hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for agosto 12th, 2017

A Internet como ferramenta estratégica de comunicação

Gabriela Monteiro

gabriela bandeiraA Internet, a partir do ponto de vista midiático, transformou os panoramas dos setores sociais contemporâneos. Neste sentido, em contextualização dessa moderna plataforma, novos formatos de estratégias voltadas aos sistemas organizacionais de comunicação têm sido constantemente atualizados para melhor atender as transformações mercadológicas, e acima de tudo, o público.

Neste ínterim, diversos estudos que tratam da comunicação no âmbito digital propõem-se a abordá-la de maneira mais ampla, buscando níveis mais elevados por parte dos pesquisadores para se possuir o máximo de atributos com relação à compreensão a respeito desse fenômeno. Nasce, então, o conceito de Ciberespaço, que advém da necessidade de se explorar como as novas tecnologias têm sido utilizadas como meios midiáticos e também a Cibercultura, a qual representa o campo que estabelece o relacionamento do sujeito com as tecnologias.

Diante de tais preceitos, considera-se que a comunicação possibilita aos seres humanos o compartilhamento de diferentes informações entre si, tornando assim o ato de comunicar uma atividade essencial para a sociedade. Em meio à década de 70, com a introdução das novas tecnologias e informática, a comunicação atingiu uma espécie de globalização que consequentemente ocasionou transformações nos panoramas organizacionais.

Com base nesta perspectiva, é possível afirmar que a Internet proporcionou uma revolução na relação comunicacional entre consumidores e marcas. Na era digital, as pessoas estão exercendo cada vez mais poder sobre as empresas de modo a expor suas opiniões, críticas e elogios, criando assim uma relação consistente com as mesmas. Sendo assim, percebe-se que em meio a um público ainda mais ativo no processo de desenvolvimento da comunicação é de suma importância que os profissionais da área de comunicação empresarial saibam utilizar as novas plataformas midiáticas a seu favor.

Portanto, torna-se perceptível que as novas mídias exercem um poder de sobressair às empresas dentro de um mercado de competição elevada, de modo a fortalecer sua imagem perante seus públicos e solidificar sua marca no cenário cada vez mais repleto de observadores. Esse novo ambiente tem fornecido canais alternativos para trocas de informações, comunicações, distribuições de diferentes tipos de produtos e serviços.

 

Gabriela Monteiro é formada em Comunicação Social pela Unime/Itabuna

Namoro ou união estável?

Débora Spagnol

debora 2Vinícius de Moraes romanticamente escreveu: “Se você quer ser minha namorada, ai, que linda namorada você poderia ser. (…) Porém, se mais do que minha namorada você quer ser minha amada, mas amada pra valer… aquela amada pelo amor predestinada sem a qual a vida é nada, sem a qual se quer morrer. Você tem que vir comigo em meu caminho. E talvez o meu caminho seja triste prá você”.

Os relacionamentos amorosos geralmente iniciam pela paixão, pelo fluir dos hormônios no corpo e pelo excesso de expectativas em relação ao parceiro. O tempo e a convivência se encarregam de “ditar” o destino da paixão: às vezes se transforma em amor, às vezes em ódio (segundo Chico Xavier, nada mais que o amor adoecido).

Quando as vidas continuam entrelaçadas e o relacionamento passa a ser duradouro, nasce o que normalmente definimos como “namoro”.

No judiciário, porém, tramitam inúmeras demandas nas quais um dos parceiros requer o reconhecimento da união estável mantida com parceiro que encarava o relacionamento como um “namoro”.

Ao contrário do namoro, que não gera qualquer efeito patrimonial, a união estável traz aos parceiros alguns benefícios: meação dos bens adquiridos durante a convivência, alimentos, assistência previdenciária e até direito de herança em certas situações.

Read the rest of this entry »

A lição de vida que dá o nordestino

Walmir Rosário

Walmir RosárioApós quase 50 anos venho rever a caatinga aqui para as bandas da divisa de Sergipe e Bahia e, dentre as novidades que vi, quase nada, a não ser o tamanho das cidades, num misto de crescimento e desenvolvimento. Ao invés das estradas carroçáveis e esburacadas, asfalto, um tanto cansado, é verdade, mas aceitável para os meios de transportes de hoje.

Nada mais de paus-de-arara, agora o sertanejo viaja em ônibus confortáveis, em pick-ups cabines duplas, carros modernos iguais aos que vemos nos grandes centros do Brasil. Pouca diferença no comércio, com supermercados oferecendo os melhores produtos das mais diversas regiões brasileiras e do exterior; lojas e boutiques acompanham os lançamentos mais recentes da Europa e Estados Unidos.

O sertanejo está com tudo, como sempre teve. Se antes não dispensava as notícias mais imediatas nos grandes aparelhos de rádio com seis, sete e até nove faixas, hoje dispõe da televisão a cabo e via satélite, além da internet que o conecta 24 horas com todo o mundo. Negocia sua safra com as cooperativas e empresas multinacionais via telefone celular, com equipados com os mais modernos apps.

Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul   set »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031