hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Estudantes de Ilhéus e Itabuna participam em Salvador de maratona tecnológica para a construção de sites escolares

comp 2Estudantes, professores e diretores de 20 unidades escolares da rede estadual, entre elas Ilheus e Itabuna,  foram desafiados, nesta quinta-feira (7), na Hackaton – maratona de construção de sites. O evento, promovido pela Secretaria da Educação do Estado e realizado no Colégio do Estado da Bahia – Central, em Salvador, possibilitou que cada escola criasse o ambiente virtual da instituição. No pátio do Colégio Central foram instaladas 20 ilhas de produção, cada uma formada por um aluno, um docente e um gestor de escolas da capital baiana, da Região Metropolitana de Salvador e do interior do Estado.

A coordenadora de Articulação de Projetos de Tecnologias e Audiovisuais da Secretaria, Carla Almeida, explicou que o grande desafio é que as escolas participantes cheguem no final da maratona com os seus sites prontos. “Na verdade, estamos realizando o segundo hackaton. O primeiro foi para a criação de aplicativos, que realizamos, este ano, na Campus Party. O interessante desta ação, agora, é que reunimos os três principais núcleos de cada unidade escolar, dentro de um contexto de produção colaborativa, a partir do uso dos Chromebook (notebook portátil equipado com o sistema operacional Chrome OS, desenvolvido pelo Google, focado em ferramentas web e baseado no conceito de nuvens), dentro do projeto da Secretaria da Educação de uso desses aparelhos nas escolas para a construção de conhecimentos”.

O estudante Franklin Gomes, 18, 3º ano, do Centro Noturno de Educação da Bahia (CENEB) de Senhor do Bonfim, achou empolgante a proposta da ação de construir o site da escola com a participação do estudante. “Muito interessante a ideia, porque o resultado é um produto em que toda a comunidade escolar vai se identificar. Estamos criando um ambiente que não seja algo padronizado, mas que atenda às nossas expectativas de divulgar os projetos e eventos da nossa unidade”, relata o aluno que, mesmo nunca tendo passado pela experiência, considerou acessível o programa utilizado: o Google Sites.

Aluna do curso técnico de Informática do Centro Técnico de Educação profissional (CETEP) de Barreiras e, também, do Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) no município do Oeste baiano, Lays de Oliveira, 17, disse que, pela familiaridade com o universo das tecnologias virtuais, o desafio foi encarado com muita tranquilidade. “Foi muito tranquilo para mim, mas o interessante é a oportunidade de aplicar aqui tudo que aprendi do CJCC. Construir o site do CJCC nesta maratona está sendo uma forma de agradecer por tudo que o Centro investiu em mim”.

A vice-diretora do CJCC de Salvador, Isabel das Virgens, comentou sobre a importância da maratona. “Está sendo uma atividade inovadora, que propõe a mão na massa por alunos, professores e gestores, de forma igualitária, para a construção do site da escola. Além disso, esta troca de experiências com a comunidade escolar de outras cidades é extremamente importante porque agrega conhecimentos a todos”.

O professor de Matemática e Física do Colégio Estadual Alaor Coutinho, em Praia do Forte, Aguinaldo dos Santos Jr., também comemorou a iniciativa do evento. “A construção coletiva do site da unidade é uma forma de integrar mais a comunidade escolar e de mostrar que Educação, hoje, combina com habilidade tecnológica. Os alunos estão adorando a experiência de criar o ambiente virtual do qual se identifica e, consequentemente, eles irão se interessar em contribuir para alimentar o site”.

 

Instituições participantes – Participaram da Hackaton – maratona de construção de sites as seguintes unidades escolares: CEEE Álvaro de Melo Vieira (Ilhéus), CEEE Álvaro de Melo Vieira (Ilhéus), Instituto de Educação Gastão Guimarães  (Feira de Santana), Colégio Estadual Félix Mendonca (Itabuna), CEEP Regis Pacheco (Jequié), Colégio Estadual Mimoso do Oeste (Luiz Eduardo Magalhães), CEEP da Região Metropolitana  (Camaçari), Colégio Estadual Bartolomeu de Gusmão (Lauro de Freiras), Colégio Estadual Alaor Coutinho (Mata de São João), Centro Noturno de Educação da Bahia (Senhor do Bonfim) e CETEP Adélia Teixeira (Vitória da Conquista), além do CEEP Newton Sucupira e do CEEP Carlos Correa de Menezes Santana, bem como dos colégios estaduais  Luiz Fernando Macedo Costa, Odorico Tavares, Luiz Tarquínio, Rafael Oliveira, Paulo Américo de Oliveira, Aplicação Anísio Teixeira e Colégio da Polícia Militar, estes últimos localizados em Salvador.

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar

Dê seu voto:

Leave a Reply

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31