hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Artes & Artistas

Juraci Masiero Pozzbon

        Samba, sol praia e mar mar. 2017. Óleo e silicone sobre tela 250x150 cm

Samba, sol praia e mar mar. 2017. Óleo e silicone sobre tela 250×150 cm

 

Gustavo Rincón Moreno, artisticamente MORENU, iniciou a sua atividade artística como autodidata. Em 2013 iniciou o curso de licenciatura em artes visuais na Faculdade de Artes Dulcina de Moraes, onde cursou cinco semestres, transferindo-se posteriormente  para o curso de bacharelado  em Artes Visuais na UNB – Universidade de Brasília, fez residência na “Dacia Gallery em New York em 2014. No ano de 2004 obteve o primeiro lugar em pintura na “Primeira Olimpíada Nacional de Talentos da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica” com a obra, “Mentiras Vespertinas”

Atualmente Morenu um artista multimídia, transitando entre a pintura, desenhos, escultura, instalações, fotografias e vídeos. Participando de exposições nacionais e internacionais. Na pintura, utiliza principalmente óleo e acrílico, por vezes misturados a materiais não convencionais como arame, pregos, parafusos, silicone, etc.

As composições do artista refletem críticas às problemáticas sociais e políticas da nossa sociedade, como nas obras “E vi será do Brasil” de 2015, na qual o artista expõe as vísceras da política brasileira, entremeando dinheiro picado, moedas e inserções de manchetes de jornais. Esta obra foi exposta na mostra anual da Associação Candanga de Artistas Visuais em 2016 na Câmara Legislativa do Distrito Federal, onde causou grande impacto.

E Vi Será do Brasil. 2015-2016. 80x100 cm  Poliuretano, óleo, moedas, dinheiro picado e recortes de jornal.

E Vi Será do Brasil. 2015-2016. 80×100 cm
Poliuretano, óleo, moedas, dinheiro picado e recortes de jornal.

Uma ferida Urbana. 2017. Óleo e silicone sobre tela 100x100 cm

Uma ferida Urbana. 2017. Óleo e silicone sobre tela 100×100 cm

 

Na poética mais recente “Feridas Urbanas”, representações de fragmentos de pele humana com diversas feridas (arma de fogo, facadas, traumatismo contundentes), ora isoladas, ora inseridas em fundos abstratos estilisticamente expressionistas, chamam atenção do público para o sofrimento da sociedade brasileira, gerado por violência doméstica, estupros, balas perdidas, latrocínios, assaltos e homofobia. Morenu pretende sensibilizar a sociedade, resgatando a memória das vítimas, para não se tornarem mais uma simples estatística. As Feridas Urbanas após tratamento podem sanar, porém a ferida psicológica deixada na vitima e na sociedade custará a sarar.

         Uma ferida Urbana. 2017. Óleo e silicone sobre tela 100x100 cm

Uma ferida Urbana. 2017. Óleo e silicone sobre tela 100×100 cm

“History transpõe à sua arte, uma força de vida”.

 —

Juraci Masiero Pozzobon, Artista plástica e mecenas, Bacharel em Artes plásticas na UNIC – Cuiabá, Graduada em Ensino da Arte pela FASIPE e Arte Terapia pela Cândido Mendes, RJ. Doutoranda em Epistemologia e História da Ciência pela Instituição Iesla/UNTREF – Buenos Aires, Argentina.

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar

Dê seu voto:

One Response to “Artes & Artistas”

Leave a Reply

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
novembro 2017
D S T Q Q S S
« out   dez »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930