hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Fábrica-Escola de Chocolate em Ilhéus recebe empresário da Cacau Show

Cacau_Show2A Fábrica-Escola do Chocolate do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Nelson Schaun, em Ilhéus, Sul da Bahia, recebeu a visita de um dos maiores empreendedores brasileiros no mercado de produção de chocolates finos, Alexandre Tadeu da Costa, fundador da Cacau Show. O empresário visitou as instalações da Fábrica-Escola, que funciona como laboratório para a formação e certificação dos estudantes que fazem cursos técnicos de nível médio, além de funcionar como incubadora, contribuindo para a aceleração de empreendimentos e para o fomento criativo no Território.
Cacau-Show3

 

 

Alexandre Costa estava acompanhado do superintendente da Educação Profissional e Tecnológica do Estado, Durval Libânio, e falou sobre a ideia inovadora do Estado ao oportunizar, por meio do equipamento, a Educação Empreendedora da juventude. “Fiquei encantado em conhecer a Fábrica-Escola. Investir na educação dos jovens e, sobretudo, criar oportunidades a eles têm tudo a ver com a história da Cacau Show”, contou Alexandre.

O empresário, que começou a carreira vendendo trufas e bombons em um fusca 78, em São Paulo e conta com uma das maiores redes de chocolate do país, tem uma vinculação com a Educação, por meio do Instituto Cacau Show, fundado em dezembro de 2009, em Itapevi, em São Paulo. Atualmente, o instituto assiste a mais de 1.500 pessoas entre crianças, adolescentes e idosos com aulas de reforço escolar, esporte e informática. Ele destacou a importância de uma política pública que integra escola, comunidade e cadeia produtiva do cacau na região Sul da Bahia. “A Fábrica-Escola irá gerar muitos frutos e um grande legado para a história do cacau e da indústria chocolateira no país”, acredita.

 

 
A Fábrica Escola do Chocolate do CEEP Nelson Schaun foi inaugurada em julho deste ano. O equipamento valoriza e fomenta a vocação de Ilhéus e região na produção de chocolate, fortalecendo e incentivando toda a cadeia produtiva. A instalação, com capacidade para produção de 800 kg/mês de chocolate e de 2 toneladas/mês de nibs de cacau, investirá na formação de aproximadamente 2 mil alunos por ano. Além da Fábrica-Escola do Chocolate de Ilhéus, a Secretaria da Educação do Estado também já inaugurou as Fábricas-Escolas do Chocolate, em Gandu, e em Arataca, além da Fábrica-Escola do Couro, em Ipirá, e a Fábrica-Escola da Construção Civil, em Salvador.

 

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar

Dê seu voto:

Leave a Reply

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
novembro 2018
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930