hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for março 10th, 2018

EnvelheSer

Eulina Lavigne

 eulina lavigneOutro dia fui visitar uma amiga que há tempos não via e quando abriu a porta disse ter adorado os meus cabelos curtos exceto os meus cabelos brancos. Sugeriu que eu pintasse e eu de pronto disse a ela que resolvi assumir os meus 57 anos.

A vida é um convite para experimentarmos o que ela nos oferece e perceber a importância de vivermos cada etapa do nosso processo evolutivo. Reproduzimos nesse processo a história da evolução do Homem. E é muito importante que todas as nossas etapas de vida sejam vivenciadas respeitando-se o tempo de cada Ser, pois ele vai se evidenciar na forma como lidamos com os fatos apresentados em nosso caminhar. Em nossas células está o registro de toda essa memória desde o momento da nossa concepção até o dia da nossa passagem para outra dimensão.

Experimentamos viver como uma ameba, como um peixe, como um réptil, como mamífero e como uma junção de todas as espécies. No caminho da concepção somos desejo de forma pois estamos no caminho da formação. Concebidos vivemos em um aquário mantidos pelo líquido amniótico no conforto do útero materno. E seguindo o fluxo natural, no período de 9 meses escorregamos para a vida aqui fora.

E seguimos nos arrastando como um réptil que deseja explorar, sem nenhum tipo de controle sobre os nossos desejos e sem um sentimento ainda compreensível, vivemos no inconsciente de quem de fato somos.

Quando experimentamos o ser mais primitivo que podemos ser, nos arrastando, nesse momento desenvolvemos o nosso cérebro reptiliano e sendo assim vamos experimentar uma nova etapa de vida engatinhando feito um bicho do mato. Nesse momento, exploramos com mais facilidade a vida e desenvolvemos assim o nosso cérebro límbico ou emocional.

Read the rest of this entry »

A “pauta feminina” e alterações legislativas aos crimes contra liberdade sexual

Débora Spagnol

debora 2A intenção de definir uma data para comemorar as lutas femininas por melhores condições de vida e trabalho e garantir o direito ao voto surgiu no início do século XX e inicialmente as celebrações aconteciam em diferentes dias de fevereiro e março, dependendo do país em que eram comemoradas. A data de 08 de março, porém, foi definida como Dia Internacional da Mulher em 1917 pelo movimento internacional socialista, já que foi nesse dia que ocorreu a mais violenta repressão de trabalhadoras russas que protestavam também contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial. Oficialmente, a ONU adotou as comemorações relativas ao Dia Internacional da Mulher somente em 1977. (1)

Passados quase 100 anos da definição de uma data para marcar a luta da mulher por seus direitos e ao espaço digno na sociedade, alguns avanços aconteceram. Mas ainda há muito a ser feito, já que continuam preocupantes as questões de violência: segundo o CNJ, no ano de 2016 cerca de 1,2 milhão de processos que tratam de agressões contra a mulher tramitaram na justiça, sendo que para cada 100 brasileiras há ao menos um processo referente à violência doméstica em curso. Desse total, 13.500 processos referiam-se ao feminicídio (perseguição e morte intencional de pessoas do sexo feminino), sendo registrados 2.904 casos novos, em 2016, na Justiça Estadual no país. (2)

No mercado de trabalho a realidade também não é muito animadora: embora as mulheres se equiparem aos homens no quesito nível de formação superior, segundo pesquisas de 2016, apenas 37,8% dos cargos de gerência eram por elas ocupados. Uma queda de 1,7% pontos percentuais em relação a 2011. (3) E embora sejam mais preparadas, as mulheres ainda recebem, em funções idênticas às desempenhadas pelos homens, 30% a menos de salário. (4)

Mas algumas conquistas – especialmente na seara jurídica, que é a intenção do presente artigo – foram importantes e já produzem frutos no sentido de diminuir a desigualdade e garantir direitos que assegurem às mulheres condições justas e dignas de trabalho e sobrevivência. (5)

Read the rest of this entry »

O que saber na hora de escolher a ração do seu pet

Hannah Thame

hannah thameVocê sabe qual o tipo de ração adequada para seu cão ou gato ou tem dúvidas na hora de escolher? Então, veja aqui algumas informações sobre os tipos de rações existentes no mercado e quais as diferenças entre eles. Informações sobre a alimentação adequada interferem diretamente no desenvolvimento, crescimento, energia e disposição do seu animal, por isso, saber escolher a alimentação adequada é fundamental.

Atualmente, no mercado, existem diferentes tipos de ração, que incluem a ração comum, Premium e Super Premium, as quais diferem, principalmente, pelo tipo de composição. Muitas vezes, o consumidor fica confuso e tem dificuldade em entender os termos da embalagem e escolher a ração ideal, mas, vendo essas informações, você poderá escolher qual a que mais se adequa às necessidades do seu animal de estimação.

A ração comum normalmente é o tipo de ração mais barata que se encontra no mercado. É balanceada, porém, a quantidade de proteína utilizada é inferior. Os cães e gatos são carnívoros, portanto, precisam se alimentar de fontes de origem animal e nesse caso, as fontes utilizadas são, em sua maioria, de origem natural, como farelo de milho e de soja, ou seja, apesar do animal viver bem com esse tipo de ração, ele tem que ingerir um volume muito maior para adquirir os nutrientes na quantidade necessária. Essas rações também possuem uma quantidade de palatabilizantes muito grande, além de conservantes e corantes, que são prejudiciais ao organismo.

alimentosAs rações Premium são produtos de primeira qualidade, sendo então mais caras. Nesse caso, a fonte de composição da ração é de origem animal, baseada em carne de frango, ovelha, dentre outros. Além de ser rica em proteínas, também é mais digestível para seu animal, melhorando assim o funcionamento do organismo. Como o animal digere melhor, o consumo de ração é menor, pois com pouca quantidade de alimento já ocorre a saciedade, o que torna uma boa relação custo x benefício.

Já as rações Super Premium são 100% de origem animal, além de que, todos os conservantes utilizados nesta ração são de origem natural e não contêm corantes e palatabilizantes, substâncias que deixam o alimento com gosto mais apreciado pelos cães e gatos. Normalmente, os preços destas rações são mais altos, entretanto entra em questão a análise do custo-benefício, como abordado anteriormente.

Agora que já consegue distinguir os tipos de ração existentes no mercado, fique atento da próxima vez que for escolher, levando em consideração sempre o bem-estar e a qualidade de vida do seu filhote.

 

(*) A Dra. Hannah Thame é Médica Veterinária e Mestre em Ciência Animal com ênfase em Sanidade Animal pela Universidade Estadual de Santa Cruz

Desafios e vantagens da RM Sul da Bahia

 

Luciano Veiga

luciano veiga (2)A Região Sul da Bahia, no eixo Ilhéus-Itabuna, vive momentos de desafios e decisão, com os seus 417 e 105 anos respectivamente, de emancipação política, as duas cidades polos, vem se desenvolvendo e se completando. As duas torcidas, as dos papas jacas e a dos papas caranguejos, estarão dispostos a torcer por uma seleção regional, capaz de lhes dá vantagens competitivas, levando a primeira divisão no PIB baiano, posição outrora pertencente a essa região.

A Região Metropolitana Sul da Bahia em debate, busca está pronta para encarar os seus desafios. O complexo intermodal, que ora vira realidade, pelos seus instrumentos logísticos, somados a duplicação das BR 101 e 415 (trecho, Itabuna-Ilhéus), com a revitalização dos aeroportos regionais de Comandatuba-Una, Itabuna, Canavieiras, Itacaré e o tão sonhado aeroporto internacional, que amplia um escopo aéreo, dando-lhe escala necessária, otimizando, dinamizando economias nas suas mais variadas vertentes em especial o turismo.

Como, não pensar em uma Região Metropolitana, com crescente investimentos em equipamentos de caráter regional, acima mencionados, somados a UFSB, Hospital Regional do Cacau, além de investimentos provocadas pela iniciativa privada, nos segmentos da Saúde, Educação e Logística, este último pela vinda de indústria atenta a localização desta provável RM.

É fato que uma Região Metropolitana não é uma passagem rápida para o sucesso, em alguns casos, se deu exatamente o contrário, surgiu problemas, deixando os municípios que as compõem, muito mais distantes uns dos outros, isso, porque, as lideranças políticas e administrativas dos conjuntos dos municípios partícipes da RM, não compartilham a gestão.

Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
março 2018
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031