ditadura. Ser flagrado com algum volume de O Capital, por exemplo, era certeza de pau-de-arara e unhas extraídas sem anestesia. “Bons tempos aqueles, em que se podia fazer isso daí com os vermelhos” – diria o Capitão B., com seu linguajar tosco.

 

De Buerarema para o mundo reverbera a voz de José Delmo:

 

“Se não vigiarmos a vida

Eles escreverão a história”

 

A idade da pedra fica logo ali

 

Nestes tempos estranhos, quando a inteligência em Brasília parece muito rarefeita, pode ser que alguém ache “charmoso” ter um ministro da Educação falando portunhol, ministro ‘importado”, o que, para essa gente lesa, deve ser prova de qualidade.

O grande homem, tem em sua agenda (ditada pelo Capitão B.), dentre outras prioridades,  “extirpar das escolas o método Paulo Freire” e “limpar todo o entulho marxista que tomou conta das propostas do MEC”. É a essa sumidade (sumidade apavorada,a tropeçar, mesmo ao sol do meio-dia, em seguidores de Paulo Freire e fantasmas de marxistas em cada esquina) que está entregue um setor de fundamental importância estratégica para o Brasil, a Educação.

De prático, ele acaba de anunciar (em portunhol, é claro!) que pretende reintroduzir nos currículos da escola infantil e fundamental a disciplina Educação Moral e Cívica, um dos ícones doutrinários da ditadura de 64, retirada do currículo escolar no governo Itamar Franco.

Apesar de minha declarada simpatia pelo ministro, penso que ele faria melhor se tentasse olhar para professores que andam quilômetros para dar aula a jovens paupérrimos, em

escolas caindo aos pedaços; se mostrasse planos de treinamento desses professores, com resultados em justiça salarial; se acordasse para a insegurança em que vivem, nessas escolas, professores e alunos. Professores, aliás, que, na douta opinião da deputada bolsonarista Joyce Não-Sei-das-Quantas (aquela que quer fechar o STF), “não sabem ensinar”, pois foram doutrinados nos princípios ideológicos em  boa hora combatidos pelo ministro de estranho sotaque.

Enfim, el maestro faria melhor se avaliasse o presente pensando no futuro do Brasil, não com esse olhar parado num mau momento da história. Nesse passo, daqui a pouco ele ressuscita a velha palmatória dos nossos avós e, em seguida, troca o computador pelo ábaco.  Estamos indo, de rota batida, para la edad de  la piedra.

lopes 2

I

 “Em lugar do Minha casa, minha vida, vamos ter agora o Minha arma, tua vida, o

programa armamentista do samba do capitão enlouquecido”

 (Ricardo Kotscho, jornalista)

 

(BddePD)
     
     

(As diatribes do Barão são publicadas neste espaço, às terças e sextas, quer chova, quer faça sol).

 

 

 

 

Rui lamenta morte da líder religiosa Makota Valdina

val

O governador Rui Costa usou as redes sociais na manhã desta terça-feira (19) para lamentar a morte da líder religiosa Makota Valdina. “Hoje, com muita tristeza, nos despedimos de uma das mais importantes militantes dos direitos das mulheres e da população negra no Brasil. Aos familiares, amigos e companheiros de luta, meus sentimentos”, escreveu.

Rui lembrou, ainda, que Makota sempre esteve à frente do seu tempo e lutou contra a intolerância religiosa. “Uma mulher que exigiu respeito e garantiu visibilidade ao Candomblé. Que a Bahia continue sendo uma terra de resistência e luta pelo que consideramos essencial: paz, respeito e amor”, concluiu.

Itabuna abre matriculas na rede municipal de ensino

SME espera preecher cerca de 12 mil vagas nos próximos dias - Foto Waldyr Gomes (arquivo)A segunda fase do cronograma do calendário de matrículas para o ano letivo de 2019 da Rede Municipal de Ensino de Itabuna será iniciada nesta quarta-feira (20), em 11 postos organizados pela Secretaria Municipal da Educação de Itabuna (SME).

Nesta segunda fase, deverão comparecer aos postos somente os pais e/ou responsáveis desejarem ou pretendem transferir os seus filhos.

No primeiro dia (quarta-feira, 20), as transferências serão feitas entre os estudantes de creches, pré-escola, 1º e 2º anos do Ensino Fundamental.

Na quinta-feira (21), serão atendidos estudantes do 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental.   E na sexta-feira (22), a segunda fase das matrículas será concluída, com transferências dos alunos dos 6º, 7º, 8º e 9º anos, além da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Turmas de Classes Específicas (TCE).

Read the rest of this entry »

#RitmoSolidário, um ato de resistência

ato (3)Por Ivone Miranda

A  juventude e o feminismo popular organizados em Itabuna fizeram história mais uma vez, com as palavras de ordem da resistência e da solidariedade. A “Feira Cultural de Mulheres” e o “#RitmoSolidário” se construíram numa ação que mobilizou cerca de 500 pessoas em torno da arte, da cultura e da valorização do trabalho das mulheres.
ato (1)

A Beira Rio, assim como todo o espaço público ocupado majoritariamente por jovens pobres é historicamente marginalizado, mesmo com recentes políticas de valorização daquele espaço, como a liberação do trânsito para atividades esportivas no domingo, o Beira, por mais que seja um espaço aberto de socialização ainda é um ambiente secundarizado pelas políticas públicas que poderiam transformar esse lugar num verdadeiro centro cultural ao ar livre.

Read the rest of this entry »

rcm

Ilhéus sedia encontro de revendedores de combustíveis

Walter Tannus Freitas

Walter Tannus Freitas

Com o objetivo de debater assuntos, como o fim da proibição das distribuidoras operarem postos de combustíveis, a venda direta do etanol para o posto revendedor, rumos do sindicalismo e a implantação do sistema self service nas bombas de abastecimento, o Sindicombustíveis Bahia promove no próximo dia 28 (quinta-feira), às 8h, no Hotel Aldeia da Praia, em Ilhéus, a edição 2019 do Ciclo de Encontro Regionais de Revendedores de Combustíveis da Bahia.

Com uma programação voltada para a realização de palestras e debates, estarão reunidos revendedores, operadores de lojas de conveniência, lideranças empresariais e autoridades. Serão cerca de seis horas de atividades e haverá também uma exposição de produtos e serviços.

Para o presidente do Sindicombustíveis Bahia, Walter Tannus Freitas, o encontro é a oportunidade de pensar métodos de valorização do setor no Estado, além de promover, de forma conjunta, a compreensão do cenário nacional do setor. “Ter a oportunidade de discutir temas de interesse, como a regulação do mercado e atuação dos órgãos fiscalizadores significa que existe o desejo de dialogar e integrar os revendedores e parceiros”.

Read the rest of this entry »

Dia da Mulher na Santa Casa celebra ´Gabrielas`

santa casa (2)

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna homenageou as suas 1.337 colaboradoras no evento que  teve como tema, a personagem Gabriela, do romance de Jorge Amado, Gabriela Cravo e Canela para celebrar a data.

santa casa (3)Durante todo o dia as mulheres tiveram à sua disposição, orientação psicológica com profissionais da FTC, orientação do Centro de Referência de Atendimento à Mulher – CRAM, teste de acuidade visual e exame de tonometria com a equipe do DayHORC, além de vários serviços de beleza. A equipe da Cipa também esteve nos dois hospitais distribuindo pirulitos e panfletos com informações sobre a importância de estar com os exames periódicos em dia.

No Hospital Calixto Midlej Filho, as colaboradoras contaram com serviços de limpeza de pele e maquiagem, designer de sobrancelhas, nutrição capilar, corte de cabelo, escova e massagem relaxante para os pés com as equipes dos salões Garagem da Beleza, Tathiara e as consultoras da Mary Kay. No local, foi montado um banner da Gabriela Cravo e Canela onde as mulheres puderam tirar foto. As mulheres ficaram satisfeitas com o dia de rainha que tiveram.

Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
março 2019
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31