hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for setembro 12th, 2017

Marinha alerta para ventania e ondas de até 4 metros em Ilheus

DCIM103MEDIA

O Comando do 2º Distrito Naval da Marinha do Brasil emitiu alerta de mau tempo para o sul da Bahia. As ondas podem chegar a até 4 metros de altura e os ventos a 61 km/h, segundo a Distrito Naval.

Com base em informações do Centro de Hidrografia, a Marinha informou que as ondas podem chegar a 3 metros de altura em Ilhéus por causa da ressaca. O alerta vale para até esta quarta (13).

Pedidos de auxílio também podem ser encaminhados para o Serviço de Busca e Salvamento Marítimo (SALVAMAR) Leste, operado pelo Comando do 2º Distrito Naval em Salvador; Capitania dos Portos da Bahia: (71) 3507-3777; Delegacia da Capitania dos Portos em Porto Seguro: (73) 3421-2050; e Delegacia da Capitania dos Portos em Ilhéus: (73) 3222-5100.

Programa ID Jovem é lançado em Itabuna

Programa ID Jovem é lançado em Itabuna Foto Waldir Gomes (1)A Prefeitura Municipal de Itabuna lançou na manhã desta terça-feira (12) o Programa do Governo Federal Identidade Jovem (ID Jovem). A Solenidade realizada no auditório do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães teve a presença da Secretária de Assistência Social, Sandra Neilma, da Secretária de Educação, Anorina Smith Lima, além de estudantes e técnicos/responsáveis por programas direcionados para os adolescentes e jovens. Alunos  do Colégio Modelo, que faz parte do projeto Escolas Culturais, do Governo da Bahia, fizeram apresentações de musica e dança.

A secretária Sandra Neilma destacou que o ID Jovem é uma importante ferramenta de acesso à cultura, arte e atividades esportivas para a juventude. Sandra ressaltou que a administração municipal  tem feito todo um trabalho de visando garantir os direitos da população e enfatizou que este programa atua justamente neste sentido de fortalecer as políticas públicas e promover oportunidades para os adolescentes.

Programa ID Jovem é lançado em Itabuna Foto Waldir Gomes (2)A Secretária Anorina Smith Lima observou que essa proposta também compreende uma faixa de estudantes contemplados pela Rede Municipal de Educação. Anorina considera que a integração das diferentes ações da gestão municipal a partir da atuação conjunta das secretarias de educação, de assistência social e de saúde é fundamental para promover os avanços sociais à população.

O coordenador da Divisão da Juventude da Secretaria Municipal de Assistência Social, Diego Ranieri, ressaltou que a assinatura do termo de compromisso se configura num importante fator multiplicador de desse documento. “O ID Jovem vai muito além de uma carteira de estudante. O ID Jovem chega para unir a juventude da nossa cidade, que é rica em expressões culturais e manifestações artísticas. O objetivo aqui fortalecê-los enquanto multiplicadores de boas ações”, comenta Diego.

O Consultor Nacional do ID Jovem na Bahia, Laudécio Silva, informou que, segundo os dados do Cadastro Único, em Itabuna mais de 15 mil jovens estão dentro do critério para utilizar o programa. Para Laudécio, o desafio neste momento é divulgar essa ferramenta visto que, até o início de junho, pouco mais de 200 jovens possuíam o ID Jovem na cidade. “Itabuna sai na frente com esse compromisso firmado e certamente vai oportunizar muito mais acesso aos direitos dos jovens”, conclui.

Conjunto Penal de Itabuna inova com uso da biometria no “confere” diário

ConfereUm sistema inovador e inédito nas instituições prisionais do país acaba de ser implantado no Conjunto Penal de Itabuna (CPI). O uso da biometria para o “confere” (contagem de internos) garante confiabilidade e segurança em lugar de um sistema mais propício a falhas, que é a tradicional contagem por chamada nominal. O sistema foi desenvolvido pela empresa Socializa Brasil, que faz a administração do CPI em regime de cogestão com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

O presídio de Itabuna tem uma população média de 1.300 internos – ante uma capacidade de 670 –, o que torna o confere um desafio diário. Recentemente, a unidade já havia inovado com o uso da biometria para o pagamento (entrega) dos kits de higiene, roupas e colchões que distribui rotineiramente aos internos. Evoluir para o sistema atual foi uma questão de tempo – e investimento.

“Temos um grande banco de dados biométricos, que já vínhamos construindo desde a primeira inovação, com a biometria para o pagamento dos kits de higiene. Como tudo nessa área da inovação, esse sistema não ficou estático, e os técnicos de TI da empresa Socializa, sob nossa autorização, desenvolveram esse sistema mais amplo”, afirma o diretor CPI, o capitão PM Adriano Jácome.

O diretor Adriano Jácome observa que a tendência do sistema prisional é se tornar cada vez mais um ambiente de gestão de pessoas, com foco na segurança. “E, nesse ambiente, a tecnologia da informação será uma grande ferramenta. No caso do Conjunto Penal de Itabuna, essa ferramenta já é uma realidade. Hoje nós temos em tempo real o controle de toda população no interior do CPI, dos colaboradores aos visitantes, e agora a população carcerária. Tudo na tela, com acesso imediato, de acordo com a necessidade específica”, observa Jácome.

Ele cita ainda que esses dados, como são públicos, poderão, num futuro próximo, ser disponibilizados para os serviços de inteligência, especialmente nas áreas de segurança pública. “Como eu disse, nada nessa área de TI é estático. Como órgão de governo, embora aqui num regime de cogestão, esses dados podem ser disponibilizados para outros órgãos e ajudar na segurança pública muito em breve”.

Como funciona

O sistema será operado em conjunto por agentes de disciplina capacitados também na área de TI. Ao inserirem os dados da cela em conferência, o sistema vai disponibilizar na tela do dispositivo a população total e todos os dados relativos aos registros dos internos. A cada inserção dos dados biométricos, por meio das impressões digitais, são geradas as informações de cadastro, como fotografia, nome, crime que responde ou pelo qual foi condenado, regime entre outros detalhes afeitos à área de segurança.

Setembro Verde tem renda em prol do GAPO em Itabuna

Gapo ItabunaA venda de camisas do Setembro Verde já é uma tradição em Itabuna e 100% da renda obtida é destinada ao Grupo de Apoio a Pacientes Oncológicos (GAPO). Atuando em Itabuna com uma Casa de Apoio, a instituição acolhe e orienta pacientes adultos em tratamento contra os diversos tipos de câncer, luta travada muitas vezes nas Unidades de Radioterapia, Quimioterapia e Hospitais da Santa Casa de Itabuna. O GAPO se dispõe ao acolhimento físico, sendo 20 leitos disponíveis, bem como à acolhida emocional aos mais de 500 pacientes que já passaram pelo GAPO ao longo de três anos de existência.

Na Casa do GAPO, pacientes recebem apoio para a realização de exames e procedimentos durante o tratamento, bem como recebem Orientação Psicológica e Nutricional, participam das Oficinas de Artesanato e recebem Visita de Apoio Religioso. “Temos uma programação com as Oficinas de Crochê, Fuxico e Tapetes, além dos Grupos de Evangelização da Igreja Teosópolis e Igreja Santa Rita de Cássia”,  declarou a Coordenadora Administrativa do GAPO, Magnólia Alves de Oliveira. Ainda integram a diretoria do GAPO o médico e presidente Dr. Garrick Cecil Pereira, e a médica e vice-presidente da entidade, Dra. Mércia Alves Margotto.

Read the rest of this entry »

Itacaré sedia Festival de Dança

Itacaré vai sediar, entre 13 e 17 de setembro, o Festival de Dança Ano VI, no Centro Cultural Porto de Trás e reunir profissionais, grupos e companhias de dança de diversas cidades do Brasil.

O festival é aberto ao público e contará com espetáculos de dança, oficinas, encontros e a Intervenção Transkrytica, uma ação que acontecerá todos os dias, antes do início de cada espetáculo, e após as apresentações.

No dia 13, às 20 horas, será apresentado o espetáculo Dan, com o Balé do Teatro Castro Alves. Em seguida, às 20h30, Generxs, também com o Balé do teatro Castro Alves.

Já no dia 14 começa a oficina Agência de Rôles, com Thiago Costa, de Uberlândia (MG). A oficina acontecerá até o dia 16, sempre às 16 horas, no Centro Cultural Porto de Trás.

Às 19 horas do dia 14 será apresentado o espetáculo Toque de Guerra, com o Núcleo da Tribo, de Itacaré. Em seguida, às 20 horas, o grupo Entretantas Conexão em Dança, de Curitiba, com Nosso Lindo Balão Azul.

No dia 15, às 19 horas, será a vez de Solus Híbridus, com o grupo Híbridus Dança, de Ipatinga (MG). Às 20 horas Asararas, com Mangrove Tectactile & Thi is Not, de Belo Horizonte.

No dia 16, Mulata, com a Cia. Dita, de Fortaleza (CE), às 19 horas. Logo depois, Solus Híbridus, com o grupo Híbridus Dança. Às 20 horas será a vez do espetáculo Sentença, com o grupo Misturarte, de Valença.

O Festival de Dança de Itacaré Ano VI continua no domingo, 17, com o espetáculo Pele de Foca, com Melissa Figueiredo, de Salvador, às 19 horas, no Centro Cultural Porto de Trás.

Em seguida, encerrando a programação, Entrelinhas, com o grupo Ponto Art, de Salvador. A realização do festival é da Tia Marita Consultoria e Projetos Culturais, com o apoio da Casa Ver Arte e do Governo da Bahia.

Bob Fernandes discute papel do jornalismo na Uesb/Conquista

bob fernandesA Associação Bahiana de Imprensa traz o jornalista Bob Fernandes, atual comentarista de política da TV Gazeta, para uma roda de conversa com profissionais de imprensa, estudantes e professores da Uesb, na próxima sexta-feira 15, a partir das 10h, no Auditório do juri, no Módulo II do campus da Universidade. “Fake news”, jornalismo de dados e o papel dos jornalistas e veículos de comunicação neste momento conturbado da vida brasileira serão alguns dos temas da conversa com o jornalista num evento dirigido aos comunicadores, mas aberto ao público em geral.

Bob vem a Conquista a convite da ABI, como parte de uma iniciativa de aproximação da entidades com a comunicação do Sudoeste. Segundo o presidente da ABI, Walter Pinheiro, também presidente do jornal Tribuna da Bahia, “Vitória da Conquista lidera um região de grande importância social, econômica e política, com uma forte tradição no jornalismo baiano, e a ABI deseja estar presente e contribuir para o fortalecimento da comunicação regional”. Ele acrescenta ainda “a satisfação da ABI em participar de uma das atividades que marcam os 20 anos do curso de jornalismo da UESB”.

O coordenador do Colegiado do curso, professor Rubens Sampaio, ressalta  que a “iniciativa da ABI está em sintonia com a busca permanente do curso de Jornalismo da Uesb por essa aproximação com entidades da área e profissionais com larga experiência, como Bob Fernandes, elo que isso representa na formação dos futuros jornalistas”.

A pedido do convidado, em vez de uma palestra expositiva, os profissionais e estudantes terão a oportunidade de um debate direto e franco com um dos mais importantes comentaristas politicos do jornalismo brasileiro. Filhos de pai e mãe baianos, Bob Fernandes nasceu em Barretos, interior de São Paulo, mas viveu boa parte de sua vida na Bahia, onde se formou jornalista pela UFBa. Sempre atento aos acontecimentos da vida baiana, preserva uma relação de proximidade com a terra de seus pais e anseia pelo reencontro com Vitória da Conquista, onde vive parte de sua família.

Trabalhou na Tribuna da Bahia, no começo da carreira e passou pelas principais redações brasileiras, como Veja, Folha de São Paulo, foi um dos fundadores e editor-chefe da revista Carta Capital. Cobriu seis campanhas presidenciais o Brasil, a disputa Clinton X Bush, nos Estados Unidos e é coautor de “O complô que elegeu Tancredo”, de 1985.

Como jornalista esportivo, escreveu crônicas, cobriu todas as Copas do Mundo de Futebol da FIFA, de 1994 até 2014 (à exceção de 2002), as Olimpíadas de Pequim e Londres, as Copas das Confederações da África do Sul e do Brasil e a Copa América na Venezuela. Tricolor assumido, é autor do livro “Bora Bahêeea, A História do Bahia contada por quem a viveu”, de 2003 (Ediouro). Como correspondente de guerra esteve em Angola, em 1992, e no mesmo ano cobriu a Guerra da Somália.

Na revista Carta Capital foi autor de mais de 100 reportagens de capa, entre elas uma série de oito capas sobre a presença e atuação da CIA, do FBI, da DEA e demais agências de espionagem dos EUA no Brasil.

 

Cônsul Geral de Cuba é recebida em audiência por Josias Gomes

jocub 2O secretário Josias Gomes, titular da Secretaria de Relações Institucionais do Estado da Bahia (Serin) recebeu em audiência Laura Ivet Pujol Torres, Cônsul Geral da República de Cuba para a região Nordeste, cuja sede é em Salvador. A visita da diplomata teve o objetivo de divulgar a Feira Internacional de Havana (FIHAV), que acontecerá no período de 30 de outubro a 03 de novembro em Havana.

Também presentes na reunião na Serin, Cristiane Gouveia, coordenadora de Negócios Internacionais da Assessoria Internacional do Gabinete do Governador, Fernanda Ludgero, assessora técnica do Conselho Estadual de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), Ângelo Castro Lima, representante da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) no Programa Mais Médicos, e Mary Cláudia Souza, coordenadora executiva da Coordenação de Articulação Social (Coas) da Serin.

Segundo Laura Pujol, com mais de 30 anos de existência a Feira Internacional de Havana é a maior feira multisetorial do Caribe. “Este ano, a Bahia está coordenando a missão prospectiva de empreendedores brasileiros que participarão da feira. São mais de 200 empresários de 45 empresas já confirmadas, que estarão no Pavilhão do Brasil. A feira tem mais de 5 mil expositores de 60 países. Acredito que a missão comercial brasileira terá entre 70 a 80 empresas em Havana”, afirma Laura Pujol, cônsul de Cuba no Brasil, com sede em Salvador e que atende os 9 Estados do Nordeste brasileiro.

jocub 1Ela destaca a necessidade do aumento do intercâmbio comercial da região com Cuba. “Dos mais de US$ 500 milhões oriundos do comércio entre Cuba e o Brasil, nossa região responde por um percentual pequeno. Nossa meta é incentivar o aumento desse intercâmbio comercial entre a região e Cuba”, afirma Laura Pujol, informando que desde julho deste ano o país caribenho tem Rolando Gomez como novo Encarregado de Negócios no Brasil.

Entre outras ações, Pujol solicitou audiência com o governador Rui Costa. Ela confirmou que terá encontros com dirigentes da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Federação do Comércio da Bahia, e Associação Comercial, além de um almoço agendado com o deputado estadual Ângelo Coronel, presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) para divulgar a Feira Internacional de Havana (FIHAV).

Ilhéus recebe projeto mundial de Economia Social

Depois de passar pela Itália, uma nova etapa da elaboração de uma metodologia que visa impulsionar carreiras de jovens empreendedores sociais será está sendo realizada em Ilhéus até o dia  17 de setembro.  Para isso, desembarcam na cidade 22 facilitadores e jovens aprendizes, entre 18 e 32 anos, que compõem o projeto Social Economy Entrepreneurship Development Skills (Desenvolvimento de Competências para a Economia Social).  A organização anfitriã é a Cooperbom Turismo, sediada em Ilhéus. Os visitantes se juntam a mais 10 voluntários locais para o treinamento, que acontecerá no Eco Village Indaiá.

Todos os participantes são oriundos dos oito países que formam o consórcio do Projeto SEEDS 2 – os europeus Itália, Espanha, Finlândia, Turquia; e os latino-americanos, Argentina, Brasil, México e Peru.  O objetivo é aprimorar a metodologia e preparar os jovens participantes para o Youth Exchange (intercâmbios internacionais) que se realizará na Europa (Itália) e América Latina (Peru) em dezembro.

O intercâmbio visa desenvolver treinamentos locais e internacionais de Empreendedorismo Social, com base na educação não formal.

Livro refaz itinerário dos Tupinambás por direito à terra

Serra do Padeiro - A Saga dos Tupinambás - Waldeny Andrade“Serra do Padeiro – A saga dos Tupinambás” é o mais novo livro do jornalista e escritor Waldeny Andrade. Editado pela Via Litterarum, a obra conta a trajetória percorrida pelos índios no Sul da Bahia em busca do reconhecimento pelos direitos imemoriais à terra dos seus ancestrais. Com 288 páginas, traz a história de vida de uma família constituída por um sobrevivente da 1ª Guerra Mundial e uma índia, tendo como pano de fundo a heroica saga dos Tupinambás, desde suas raízes na nação Tupi, que habitava o litoral brasileiro na época do descobrimento. Contém capítulos curtos, com dinâmica e precisa narrativa.

Por sua trajetória profissional reconhecida, em determinados momentos, o autor assume sua condição de jornalista profissional opinativo para enfocar uma realidade incontestável sobre a discriminação e sofrimento que resta aos indígenas que habitam uma área, cuja demarcação oficial esperam há séculos.

Também narra fatos históricos envolvendo os Tupinambás como a Batalha dos Nadadores, em 1559, quando a praia do Cururupe, extremo norte da Terra Indígena Tupinambá de Olivença, foi cenário da sangrenta guerra comandada pelo governador-geral Mem de Sá. Ainda evoca aspectos da colonização jesuítica dos índios, tendo à frente o padre Manoel da Nóbrega, cujo marco foi a construção da Igreja de Nossa Senhora da Escada, em 1680.

Read the rest of this entry »

Itabuna lança ID Jovem

Será lançado hoje (12), às 10 horas, no Auditório do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, o Programa Identidade Jovem (ID Jovem). Segundo a secretária de Assistência Social de Itabuna, Sandra Neilma, este programa do Governo Federal concede uma série de vantagens e benefícios para os jovens com idade entre 15 e 29 anos. “É muito importante que todos participem e se informem sobre os procedimentos para adquirir o ID Jovem e se tornem multiplicadores das informações”, destacou.

Participarão do encontro estudantes e técnicos/responsáveis por programas das Secretarias de Educação e de Assistência Social. Participará do lançamento em Itabuna o consultor Nacional do ID Jovem na Bahia, Laudécio Silva. O Identidade Jovem (ID Jovem) é um documento de identificação de uso pessoal (no formato digital), que é voltado para os jovens com idade entre 15 e 29 anos. Quem possui este documento poderá ter acesso em todo o país a eventos esportivos, culturais e de lazer, além de transporte interestadual, pagando apenas a metade do preço. Para ter acesso ao cartão, basta fazer download gratuito do APP ID Jovem, fornecer os dados solicitados e salvar o cartão no próprio aplicativo.

Importante lembrar que os jovens interessados na emissão do ID Jovem devem comprovar renda familiar bruta de até dois salários mínimos e usar o Número de Identificação Social (NIS). Além do uso do app ID Jovem é possível fazer o cadastro pelo site do Identidade Jovem (https://idjovem.caixa.gov.br/ idjovem/#/jovem) usando o Número de Identificação Social (NIS), com 11 dígitos, como chave para acesso.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930