hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for fevereiro, 2019

Bahia emite alerta sobre prevenção da dengue

O número de casos de Dengue, doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, cresceu 301,4% em 2019, se comparado ao mesmo período de 2018. Até o dia 16 de fevereiro desse ano foram notificados 3.725 casos em 123 municípios. O município de Feira de Santana lidera com 1.520 registros e quatro óbitos. Outros dois óbitos foram confirmados, sendo um em Salvador e outro em Candeias. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) solicita que os municípios realizem mutirões de limpeza, com atividades de vistoria e remoções de focos do vetor nas residências, juntamente com caminhadas de conscientização e distribuição de materiais informativos.

dengue
O governo da Bahia já distribuiu 7.400 kits para serem utilizados pelos agentes de controle de endemias dos 417 municípios. Com investimento superior a R$ 2,6 milhões, cada kit é composto de 26 itens, como pesca larva, pipetas de vidro, tubos de ensaio, álcool, esponja, lanterna de led recarregável, bacia plástica, dentre outros materiais. “Os agentes de controle de endemias têm um papel fundamental na eliminação de focos do Aedes aegypti, pois na visita aos imóveis, eles eliminam criadouros, orientam moradores e realizam mobilizações”, afirma o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

Read the rest of this entry »

O municipalismo brasileiro

 Luciano Veiga

 

 

luciano veiga (2)A Federação Brasileira possui um extrato de importância às avessas, se de um lado é composta pela União de 26 Estados Federados, 5.570 municípios e 01 Distrito Federal. Este recorte federativo, pelo princípio da engenharia, teria nos seus pilares, a base de sustentação os municípios, raízes da sociedade, dos acontecimentos e realizações. São, portanto, o celeiro político, administrativo e ambiente inspirador ao legislador e ao judiciário.

O município é a célula viva de uma sociedade, entretanto são colocados a margem, como entes enfraquecidos e dependentes.

O conceito de municipalismo que consiste em uma ideologia política, objetiva oferecer maior autonomia aos municípios, atendendo especialmente à organização e prerrogativas das cidades, por meio de uma descentralização da administração pública, tem na sua luta um brilho de reconhecimento e necessidade. Necessidade de deixar mais leve a gestão pública, dando a quem faz os instrumentos, as ferramentas e os recursos necessários para que possamos desenvolver como nação.

A Constituição de 88 traz os municípios como entes federados independentes, político, administrativo e financeiro, sendo inclusive a única constituição mundial em posicionar este ente com tal independência.

A dura realidade dos municípios brasileiros, mostram uma outra face onde a maioria destes sofrem de inanição financeira, tornando o seu corpo frágil, muitas das vezes debilitado, tornando presa fácil a uma estrutura política, que prefere tratar de uma alimentação com base de pires na mão, em doses homeopáticas do que torná-los vigorosos e pujantes.

Read the rest of this entry »

Eu, Daniel Blake

I, Daniel Blake  HANDOUT PICTURE

Eu, Daniel Blake. Disponível na Netflix. Um filme emocionante e imprescindível pra entender como funciona a Previdência Social no capitalismo selvagem.

O final é simplesmente antológico. O filme é inglês mas é um retrato do que pode ser o Brasil da ´Nova Previdência`.

SINOPSE

Após sofrer um ataque cardíaco e ser desaconselhado pelos médicos a retornar ao trabalho, Daniel Blake busca receber os benefícios concedidos pelo governo a todos que estão nesta situação. Entretanto, ele esbarra na extrema burocracia instalada pelo sistema, amplificada pelo fato dele ser um analfabeto digital. Numa de suas várias idas a departamentos governamentais, ele conhece Katie, a mãe solteira de duas crianças, que se mudou recentemente para a cidade e também não possui condições financeiras para se manter. Após defendê-la, Daniel se aproxima de Katie e passa a ajudá-la, enquanto vive seu drama nos subterrâneos da burocracia.

Ilhéus, Cidade Literária

 

Efson Lima

 

efson   A cidade de São Jorge de Ilhéus é conhecida internacionalmente pelas belezas naturais e pela História, mas não somente essas características demarcam a cidade. A Princesa do Sul chama a nossa  atenção, a dos visitantes e de diversos interessados  também pela literatura. Não nos reta dúvida que o campo literário é construtor do imaginário da cidade de Ilhéus. Vários são os espaços físicos, as ruas e os alimentos que nos tocam pela literatura.  A literatura oriunda das terras de Ilhéus até pode ser considerada de cunho regionalista, mas foi universalizada e alcança o mundo.

Aproveito, com a devida vênia, para sensibilizar alguns, que Ilhéus pode aproveitar a qualidade de cidade literária para fazer parte do projeto da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) batizado de Rede de Cidades Criativas. Salvador integra no campo da música. Ilhéus pode fazer parte do clube pela via da literatura. Certamente fará bem a Princesa do Sul e a literatura regional. Certa vez, o escritor Adonias Filho perguntado sobre o que Ilhéus produzia, além de cacau, ele respondeu – escritores.

A Rede de Cidades Criativas foi criada pela UNESCO em 2004, cujo objetivo é promover a cooperação com e entre as cidades que identificaram a criatividade como um fator estratégico para o desenvolvimento urbano sustentável. A rede também está comprometida com o desenvolvimento da Agenda para o Desenvolvimento Sustentável 2030 e estão entre seus objetivos são o estimulo e o reforço as iniciativas lideradas pelas cidades-membros para tornar a criatividade um componente essencial do desenvolvimento urbano por meio de parcerias entre os setores público e privado e a sociedade civil.

É e transformador para os apaixonados por livros aos caminhar por cenários de obras e lugares onde viveram escritores.  Pode se vislumbrar uma experiência romântica, alvissareira, transformadora ou até mesmo alfabetizadora… os sentimentos são os mais diferentes. Afinal, a literatura nos leva a diferentes lugares, deixa-nos curiosos para conhecer e Ilhéus desperta esse fascínio internacionalmente.

Read the rest of this entry »

Por amor aos nossos filhos

Eulina Lavigne

eulina lavigneQuando um casal se separa, com raras exceções, os emaranhados familiares se intensificam por conta de um desrespeito às ordens do Amor. O Amor flui quando a hierarquia familiar é respeitada, considerando o tempo, o peso e a função que se exerce no sistema familiar. E, muitas vezes, essa compreensão só chega com a maturidade e com os ensinamentos da vida.

A separação é algo muito doloroso para toda a família. Confesso que quando me separei, a dor que senti, mesmo desejando a separação, foi a mesma de quando perdi o meu irmão no auge dos seus 28 anos. É a dor da morte.E é tão dolorosa que para evitamos a dor entramos na raiva, na censura e no desejo de vingança.

Em separações mau acordadas, há sempre uma tendência de se encontrar um “bode expiatório”. Ou seja, alguém que possa se responsabilizar por isso. Um relacionamento não chega ao final porque um parceiro é culpado e o outro é inocente. Trazendo a luz, a visão da Constelação Familiar, um relacionamento acaba porque um deles deve estar assumindo problemas de sua família de origem ou ambos caminham em direção opostas.

hijosE mesmo que me diga que você foi abandonado por seu pai ou sua mãe, por traz de tudo isso, existirá um emaranhado sistêmico, e se for investigar, verá que esse pai que abandonou, também deve ter sido abandonado, ou está assumindo o papel de alguém em seu sistema familiar.

E até que a morte nos separe, que não necessariamente passa pela ordem física, é preciso entender que ali acaba uma relação entre um homem e uma mulher. Pois, quando se tem filhos, a relação entre pai e mãe deve ser eterna, para que a ordem familiar seja preservada.

E toda a desordem familiar que assistimos hoje em nosso dia a dia, nas rádios, na televisão, onde filhos agridem pais, e vice e versa, filhos se envolvem com drogas e com a marginalidade, onde o desrespeito familiar reina, podemos dizer que estão relacionados com o fato do casal ter dificuldade em separar o que diz respeito ao casal e o que diz respeito à sua função de pai e mãe.

Read the rest of this entry »

Crimes digitais e violência

Débora Spagnol

Debora SpagnolA organização social atual, influenciada pela tecnologia da informação, fez surgir o que se denomina “sociedade do conhecimento” ou “sociedade da informação”: prioriza-se a informação em detrimento dos meios de produção, inaugurando assim uma diversa distribuição de bens na sociedade.

A comunicação e informação em tempo real, com relações pessoais e empresariais facilitadas pelo livre e irrestrito acesso à internet, alteraram os valores e costumes da sociedade, destacando-se o egocentrismo, superexposição e informações em massa. Nesse contexto, com fluxo intenso de informações em tempo cada vez menor e com facilidade de acesso à internet e outras tecnologias, a prática de crimes no meio digital tornou-se frequente, conforme já abordado em texto específico. (1)

crimOs “crimes cibernéticos” ou, mas apropriadamente “crimes digitais”, se caracterizam “pela prática de delitos no ou por intermédio do ambiente cibernético, ou seja, da internet. Pode-se afirmar, mesmo que por uma análise empírica, que a ocorrência desses crimes apresenta um crescimento acentuado, seja pelo aumento do número de usuários, pelas vulnerabilidades existentes na rede ou pela falta de atenção do usuário”. (2)

Ao contrário do espaço físico, em que os criminosos têm suas identidades expostas ou reveladas, no mundo virtual ainda paira certa sensação de anonimato e impunidade – especialmente porque as penas aplicadas a esses crimes ainda são mais brandas, se comparados aos demais.

Os altos lucros que resultam da prática de delitos virtuais (em razão da possibilidade de atingir mais vítimas) cometidos à distância diminuem o risco de prisão em flagrante, fator que pode contribuir para o aumento dos crimes via internet. Influenciam ainda as dificuldades de investigação por parte das polícias, resultando em menor risco das atividades criminosas virtuais.

Outro aspecto importante é a ocorrência cíclica dos delitos digitais: geralmente iniciam com a descoberta de falhas de segurança (dos usuários ou dos softwares utilizados). Identificadas e corrigidas as falhas, os criminosos descobrem novas formas de agir.

Read the rest of this entry »

Marighella, Tiradentes e a apropriação indébita

A0 PÉ DA GOIABEIRA lopes

bddepd@gmail.com Barão de Pau d´Alho

Escultura de bronze, de Décio Vilares, pertencente ao Museu Mariano Procópio, de Juiz de Fora

Escultura de bronze, de Décio Vilares, pertencente ao Museu Mariano Procópio, de Juiz de Fora

Dentre os ditos heróis brasileiros, o que mais me fascina é o mineiro Tiradentes . Não o Tiradentes de quem a elite se apropriou, depois de repaginá-lo como  Jesus Cristo (Na foto, escultura de bronze, de Décio Vilares, pertencente ao Museu Mariano Procópio, de Juiz de Fora), mas  o Tiradentes libertário, compromissado com sua gente e sua Pátria, o grande mártir sacrificado pela sanha vingativa do colonizador. Joaquim José era um revolucionário, com visão de futuro, não um reformador transitório e oportunista. Creio que, dentre as contradições que lhe criaram, a mais notória tenha sido fazê-lo patrono da PM,: Ele era o anti-Sistema, pregou contra o Sistema e pelo Sistema foi destruído, de maneira vil e cruel, enquanto polícias são o braço armado do agente opressor, e a este dão sustentação. Portanto, “vender” Tiradentes como patrono da defesa das elites é agredir a figura heroica desse grande brasileiro.

É Oiliam José (da Academia Mineira de Letras), no seu ótimo Tiradentes (Editora Itatiaia), quem nos alerta: “As palavras têm, em certa fase de sua existência,  força de expressão ampliada, ocasião em que se carregam de sugestão avassaladora e são capazes de conduzir multidões – e até de abalar instituições, destruir civilizações, sepultar culturas que parecem tocadas pelo condão da perenidade.”

O revolucionário de Vila Rica foi conhecido também como O República e O Liberdade – apelidos que parecem óbvios, considerando-se que tais palavras carregavam, no século XVIII, a tal “sugestão avassaladora”, na feliz denominação do acadêmico Oiliam José.

Estes nossos dias, quando os agentes da gestão federal se comportam, se não em estado de babárie total,  ao menos no mais completo desprezo ao intelectualismo, uma palavra surge na mídia com  força avassaladora: Marighella, título do filme de Wagner Moura.

A partir do furor provocado no Festival de Cinema de Berlim, Wagner Moura, trazendo à  baila o nome de Carlos  Marighella, dá importante contribuição ao movimento de resistência ao retrocesso que se tenta impor ao Brasil – o que muitos chamam de fascismo, ainda que haja dúvidas sobre se o Capitão reformado, absolutamente subletrado, sabe o significa fascismo.

Moura, em sua primeira experiência como diretor de cinema, resgata um símbolo que estava fazendo falta ao Brasil, num momento em que a resistência precisa de inspiração. E, pelo ódio que o filme despertou nas hostes da extrema-direita, os robôs bolsonarianos destilam ódio nas redes sociais contra Marighella, Wagner Moura e quem mais não apoie assassinos como Brilhante Ustra e Sérgio Fleury, heróis dessa gente malvada.  Essa pregação do ódio, paradoxalmente, nos dá uma certeza:  tão cedo, o revolucionário baiano não será vítima  da apropriação indébita ocorrida com Joaquim José. Marighella e Tiradentes são patrimônio do preto, pardo e pobre povo brasileiro, não dos poderosos brancos, ricos e privilegiados.

(Bddepd)

PERFIL DO BARÃO

Read the rest of this entry »

Lavagem do Beco do Fuxico antecipa Carnaval em Itabuna

lavagem becoJá está pronta toda a infraestrutura para a realização de mais uma Lavagem do Beco do Fuxico em Itabuna, neste sábado, dia 23, a partir das 15h. Todos os preparativos foram concluídos e o circuito da festa já está pronto para receber o grande público de Itabuna e região. A lavagem que acontece a cerca de 40 anos e atrai, não só a população local, como regional, já uma grande marca cultual do carnaval grapiúna.

O evento, que sempre aconteceu mesmo sem Itabuna realizar o carnaval oficial, a exemplo deste ano, tem a organização da Prefeitura Municipal de Itabuna, através da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), com o apoio irrestrito das secretarias de Segurança, Trânsito e Transporte (Sesttran), de Saúde, e de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, com o objetivo  de Itabuna não perder a sua tradição do carnaval.

Para este ano, as atrações da Lavagem do Beco do Fuxico, além dos tradicionais blocos: Maria Rosa, Casados I… Responsáveis, Dez… Casados, as baianas  e outros, serão as presenças da Banda Didá, formada só por mulheres e hoje uma grande atração, e da cantora Sarajane. Todas essas atrações deverão atrair centenas de foliões ao Beco.

Sefaz Bahia recupera R$ 223 milhões com cruzamento de dados fiscais

O cruzamento de dados disponíveis nos documentos fiscais eletrônicos, realizado pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), resultou nos últimos dois anos na recuperação de R$ 223 milhões em ICMS devido, após quase 16 mil contribuintes terem sido informados, via Domicílio Tributário Eletrônico (DT-e), sobre inconsistências identificadas graças a ações massivas que envolvem as malhas fiscais do sistema Antecipa e do Simples Nacional e a análise dos dados de médias e grandes empresas. A esses contribuintes, a Sefaz ofereceu a possibilidade de autorregularização com a correção das inconsistências, evitando assim a fiscalização e a aplicação de penalidades.

Uma nova ação de cruzamento de dados já foi iniciada pela Sefaz-BA. Está em andamento uma malha fiscal para as empresas do Simples Nacional que declararam isenção indevida no Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples (PGDAS-D). Além disso, estão previstas para começar, em 2019, três malhas utilizando dados das operadoras de cartões de crédito e débito, tendo como alvos grandes e médias empresas e contribuintes do Simples Nacional. Os novos processos de fiscalização foram desenvolvidos no âmbito do programa Sefaz On-Line, que reúne um conjunto de medidas para combater a sonegação, incrementar a arrecadação do Estado e melhorar o relacionamento com o contribuinte.

Read the rest of this entry »

Rui entrega 13 quilômetros pavimentados de estrada em Mirangaba

mira 3

Mais 13 quilômetros de estrada foram pavimentados pelo Governo do Estado e entregues à população, na manhã desta sexta-feira (22). A inauguração da obra, que contou com investimento de R$ 3,8 milhões, foi feita pelo governador Rui Costa, na cidade de Mirangaba. O trecho recuperado liga a sede do município ao distrito de Taquarendi.

“Fico feliz em realizar essa entrega, porque esse tipo de obra vai além da segurança e do conforto na locomoção diária. A pavimentação de rodovias representa mais dignidade ao povo, a melhora no processo de escoamento agrícola e, portanto, o incremento da economia local”, afirmou o governador que, pela tarde, irá se reunir com gestores de 14 escolas estaduais do território de Jacobina.

mira 1Pavimentação

A via recebeu a pavimentação em tratamento superficial simples com capa selante. Realizada pela Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), a obra beneficia cerca de 134 mil pessoas que transitam pelo local, habitantes de Mirangaba, Jacobina, Várzea Nova e Ourolândia.

“Essa obra de hoje é mais um passo em direção à meta do Governo de alcançar quatro mil quilômetros de estradas feitas e recuperadas, nesta segunda gestão. Na primeira, conseguimos bater os cinco mil quilômetros que tínhamos como meta, e no ritmo que estamos vamos conseguir superar esse novo desafio também”, destacou o titular da Seinfra, Marcus Cavalcanti.

Read the rest of this entry »

Shopping Jequitibá confirma novos parceiros e amplia mix de serviços

jequitiba (2)

O Shopping Jequitibá inaugura no mês de maio a sua segunda etapa de ampliação, que inclui as áreas de varejo, lazer e serviços, consolidando o empreendimento como centro comercial de excelência no Sul da Bahia,

netoEntre os parceiros já confirmados estão a rede de papelaria e material de escritório Kalunga, a Piticas fábrica de camisetas especializada em estampas de cultura pop; a  Smart Fit academias inteligentes, a Med Plaza, um centro médico integrado com todas as especialidades; os  cinemas Cinemark;  maior exibidor de filmes do país, Casas Bahia principal empresa de varejo do Brasil , e o  restaurantes Bob´s,   rede e fast foods com atuação mundial.

“Esses novos empreendimento, marcas conhecidas pela qualidade, inovação  e tecnologia, vão ampliar o mix de serviços, oferecendo novas opções aos  nossos clientes”, afirma o diretor do Shopping Jequitibá, Manoel Chaves Neto.

 

Modelo de assistência das policlínicas é apresentado a Ministério da Saúde

policlinicasO modelo adotado na Bahia para a descentralização da assistência de média complexidade, com as Policlínicas Regionais de Saúde, deve se tornar referência para o Brasil. Esta é a expectativa após a visita do secretário de Atenção à Saúde (SAS) do Ministério da Saúde, Francisco Figueiredo, nesta quinta-feira (21), em Feira de Santana, que foi acompanhado do secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

“Vim conhecer a experiência das policlínicas, que trazem em si um conceito fundamental para a população, que é o acesso. Ou seja, a população tem hoje uma grande estrutura, com um ambiente belíssimo, com tecnologia fantástica, com bons colaboradores, onde conferi que está tendo uma boa aceitação da população. Vou levar para o ministro avaliar se pode ser replicado para o restante do Brasil, pois sem dúvida nenhuma é um grande sucesso”, afirma Francisco Figueiredo.

Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728